x
Convex Datacenter
Página 1 de 16 1234567891011 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 12 de 182
  1. #1
    Usuário Avatar de monge
    Entrada
    11/03/2003
    Local
    Campo Belo/MG
    Idade
    44
    Posts
    1,343
    Agradecimentos: 7

    Entendendo o Jeep do Leopoldo




    Fala Gente...

    Leopoldo, criei este post aqui pra vc poder dar umas explicações do seu jeep.

    Sem contar a parte mecanica, ele é o jeep no mínimo mais curioso que já vi na minha vida.

    Então minha idéia seria pegar algumas fotos que estão no seu album, postar aqui e vc explicar o porque disso e daquilo. Tudo bem? Pra facilitar, se alguém mais for seguir minha idéia, tipo postar uma foto e depois vc explica, æ postar outra foto e assim vai.

    Ah, e como as dúvidas são muitas, vou perguntar algumas bobagens e questionar alguns porquês... mas só para entender melhor.

    Pra dar início, eu tava dando uma olhada no seu suporte do estepe, e ele tem um cubo de roda completo nele, com roda livre e tudo mais.

    Pelo que entendi vc carrega um cubo reserva inteiro? Ou está lá apenas como suporte mesmo?

    []'s

    Eugênio
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos Entendendo o Jeep do Leopoldo-adrlbruckleopoldo14_118.jpg  
    o|||||o Monge® - CJ5 - 68 - "Bacate Atômico"
    []-o-[] Campo Belo - Sul de Minas Gerais
    https://www.youtube.com/user/mongeogeno/videos

  2. #2
    Usuário Avatar de leopoldo
    Entrada
    13/11/2003
    Local
    Agora em São Carlos/SP
    Idade
    62
    Posts
    4,191
    Agradecimentos: 5

    SUPORTE DE ESTEPE

    A sua ideia é bem original, e se você quer saber os porquês, vamos lá.

    Histórico:

    O jeep CJ sempre teve 3 tipos de suporte:

    - o lateral preso na carroceira
    - o tipo militar, preso na carroceria, lá atrás.
    - o acessório, preso na barra de tração.

    Eu considero o preso na carroceria um perigo, tanto para alguém na rua tanto para o próprio jeep. Uma vez um colega meu errou a manobra e arrancou a lateral do jeep no estacionamento do shopping ibirapuera. Fiquei bem impressionado com o nível do estrago no jeep.
    Já ouví falar de gente que foi abalroada e jogada longe por ter ficado perto demais de um jeep , mesmo na calçada.

    Assim, se isso é um problema de segurança, imagine dependurar um pneu maior. Reprovado.

    Aí temos o da barra de tração; É o típico treco pra quem é surdo. Faz barulho de qualquer jeito, nem enchendo de borracha e óleo spray pra tudo quanto é lado. E acabei reprovando o suporte, o dia que carregava os pneus militares 9,00x16, o suoprte rachou e o por pouco não acontece uam catástrofe com alguém atras de mim. Reprovado.

    O suporte preso atrás, bom , esse é campeão em rachar os suportes da carroceria, e a carroceria junto. Não tem carroceria de jeep que aguente pneu chacoalhando lá atrás. Reprovado.

    Assim, quando pensei em colocar o pequeno 35x12,5x15, sabia que tinha que colocar lá atrás mas independente da carroceria. Só que o jeep não tem ponto de apoio para colocar o bichinho lá, assim, fui no desmanche e comprei a parte da frente do chassis do jeep,à qual soldei como uma extensão atrás. Ótimo, pois também serviria de suporte para o guincho traseiro, matando 2 coelhos.

    Agora , também qualquer suporte não iria fica resistente, assim depois de pesquisar um pouco, decidí que o melhor seria colocar a ponta de um eixo traseiro, pois o tubo, a manga de eixo, os parafusos, e o próprio cubo de roda seria perfeitos para dependurar um pneu desse porte com segurança.

    Do suporte do guincho sobe uma estrutura feita com tubos de 50x50x5 mm e chapas em oxicorte de 1/4, formando o suporte principal.
    2 parafusos 14 mm com a cabeça abaulada, passantes por 2 furos embuchados, que fixam o Y que é o suporte da tubeira do eixo traseiro cortado numa posição para dar espaço aos galões.
    Agora para evitar que o suporte chacoalhe, êle tem um ponto de apoio por trás, que está amarrado a um chassis interno.

    Pronto, um suporte bonito e bem forte...e sim, poderia até ser um kit reserva do cubo de roda, afinal tá tudo lá.

    Vocês podem desenvolver alguma coisa a mais em cima disso.

    O único porém, é que êle não é basculante, o que não é problema para mim, afinal a minha carroceria é do tipo militar, mas até daria para fazer.

  3. #3
    Usuário Avatar de fugger
    Entrada
    27/03/2003
    Local
    CWB/PR
    Idade
    44
    Posts
    3,821
    Agradecimentos: 4
    :P Só faltou um disco de freio com suporte e pinça de reserva! :P

    mas que é original e bacana, isto é.


    []'s

  4. #4
    Usuário Avatar de monge
    Entrada
    11/03/2003
    Local
    Campo Belo/MG
    Idade
    44
    Posts
    1,343
    Agradecimentos: 7

    opa...

    Fala Leopoldo...

    muito boa a sua idéia. Realmente ficou bem firme.

    Agora na foto que estou colocando abaixo, se um dia vc for ter que entrar no barro, com este tanto de coisa que está (pelo menos parecendo) na altura do eixo ou próximo, vc não fica com medo ou receio?

    Seu jeep tem tanta coisa que até então eu nem imaginava que deve dar um aperto no coração na hora de ralar ele mesmo.

    Ou vc tem um outro jeep mais simples pra moer sem dó?

    Não estou provocando nem implicando, mas se eu montasse um jeep do jeito do seu, o máximo que eu andaria seria pra ir ao shopping em dias em ensolarados.

    []'s

    Eugênio
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos Entendendo o Jeep do Leopoldo-adrlbruckleopoldo05_141.jpg  
    o|||||o Monge® - CJ5 - 68 - "Bacate Atômico"
    []-o-[] Campo Belo - Sul de Minas Gerais
    https://www.youtube.com/user/mongeogeno/videos

  5. #5
    Usuário Avatar de leopoldo
    Entrada
    13/11/2003
    Local
    Agora em São Carlos/SP
    Idade
    62
    Posts
    4,191
    Agradecimentos: 5

    Modificações

    É, tudo tem um preço.

    Isso é verdade, tô muuito mais na prancheta de desenho que na lama, e os meus passeios teem sido em ruas, avenidas e pequenos trechos de estrada.
    Nem tenho feito mais fora de estrada pois o bicho ainda NEM tá pronto. Ainda tem algumas coisinhas a serem melhoradas, pois sei que se forçar vai quebrar, mas pelo menos sei o que, aonde e quando. Só quando remover estas limitações vou começar a forçar gradativamente.

    Desde esta última reforma, que está durando 6 anos, eu decidí a fazer tudo de uma vez, e a partir de certo ponto, ficou um caminho sem volta.

    Eu tinha vários sonhos de como deveria e o que deveria ter em um jeep, e como tenho a disponibilidade de projetar, desenhar, montar, .... pelo menos a mão de obra eu pude assumir.

  6. #6
    Usuário Avatar de Helton
    Entrada
    10/01/2004
    Posts
    14
    Agradecimentos: 0
    Amigo Monge
    Achei sua ideia fantastica (nao sei ate onde o Leopoldo aguenta), mas enquanto ele nao reclama eu vou aproveitar. Aproveitando esta ultima foto (acho que esta de frente) , e la vai uma bem basica. Quando se usa este tipo de barra estabilizadora( que prende no chassis e no eixo, quase reta) e aquela outra que prende em dois pontos no eixo e em cada lado no chassis? Meu teclado descofigurou e faltaram alguns acentos

  7. #7
    Usuário Avatar de monge
    Entrada
    11/03/2003
    Local
    Campo Belo/MG
    Idade
    44
    Posts
    1,343
    Agradecimentos: 7

    rear stering

    Leopoldo, uma dúvida que acredito muitos devem ter.

    Quanto ao seu rear stering, a foto abaixo mostra as 4 rodas viradas, mas tem uma foto do jeep na sua garagem, que apenas as traseiras parecem estar viradas.

    É independente isso? Vc opta por virar as 4 rodas, só as traseiras ou só as dianteiras?

    Explica pra gente æ.

    []'s

    Eugênio
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos Entendendo o Jeep do Leopoldo-adrlbruckleopoldo07_405.jpg   Entendendo o Jeep do Leopoldo-adrlbruckleopoldo08_146.jpg  
    o|||||o Monge® - CJ5 - 68 - "Bacate Atômico"
    []-o-[] Campo Belo - Sul de Minas Gerais
    https://www.youtube.com/user/mongeogeno/videos

  8. #8
    Usuário Avatar de leopoldo
    Entrada
    13/11/2003
    Local
    Agora em São Carlos/SP
    Idade
    62
    Posts
    4,191
    Agradecimentos: 5

    Estabilizadora

    A barra que liga o eixo ao chassis é chamada de Panhard e a função desta barra é manter o eixo razoávelmente centralizado enquanto a suspensão sobe e desce.

    Uma variação deste tipo de barra é usada no projeto do jeep do Giovani e é chamada de sistema Dion.

    Suspensões do tipo 2 liks(engesa) e o meu 4 links com molas helicoidais ou pneumáticas precisam desta barra ou o chassis vai para um lado e o o eixo para outro numa curva. Mesmo em linha reta isso acontece.

    Nas suspensões do tipo molas semi-elipticas, a espessura e a rigidez da mola evita que o eixo corra de um lado para o outro. Nas suspensões do
    tipo 3 links, vide jeep pejout(?), aquela peça que forma um Y faz o papel de panhard.

    ------------------------------------------------------------------------------------

    Já a estabilizadora, aquela em U, é uma mola adicional de funcionamento seletivo.
    Quando você faz uma curva, com a tedência da carroceria em deitar, cria-se um efeito semelhante a aumentar o coeficiente de elasticidade da mola do lado externo à curva. Isso acontece com mais intensidade nas curvas e muito pouco em linha reta. Essa mola praticamente só tem efeito em curvas. Em linha reta ela não atua. Só quando a estrada faz o carro balançar.

    Normalmente isntala-se 2, sendo a mais grossa na frente.

    Assim, diminui-se o efeito da roda de dentro e uma curva em levantar do chão, e com isso o carro perdendo tração, ou contato com o solo.

    No jeep, ela tem uma desvantagem.... limita o curso da suspensão no fora de estrada e é por isso que existem os kits de desconecção rápida.

    ----------------------------------------------------------------------------------

    Quando se usa a panhard?

    sempre que tiver um sistema 2 links, 4 links ou feixe de molas muito, arqueado e com jumelos muito altos.


    Quando se usa estabilizadora?

    quando eu quero o máximo de aderência dos pneus numa curva.


    -----------------------------------------------------------------------------------


    O acionamento do eixo traseiro é por um motor elétrico que atua a caixa de direção hidráulica traseira. O sistema é independente do da frente .

    Assim posso fazer uma curva atuando o dianteiro (jeito normal) , ou só com o eixo traseiro(como nas empilhadeiras), ou com os dois.

    Também posso fazer o carro andar de lado, esterçando as duas ao mesmo tempo e para o mesmo lado.

  9. #9
    Usuário Avatar de monge
    Entrada
    11/03/2003
    Local
    Campo Belo/MG
    Idade
    44
    Posts
    1,343
    Agradecimentos: 7

    direção

    Leopoldo, então como vc controla as rodas traseiras?

    É no volante ou o acionamento é por botões ou alavancas?

    []'s

    Eugênio
    o|||||o Monge® - CJ5 - 68 - "Bacate Atômico"
    []-o-[] Campo Belo - Sul de Minas Gerais
    https://www.youtube.com/user/mongeogeno/videos

  10. #10
    Usuário Avatar de leopoldo
    Entrada
    13/11/2003
    Local
    Agora em São Carlos/SP
    Idade
    62
    Posts
    4,191
    Agradecimentos: 5

    Controle

    Um joystick com um botão controla o movimento esquerda/direita do eixo.

    O sistema não tem um centralizador automático.

    A centralização é feita através da sensação de dirigir em linha reta com a conjugação da direção dianteira.

  11. #11
    Ê Leopoldo.... vc deve ter sido aquelas crianças q adoravam video game ..... é brincadeira hein!!!!
    [ ]s

  12. #12
    Leopoldo,

    E a utilidade do bi-esterçamento?

    Ajuda muito em uma trilha?

    []'s com dúvidas

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado

Change privacy settings Alterar definições de privacidade