x
Convex Datacenter
  1. #2041
    Usuário
    Entrada
    17/02/2013
    Local
    Belo Horizonte/MG
    Posts
    35
    Agradecimentos: 0



    Tenho uma 2013, que comprei zero, já está com 106.000 Km e o único problema é que a Mit parou de fabricar. Ótimo carro, até o momento nenhuma dor de cabeça. Não tenho nada a reclamar e pretendo ficar bastante tempo com ele.
    TR4 4x4 AT Branco - "Gasparzinho"

  2. #2042
    Usuário Avatar de Parapa_Sam
    Entrada
    19/05/2011
    Local
    Niterói/RJ
    Idade
    54
    Posts
    368
    Agradecimentos: 4
    Citação Postado originalmente por max4x4 Ver Post
    Tenho uma 2013, que comprei zero, já está com 106.000 Km... Não tenho nada a reclamar e pretendo ficar bastante tempo com ele.
    É um verdadeiro "Carro de Combate", um tanque de guerra.
    Pena que saiu de linha por ñ dar retorno desejado à MMC.
    Pena que os empresariados só visam o dinheiro, o lucro, a ganância econômica.

    Abçs do Sam!
    Suzuki, Grand Vitara, 4WD, 2.0, AT, GNV - Vitória
    Ex-Mit, L-200 , Triton, V6, 24V, 3.5, GNV - Dama de Ferro
    Ex-Mit, TR4, 4x4, GNV - Fred Billy

  3. #2043
    Usuário
    Entrada
    03/03/2017
    Local
    João Pessoa/PB
    Idade
    40
    Posts
    13
    Agradecimentos: 0
    Olá pessoal, fugindo um pouco do assunto, estou procurando uma tr4 2010 ou 2011 mecânica e com ABS. Nessa configuração, encontrei uma 2010 por 39.900 que o dono fala que está com 44.000km rodados e disse que era da esposa. E outra 2011, está por 44.900 (Achei bem carinha) com Banco de couro, que está com 35.000km. Ambas estão em lojas. A minha dúvida é, será que não adulteraram esses odômetros? E para os que entendem, existe essa possibilidade de alteração e isso é comum?
    Tenho medo de estarem querendo iludir.

  4. #2044
    Usuário Avatar de mbm4x4
    Entrada
    14/11/2007
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    46
    Posts
    597
    Agradecimentos: 13
    Citação Postado originalmente por Flávio_B Ver Post
    Olá pessoal, fugindo um pouco do assunto, estou procurando uma tr4 2010 ou 2011 mecânica e com ABS. Nessa configuração, encontrei uma 2010 por 39.900 que o dono fala que está com 44.000km rodados e disse que era da esposa. E outra 2011, está por 44.900 (Achei bem carinha) com Banco de couro, que está com 35.000km. Ambas estão em lojas. A minha dúvida é, será que não adulteraram esses odômetros? E para os que entendem, existe essa possibilidade de alteração e isso é comum?
    Tenho medo de estarem querendo iludir.
    Ola amigo.
    Uma maneira facil de descobrir a km é conseguir o n do chassi e placa do veiculo.
    Com estas informações, va em uma css Mitsubishi e pede para verificar as manutenção/revisoes efetuadas, assim como as datas e km.
    Se a viatura tiver o livro de bordo, local onde se carimba as revisões, fica mais facil de saber.
    Se nao tiver historico de manutenção, não é bom sinal.
    Carro usado pra nao ter dor de cabeca, acima de tudo é procedencia e consequentemente histórico de manutenção.
    Acredito que seja possivel adulterar o odômetro, assim como acredito que vendedores de loja "maqueiam" carros.
    Nao acredito em almoço "de gratis". Acho que vc deveria investigar.
    Existe locais que vc paga e eles vazem uma varredura completa no historico.
    Ouvi dizer que a Mitsubishi tem um aplicativo para quem tem iphone que vc baixa na store, que vc consegue saber sobre as revisões e O.S. sobre o veiculo.
    Boa sorte na busca!
    [ ]s
    Mateus
    Oo .·. oO
    TR4 4X4 2008 FLEX MT - 225/75R16 dunlop grandtrek at3
    Lift # dian.>molas blindadas tr4 >tras. molas Courier. Amortecedores KYB .

  5. #2045
    Usuário Avatar de Parapa_Sam
    Entrada
    19/05/2011
    Local
    Niterói/RJ
    Idade
    54
    Posts
    368
    Agradecimentos: 4
    Citação Postado originalmente por Flávio_B Ver Post
    .. A minha dúvida é, será que não adulteraram esses odômetros? E para os que entendem, existe essa possibilidade de alteração e isso é comum?
    Tenho medo de estarem querendo iludir.
    Saudações FLAVIO
    Inicialmente ratifico as declarações do ilustre MATEUS.
    Mas existe alguns procedimentos sensitíveis q nos permite ter uma ideia da km aproximada do veículo.
    Evidente que um procedimento isolado ñ permite uma conclusão, mas um conjunto de detalhes possibilita desconfiar de uma eventual adulteração:
    1 - Bancos (principalmente do carona e motorista) muito gastos, significa q o carro rodou muito. A final, ninguém assiste a novela das 9 dentro do carro.
    2 - Água do radiador com ferrugem, significa q o motor trabalhou demasiadamente, logo, rodou muito.
    3 - Se o veiculo está com 44.000 km, o disco de freio é original. Passe o dedo na ponta do disco q vc verá o desgase compatível com a quilometragem (observe o sulco onde a pastilha do freio atua no disco e compare esse sulco com a beira do disco). Um disco dura em média 90/100 km. A maior dificuldade é vc ter um parâmetro de desgaste, mas isso é fácil, faça o mesmo procedimento num carro de um amigo e pergunte a km do veículo, assim, vc pode ter uma ideia do desgaste.
    4 - Pneus Pirelli, ATR duram em média 60 mil km, logo, por essa km o pneu é original de fabrica e é possível saber se realmente é de fábrica através das numerações q acompanham o pneu (se desejar, eu pesquiso e passo pra vc). Outra dica em se tratando de pneu, é se o estepe tem a mesma numeração dos que estão rodando.
    5 - Volante descascado, descosturado, encardido é sinal de muito uso, logo, desconfie se o volante está novinho, pois demonstra que foi trocado. Veiculo com 44 mil km, o desgaste do volante deve estar no meio termo (nem desgastado e nem novinho).
    6 - Segundo a revista 4 Rodas, a média anual de rodagem de um carro é de 15.000km/ano, logo, desconfie de veículos com km muito, muito, muito baixa.
    7 - O desgaste da borracha que envolve os pedais deve ser compatível com a km.
    8 - Parte interna dos faróis com muita poeira, significa muito uso em estrada, pois por mais lacrado q seja o farol, a força do vento sempre empurra partículas minúsculas de poeira que se alojam por trás das lentes.
    9 - Motor por baixo sequinho, sem manchas de óleo é sinal que mangueiras, retentores e vedações estão com saúde, logo, motor muito usado, sempre estoura uma borracha que acabam manchando e sujando o motor.
    Bem, através do conjuntos desses detalhes, podemos chegar a uma conclusão da originalidade da quilometragem.
    Abçs do SAm!
    Suzuki, Grand Vitara, 4WD, 2.0, AT, GNV - Vitória
    Ex-Mit, L-200 , Triton, V6, 24V, 3.5, GNV - Dama de Ferro
    Ex-Mit, TR4, 4x4, GNV - Fred Billy

  6. #2046
    Usuário Avatar de Glaicon
    Entrada
    22/06/2009
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    53
    Posts
    5,146
    Agradecimentos: 125
    Citação Postado originalmente por Parapa_Sam Ver Post
    4 - Pneus Pirelli, ATR duram em média 60 mil km, logo, por essa km o pneu é original de fabrica e é possível saber se realmente é de fábrica através das numerações q acompanham o pneu (se desejar, eu pesquiso e passo pra vc). Outra dica em se tratando de pneu, é se o estepe tem a mesma numeração dos que estão rodando.
    Flávio, o que Parapa_Sam se referiu é o DOT do pneu.
    É uma inscrição na lateral do mesmo com quatro dígitos, onde o primeiro par indica o número da semana, e o segundo par indica o ano que ele foi fabricado.
    Assim, se os pneus forem ainda os originais, e devem ser pela Km rodada, eles deverão indicar no segundo par o mesmo ano de fabricação da Pajero.
    Poderão ter ainda até o ano anterior, caso as viaturas tenham sido fabricadas no começo do ano, ou seja, se ela é ano 2010, o pneu pode ter sido fabricado ao final de 2009.
    Por isso, investigue bem esta informação, pois ela poderá lhe ser bem útil.
    As fotos abaixo lhe ajudarão a identificar o DOT.
    Boa sorte na sua pesquisa.
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos -entenda-siglas-pneu.jpg   -identificacao-pneus.jpg  

  7. #2047
    Usuário
    Entrada
    03/03/2017
    Local
    João Pessoa/PB
    Idade
    40
    Posts
    13
    Agradecimentos: 0
    Muito obrigado por essas preciosas informações, Mb4x4, Parapa_Sam e Glaicon. Não tinha pensado na questão do disco de freio, nos pneus, nem nos faróis. Em relação a comparar com o desgaste de outro veículo posso comparar com o meu mesmo que é um 2010, foi comprado 0KM e está com 94.000 km rodando só na cidade. Estou de olho em três TR4, uma 2010 com 75.000 km (achei compatível com o ano) e duas 2011, sendo que uma dessas está com 35.000 e vi que está no nome de uma senhora e acredito que por isso a quilometragem está baixa, até porque está bem alto o preço, por R$ 44.900, ainda não fui olhar, mas só pode estar muito nova.

    De qualquer forma, vou levar um mecânico que meu colega indicou, pois ele já teve duas tr4 e agora está com um Grand Vitara.
    A propósito, comentei com ele que iria querer uma TR4 preta, ele me aconselhou a comprar uma branca, pois o ar condicionado da preta não dava conta do nosso calor.
    4X4 Brasil

  8. #2048
    Usuário Avatar de Glaicon
    Entrada
    22/06/2009
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    53
    Posts
    5,146
    Agradecimentos: 125
    Citação Postado originalmente por Flávio_B Ver Post
    A propósito, comentei com ele que iria querer uma TR4 preta, ele me aconselhou a comprar uma branca, pois o ar condicionado da preta não dava conta do nosso calor.
    Já tive veículo preto, branco e, agora, prata.
    Realmente, o veículo preto deixado no sol gera um bafo e calor dentro, que faz o ar condicionado demorar um monte para torná-lo agradável.
    Já os veículos branco e prata possuem temperatura mais amena.
    Você coloca o ventilador na velocidade média, sem o barulhão da velocidade alta, e logo começa a gelar.
    Outro detalhe é que o veículo preto suja muito.
    Aparece até a poeira.

  9. #2049
    Usuário Avatar de leojaz
    Entrada
    02/06/2008
    Local
    Rio/Fortaleza/Brasília/RJ
    Idade
    40
    Posts
    1,079
    Agradecimentos: 5
    Amigos, boa tarde. Já tive 3 TR4 mas estou fora da marca há um tempo. Tinha anotações de tudo sobre a manutenção que fiz e peças que troquei, valores, marcas, marcas compatíveis etc. Deixei se perder e agora quero assessorar uma amigo que comprou uma 2010 automática.
    Sabem dizer se o filtro de combustível Ainda é o mahle 582? Esse filtro era exatamente o mesmo do corsa 1.8 e custando a metade se vc não falasse pro vendedor que o filtro era para uma Mitsubishi.
    E qual a marca e valor dos armotercedores dianteiros? Na Full lembro que era Kayaba, mas da TR4 não lembro. Acho que Monroe.
    Eu dirigindo fazia 7km/L, minha esposa 5,5... só abastecia com aditivada da BR porque era o mesmo valor da comum num posto de bairro.
    Esse meu amigo falou que está fazendo 5,5/L. Tem vários fatores que influenciam o consumo, geralmente o motorista tem um peso grande nisso.
    A correia é trocada com qual km? Sabem valor e marca?

    Grato a todos.
    Carregando...

  10. #2050
    Usuário Avatar de leojaz
    Entrada
    02/06/2008
    Local
    Rio/Fortaleza/Brasília/RJ
    Idade
    40
    Posts
    1,079
    Agradecimentos: 5
    Citação Postado originalmente por Parapa_Sam Ver Post
    Saudações FLAVIO
    Inicialmente ratifico as declarações do ilustre MATEUS.
    Mas existe alguns procedimentos sensitíveis q nos permite ter uma ideia da km aproximada do veículo.
    Evidente que um procedimento isolado ñ permite uma conclusão, mas um conjunto de detalhes possibilita desconfiar de uma eventual adulteração:
    1 - Bancos (principalmente do carona e motorista) muito gastos, significa q o carro rodou muito. A final, ninguém assiste a novela das 9 dentro do carro.
    2 - Água do radiador com ferrugem, significa q o motor trabalhou demasiadamente, logo, rodou muito.
    3 - Se o veiculo está com 44.000 km, o disco de freio é original. Passe o dedo na ponta do disco q vc verá o desgase compatível com a quilometragem (observe o sulco onde a pastilha do freio atua no disco e compare esse sulco com a beira do disco). Um disco dura em média 90/100 km. A maior dificuldade é vc ter um parâmetro de desgaste, mas isso é fácil, faça o mesmo procedimento num carro de um amigo e pergunte a km do veículo, assim, vc pode ter uma ideia do desgaste.
    4 - Pneus Pirelli, ATR duram em média 60 mil km, logo, por essa km o pneu é original de fabrica e é possível saber se realmente é de fábrica através das numerações q acompanham o pneu (se desejar, eu pesquiso e passo pra vc). Outra dica em se tratando de pneu, é se o estepe tem a mesma numeração dos que estão rodando.
    5 - Volante descascado, descosturado, encardido é sinal de muito uso, logo, desconfie se o volante está novinho, pois demonstra que foi trocado. Veiculo com 44 mil km, o desgaste do volante deve estar no meio termo (nem desgastado e nem novinho).
    6 - Segundo a revista 4 Rodas, a média anual de rodagem de um carro é de 15.000km/ano, logo, desconfie de veículos com km muito, muito, muito baixa.
    7 - O desgaste da borracha que envolve os pedais deve ser compatível com a km.
    8 - Parte interna dos faróis com muita poeira, significa muito uso em estrada, pois por mais lacrado q seja o farol, a força do vento sempre empurra partículas minúsculas de poeira que se alojam por trás das lentes.
    9 - Motor por baixo sequinho, sem manchas de óleo é sinal que mangueiras, retentores e vedações estão com saúde, logo, motor muito usado, sempre estoura uma borracha que acabam manchando e sujando o motor.
    Bem, através do conjuntos desses detalhes, podemos chegar a uma conclusão da originalidade da quilometragem.
    Abçs do SAm!

    Concordo com todos os pontos observados, fazendo um adendo ao 6. Minha esposa já trabalhou em algumas CSS, e é comum carros com baixíssima km, normalmente de pessoas mais velhas e do sexo feminino que trocam de carro a cada dois anos ou menos. Meu atual carro 2010/2011 comprei em março com 23000 km. A TR4 da minha mãe com 3 Anos de uso tinha 18000km.
    Observando com atenção os itens mencionados saberemos (ou desconfiaremos) se o velocímetro foi adulterado.

    Boa sorte e sucesso na escolha, é um excelente carro!
    Carregando...

  11. #2051
    Usuário Avatar de Parapa_Sam
    Entrada
    19/05/2011
    Local
    Niterói/RJ
    Idade
    54
    Posts
    368
    Agradecimentos: 4
    Citação Postado originalmente por Glaicon Ver Post
    Flávio, o que Parapa_Sam se referiu é o DOT do pneu.
    É uma inscrição na lateral do mesmo com quatro dígitos, onde o primeiro par indica o número da semana, e o segundo par indica o ano que ele foi fabricado.
    Assim, se os pneus forem ainda os originais, e devem ser pela Km rodada, eles deverão indicar no segundo par o mesmo ano de fabricação da Pajero....
    Grato Glaicon, por enriquecer o conteudo.

    Abçs do Sam!
    Suzuki, Grand Vitara, 4WD, 2.0, AT, GNV - Vitória
    Ex-Mit, L-200 , Triton, V6, 24V, 3.5, GNV - Dama de Ferro
    Ex-Mit, TR4, 4x4, GNV - Fred Billy

  12. #2052
    Usuário
    Entrada
    10/05/2013
    Local
    rio de janeiro/RJ
    Posts
    2
    Agradecimentos: 0
    Alguém no tópico teria uma dica de como tirar o carter do motor da pajero tr4, gostaria de saber se é necessário levantar um pouco o motor para ele poder sair?

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado

Change privacy settings Alterar definições de privacidade