x
Convex Datacenter
Página 1 de 8 12345678 ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 12 de 95
  1. #1
    Usuário Avatar de Marcelo A. Marchiodi
    Entrada
    29/12/2003
    Local
    Franca/SP
    Idade
    40
    Posts
    1,075
    Agradecimento: 1

    Gurgel Super Cross




    Eu sei que não é um 4x4, mas... e se pudesse ser!!!???
    Achei estas fotos deste Gurgel e na minha opinião é um carrinho muito bem desenhado, tem os elementos estéticos de um utilitário, é claro que não tem a truculência usual da maioria dos veículos 4x4...
    Quando vi a ficha técnica dele (http://gurgel800.sites.uol.com.br/gu...cificacoes.htm) vi que ele usa eixo rígido do Chevete, se existisse um eixo dianteiro similar a este no mercado poderia ser feito um modelo 4x4.
    Imaginem: um veículo super leve (fato importante e meio esquecido nos 4x4), com dois eixos rígidos e caixa de transferência, suspensão de molas helicoidais, estrutura reforçada, bons ângulos de entrada e saída, o motor poderia ser um AP 1.6, pneus aro 14... ficaria interessante! 8)
    Talvez o vão livre não ficasse tão bom, poderia até se pensar em colocar uma daquelas caixas de redução da Kombi antiga, nas pontas de eixo, tipo um "mini Unimog".
    E então, o que acham!!!???

    Tem também o fato de ser um carro totalmente nacional, uma pena a Gurgel ter sofrido a rasteira que sofreu! Esta seria uma opção 4x4 interessante e talvez não muito cara! Pensem nisso...

    Ah, e se alguém tiver mais fotos dele, coloquem aqui, li em um site que a Gurgel fez alguns poucos modelos militares que o Exército usou e foram aprovados na época!
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos Gurgel Super Cross-traseira_.jpg   Gurgel Super Cross-supercross_.jpg  

  2. #2
    Usuário Avatar de Pedro Bachir
    Entrada
    12/03/2003
    Local
    Betim/Lavras/São João del rei/MG
    Idade
    29
    Posts
    898
    Agradecimentos: 0

    Re: Gurgel Super Cross

    Citação Postado originalmente por Marcelo A. Marchiodi
    Eu sei que não é um 4x4, mas... e se pudesse ser!!!???
    Achei estas fotos deste Gurgel e na minha opinião é um carrinho muito bem desenhado, tem os elementos estéticos de um utilitário, é claro que não tem a truculência usual da maioria dos veículos 4x4...
    Quando vi a ficha técnica dele (http://gurgel800.sites.uol.com.br/gu...cificacoes.htm) vi que ele usa eixo rígido do Chevete, se existisse um eixo dianteiro similar a este no mercado poderia ser feito um modelo 4x4.
    Imaginem: um veículo super leve (fato importante e meio esquecido nos 4x4), com dois eixos rígidos e caixa de transferência, suspensão de molas helicoidais, estrutura reforçada, bons ângulos de entrada e saída, o motor poderia ser um AP 1.6, pneus aro 14... ficaria interessante! 8)
    Talvez o vão livre não ficasse tão bom, poderia até se pensar em colocar uma daquelas caixas de redução da Kombi antiga, nas pontas de eixo, tipo um "mini Unimog".
    E então, o que acham!!!???

    Tem também o fato de ser um carro totalmente nacional, uma pena a Gurgel ter sofrido a rasteira que sofreu! Esta seria uma opção 4x4 interessante e talvez não muito cara! Pensem nisso...

    Ah, e se alguém tiver mais fotos dele, coloquem aqui, li em um site que a Gurgel fez alguns poucos modelos militares que o Exército usou e foram aprovados na época!
    axo que não seria o carro ideal para o que vc quer........ mtr 800cc, susp. independente....... se fosse colocar um ap, fikaria bom!!!! tração 4x4, axo que seria meio difícil adaptar!!!! eixo trazeiro até poderia ser..... mas o dianteiro complicaria!!!!! mas se tu tiver tempo$$$, até fikaria legal........

    flw!!

  3. #3
    Usuário Avatar de bruno_
    Entrada
    16/07/2004
    Local
    São Sebastião do Paraíso/MG
    Posts
    835
    Agradecimentos: 0
    Muito bacana

    Concordo, esse carrinho poderia ter feito sucesso no futuro com uma mecanica moderna
    Confira e participe de todos os preparativos para o 3º Encontro Nacional de Rural e F75/F85 no link abaixo
    http://www.ruralef75.com.br/

  4. #4
    E ai Marcelão... blz.

    Em primeiro lugar, gostei pacas da idéia, acho que seria bem interessante unir dois grandes requisitos pra um veiculo 4x4, menor peso e mais potencia. depois te digo algo mais... grande abraço e apareço em breve.

    Higor Renck

  5. #5
    Tenho um camarada que é adora esses carrinhos e ele conseguiu comprar um super-cross depois de anos de procura, já é um carrinho meio raro e caro, acho pra oq. agente usa não vale a pena, qq. erosão o bichinho iria ficar com as patinhas pra cima, facil, facil.

  6. #6
    Usuário Avatar de Marcelo A. Marchiodi
    Entrada
    29/12/2003
    Local
    Franca/SP
    Idade
    40
    Posts
    1,075
    Agradecimento: 1
    E aí Higor, beleza!? ...tá sumido hein cara!
    É uma idéia interessante, sem dúvida, mas para uso fora-de-estrada teria que ser bem mais reforçado, digo isso pois ontem vi um BR-800 e achei o carrinho meio fraquinho e pelo jeito o Super Cross herdou algumas coisas dele (apesar de que pelo uso que ele se prestava, deveria ser mais reforçado mesmo...). É uma pena, o sr. Gurgel realmente era um visionário (e acho que tão cedo não veremos outro brasileiro tentar fazer carros por aqui... será???) mas nunca quis colocar tração 4x4 em seus veículos, dizia que eles não precisavam, se ele tivesse feito isso, teríamos um veículo 4x4 diferente de tudo que existe hoje e muito bom, com certeza!

    Beto;
    Não sabia que o Super Cross chegou a ser comercializado, acho que só foram feitos alguns protótipos e com certeza ele é extremamente raro, se você puder tire umas fotos desse modelo do seu camarada e coloque aí, na internet só encontrei estas 2 fotos. Estou curioso pra ver outro!!!
    Quanto ao que você disse sobre erosões, pode acontecer mesmo, talvez se ele fosse mais largo resolveria, ou então colocar uns eixos mais largos nele... quem sabe...! Porém, levando em consideração o fato de ser um carro raro, fazer uma conversão dessas seria um pecado! Só mesmo construindo outro! A estrutura dos carros da Gurgel era muito fácil de se fazer, na foto está a estrutura do Moto Machine (notem que dá pra colocar uma caixa de transferência e um eixo dianteiro, se existisse um, é claro...), todos os outros modelos seguiam este conceito, patenteado e chamado de "Plasteel".
    Até mais!
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos Gurgel Super Cross-chassis_moto_machine.jpg  

  7. #7
    Banido
    Entrada
    07/05/2004
    Idade
    68
    Posts
    630
    Agradecimentos: 0
    Não acho que essas carinhos seriam bons foras-de-estrada. Ser leve nem sempre é vantagem, depende do terreno, o curso da suspenção deles é pífia, altura livre, minima. angulos de entrada e saia tb ruins, não tem espaço para pneus adequados. Pra fazer com que eles tenham essas caracteristicas seram nescesárias tantas modificaçoes que ficariammais fácil fazer outro carro.

    Esse super cross tá mais pra esses off-roads engana besta. palio, gol, doblo, paraiti, strada, montana, fiesta(ecosport) e (pasmen) Fox. Que seguem a receita de suspenção 2 dedos mais alta e parachoques pretos, como é fácil fazer um off-road!!!


    A Gurgel faliu pq fabricava produtos de baixa qualidade defasados tecnologica e estilisticamente, não teve como competir com a concorrencia que oferecia produtos muitos superiores, principamente com a abertura das importações. A gota dáqua foi um golpe que acabou sendo um tiro no pé, tramou com governo um subsidio na forma de imposto menor para veiculos de até 1000cc(que dura até hj) para diminuir o preço do seus carros equipados com o seu motor propio de 800cc(na verdade um motor de fusca cortado do meio) e assim aumentar suas vendas, so que as outras montadoras simplesmente diminuram o motor dos seus carros de entrada(gol e Uno) para aproiveitar o subsidio, tornando-se muito mais competitivos devido a qualiade superior.
    E essa historia da gurgel não ter veiculos 4x4 pq não queria eh conversa pra boi dormir, na verdade eles numca conseguiram criar um sistema, numca passaram de prototipos que podem ser taxados de piadas. Acabaram optando por um "curioso" pra não dizer ridiculo sistema de freios individuais para as rodas traseiras, ao menos um bloqueio podiam ter colocado.

    Um exemplo do era a gurgel, é o modelo Carajás, que vinha com motor AP e tinha tração traseira, mas não tinha cardã, a tração era traseira sendo o motor dianteiro ecaixa de marcha traseira, era uma caixa de marcha de fusca colocada ao contrario ligada ao motor por uma absurda gambiarra que consistia num eixo dentro de um tubo com flanges nas estremidades, que vibrava como um auto-falante. calculem a durabilidade.

  8. #8
    Citação Postado originalmente por Marcelo A. Marchiodi
    mas nunca quis colocar tração 4x4 em seus veículos, dizia que eles não precisavam...
    A questão nunca foi querer ou deixar de querer, simplesmente. Realmente o "seu" João era duro na queda sobre alguns aspectos (nenhum carro dele tinha cinzeiro porque ele simplesmente não queria, e fim de conversa!) só que ele tinha um tino comercial muito afinado e sempre esteve de olho no mercado que lhe interessava.
    Veículos Gurgel nunca foram baratos e a fabricação de algum modelo 4X4 com certeza custaria mais caro que os similares da época (básicamente Jeep Ford e Toyota Bandeirantes).
    Outro aspecto é a validade da tração em um veículo com motorização traseira. Tive a oportunidade de dirigir o jeep Jegue e a Kombi 4X4 com a tração da Dacunha (isso no tempo da Revista 4X4 & Pickup, quando eu dava uma força nos bastidores) e tenho convicção de que o custo (+ complexidade mecânica, manutenção, etc.) não justificava o resultado final.
    O Carajás seria uma excessão, porém a premissa da Gurgel sempre foi voltada ao uso utilitário, funcional, e dentro de uma realidade de mercado.

    Não sabia que o Super Cross chegou a ser comercializado, acho que só foram feitos alguns protótipos e com certeza ele é extremamente raro...
    Que eu saiba não chegou a ser comercializado e os poucos que existem (não mais do que uma dúzia) foram adquiridos da massa falida da empresa.
    Tive a oportunidade de ver (na Feira do Automóvel de 1992 e na Gurgel Trade Center) uma "versão militar" (entre aspas porque era só visual).
    Pintura estilo camuflada, rack no teto, pneus lameiros, antena Maria Mole (maior que o carro!) e mais alguns badulaques que já se perderam na memória. O visual ficou muito interessante e se a idéia era chamar a atenção, com certeza acertaram em cheio!

    Quanto ao que você disse sobre erosões, pode acontecer mesmo, talvez se ele fosse mais largo resolveria, ou então colocar uns eixos mais largos nele... quem sabe...!
    Nem tudo nesta vida é feito para trilhas radicais e a proposta do SuperCross com certeza não era essa!

    ...na foto está a estrutura do Moto Machine (notem que dá pra colocar uma caixa de transferência e um eixo dianteiro, se existisse um, é claro...), todos os outros modelos seguiam este conceito, patenteado e chamado de "Plasteel".
    A estrutura da foto é do SuperMini (sucessor do BR 800). A estrutura do Moto Machine tinha menor distância entre-eixos e traseira truncada.
    Pela foto (cuja estrutura é muito semelhante à do SuperCross, que difere apenas na parte traseira) não dá para ter uma idéia adequada mas com certeza não existe a menor condição de instalar uma tração dianteira.

    Em tempo, o SuperCross não contava com tração mas tinha câmbio com reduzida. Considerando o peso do carro (650 kg) e o curso da suspensão (~20 cm) a reduzida + Seletraction provavelmente foi uma solução mais acertada do que uma tração 4X4, não esquecendo da proposição do veículo, é claro.

    Abraços,

  9. #9

    Re: Gurgel Super Cross

    Citação Postado originalmente por Marcelo A. Marchiodi
    ... li em um site que a Gurgel fez alguns poucos modelos militares que o Exército usou e foram aprovados na época!
    Que eu saiba no inicio dos anos 70 a Aeronáutica comprou algumas dezenas de X10 (antecessor do X12 e que foi o primeiro modelo a ter estrutura própria, abandonando de vez a plataforma da VW) e lá pelos idos de 77/78 o exército fez o pedido (para a Gurgel) de um lançador de obus auto-tracionado. Nasceu então o X15, que além da versão específica para o exército (que não passou de algumas poucas unidades) teve também a versão "militar", utilizada aqui em São Paulo pela Policia Militar (Tropa de Choque) e cuja foto pode ser vista ao lado, em meu Avatar.

    Um outro modelo que talvez teria interesse para uso militar foi o Transa.
    Veículo anfíbio, 6X6, que não passou de um único protótipo.
    Maiores detalhes sobre ele podem ser vistos em:
    http://www.uor.com.br/default.asp?pg...des/transa.htm

    Abraços,

  10. #10
    All,
    Certa vez conversei com o dono de uma loja de insul-films no bairro de Moema, ele gostava muito de Gurgels e tinha um X-12.
    Ele me disse que tem um mecânico aqui de São Paulo faz a adaptação de 4x4 em gurgel, especificamente em X-12.
    Não faço a mínima idéia de como o tal mecânico faz isso, e o proprietário da loja também não soube me explicar direito, já que ele entendia menos do que eu de mecânica........... na época ele me disse que tinha ido nessa oficina para orçar a adaptação do 4x4 no seu X-12, mas ele achou inviável em função do custo, que se eu me lembro bem ficava em torno de R$4.500,00.
    Essa conversa foi mais ou menos no início do ano passado.....
    Se alguém tiver interesse em descobrir mais informações sobre 4x4 em Gurgel, posso arrumar o telefone da loja de insul-film, devo ter o cartão do cara guardado em algum lugar por aqui.

    []'s
    Pinhal

  11. #11
    Usuário Avatar de ramiro_eli
    Entrada
    12/03/2003
    Local
    Sampa Z/S/SP
    Idade
    41
    Posts
    2,167
    Agradecimentos: 0
    O eixo traseiro do BR 800 é igual ao do Chevette, que é um Dana 30.
    Eixo dianteiro tem bastante...é o eixo original dos Engesas/Campers, que tb é Dana 30. Mas a bitola certamente é diferente...

    [ ]´s participando na viagem na maionese...
    Devasso CJ-X 58
    Toy Land Cruiser FZJ-105 01
    C 10 4.8 Automatic4 73

  12. #12
    Usuário Avatar de Marcelo A. Marchiodi
    Entrada
    29/12/2003
    Local
    Franca/SP
    Idade
    40
    Posts
    1,075
    Agradecimento: 1
    Caro Klendatu, você trabalhou na Gurgel????????????????????????????
    Não leva a mal não cara, mas se for pra escrever tanta besteira assim, melhor não se pronunciar (apesar de o fórum ser um espaço democrático... portanto você tem o direito de expressão), mas se não sabe o que está escrevendo, então procure se informar antes...

    Só pra começar:

    1°) A Gurgel não faliu porque "...fabricava produtos de baixa qualidade defasados tecnologica e estilisticamente...", faliu por rasteira política e acredite se quiser pressão das grandes montadoras (principalmente a VW), e quanto ao estilo, alguns modelos antigos eram realmente horríveis mas outros foram muito elogiados no exterior (principalmente na Europa) pelo seu design inovador e acima de tudo prático. A Gurgel não "tramou" nada com o governo, pelo contrário, foi traída pelo governo pois este havia diminuído o IPI para o BR-800 (se não me engano...) para 5% enquanto as outras marcas (GM, VW, Fiat, Ford) pagariam 10%; de uma hora pra outra o governo igualou o IPI para todo mundo, obviamente colocando em desvantagem a Gurgel. A abertura das importações (feita de maneira desastrosa...) foi um grande agravante para o fim da Gurgel também, não só dela mas como de muitas outras marcas de carros fora-de-série existentes no Brasil.

    2°) O motor do Gurgel BR-800, Supermini, Moto Machine e Super Cross definitivamente não era "...um motor de fusca cortado do meio...", era um motor desenvolvido pela própria Gurgel, chamava-se Enertron, era refrigerado a água, seu conceito pode até ter sido inspirado num "...motor de fusca cortado do meio..." mas não era isso.

    3°) "...essa historia da gurgel não ter veiculos 4x4 pq não queria eh conversa pra boi dormir, na verdade eles numca conseguiram criar um sistema, numca passaram de prototipos que podem ser taxados de piadas..." de onde você tirou comentário tão infeliz e equivocado????????????? Pelo que se sabe os veículos da Gurgel não tinham sistema 4x4 por pura teimosia do sr. Gurgel, me diga: quem desenvolve um motor à combustão interna não conseguiria desenvolver um sistema de tração 4x4??????? "...Acabaram optando por um "curioso" pra não dizer ridiculo sistema de freios individuais para as rodas traseiras, ao menos um bloqueio podiam ter colocado..." esse rídiculo sistema (Seletraction) tirava muita gente do enrosco pelo Brasil afora (funcionava e era barato), e um bloqueio custaria tempo e dinheiro.

    4°) "...Um exemplo do era a gurgel, é o modelo carajás, que vinha com motor AP e tinha tração traseira, mas não tinha carda, a tração era traseira pq era uma caixa de marcha de fusca colocada ao contrario ligada ao motor que era dianteiro , por uma absurda gambiarra que consistia num eixo dentro de um tubo com falges nas estremidades, que vibrava feito um auto falante, calculem a durabilidade..." bom, pelo o que eu pude entender deste seu português sofrível (aliás, nada condizente com um estudante de engenharia...) você faz uma crítica ao sistema TTS (Tork Tube System) que proporcionava melhor distribuição de peso e as vantagens da tração traseira (pois o conjunto mecânico usado no Carajás era do Santana, de tração dianteira), apesar da fragilidade (muita potência do motor AP 1800 cc para um conjunto dimensionado para 1600 cc a ar, como você mesmo disse...) mecânica foi uma interessante solução na época, não era uma "gambiarra".

    Por fim, quero dizer o seguinte: o mínimo que a Gurgel merece é respeito, o sr. Gurgel foi o único brasileiro a tentar fazer carros com tecnologia nacional (em grande parte...), chegou a dominar uma fatia de 75% do mercado de veículos fora-de-estrada na sua época, fabricou por volta de 22000 veículos, e faliu por traição do governo de seu próprio país e acredito eu da sua maior fornecedora de peças, a VW; hoje ele sofre de Mal de Alzheimer... talvez pra se esquecer de tanta decepção... e de atitudes como a sua...

    Se você, que diz no seu perfil, gosta tanto de "tudo sobre carros", procure se informar mais sobre os carros feitos no seu país... valorize e respeite os que tentaram fazê-los por aqui...

    http://www2.uol.com.br/bestcars/classicos/gurgel-1.htm

    http://www.jcgurgelguerreiro.hpg.ig....be_gurgel2.htm

    http://www.submarino.com.br/books_pr...d=238402&ST=SE

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado