x
Convex Datacenter
  • Avaliamos a potente 'VTR' Chevrolet Trailblazer LTZ V6

    Pedaleira suspensa-trailblazerv6.jpg

    A Chevrolet mandou muito bem na versão potente de seu modelo Trailblazer com motor V6 3.6 de 277 cv e transmissão automática de seis velocidades.

    Pedaleira suspensa-gmtrailblazer_v6-3-.jpeg

    Quem conheceu o famoso motor Vortec 4.3, precisa acelerar o atualizado V6 que equipa este modelo atual, é animal!!!

    Pedaleira suspensa-gmtrailblazer_v6-4-.jpg

    Quando pensamos em motores movidos a gasolina e com alta potencia, na maioria das vezes, associamos ao alto consumo de combustível. Não é o caso da Trailblazer.

    Fiz uma média de consumo enchendo o tanque até o automático a cada trecho rodado. Registrei 8 km com 1 litro de gasolina na cidade, 12 km/l na rodovia e 6 km/l no off road. Este resultado foi com uma tocada que poderia ser mais econômica, mas confesso que gostei tanto da relação peso x potencia que a vontade de acelerar foi grande, principalmente no barro.

    Pedaleira suspensa-gmtrailblazer_v6-6-.jpeg

    A lista de equipamentos desse carro é bem grande, senti falta apenas de um volante multifuncional atualizado, abertura e fechamento da tampa do porta-malas elétrico e keyless (chave presencial), nada mais.

    Pedaleira suspensa-gmtrailblazer_v6-11-.jpg

    No fora de estrada esse modelo já é bem conhecido pelo bom desempenho e segurança. Possui 4x4 com reduzida, controle de descida, assistente de partida em rampa, bloqueio eletrônico do diferencial, freios a disco nas quatro rodas e controle de estabilidade com reboque.

    Pedaleira suspensa-gmtrailblazer_v6-1-.jpeg

    Estão presentes equipamentos de conforto e segurança, com destaque para o multimídia MyLink com tela sensível ao toque de 8 polegadas, câmera de ré, navegador GPS com mapas em 2D ou 3D, sistema OnStar Exclusive na tela do multimídia, Google Android Auto com navegadores Waze e Maps além de Apple Car Play. Comandos de voz, conexão bluetooth, entradas USB e auxiliar de fácil manuseio.

    Pedaleira suspensa-gmtrailblazer_v6-2-.jpg

    Ar-condicionado automático com difusores para segunda e terceira fileira, direção elétrica, vidros elétricos e travamento nas quatro portas, retrovisores com ajustes e rebatimento elétrico, faróis com LEDs diurnos, grade cromada, rodas de liga leve aro 18 polegadas diamantadas, pneus 265/60, escape cromado de respeito, lanternas em LED, retrovisores cromados com repetidores de direção e barras longitudinais no teto.

    Pedaleira suspensa-gmtrailblazer_v6-7-.jpg

    Internamente os bancos não muito confortáveis, são revestidos em couro e apenas o do motorista com ajustes elétricos. Traseiro bipartido e ajustável longitudinalmente. Ambos com apoio de braço central e porta-copos. O ajuste do volante na coluna de direção é possível apenas em altura e não em profundidade.

    Pedaleira suspensa-gmtrailblazer_v6-12-.jpg

    As alças no teto e nas colunas A e B que em conjunto com o prático estribo lateral, possibilitam uma fácil movimentação para entrar e sair do carro que não é baixo. Para-barro de boa qualidade flexíveis e resistentes. Retrovisor eletrocrômico com botões de comandos do OnStar. Um útil porta-óculos no teto próximo ao retrovisor interno.

    Pedaleira suspensa-gmtrailblazer_v6-9-.jpg

    Alarme, alerta de colisão e invasão de faixa de rolamento visual e sonoro com ajuste de distância, alerta de movimentação traseira, controle de cruzeiro, aviso de ponto cego, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, freios ABS com EDB, controle de estabilidade, Isofix, airbag duplo frontal, airbags laterais, airbags de cortina, cintos de três pontos e encosto de cabeça para todos, luzes de neblina, faróis de neblina, luz auxiliar de freio, proteção na base das portas e pára-choques, entre outros mais.

    Pedaleira suspensa-gmtrailblazer_v6-10-.jpg

    A diferença de preço entre as versões: 3.6 V6 gasolina R$ 182.000 e a 2.8 CDTI diesel por R$ 220.000 é de R$ 38.000 que não é pouco. O outro quesito importante neste caso é o torque, que na versão a gasolina perde para a versão a diesel, sendo 35,7 contra 51 kgfm na mesma ordem. Sem mudanças na configuração original do carro, não faz tanta falta. Eu optaria pela versão a gasolina.

    Pedaleira suspensa-gmtrailblazer_v6-8-.jpeg

    Este modelo já faz parte da vida de muitas pessoas, assim como na vida da dona Vera, que ganhou sua Blazer 0km do marido no ano de 1999, a qual foi apelidada de Hera, em alusão ao seu nome. Antes da Hera chegar, já haviam passado pela família: 2 Bonanza(s) e uma Caravan, evidenciando a paixão pela marca. Atualmente, além da Hera, uma S10 2015 auxilia na locomoção da família.

    Até a próxima...

    Flávio Verna
    Insta: Flaviostm