Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 12 de 22
  1. #1
    Usuário Avatar de Porcão
    Entrada
    17/09/2004
    Idade
    45
    Posts
    68

    Como regular o GNV?




    Estou brigando com o meu kit de GNV.
    Ainda não estou conformado com o consumo dele e muito menos com
    a falta de força.
    Vários amigos que instalaram o kit falam que perde força sim, mas nada
    que seja ridiculo. O meu, por outro lado está ruim demais.
    Fraco pra caramba. Quando passo para gasolina dá impressão que troquei
    o motor inteiro, tenho até que tirar o pé do acelerador.
    Allguém tem alguma dica de como se regula esse treco?
    O meu tem um parafuso (acredito que de vazão) no corpo do regulador.
    Do regulador sai um cano que se divide em 2, um para cada venturi.
    Nesse Y de divisão existe um parafuso para cada lado do carburador.
    O carburador é original e zerado, a regulagem das valvulas e ponto também. E estou usando um treco que atrasa 4 graus quando estou com
    o gnv ligado.
    O filtro de ar é novo, as velas também juntamente com a bobina.
    E para comandar a bobina eu tenho um módulo MSD 6AL

    []s

  2. #2
    Usuário Avatar de Sukys
    Entrada
    05/08/2004
    Posts
    1,158
    Quando se usa GNV o ponto de ignição tem que sofrer um avanço e não atraso.

  3. #3
    Usuário Avatar de Porcão
    Entrada
    17/09/2004
    Idade
    45
    Posts
    68
    Está certo!
    Eu escrevi errado mesmo!
    Alais, o código desse "treco" é CP200 (e não é o sinclair antigo não! )

    []s

  4. #4
    Banido Avatar de Wallace
    Entrada
    13/03/2003
    Idade
    47
    Posts
    6,420
    tem que ver o que consta do seu kit... quanto menos coisa no kit
    pior fica.

  5. #5
    Usuário Avatar de Porcão
    Entrada
    17/09/2004
    Idade
    45
    Posts
    68
    Então. o meu pareceu ser dos bem legais
    Ele é assim: cilindro de 25m3, valvula no cilindro, o regulador de pressão
    é grande pacas com 2 corpos e aquecido pelo radiador e tem um parafuso de regulagem nele, a valvula de abastecimanto com o bico,
    reloginho de pressão e medidor de pressão eletronico.
    A saida dele tem um divisor em Y com 2 parafusos de regulagem para
    cada lado do carburador. O carburador foi furado e instalado os bicos de gás. Dentro tenho um modulo de controle do gás/gasolina com marcador
    de pressão do gás com 5 leds.
    Módulo para variar o ponto de ignição de acordo com a rotaçao do motor também.
    Acho que é só isso.
    Um outro cara que tem exatamente o mesmo kit que eu faz 10km com o metro, eu não passo dos 7. Ele anda muuuuito mais que o meu que mais parece um carro 1000.
    Fora isso tenho a mais que ele um modulo de faisca multipla msd, velas de 3 eletrodos zeradas, filtro de ar zerado e carburador recem revisado.
    Ou seja, era pra estar melhor que o do meu amigo.
    Pretendo colocar agora a engrenagem de comando de vávula por uma envenenada, vamos ver se muda alguma coisa. Isso meu amigo tem juntamente com o comando retrabalhado.
    ufa! é isso!

  6. #6
    Banido Avatar de Wallace
    Entrada
    13/03/2003
    Idade
    47
    Posts
    6,420
    Realmente o comando faz muita diferença.
    Tem que ver como é o difusor do Gás, o tamanho e os melhores são metalicos, acho que de aluminio. Os vagabundos são de plástico.
    O tamanho não deve estar pequeno, ou perderia muito na gasolina; pode estar muito grande.
    Toericamente o instalador deveria ter feito a regulagem num equipamento que eles chamam de pulmão (acho que é isso). Veja se isso foi feito, se não fez é bom fazer.
    Velas de 3 eletrodos é besteira, gastou a toa. Só um dos eletrodos vai funcinar. O melhor seria ter gasto num vela melhor com um único eletrodo como a Platinum da Bosch ou similar. O que é importante ver se esta vela é adequada para o uso do Gás. É a chamada temperatura da vela.
    Outra coisa importante é verificar a temperatura de trabalho do motor.
    Tem que trabalhar na temperatura correta, nem frio nem quente.
    Pneus e outros equipamentos podem influenciar no consumo, principalmente na cidade com mais peso e na estrada com pior aerodinamica.
    A forma de dirigir e o uso de ar condicionado também influi bastante.

  7. #7
    Usuário Avatar de Porcão
    Entrada
    17/09/2004
    Idade
    45
    Posts
    68
    Bão. de inicio falo que com gasolina o carro está o bicho!
    Anda muito bem mesmo.
    Os canos que ligam o gas no carburador acho que são de bronze e o
    Y (divisor) é de aluminio com parafusos de alumino com molas.
    As velas eu já tenho a um pusta tempo, e nunca notei diferença alguma
    delas com outras, principalmente com o MSD, testando ela fora do motor
    no ar ela praticamente acende uma centelha lá entre todos os eletrodos.
    Deve ser algo de ionização do ar, minha bobina de tesla faz isso
    no centelhador. Alias, com a faisca que dá o motor deveria ligar sem gasolina
    A temperatura não passa dos 90 que é o ideal para o Niva, não importa se em estrada ou parado no transito.
    A unica coisa de diferente é o pneu, 6.50. Mas o cara que faz 10 com o metro tem a mesma medida, então não é isso o problema.

    Eu queria saber é onde mecher naqueles benditos 3 parafusos, e não queria que alguém brincasse com meu brinquedo, quero eu acertar o carro, é meu e custou caro!

  8. #8
    Banido Avatar de Wallace
    Entrada
    13/03/2003
    Idade
    47
    Posts
    6,420
    90 graus para mim é frio...
    Só como curiozidade, a Cherroke trabalha a 115 graus sem problemas e sem ser quente, quente é de 120 graus para cima.

  9. #9
    Usuário Avatar de Porcão
    Entrada
    17/09/2004
    Idade
    45
    Posts
    68
    O carro é Russo! Isso é calor pra cacete!

    Sem brincadeira, é a temperatura de operação dele, o marcador fica
    bem no meio. A única vez que eu vi ele passando do meio foi quando explodiu um cano de água, o radiador estava completamente tomado de barro.

    O problema é o seguinte: quais dos 3 parafusos devo mecher?
    Alias, o que eles fazem?

  10. #10
    Usuário Avatar de Niveiro X
    Entrada
    16/12/2003
    Idade
    31
    Posts
    176
    A temperatura ideal do niva é 90 graus. Se passar muito disso, tá ferrado.

    Em relação ao GNV, tem uma peça que colocam que seve pra compensar a perda de potencia, que faz com que tenha uma perda minima em relação ao combustivel original. Vai ver tá faltando isso...

  11. #11
    Usuário Avatar de Sukys
    Entrada
    05/08/2004
    Posts
    1,158
    Citação Postado originalmente por Porcão
    Pretendo colocar agora a engrenagem de comando de vávula por uma envenenada
    Troca de engrenagem por outra - variável ou não - não é veneno e sim ajuste fino, já que isso serve sómente para alterar o sincronismo entre o comando e o girabrequim, e pode ter certeza que o seu comando original já tem este sincronismo bem otimizado.
    Trocar o comando por outro com maior tempo de permanência, cruzamento ou lift é outra história, mas acho que isso só deve ser feito depois de resolver o problema com o GNV, caso contrário terá outra variável para se preocupar.

    testando ela fora do motor no ar ela praticamente acende uma centelha lá entre todos os eletrodos
    Em baixa frequência de atuação o MSD gera multiplas faíscas, dando a ilusão de que houveram faíscas em todos os eletrodos SIMULTANEAMENTE, coisa que na verdade não existe. Simule uma rotação acima de 3.000~4.000 rpm que vai ver apenas uma faisca em apenas um eletrodo, faísca que por sinal não é lá essas coisas em rotações mais elevadas.
    Já que tem uma bobina Tesla deve conhecer o "efeito das pontas", e é esse efeito que comprova que uma vela de ignição com multiplos eletrodos tem mais a ver com marketing.
    Ainda sobre as faíscas, em pressão ambiente a pirotecnia da faísca impressiona, mas dentro do motor, com uma mistura ar/combustível (dielétrico) em alta pressão, a coisa muda de figura e vira biribinha de São João.


    A temperatura não passa dos 90 que é o ideal para o Niva

    Considerando exclusivamente o combustível (GNV) 90° está de bom tamanho já que o gás inflama até em temperaturas abaixo de zero.
    Ainda considerando que com gasolina o motor anda bem descartaria - à principio - algum problema com o motor, e em termos de instalação faria uma checagem se houve troca de venturí e se o difusor é o adequado para este tipo de motor. Tendo outro Niva para comparação fica fácil, assim como fica fácil checar o ponto de ignição e verificar se existe algum problema com o avanço eletrônico.
    No mais, sobra o que é mais provável: estequiometria.
    Como hoje em dia a sonda lambda tem um preço acessível, por que não instalar uma e ter controle sobre a qualidade da mistura? Com isso consegue-se não só checar o funcionamento da carburação e resolver eventuais desajustes ou defeitos como até saber sobre a qualidade do combustível utilizado.

    Quanto aos três parafusos, você tem 33% de chance de acertar logo de primeira.
    Sem saber a função de cada um, mexer neles é pura loteria.

    Abraços,

  12. #12
    Usuário Avatar de Porcão
    Entrada
    17/09/2004
    Idade
    45
    Posts
    68
    Bão, voltando ao que interessa: O motor está perfeito, dá bucha em carro de passeio quando anda na gasolina.
    O consumo na gasolina está ok.
    Com isso elimino qualquer dúvida quanto ao motor/carro.
    Resta o GNV.
    Ele tem todos os trecos que deveria ter, inclusive o variador de avanço.

    Agora: o que faz cada um dos 3 parafusos?
    É disso que preciso pra regular

Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. Respostas: 15
    Última resposta: 13/07/2012, 06:02
  2. Respostas: 5
    Última resposta: 09/01/2006, 12:51
  3. tipos de corno
    Por Tatão no fórum Humor
    Respostas: 1
    Última resposta: 10/08/2005, 15:00

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
Topo