x
Convex Datacenter
Página 1 de 6 123456 ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 12 de 68
  1. #1
    Usuário Avatar de r0d
    Entrada
    12/10/2005
    Local
    Brasilia/DF
    Posts
    410
    Agradecimentos: 2

    Informações Técnicas do Motor 22R-E




    Pessoal,

    Vou tentar concentrar nesse tópico, toda informação técnica que fui juntando ao longo dos anos sobre o motor 22R-E (ou 22RE).

    Vou colocar inicialmente as informações que possuo, porém por favor contribuam com novas informações.

    Filtro Óleo: FRAM PH3614
    Filtro Ar: FRAM CA6690
    Filtro Combustível: FRAM G6469
    Velas: NGK BPR5EY
    Cabos de Velas: NGK 4417
    Correia Ventilador e Alternador: Gates 7345 (10x875)
    Correia Ar Condicionado: Gates 9344 (13x875)
    Correia Direção Hidráulica: Gates 9441 (13x1120)

    Viscosidade do Óleo: 15W40
    Capacidade de Óleo com troca de filtro: 4,3 litros
    Capacidade de Óleo sem troca de filtro: 3,8 litros

    Manual de Serviço:
    http://personal.utulsa.edu/~nathan-buchanan/93fsm/

    Catálogo de Peças:
    http://toyotamarket.ru/us/671450/035/

    Custo de retífica do motor:
    http://www.4x4brasil.com.br/forum/to...ml#post1836161

    Especificações de Serviço:


    Especificações de Regulagem de Motor:


    Diagrama das Mangueiras de Vácuo:


    Válvula para regulagem da marcha lenta com o AC ligado (destacado a esquerda):


    Regulagem da marcha lenta no corpo de borboleta (destacado a esquerda):
    4X4 Brasil
    Rodrigo
    SW4 95 2.4 gasolina (22R-E)

  2. #2
    Usuário Avatar de r0d
    Entrada
    12/10/2005
    Local
    Brasilia/DF
    Posts
    410
    Agradecimentos: 2
    O motor 22R-E precisa ter a regulagem de válvulas ajustada de tempos em tempos.

    Depois de 20 mil km, o meu motor tinha duas válvulas de exaustão presas e duas de admissão folgadas.

    As válvulas de exaustão presas estava fazendo o escapamento admitir ar. O teste foi realizado segurando um pedaço de papel no escamento do carro, e notando que as vezes o papel era sugado.

    Procedimento de regulagem (pg 21):
    http://personal.utulsa.edu/~nathan-b.../7cylinder.pdf

    Em resumo, o procedimento é:
    -Gire a polia do virabrequim até a marca coincidir com a marca de 0º do bloco.
    -Tire a tampa de válvulas e regule 4 válvulas (0,20mm na admissão e 0,30mm na exaustão).
    -Gire a polia 360º até a marca coincidir novamente com a marca de 0º do bloco.
    -Regule as outras 4 válvulas e reinstale a tampa de válvulas.
    4X4 Brasil
    Rodrigo
    SW4 95 2.4 gasolina (22R-E)

  3. #3
    Usuário Avatar de r0d
    Entrada
    12/10/2005
    Local
    Brasilia/DF
    Posts
    410
    Agradecimentos: 2
    A conferencia do ponto é outro item importante que precisa ser conferido de tempos em tempos.

    Nunca havia conferido isso, até fazer o teste e descobrir que meu ponto estava muito adiantando.

    Usando uma pistola de ponto conectada ao cilindro 1, foi possível medir o ponto na marcação do bloco.

    Após rodar o distribuidor até que o ponto original de 5º fosse alcançado, o comportamento do motor mudou completamente. O carro ficou mais solto e pareceu que uns 100kg foram tirados do carro. Além disso um barulho parecido com "pedras dentro de uma lata de cerveja" sumiu (pré-ignição).

    Procedimento de conferencia do ponto:
    http://personal.utulsa.edu/~nathan-b.../5distribu.pdf
    Rodrigo
    SW4 95 2.4 gasolina (22R-E)

  4. #4
    Usuário Avatar de r0d
    Entrada
    12/10/2005
    Local
    Brasilia/DF
    Posts
    410
    Agradecimentos: 2
    Diagrama das Mangueiras de Vácuo em português:

    Rodrigo
    SW4 95 2.4 gasolina (22R-E)

  5. #5
    Usuário Avatar de r0d
    Entrada
    12/10/2005
    Local
    Brasilia/DF
    Posts
    410
    Agradecimentos: 2

    Pair

    A válvula de vácuo (ou solenoide) de cor vinho pertence ao sistema de controle de emissões de poluentes.

    Ela controla o funcionamento do sistema PAIR (Pulsed Air Injection ou "válvula de união" na tradução da toyota). Teoricamente esse sistema serve para injetar ar fresco no escapamento visando queimar o combustível não-queimado.

    Dê uma olhada no seu coletor de escape. Se tive esse cano passando em cima dele, você tem o sistema. Senão, o sistema foi desativado.





    No meu carro veio com esse sistema desativado. Não sei se foi de fabrica ou algum dono anterior removeu. A válvula ficou sobrando no motor, e não atrapalha em nada o funcionamento:



    Rodrigo
    SW4 95 2.4 gasolina (22R-E)

  6. #6

  7. #7
    Usuário
    Entrada
    20/03/2014
    Local
    Porto Alegre/RS
    Posts
    29
    Agradecimentos: 0
    Acompanhando com interesse ...

  8. #8
    Usuário Avatar de r0d
    Entrada
    12/10/2005
    Local
    Brasilia/DF
    Posts
    410
    Agradecimentos: 2
    A medida que vou descobrindo coisas, tento postar aqui.

    Acho que poderíamos até montar um grupo de whatsapp com os donos de 22R-E. Se existir quórum suficiente. Hehe.
    Rodrigo
    SW4 95 2.4 gasolina (22R-E)

  9. #9
    Usuário Avatar de r0d
    Entrada
    12/10/2005
    Local
    Brasilia/DF
    Posts
    410
    Agradecimentos: 2
    Para quem não sabe, existe uma janela de manutenção na caixa de roda dianteira direita para acesso ao filtro de óleo e combustível. Basta tirar os quatro parafusos da tampa para ter acesso.

    Rodrigo
    SW4 95 2.4 gasolina (22R-E)

  10. #10
    Usuário Avatar de EduQxQ
    Entrada
    03/04/2013
    Local
    Porto Alegre/RS
    Posts
    481
    Agradecimentos: 5

    Thumbs up

    Olá Rodrigo,
    Muito legal o tópico!
    Um abraço,
    Edu
    Hilux SW4
    Hilux SR5 - ex

  11. #11
    Usuário Avatar de r0d
    Entrada
    12/10/2005
    Local
    Brasilia/DF
    Posts
    410
    Agradecimentos: 2
    Meu motor sempre teve um vazamento cretino de óleo do lado do motorista.

    Após conviver um bom tempo com o vazamento, resolvi investigar e consegui identificar que o vazamento era entre a tampa da corrente de sincronismo e o bloco.

    Depois de pesquisar bastante na internet, me deparei com a figura abaixo que mostrava todos os parafusos da tampa. Resolvi conferir parafuso por parafuso.

    Resultado: Existia um parafuso frouxo e dois faltando. Todos perto do vazamento.

    Após identifica-los, fui numa loja de parafusos e comprei os que faltavam. Após corrigir o defeito, o vazamento acabou e o motor está sequinho.

    A figura é interessante pois além de mostrar todos os parafusos, mostra também o tamanho e o torque de cada um:

    Rodrigo
    SW4 95 2.4 gasolina (22R-E)

  12. #12
    Usuário Avatar de r0d
    Entrada
    12/10/2005
    Local
    Brasilia/DF
    Posts
    410
    Agradecimentos: 2
    Resolvi tirar o injetores do meu 22RE para verificar se estava equalizados.

    Como eles ficam no meio do coletor de admissão, é necessário desmontar o corpo de borboleta e a parte de cima do coletor de admissão.

    Aproveitaria o momento para dar uma limpada caprichada no corpo da borboleta que aparentava não estar muito sujo.

    Apesar da parte da frente da borboleta estar relativamente limpa, ao desmontar o corpo de borboleta uma surpresa: a parte de trás e coletor estava completamente sujos.

    Corpo de borboleta:


    Coletor:


    Dentro do coletor:


    Uma rápida pesquisa na internet e verifico que a sujeira se deve a ventilação dos gases do carter (PCV) somada com recirculação dos gases do escape (EGR). Ao longo de muitos anos e vários kms, forma-se essa camada preta (black goo).

    Continuei a desmontagem retirando a parte de cima do coletor e liberando o acesso aos injetores.

    Ao colocar os injetores na maquina de teste todos estavam equalizados, porém um deles estava com o leque diferente dos demais. Resolvi colocar todos no banho de ultrassom.

    Após ultrassom, medi novamente a equalização e o todos melhoram a vazão, porém um deles ainda estava com o leque diferente. Voltei somente esse para um novo banho de ultrassom e depois medi novamente a equalização. Dessa vez todos ficaram iguais.

    Como gostaria de trocar os reparos do injetores, pesquisei que os injetores originais do 22RE (23250-35040) são externamente idênticos aos do Corolla antigo (23250-16160), e portanto os reparos são os mesmos. Uma rápida parada na autopeças e adquiri o kit de reparo por R$ 20,00, que como esperado serviram perfeitamente.



    Para limpar a sujeira do coletor, preferi levar em uma retifica e pedi para darem um banho químico. A retifica nem cobrou nada e a peça saiu como nova. Mesmo assim dei uma gorjeta.

    Para o corpo de borboleta gastei uns dois tubos de Car80 e ela também ficou como nova.

    Após montar tudo no carro, o motor ficou com um aspecto visual bem melhor. Fiz um test drive e a aceleração parece ligeiramente melhor (pode ser psicológico, hehehe). Ainda estou verificando se o consumo melhorou ou piorou depois da manutenção.

    OBS.: As fotos não são do meu carro, porém refletem igualmente a situação do meu.
    Rodrigo
    SW4 95 2.4 gasolina (22R-E)

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. Respostas: 21
    Última resposta: 27/02/2014, 18:25
  2. Informações técnicas
    Por fabinhoRJ no fórum Mitsubishi
    Respostas: 0
    Última resposta: 07/03/2010, 21:59
  3. informações tecnicas sobre a sportage tb
    Por jaipe no fórum Kia Sportage
    Respostas: 1
    Última resposta: 19/03/2009, 19:10
  4. Informações Técnicas - Modelos Ford
    Por ROAD TECH no fórum Ford
    Respostas: 0
    Última resposta: 28/12/2008, 16:08
  5. Informações Técnicas - Geral
    Por Schneider no fórum Fórum Geral 4x4 Brasil
    Respostas: 15
    Última resposta: 29/11/2004, 10:53

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado