x
Convex Datacenter
Página 2 de 312 PrimeiroPrimeiro 12345678910111252102 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 13 a 24 de 3740

Tópico: Ssangyong Kyron

  1. #13
    Usuário Avatar de PAULO RAPAKI
    Entrada
    16/02/2011
    Local
    Tramandaí/RS
    Idade
    54
    Posts
    28
    Agradecimentos: 0



    A minha Kyron está com 5500Kms rodados e ACENDEU A LUZ CHECK NO PAINEL,e perdeu a força acima dos 80Km/hs e contatei a DAISUL-POA e pediram para deixar o carro para analizar o defeito dia 10/02/2011.
    No dia 11/02/2011 me ligaram dizendo que acharam o defeito e me disseram que o defeito estava no DIESEL e era para cuidar do posto onde abasteço.
    Só que o mecanico não sabe que o POSTO de combustivel é meu, e eu tenho CONTROLE DE QUALIDADE que a IPIRANGA faz no combustivel que vendo aqui no posto.

    Eu ja escutei de uma pessoa que tem uma Actyon a Diesel e que o defeito estava no tanque de combustivel do carro que estava soutando uma pelicula protetota de dentro do tanque e entupindo a bomba injetora e os bicos e daí é mais facil o mecanico dizer que o defeito está no DIESEL e não no carro.

    Alguem já teve este problema ????



    PCRAPAKI
    4X4 Brasil

  2. #14
    Usuário Avatar de PAULO RAPAKI
    Entrada
    16/02/2011
    Local
    Tramandaí/RS
    Idade
    54
    Posts
    28
    Agradecimentos: 0
    Continuando : KYRON 2011

    Dia 11/02/2011 entrei em contato com a IPIRANGA para relatar o acontecido,e logo após mandaram um carro da IPIRANGA especifico para fazer teste de qualidade nos combustiveis aqui no posto analizar meu Diesel e não foi encontrado nenhum problema.
    Na segunda Feira dia 14/02/2011 pela manhã o Carro teste da IPIRANGA foi lá na oficina da SSANGYONG para fazer o teste no Diesel que estava dentro do tanque da Kyron ,Mas chegando lá e se indentificando como sendo da Ipiranga para fazer o teste no Diesel eles alegaram que já tinham descartado os 40 Lts de Diesel que ainda tinha dentro do tanque e assim não pude entrar contra eles que o defeito estava no Carro.

    Finalizando o ESTRAGO :
    Tive que pagar R$190,00 do filtro do Diesel + R$510,00 de mão de obra para limpar o tanque.

    OBS:Bailei na curva com R$700,00 e eles teimam e dizer que este defeito está no DIESEL do BRASIL.



    PCRAPAKI

  3. #15
    Usuário Avatar de PAULO RAPAKI
    Entrada
    16/02/2011
    Local
    Tramandaí/RS
    Idade
    54
    Posts
    28
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por cesarferreira Ver Post
    Tenho uma 4 cilindros aro 18 e realmente estou encantado, só prazer, sei que é necessário cuidado redobrado com diesel de qualidade, mas isto também é defeito da ML, só prazer!!
    Estou indo para a Patagonia nela se possível até Ushuaia, tenho uns amigos que foram ano passado em duas Kiron e duas Action Sport, não tiveram problemas, tenho amigos que as tem há alguns anos e o único problema que relataram foi com diesel pirata, colocaram dois filtros e não tiveram mais problemas.
    Pergunte aos outros daí do seu estado e pode se atirar!!
    Abç
    Cesar
    Quero ter mais informações sobre adcionar outro filtro de diesel na Kyron pq este inverno vou dar umas voltas perto da Patagonia.Abçs.T+


    PCRAPAKI

  4. #16

    Diesel e filtro extra

    Paulo

    Estive para aquelas bandas ano passado e pra la voce não via precisar de filtro extra pois a qualidade la é muito boa tem ate o diesel euro 4 que custava 2 reais mas eu ficava mesmo no comum que tinha em todo lugar e não fazia muita diferença de consumo mas o preço chegava a 1,70 reais, pode parecer pequena economia mas rodei 8,5 mil km. Agora caso va para o nordeste ai sim recomendo o filtro extra pois fora das grandes capitais o diesel brasileiro ainda é o 2000 nem metropolitano é (500 ppm de enxofre). Agora dizem a petrobras que em 2012 deve entrar o diesel 50 ppm que equivale ao podium que deveria ter entrado em 2009 e não entrou por problemas de logistica da petrosaurobras. É ver para crer.
    A um tempo atras estive aqui em sampa em um mecanico especializado em tanques, mostrei a ele fotos de dentro de meu tanque que havia tirado atraves do bocal da boia que fica embaixo do banco traseiro da Sorento (coisa que recomendo fazer sempre caso seu carro tenha projeto semelhante de ano em ano pois é bem facil, para verificar se estava com o tanque com tinta que reagia em contato com o diesel brasileiro ou com sujeira) e ele me contou ter recebido varios carros, trasidos por concessionarias, principalmente de origem indiana (mahindra) que tinha o tanque com esta tinta, onde ele fez o serviço e o dono do carro nem ficou sabendo da solução dada pela concessionaria.
    Abraços
    Marcelo
    Kia Sorento 2.5 crdi tgv 170 cv

  5. #17
    pcrapaki
    Visitante
    Obrigado Marcelo pela informação .Abçs T+

  6. #18
    Usuário
    Entrada
    12/05/2009
    Local
    RG/RS
    Posts
    223
    Agradecimentos: 0
    E aí, Fertag e colegas, boa tarde!
    Mas bah, tô gostando deste fórum, bem atualizado, acho que vai ser legal trocar umas idéias; fiquei um pouco assustado com as histórias de tinta no tq. de combustível, talvez seja por isso que o vendedor indicou somente usar diesel não aditivado, vai ver que o aditivo remove a tal tinta do tq. e entope os bicos...
    Pessoal, eu acabei de comprar um Kyron 2.0 2010/2011, e estou gostando bastante; já tive várias pickups (diesel e gasolina, 4x4 e 4x2), e antes do Kyron tinha um excelente SUV gasolina: Nissan X-trail SE 2.0 (esse vai deixar saudades...) com câmbio automático CVT. Este Nissan me deixou bem exigente, por isso estou gostando do Kyron, mas estou achando ele um pouco mais barulhento nos plásticos internos (o X-Trail tinha 2 anos de uso e 50 mil km rodados e não tinha tanto barulho...), e é meio "duro" nos buracos, mas andando na serra entendi o "porquê" da rigidez: ele é extremamente estável. Fiz o caminho inverso do amigo abaixo: moro no litoral e fui para a serra (Caxias), e dei sorte porque tava chovendo muito na BR 116. O carro é muito bom de curva, e quando chegava numa curva muito fechada, o ABS segura bem o veículo sem tirar a trajetória do mesmo nas curvas, acho até que é um dos melhores carros em estabilidade que eu já tive; como tava chovendo muito, eu tava no 4x4 high, e aí eu notei uma coisa que nunca tinha sentido nos outros 4x4 que eu tive: com o 4x4 acionado, ele fica extremamente pesado e travado quando tu tá parando e fazendo manobras, ou curvas na baixa velocidade (para estacionar de ré, tive que tirar o 4x4!). Eu já tive vários 4x4 e em nenhum acontecia isso, e conversei com o vendedor, e me disseram que era normal. Eu vi alguma coisa nestes fóruns sobre a tração, e tem umas coisas de positraction (Mitsubishi), diferencial central, bloqueios e etc, e pelo que entendi, este kyron fica "pesado" nas manobras com a tração acionada porque ele deve bloquear o diferencial (50% da força para as rodas dianteiras e 50% para as traseiras), ou coisa assim, alguém sabe ou tem o mesmo comportamento no seu Kyron?
    No fim das contas, como eu estava em fase de conhecer o veículo, eu continuei a viagem ainda na serra e ainda com chuva só no 4x2, e ele manteve a mesma excelente estabilidade, nem canta pneu nas curvas mais fechadas.
    Finalizando: excelente carro, muito boa a estabilidade, o consumo parece que vai ser bom em condições normais (entre 90 - 110 km/h e ultrapassando sem pisar muito no acelerador, fica em 12,5 km/l), este consumo na serra e com 4x4 aumenta bastante (8,5 km/l), a velocidade final é boa (mesmo "amaciando" o motor, ele chega perto de 180 km/h), e ele até não é tão ágil nas ultrapassagens como meu SUV anterior, que também era 2.0, só que gasolina e câmbio automático CVT, deve ser porque ele pesa mais 1/5 tonelada!
    E quanto ao barulhinho do motor, em baixa velocidade ou manobra até que se escuta (acho legal), e em velocidades mais altas não incomoda nada, nem parece motor diesel. Espero não ter problemas com o tanque de combustível ou coisa parecida, e fico aguardando para ver se alguém fala da tração dele.
    Abraços!





    Citação Postado originalmente por fertag Ver Post
    Salve, Pessoal !

    Fim de semana passado fiz o que quase todo gaúcho faz nessa época : vai para o litoral. O percurso é de ~400 km (ida e volta) e o retorno é uma verdadeira procissão(estrada cheia), em todo o trajeto. Existe uma serra não muito longa pela rota do sol, quase na metade do caminho, com terceira pista para quem sobe.

    Desta vez a subida foi feita sob um verdadeiro dilúvio, e ainda pelo início do trecho, perto do túnel longo, dois carros (um Monza e uma Scenic) já haviam ‘saído’ da estrada, em pontos diferentes, provavelmente devido à aquaplanagem ...

    Foi uma ótima oportunidade de provar a tração 4x4 no asfalto molhado, e de me deixar muito impressionado com o comportamento do Kyron : ele não tomou conhecimento do aguaceiro, parecendo estar andando sobre trilhos ! Comportamento a que eu não estava acostumado com minha ex-Grand Sportage TD2001, que nessas condições, tinha uma condução bastante ‘delicada’, exigindo grande atenção!

    E tudo sem correrias/sustos/ruídos/etc, dando a impressão que a pista da direita ‘estava parada’ – isso quando os veículos da frente abriam passagem e iam para a direita - .
    Apesar disso tudo, perto do topo da serra, percebi, pelo retrovisor, a aproximação de um carro: tranqüilo, vinha vindo um Subaru Impreza WRX 2008 (que tem 4x4 permanente)!

    Nesses momentos é que a gente percebe o quanto de segurança se ganha quando se tem um veículo 4x4 !

    Abraços.
    4X4 Brasil

  7. #19
    Usuário Avatar de PAULO RAPAKI
    Entrada
    16/02/2011
    Local
    Tramandaí/RS
    Idade
    54
    Posts
    28
    Agradecimentos: 0
    6420,Eu tambem me agradei muito da Kyron,eu já tive outras Camionetas antes mas não chegava nem perto desta, eu tambem notei este travamento quando se aciona o 4X4 e é porque do bloqueio dos diferencias gerarem a mesma foça nas 4 rodas.Eu ja fiz um teste em parar o carro no asfalto seco e girar todo o volante para um lado e tentar arrancar ,o carro parece estar freiado,e se forçar demais alguma coisa vai quebrar, e quando for forçar o 4X4 é melhor deixar a 4 rodas na posição reta se estiver parado completamente.
    Eu tambem não gostei destes barulhos de plastico batendo,é melhor ligar o radio e escutar umas musicas para não se estressar com estes barulhos .

    Abçs ,T+

    pcrapaki

  8. #20
    Usuário
    Entrada
    03/03/2009
    Local
    Caxias do Sul/RS
    Posts
    1,766
    Agradecimentos: 9

    Ssangyong Kyron

    Olá, 6420, Paulo Rapaki e colegas foristas !

    Estamos tendo mesmas sensações quanto ao carro : quando em baixa velocidade, e 4x4 acionada, sinto a mesma característica : parece algo ‘travado’, mas não transmitiu muita preocupação, pois minha ex-Grand Sportage TD2001 tinha comportamento similar.

    Por outro lado, nas curvas da BR-116 aqui por perto de minha cidade, apesar da inclinação(normal para um SUV desse porte) da carroceria , a suspensão do Kyron transmite muita confiança/segurança/serenidade, não só para quem dirige como para quem está acompanhando como carona .

    Realmente, o Kyron está em outro ‘patamar’ mais elevado !

    Costumamos fazer os trajetos caxias-porto alegre-caxias via BR-116, pela paisagem e pelo fato de existirem mais árvores na beira do caminho, dando um outro visual( e sombra ), bastante diferente do monótono caminho via são vendelino . E nessas condições, em três ocasiões, depois de chegar em casa, e nos dias seguintes às viagens, a ex-GSTD2001 resolveu contemplar-nos com anomalias no cabeçote ( sinal de que a Mazda não projetou esse motor diesel de maneira a ter resistência às altas temperaturas de trabalho-subida de serras- ) . Isso com a ex-GSTD2001.

    O Kyron nem toma conhecimento do roteiro, mesmo sendo subida de serra . E pelo fato de ser automático, não estamos mais nos estressando no terrível trecho entre a vila scharlau + canoas +porto alegre, devido ao seu caótico trânsito “pára-anda”( numa ocasião, conseguimos cumprir o trecho de ~33 km em 1,5 hs ). Está uma maravilha !

    Também estamos notando alguns ruídos (de plásticos ) surgindo aqui e acolá pelo painel, inclusive desconfiando que o ‘piloto automático’ ( o modelo com roda 16” não veio de fábrica com isso, sendo instalado junto a uma terceirizada autorizada pela ccs ) seja uma das prováveis fontes .

    De comum com a sua observação, 6420, notamos dificuldades em fazer valer o ‘baita torque’ de ~31 mkgf quando da aproximação/passagem/saída de ‘quebras-molas’ físicos : há uma certa e irritante demora para a resposta do motor nesta situação, mesmo se você vai reduzindo( no manual ) para 2ª e depois vai acelerando e jogando no automático de novo .
    Enfim, ainda não estamos habituados com este comportamento, apesar de termos atingido os 18 k km. Está difícil aprender a mais bem ‘domar’ isso .

    Como comparação, neste aspecto, ficamos com saudades da ex-GSTD2001, que na mesma situação, saia com o motor cheio em 2ª e logo retomava a velocidade de cruzeiro.

    De qualquer modo, outra característica interessante observada, é que não importa a velocidade em que você está trafegando( se a pista é boa, claro ), seja 60, 80, 100, 120 ou 140 km/h, que a sensação é a mesma: você só percebe a velocidade se olhar o velocímetro !!

    Conseguimos esses números de 120/140 durante ultrapassagens, sem querer, pois não costumamos ‘baixar a bota’ !!

    A propósito do consumo médio de diesel, acumulado desde zero : 11,8 km/l . E até agora, pelo menos, nenhum problema quanto ao combustível- estamos optando, quando possível, pelo diesel aditivado/extra-diesel .

    P.S.: Numa noite dessa semana alguns conhecidos viajaram de carona( ficamos em cinco no Kyron ) conosco pela BR-116, e o comentário foi de que “ com todo esse conforto, parecia que estavam andando num automóvel-com motor a gasolina-...”, e ...” que a SW4 2002 diesel (de um deles) tinha um comportamento bem distante-inferior- ( pelo menos nesse trajeto de asfalto ) !...”

    Esperamos que a nossa coragem em também investir/apostar em um veículo ‘algo diferente’(afinal, a vida é uma só e devemos aproveita-la da maneira que merecemos/queremos (extraído de ‘posts’ de subaristas )) resulte em satisfação/alegrias !! Abraços.

  9. #21
    Usuário Avatar de PAULO RAPAKI
    Entrada
    16/02/2011
    Local
    Tramandaí/RS
    Idade
    54
    Posts
    28
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por fertag Ver Post
    Olá, 6420, Paulo Rapaki e colegas foristas !

    Estamos tendo mesmas sensações quanto ao carro : quando em baixa velocidade, e 4x4 acionada, sinto a mesma característica : parece algo ‘travado’, mas não transmitiu muita preocupação, pois minha ex-Grand Sportage TD2001 tinha comportamento similar.

    Por outro lado, nas curvas da BR-116 aqui por perto de minha cidade, apesar da inclinação(normal para um SUV desse porte) da carroceria , a suspensão do Kyron transmite muita confiança/segurança/serenidade, não só para quem dirige como para quem está acompanhando como carona .

    Realmente, o Kyron está em outro ‘patamar’ mais elevado !

    Costumamos fazer os trajetos caxias-porto alegre-caxias via BR-116, pela paisagem e pelo fato de existirem mais árvores na beira do caminho, dando um outro visual( e sombra ), bastante diferente do monótono caminho via são vendelino . E nessas condições, em três ocasiões, depois de chegar em casa, e nos dias seguintes às viagens, a ex-GSTD2001 resolveu contemplar-nos com anomalias no cabeçote ( sinal de que a Mazda não projetou esse motor diesel de maneira a ter resistência às altas temperaturas de trabalho-subida de serras- ) . Isso com a ex-GSTD2001.

    O Kyron nem toma conhecimento do roteiro, mesmo sendo subida de serra . E pelo fato de ser automático, não estamos mais nos estressando no terrível trecho entre a vila scharlau + canoas +porto alegre, devido ao seu caótico trânsito “pára-anda”( numa ocasião, conseguimos cumprir o trecho de ~33 km em 1,5 hs ). Está uma maravilha !

    Também estamos notando alguns ruídos (de plásticos ) surgindo aqui e acolá pelo painel, inclusive desconfiando que o ‘piloto automático’ ( o modelo com roda 16” não veio de fábrica com isso, sendo instalado junto a uma terceirizada autorizada pela ccs ) seja uma das prováveis fontes .

    De comum com a sua observação, 6420, notamos dificuldades em fazer valer o ‘baita torque’ de ~31 mkgf quando da aproximação/passagem/saída de ‘quebras-molas’ físicos : há uma certa e irritante demora para a resposta do motor nesta situação, mesmo se você vai reduzindo( no manual ) para 2ª e depois vai acelerando e jogando no automático de novo .
    Enfim, ainda não estamos habituados com este comportamento, apesar de termos atingido os 18 k km. Está difícil aprender a mais bem ‘domar’ isso .

    Como comparação, neste aspecto, ficamos com saudades da ex-GSTD2001, que na mesma situação, saia com o motor cheio em 2ª e logo retomava a velocidade de cruzeiro.

    De qualquer modo, outra característica interessante observada, é que não importa a velocidade em que você está trafegando( se a pista é boa, claro ), seja 60, 80, 100, 120 ou 140 km/h, que a sensação é a mesma: você só percebe a velocidade se olhar o velocímetro !!

    Conseguimos esses números de 120/140 durante ultrapassagens, sem querer, pois não costumamos ‘baixar a bota’ !!

    A propósito do consumo médio de diesel, acumulado desde zero : 11,8 km/l . E até agora, pelo menos, nenhum problema quanto ao combustível- estamos optando, quando possível, pelo diesel aditivado/extra-diesel .

    P.S.: Numa noite dessa semana alguns conhecidos viajaram de carona( ficamos em cinco no Kyron ) conosco pela BR-116, e o comentário foi de que “ com todo esse conforto, parecia que estavam andando num automóvel-com motor a gasolina-...”, e ...” que a SW4 2002 diesel (de um deles) tinha um comportamento bem distante-inferior- ( pelo menos nesse trajeto de asfalto ) !...”

    Esperamos que a nossa coragem em também investir/apostar em um veículo ‘algo diferente’(afinal, a vida é uma só e devemos aproveita-la da maneira que merecemos/queremos (extraído de ‘posts’ de subaristas )) resulte em satisfação/alegrias !! Abraços.
    Esperamos que a nossa coragem em também investir/apostar em um veículo ‘algo diferente’(afinal, a vida é uma só e devemos aproveita-la da maneira que merecemos/queremos ,que assim seja... Amem... Abçs .T+

    pcrapaki

  10. #22
    Usuário Avatar de PAULO RAPAKI
    Entrada
    16/02/2011
    Local
    Tramandaí/RS
    Idade
    54
    Posts
    28
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por PAULO RAPAKI Ver Post
    Continuando : KYRON 2011

    Dia 11/02/2011 entrei em contato com a IPIRANGA para relatar o acontecido,e logo após mandaram um carro da IPIRANGA especifico para fazer teste de qualidade nos combustiveis aqui no posto analizar meu Diesel e não foi encontrado nenhum problema.
    Na segunda Feira dia 14/02/2011 pela manhã o Carro teste da IPIRANGA foi lá na oficina da SSANGYONG para fazer o teste no Diesel que estava dentro do tanque da Kyron ,Mas chegando lá e se indentificando como sendo da Ipiranga para fazer o teste no Diesel eles alegaram que já tinham descartado os 40 Lts de Diesel que ainda tinha dentro do tanque e assim não pude entrar contra eles que o defeito estava no Carro.

    Finalizando o ESTRAGO :
    Tive que pagar R$190,00 do filtro do Diesel + R$510,00 de mão de obra para limpar o tanque.

    OBS:Bailei na curva com R$700,00 e eles teimam e dizer que este defeito está no DIESEL do BRASIL.



    PCRAPAKI
    O que eu fico mais indignado é que eu tenho um fregues que tem uma Kyron 2008 2.7 com 20.000 Kms e só abastece aqui no meu posto e nunca teve problema nenhum com o Diesel e tem mais 2 Kyron e 2 Acytion sport que abastecem aqui e tambem não tiveram problemas.
    Eu acho que eu peguei fui alguma com defeito mesmo e eles não assumem o defeito.
    Já estou penssando em trocar por uma Pajero Sport ,porque como é que eu vou viajar para longe se eu não tenho mais confiança no carro,e se acontece de eu estar lá no Atacama,eu vou chamar quem para consertar ???

    ESTOU NA DUVIDA AGORA....

    PCRAPAKI

  11. #23
    Usuário
    Entrada
    03/03/2009
    Local
    Caxias do Sul/RS
    Posts
    1,766
    Agradecimentos: 9

    Ssangyong Kyron

    Boa noite, Paulo Rapaki e colegas foristas :

    Vou confessar que também tenho duvidas quanto ao tipo de diesel(comum ou aditivado) a usar no motor sy 2.0 de 141 cv do Kyron.

    Na loja informaram-me que eu deveria somente utilizar o diesel comum para não ter problemas no sistema de alimentação(filtros/bicos/bomba) com a retirada de tinta interna/impurezas do tanque de combustível do veículo .

    Ocorre que ‘entrei’ no mundo diesel em 2001 com uma Grand Sportage diesel, fiquei com ela quase 9 anos(193 k km), sempre fazendo a revisão na km de manual, e jamais tive problemas com bicos/bomba/filtros entupidos/tanque soltando material/ etc, embora sempre procurasse abastecer em postos confiáveis, mas não me preocupando em utilizar esse ou aquele tipo de diesel.

    Alguns conhecidos avisaram-me que para evitar bicos”mijando” e outras situações de falhas na alimentação, deveria usar o diesel aditivado, e a partir daí, já perto dos 100 k km foi o que comecei a fazer : sempre que possível( quando disponível e dependendo da bandeira/”cara”/localização/movimento do posto ), abastecia com o aditivado.

    Parece-me agora, ser um contra-senso o tipo de recomendação dado pela loja, de só usar o diesel comum para não causar entupimento de filtros/retirada do revestimento interno do tanque: e quanto à limpeza/durabilidade do conjunto da alimentação(bicos em especial), sem o uso do diesel aditivado: como fica ? Não vai exigir uma manutenção mais freqüente( e mais cara ) para esse conjunto ? Ainda : com o uso desse diesel comum, o problema de soltar o revestimento interno do tanque não irá ocorrer “mais adiante”, além do período de garantia ( de 3 anos ), deixando-nos com uma boa despesa adicional na mão ??

    Também andei perguntando na oficina, por ocasião da troca do óleo dos 15 k km, e a resposta foi de que para o modelo 10/10, pelo menos quanto ao Kyron, para os que já estavam fazendo a revisão dos 70 k km, nenhum problema havia ocorrido( aqui em caxias ); eles me disseram não ser necessária a instalação de um segundo filtro, como nos casos de modelos de anos anteriores , e que eles (a fábrica), para os veículos 10/10, haviam implementado modificações( não sei quais ) no sentido de resolver o assunto.

    Por outro lado, meu irmão, quando de posse de uma f1000 4x4-98, motor MWM, com alguma freqüência reclamava dos bicos injetores, até que alguém dentro de uma autorizada Bosch em Porto Alegre, recomendou trocar o diesel comum pelo aditivado para reduzir as tais ‘dores de cabeça’... e foi o que ele fez: a partir daí nunca mais se queixou...

    Hoje ele está com toy hilux 4x4-09, com 70 k km, sempre usando o diesel aditivado e não mais se preocupando com os bicos, apesar de a ccs tentar a empurroterapia para ‘limpeza e descarbonização’ de bicos injetores, já aos 10 k km !!

    Contra-ponto: ali por perto de Santa Maria, ao eu procurar o tal ‘aditivado’( e não encontrando ), a resposta foi a de que como a região era predominantemente agrícola, era utilizado o diesel comum, pois quando, num certo momento, alguém colocou o aditivado, causou o mesmo efeito descrito de retirar tudo que era impureza dos tanques dos tratores/similares, causando transtornos, até que voltaram a usar somente o ‘comum’...mas, sempre levando em conta que esse equipamento agrícola( que já é algo antigo ) utiliza motores não tão modernos em sua concepção....

    Ainda : estive hoje perguntando para o pessoal da ccs de porto alegre sobre os problemas de tanque, e a resposta foi de que a fábrica resolveria o assunto, de uma vez por todas (pelo jeito não resolveu ainda), através de plastificação interna do tanque, e que alguém em caxias seria especialista nisso ( já ouvi algo similar vindo de possuidores de Kias Sportage e Sorrento diesel ), e aliás, deixei de comprar a antiga sorrento por ter ouvido exatamente da ocorrência desse problema em especial e arrisquei no Kyron (por não ter nenhuma fonte de consulta naquele momento- e agora descubro que também com ele poderemos ficar ‘parados’ alhures )! >>Podes ir para o Atacama, mas não vá sozinho(um só carro) !!

    A propósito, Paulo, a partir do momento que acendeu a lâmpada no painel e ocorreu a perda de força do veículo, teve que coloca-lo em uma plataforma e leva-lo daí de tramandaí para porto alegre, ou conseguiu levar o carro ‘rodando’ até lá ? Abraços.

  12. #24
    Usuário
    Entrada
    12/05/2009
    Local
    RG/RS
    Posts
    223
    Agradecimentos: 0
    Prezado PC Rapaki e colegas do fórum, continuando a compartilhar impressões: hoje fui para a praia (areia solta) com o Kyron, acionei a tração em high e também em reduzida, e fiz várias manobras em baixa velocidade e esterçando totalmente a direção, inclusive de ré, daí não travou nadinha e nem ficou pesada; bem que dizem que não se pode acionar a tração em pista com boa aderência, acho que na reta, no asfalto molhado, até não tem problema, mas quando se vai parar, é bom tirar a tração para não estragar nada. A bem da verdade, pelos testes que fiz, acho que ele não precisa da tração quando tá chovendo, ele ficou bem grudado no chão em todas as curvas que fiz de Gramado até POA via Taquara e Gravataí no 4x2.
    PC Rapaki, que pena, talvez tenhas dado azar, eu já vi um monte de gente dizendo que o carro é bom, tem alguns que não gostam do estilo (principalmente do Action e Action Sports, também acho eles "esquisitos"), e outros reclamam de ter uma rede de assistência técnica pequena, mas em geral as impressões são boas. Pena a Daisul não assumir o defeito, ficava bem melhor para eles (o gasto é muito menor do que com a propaganda na ZH) e todo mundo ficava contente; se continuares com o carro, avisa a gente se o problema foi corrigido.
    Mas o Pajero também era uma das minhas opções quando eu fosse trocar o meu saudoso X-Trail, inclusive eu nem ia trocar de carro agora, mas a oferta foi boa: meu carro entrou pela tabela fipe cheia na troca, e consegui negociar mais alguma coisa (emplacamento, sensor de ré, película), daí resolvi fazer negócio. Se eu fosse trocar pela Pajero, acho que meu carro ia entrar por uns 15 mil a menos... E também não tem revenda Mitsubishi aqui no sul do RS, então as manutenções teriam que ser só em POA, que é o mais perto (quase 400 km de onde moro), já a Daisul tem em Pelotas, cidade vizinha.
    Agora, cá entre nós, acho que o Pajero Sport não deve ser tão bom como o Kyron, pelo menos essa é a impressão que tive ao fazer teste drive num deles; é mais lento e pesado, tá mais para "jipão" do que SUV, agora uma coisa é certa: que tem fama de ser forte, tem, então talvez seja uma opção futura para mim, se não gostar do Kyron.
    Fertag, onde mesmo tem essa terceirizada que põe o piloto automático? De repente eu poderia botar no meu Kyron, fiquei com saudades do piloto automático e computador de bordo que tinha no meu X-Trail.
    Bom pessoal, e quanto aos barulhinhos, já me acostumei, nada como um bom som ligado (como disse o PC Rapaki), e além do mais, os barulhos são só em estrada de chão e ruas com paralelepipedos, então não dá para ficar neurótico.
    Vamos em frente com nosso investimento nessa marca; até agora eu tô bem contente, acho que o que eu vou gastar a mais em manutenção (eu só trocava o óleo/filtros do Nissan de 10 em 10 mil km, junto com as revisões, porque não era condição severa de uso), eu vou conseguir economizar no combustível, afinal, eu rodo no mínimo 1500 km por mês (só para ir e voltar do trabalho), fora as viagens, então a diferença entre a gasolina e diesel vai pagar essas manutenções, e tudo isso num carrão que impressiona.
    Falar em impressionar, durante a viagem, num paradouro, eu vi o original do qual o nosso é genérico: o Mercedez Benz Classe M: de perfil era praticamente igual, a traseira parecia ter um ângulo de saída maior e com duplo escapamento, e ele era preto (como o meu), tem na saia dianteira e traseira um detalhe em alumínio, carrão, eu pensei. Mas esse nosso deve ser bem igual, afinal a Ssangyong é coreana, mas é licenciada pela MB para produzir esses veículos com a tecnologia alemã. Talvez algum material seja de qualidade inferior, mas de um modo geral, me parece que a alma do Kyron é alemã; se alguém andar algum dia num Classe M, conte aqui como foi...
    Até a próxima!




    Citação Postado originalmente por PAULO RAPAKI Ver Post
    O que eu fico mais indignado é que eu tenho um fregues que tem uma Kyron 2008 2.7 com 20.000 Kms e só abastece aqui no meu posto e nunca teve problema nenhum com o Diesel e tem mais 2 Kyron e 2 Acytion sport que abastecem aqui e tambem não tiveram problemas.
    Eu acho que eu peguei fui alguma com defeito mesmo e eles não assumem o defeito.
    Já estou penssando em trocar por uma Pajero Sport ,porque como é que eu vou viajar para longe se eu não tenho mais confiança no carro,e se acontece de eu estar lá no Atacama,eu vou chamar quem para consertar ???

    ESTOU NA DUVIDA AGORA....

    PCRAPAKI

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 3 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 3 visitantes)

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado