x
Convex Datacenter
Página 1 de 3 123 ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 12 de 31
  1. #1
    Usuário
    Entrada
    30/03/2015
    Local
    belo horizonte/MG
    Idade
    40
    Posts
    9
    Agradecimentos: 0

    Volare 4x4 - Apoio expedição em bicicletas




    Ola pessoal,

    Estamos organizando uma longa expedição de ciclismo que atravessara a America do Sul de Cartagena (Colômbia) aUshuaia (Argentina), e estou responsável por adquirir e customizar os veículos que darão apoio aos ate 60 participantes.
    Após muito discutir, optamos por adquirir dois micro ônibus 4x4 da Agrale/Volare, daqueles utilizados no Projeto Caminho da Escola.
    Fato é que há diversos fatores a ser considerados pela duração da viagem, a altitude e o combustível encontrado em paises como a Bolivia.
    Os veículos serão utilizados para transporte de ciclistas machucados / doentes, malas, equipamento de cozinha, etc.
    Os desafios são muitos e acredito que os acertos erros que cometeremos poderão ajudar a muita gente, uma vez que da saída do Brasil ate a volta cerca de 7 meses depois, teremos rodado cerca de 30 mil km.
    Pretendo manter o post atualizado a medida em que as questões forem surgindo, mas Adianto que por enquanto estamos tentando resolver as questões relativas ao Arla 32 e ao diesel encontrado.
    Toda dica será bem vinda, uma vez que entendemos muito mais de bicicletas do que de motores. Conheço bem o percurso, mas sera a primeira vez que o faremos utilizando nossos próprios veículos.

    Abraço

    Cristiano

  2. #2
    Usuário Avatar de RodrigoSoracco
    Entrada
    23/03/2014
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    48
    Posts
    244
    Agradecimentos: 0
    Beleza. Acompanhando aqui. Quero ver como se saem esses Volares em expedições.
    Rodrigo Soracco
    Blog Rotas da América
    Blazer 4.3
    4x4 "Naomi"

  3. #3
    Usuário
    Entrada
    30/03/2015
    Local
    belo horizonte/MG
    Idade
    40
    Posts
    9
    Agradecimentos: 0
    Legal, Rodrigo. Também estou curioso para ver o que vai acontecer. Problemas pequenos podem trazer grandes complicações logísticas, devido ao cronograma rígido e o número de participantes.
    Semana passada conversei com algumas pessoas sobre o Eurofilt, e a principio me pareceu que investir em um filtro de combustível deles parece uma boa ideia.
    Ainda não resolve o problema dos altos níveis de enxofre do combustível em paises como a Bolivia. Parece haver varias possíveis soluções (tanto para o diesel quanto para a Arla) envolvendo emuladores, reprogramação, fusíveis. Algumas são ilegais no Brasil, mas imagino que uma vez utilizados como plano de emergência em países onde a tecnologia mais limpa ainda não é norma ou padrão. Devo ir à Agrale essa semana para discutir uns detalhes e tiro umas fotos.

    Abraços

  4. #4
    Usuário Avatar de rfdex
    Entrada
    20/06/2005
    Local
    Brasilia/DF
    Idade
    37
    Posts
    2,351
    Agradecimentos: 16
    Eu compraria UM caminhão mercedes 4x4 (ex-militar) em boas condições para usar como apoio pesado, com um baú customizado e estrutura de banheiro/chuveiro, leitos, etc. E compraria ou toyota bandeirante ou veraneio (antigas) a diesel como apoio rápido. Em determinados locais é bom ter veículos pequenos para evitar transitar com o ônibus. E talvez uma moto, já que a economia ao deixar de comprar 2 volares 0km seria bem grande. Eu confio mais em veículo diesel mecânico a eletrônico, principalmente nesta nossa américa do sul. Enfim é isso! Um abraço
    Raphael - PU2BIG
    Ford Truck

  5. #5
    Usuário
    Entrada
    30/03/2015
    Local
    belo horizonte/MG
    Idade
    40
    Posts
    9
    Agradecimentos: 0
    Fala, Raphael... Obrigado pelas dicas. Na verdade, bati muito nessa tecla de montar um bom caminhão de overland sem as firulas eletrônicas dos veículos mais recentes. E apesar de meus colegas votarem contra, nenhuma hipótese está totalmente descartada.
    Um dos motivos pelos quais pensamos nos ônibus é que temos, em nossa rota, algumas estradas com limite de 10 ton. Não são trechos onde se pode simplesmente pegar outro caminho e encontrar algumas horas depois.
    Quanto ao veículo menor, temos uma Hilux 2007.
    Para entender a logística, um dos ônibus ou caminhões, que chamamos de cozinha, serve o café da manhã, segue direto para o próximo destino e arma novamente a cozinha para começar a armar o acampamento e o preparo de uma sopa e mais tarde o jantar. Leva muita comida, bagagem, 1500 litros de agua, kit primeiros socorros, etc.
    O segundo ônibus (ou caminhão) é o que chamamos caminhão do almoço. Estaciona pouco depois da metade do caminho e necessita ter muitas poltronas, alem de levar agua, comida, etc.
    A hilux, além de ser o veiculo de resposta para eventuais emergências, fica responsável por marcar o caminho e voltar nos dias mais duros para verificar se estão todos bem, se necessitam de agua, etc. É o veiculo do responsável pelo grupo.
    Lanço então uma pergunta:
    Uma boa reforma de um veiculo com 2 décadas de vida pode deixa-lo tão confiável quanto um zero?
    Quão complicado seria homologar um caminhão overland no Brasil? Alguem conhece quem tenha experiencia construindo tais caminhões?
    Obrigado!

  6. #6
    Usuário Avatar de rfdex
    Entrada
    20/06/2005
    Local
    Brasilia/DF
    Idade
    37
    Posts
    2,351
    Agradecimentos: 16
    Cristiano,

    temos aqui no fórum relatos de veículos com mais de TRÊS DÉCADAS que rodaram a América do Sul inteira. Para ilustrar a situação, existia antigamente uma empresa que fazia tours pela América do Sul com turistas a bordo de duas Veraneios (aquelas antigas, que a PM, hospitais, etc usavam). Tudo depende do motorista e principalmente conhecer os limites do veículo - cada um tem o seu. Eu acho muito mais fácil a manutenção em um lugar remoto de um veículo mais antigo e mecânico a veículos modernos e eletrônicos. Mas cada um pensa de uma forma. Eu faria da forma como estou falando. Esses dias vi um veículo que fiquei tentado a comprar. Um micro-ônibus que usa a mecânica do antigo caminhãozinho MB 608. Talvez pelo percurso que vocês fizerem talvez não haja necessidade de um 4x4. Talvez usando um guincho potente no ônibus e havendo outros veículos no comboio para eventualmente ajudar a puxar em caso de atoleiro, a situação está resolvida.
    É lerdo, barulhento, mas não quebra nunca. E em qualquer lugar você conseguirá manutenção para ele (a Toyota Bandeirante usou boa parte de sua vida o motor deste caminhão!). Cito exemplos: http://df.olx.com.br/distrito-federa...&xtnp=1&xtcr=1 e http://mg.olx.com.br/belo-horizonte-...&xtnp=2&xtcr=4 . Você acha nessa faixa de preço no Brasil inteiro. Alguns até mais inteiros. E há também versões fechadas, que foram usadas pelas Forças Armadas (segundo anúncio). Esses dias mesmo tinha um anunciado por 18 mil, muito bem conservado. Não é um VOLARE da vida em matéria de conforto, agilidade e velocidade, mas eu tenho certeza que você sai e chega. E se Deus o livre acontecer algo - como um eventual "confisco" pelo amigo Cocaleiro da Dilma (Evo Morales), o "preju" é menor!!! E ainda digo uma coisa que discordo e acredito que alguns amigos aqui do Fórum compartilham da mesma opinião. Há quem diga que a melhor marca de veículo é o "ZERO KM" (ou seja, qualquer veículo novo). Eu discordo. Mas é como disse, cada um pensa de uma forma. Eu sempre tive e uso veículo usado e isso nunca me impediu de chegar a lugar algum, ao contrário. Não se deixe contaminar por eventuais pensamentos errados dos seus amigos, principalmente se eles forem daqueles que compram uma Mitsubishi L200, Pajero, Renault Duster ou Ecosport e acham que podem enfrentar o Paris Dakar com o veículo recém saído da concessionária. Quanto à homologar, talvez nem haja necessidade dependendo do projeto que fizer. Um abraço!
    4X4 Brasil
    Raphael - PU2BIG
    Ford Truck

  7. #7
    Usuário Avatar de sandro_ventania
    Entrada
    24/01/2012
    Local
    Rio das Ostras/RJ
    Idade
    47
    Posts
    1,874
    Agradecimentos: 34
    Cristiano, muito legal o seu projeto, parabéns a todo o grupo!
    Pra começar, quero informar que apesar do volare ser 4x4, as suas qualidades off-road são sofriveis.
    Veja:


    Acho que isso foi um balde de água fria né...rsrsrss!
    Mas essas qualidades podem melhorar se mudar algumas coisas, a começar pelos pneus.
    Quanto a questão da eletrônica...é muito fácil isolar a valvula egr e simplesmente usar água no lugar do arla, arla é apenas 32% de uréia em água, que é jogada no cano de escape, não faz parte da queima no motor.
    fazendo isso, voce já pode rodar com diesel comum...e de lambuja ainda ganha potencia no motor!
    Porém...
    Eu também sou da opinião que um caminhão com 20 anos, com bomba mecânica, sem eletronica é muito mais confiável para o projeto a um custo menor.
    Sendo um caminhão com baú...acho que não precisa homologar nada, pois ele vai continuar transportando carga, desde que não seja carga viva, nem produtos perigosos...carga é carga.
    O ideal é procurar um pronto, talvez na argentina encontre mais ofertas que aqui.
    Boa sorte...e se pudermos ajudar, estamos aqui!
    "Numa viagem de carro, mais importante que o destino, é aproveitar ao máximo tudo que há de bom no caminho."
    Toyota Hillux SW4 93...Matilde.

  8. #8
    Usuário Avatar de RodrigoSoracco
    Entrada
    23/03/2014
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    48
    Posts
    244
    Agradecimentos: 0
    Não existe carro usado que dê o mesmo nível de confiança de um novo. Já atravessei a América do Sul de Caravan, Veraneio, Royale, até de Variant! E cada carro é uma caixinha de surpresas. Quer passear com a família? Dá pra fazer uma boa revisão numa viatura antiga e encarar a estrada, levando ferramentas e peças reserva. Mas não no teu caso, onde uma equipe inteira depende do suporte e do pronto atendimento dos carros.

    Esta semana eu abortei definitivamente o projeto de ir ao Atacama com a minha Blazer 98. Depois de ter problema nos freios três vezes, e do câmbio automático não ter ficado 100% após uma retífica, resolvi parar de gastar e investir em um carro novo. Não vai ser uma camionete 4x4 V6, mas algo que tenha espaço e altura suficiente para andar em estradas ruins.

    Então, se você tem verba ou patrocínio para colocar veículos novos, não se acanhe. E deixa a Hilux de "batedora" para verificar o caminho.

    Abraço!

    Citação Postado originalmente por Cristiano TDA Ver Post
    Lanço então uma pergunta:
    Uma boa reforma de um veiculo com 2 décadas de vida pode deixa-lo tão confiável quanto um zero?
    Quão complicado seria homologar um caminhão overland no Brasil? Alguem conhece quem tenha experiencia construindo tais caminhões?
    Obrigado!
    Rodrigo Soracco
    Blog Rotas da América
    Blazer 4.3
    4x4 "Naomi"

  9. #9
    Usuário
    Entrada
    30/03/2015
    Local
    belo horizonte/MG
    Idade
    40
    Posts
    9
    Agradecimentos: 0
    Rafael, Sandro e Rodrigo
    Muito obrigado pelas dicas e sugestões. E muito obrigado pelos ponto de vista diferentes. Enriquece a discussão e nos permite decidir por uma sabendo também das vantagens da outra.
    Já viajei, nesses eventos, com diversas configurações, e em cerca de metade delas utilizamos caminhões overland contratados de empresas especializadas. E entendo o que o Raphael e Sandro dizem. Aliás, essas empresas costumam utilizar exclusivamente caminhões antigos. Salvo poucas exceções, nao me lembro de maiores problemas, mas estamos falando de empresas especializadas em construir veículos para rodar o mundo. Logisticamente, um caminhão como esses nos daria mais espaço e, sob certo angulo mais tranquilidade pela facilidade de manutenção.
    E já fiz diversos tours com Sprinters, da MB. São novas, fáceis de dirigir, confortáveis e com paciência passam por estradas péssimas. Mas já passamos varios perrengue com elas em lugares remotos e invariavelmente elas tem que ser rebocadas por centenas de quilômetros ate a autorizada mais próxima. Mas é raro acontecer, e por isso entendo bem também o que diz o Rodrigo.

    A confiabilidade é de extrema importância. Vocês sabem como é quando um dia está "zicado" em uma expedição. Será justamente naquele dia em que dois ciclistas foram atropelados e os 178 km de pedal contam com 3000 m de subida acumulada, que os caminhões vai dar problema e os ciclistas vão chegar aos pontos de apoio para não encontrar caminhão, comida, agua, nada. Ou, mais provável, encontrão um veiculo qualquer a quem paramos e oferecemos um dinheiro qualquer para nos ajudar a fazer o apoio enquanto nosso veiculo está quebrado.

    Enfim, respostas longas mas é para contextualizar vocês. Se tiverem interesse em entender melhor o que vao fazer os veiculos, entre em nossa pagina: www.tourdafrique.com

    Quanto aos Volare 4x4, ainda estamos muito preocupados quanto à tecnologia Euro V. Sandro, li muita coisa a respeito disso que você sugeriu da agua e tal. Contudo, ha também quem diga que isso estraga o motor. Fiquei com a impressão que algumas soluções que funcionam com determinados sistemas Euro V, não funcionam também em outros, mais eletronicos e com mais sensores. Faz algum sentido? É tanta informação que a gente acha que fica até perdido. Simuladores de Arla, reprogramar centralina, agua no lugar da Arla, tirar fusível, tanque de 100 litros de Arla. Cada um fala uma coisa. Tem até um tópico popular aqui no forum do Troller super equipada para viagem pelo mundo. O cara reprogramou tudo, mas o sistema do Troller deve ser diferente. E ele ainda não rodou os milhares de quilômetros com diesel comum para nos dar o veredito.
    Então, depois de muito escrever, escrever e não falar nada, resumo tudo em uma pergunta: Na opinião de vocês, tem solução para esses Volare Euro V rodarem na falta de diesel S10 ou S50 e na falta da Arla 32?

    Obrigado!
    4X4 Brasil

  10. #10
    Usuário Avatar de rfdex
    Entrada
    20/06/2005
    Local
    Brasilia/DF
    Idade
    37
    Posts
    2,351
    Agradecimentos: 16
    Rapaz, diesel S10 e S50 para mim é vitrine de posto. Nunca usei quando tinha camionetes a diesel e pretendo nunca usar, sinceramente. Deus me livre ficar refém de uma assistência técnica só por causa de algum sensor. Credo!

    Mas respondendo a sua pergunta, acho que não tem. Como o Rodrigo falou, o ARLA pode ser deixado de usar ou usar água que conseguirá manter o motor funcionando. O diesel, se usar de qualidade ruim, o motor falha e talvez nem funcione. É isso.

    Abraço
    Raphael - PU2BIG
    Ford Truck

  11. #11
    Usuário Avatar de RodrigoSoracco
    Entrada
    23/03/2014
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    48
    Posts
    244
    Agradecimentos: 0
    Cristiano, muito bacana essa trip. Mas realmente, 20 mil dólares e cinco meses pedalando de Cartagena até Ushuaia é pra um público seleto e preparado. Aí não pode faltar carro de apoio pros atletas. Eu faria se tivesse condições financeiras e físicas, hehehe.

    Citação Postado originalmente por Cristiano TDA Ver Post

    Enfim, respostas longas mas é para contextualizar vocês. Se tiverem interesse em entender melhor o que vao fazer os veiculos, entre em nossa pagina: www.tourdafrique.com
    Rodrigo Soracco
    Blog Rotas da América
    Blazer 4.3
    4x4 "Naomi"

  12. #12
    Usuário Avatar de sandro_ventania
    Entrada
    24/01/2012
    Local
    Rio das Ostras/RJ
    Idade
    47
    Posts
    1,874
    Agradecimentos: 34
    Citação Postado originalmente por Cristiano TDA Ver Post
    Rafael, Sandro e Rodrigo
    Muito obrigado pelas dicas e sugestões. E muito obrigado pelos ponto de vista diferentes. Enriquece a discussão e nos permite decidir por uma sabendo também das vantagens da outra.
    Já viajei, nesses eventos, com diversas configurações, e em cerca de metade delas utilizamos caminhões overland contratados de empresas especializadas. E entendo o que o Raphael e Sandro dizem. Aliás, essas empresas costumam utilizar exclusivamente caminhões antigos. Salvo poucas exceções, nao me lembro de maiores problemas, mas estamos falando de empresas especializadas em construir veículos para rodar o mundo. Logisticamente, um caminhão como esses nos daria mais espaço e, sob certo angulo mais tranquilidade pela facilidade de manutenção.
    E já fiz diversos tours com Sprinters, da MB. São novas, fáceis de dirigir, confortáveis e com paciência passam por estradas péssimas. Mas já passamos varios perrengue com elas em lugares remotos e invariavelmente elas tem que ser rebocadas por centenas de quilômetros ate a autorizada mais próxima. Mas é raro acontecer, e por isso entendo bem também o que diz o Rodrigo.

    A confiabilidade é de extrema importância. Vocês sabem como é quando um dia está "zicado" em uma expedição. Será justamente naquele dia em que dois ciclistas foram atropelados e os 178 km de pedal contam com 3000 m de subida acumulada, que os caminhões vai dar problema e os ciclistas vão chegar aos pontos de apoio para não encontrar caminhão, comida, agua, nada. Ou, mais provável, encontrão um veiculo qualquer a quem paramos e oferecemos um dinheiro qualquer para nos ajudar a fazer o apoio enquanto nosso veiculo está quebrado.

    Enfim, respostas longas mas é para contextualizar vocês. Se tiverem interesse em entender melhor o que vao fazer os veiculos, entre em nossa pagina: www.tourdafrique.com

    Quanto aos Volare 4x4, ainda estamos muito preocupados quanto à tecnologia Euro V. Sandro, li muita coisa a respeito disso que você sugeriu da agua e tal. Contudo, ha também quem diga que isso estraga o motor. Fiquei com a impressão que algumas soluções que funcionam com determinados sistemas Euro V, não funcionam também em outros, mais eletronicos e com mais sensores. Faz algum sentido? É tanta informação que a gente acha que fica até perdido. Simuladores de Arla, reprogramar centralina, agua no lugar da Arla, tirar fusível, tanque de 100 litros de Arla. Cada um fala uma coisa. Tem até um tópico popular aqui no forum do Troller super equipada para viagem pelo mundo. O cara reprogramou tudo, mas o sistema do Troller deve ser diferente. E ele ainda não rodou os milhares de quilômetros com diesel comum para nos dar o veredito.
    Então, depois de muito escrever, escrever e não falar nada, resumo tudo em uma pergunta: Na opinião de vocês, tem solução para esses Volare Euro V rodarem na falta de diesel S10 ou S50 e na falta da Arla 32?

    Obrigado!


    Pois é Cristiano...dúvidas e mais dúvidas, não é!
    Por incrivel que pareça, todos esses apetrechos que surgiram por causa do euro V, só atrapalham o bom funcionamento do motor...isso mesmo, atrapalham! Mas eles estão aí para que se possa cumprir as metas de poluição.
    O ARLA32, por exemplo...não passa pelo motor, não faz parte do funcionamento dele...é basicamente uma bombinha que fica jogando o arla no inicio do escapamento para mudar um pouco o que sai pra atmosfera, entendeu? somente isso!
    Maldosamente os fabricantes colocaram sensores para te obrigar a sempre usar ele (mais uma fonte de renda).
    Outra coisa é a válvula EGR...o motor também não precisa dele...aliás o motor te implora pra ficar sem ele!
    Todos nós sabemos que um motor precisa de quanto mais oxigenio melhor, melhor funciona e mais potencia gera...só que essa válvula faz o contrário, ela pega parte da fumaça do escape e joga de novo lá na entrada na admissão do motor! Imagina voce querer respirar e um monte de fumaça na sua cara te sufocando? Assim se sente o motor! Eles jogam a fumaça na entrada para dar uma requeimada nela para diminuir um pouco o que sai pra atmosfera.
    O problema é que se voce usar diesel comum, a fumaça sai com um pouco mais de fuligem e essa fuligem ao passar pela válvula com o tempo trava ela e dá zica mesmo.
    Bloqueando essa válvula o motor trabalha aliviado, fica mais economico e potente.
    Mas creio que o Volare não tenha EGR...como voce falou do ARLA32, então ele deve ter é SCR...que é o catalisador.
    Nesse caso, tem que retirar o catalizador e guardar para quando o carro voltar ao Brasil e for fazer a inspeção veicular.
    Se usar o catalisador sem arla ele estraga rápido.
    Então pra voce é simples...eu faria o seguinte...inibiria o sensor do arla (fusivel, chip...o que funcionasse) e retirada do catalisador...problema resolvido!
    O mais importante é usar um bom filtro de diesel, instale um filtro tipo eurofilt para garantir um diesel limpo...isso sim pode fazer um motor falhar.
    4X4 Brasil
    "Numa viagem de carro, mais importante que o destino, é aproveitar ao máximo tudo que há de bom no caminho."
    Toyota Hillux SW4 93...Matilde.

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. Suporte traseiro para bicicletas.
    Por sandro_ventania no fórum Toyota
    Respostas: 9
    Última resposta: 22/10/2015, 11:40
  2. Amortecedor do Volare no willys
    Por jmquiroga no fórum Jeep Willys
    Respostas: 9
    Última resposta: 31/12/2014, 10:37
  3. Kit Volare em Troller 2.8
    Por ssmoura no fórum Troller
    Respostas: 2
    Última resposta: 01/12/2012, 12:35
  4. Volare 4x4
    Por willian4x4 no fórum Outros
    Respostas: 0
    Última resposta: 27/07/2012, 15:29
  5. Microônibus Volare 4x4
    Por Elmer_Jeep no fórum Outros
    Respostas: 3
    Última resposta: 06/02/2012, 20:07

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado