x
Convex Datacenter
Página 1 de 7 1234567 ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 12 de 75
  1. #1
    Usuário Avatar de Vicente Guimaraes
    Entrada
    02/05/2011
    Local
    Rio de Janeiro/RJ
    Idade
    45
    Posts
    1,655
    Agradecimentos: 0

    Expedições na América do Sul - É preciso tanta preparação? Qual a última fronteira?




    Lendo e relendo sobre preparação de viaturas para viagens na América do Sul tenho percebido que muitos colegas estão fazendo uma super-preparação e gastando muito para fazer viagens relativamente fáceis...

    Por exemplo, qualquer um chega em Ushuaia ou no Atacama de fusquinha. As estradas são ótimas, lisas e bem sinalizadas.

    Vale a pena gastar R$ 20 mil? R$ 30 mil com preparação para isso? colocar guincho, pneuzão, bloqueios, trocar eixos, trocar bancos, fazer armários internos, mandar adesivar o carro com o nome da expedição, etc...

    Mesmo a Ruta 40 tão temida... teve um casal português que a percorreu com uma Kombi... eles tem um blog é só dar uma pesquisada... Em fev/2012 eu percorri 100Km da Ruta 40 no Norte da Argentina entre Cafayate e Angastaco de Corsa 1.4 alugado, foi tranquilo.

    Então o 1º ponto que quero debater é será que devemos perder tempo e dinheiro com preparação? ou com a viagem?

    A questão que quero colocar é; Qual será realmente a "ultima fronteira" na América do Sul? qual o caminho que é realmente desafiador e que vale a pena tanto investimento?
    Site do Encontro Nacional de Engesas, Campers & Marruás
    http://engesas.blogspot.com.br/

  2. #2
    Usuário Avatar de Newton Guerra
    Entrada
    24/07/2007
    Local
    São Paulo/SP
    Idade
    57
    Posts
    1,735
    Agradecimentos: 14
    Acho que pensando friamente, só no custo-benefício, não vale.

    Mas para quem curte "morar" no carro, não vale um belo jipe com cama, tralha de camping ou barraca de teto? Ir para o Atacama e resolver dar um pulinho no campo de Piedra Pomez e pelos arenales chegar a Fiambalá? Ou dar um pulinho até a cratera do Galán? A Kombi não vai.
    Uma boa parte do custo de uma barraca de teto, por exemplo, é amortizado pela economia do camping em relação a hotéis e pousadas. Bobeou numa viagem de 30 dias já se paga a barraca.

    Já fui para Ushuaia e pelas estradas que passei qualquer carro passava, não precisava ter ido de GV. Já no NOA não conseguiria andar pelos arenales se não fosse com um 4x4.

    Acho que pensando só na grana, para valer o investimento de um carro super equipado, a última fronteira está aqui no Brasil mesmo: a Amazônia. Mas o prazer não tem preço, até mesmo só para quem curte a viatura para passear por aí no asfalto.

    Abraços
    Newton
    Vitara Canvas 97 Ex LC Prado 09 - Andina
    FZJ-80 1995

  3. #3
    Citação Postado originalmente por Newton Guerra Ver Post
    Acho que pensando friamente, só no custo-benefício, não vale.

    Mas para quem curte "morar" no carro, não vale um belo jipe com cama, tralha de camping ou barraca de teto? Ir para o Atacama e resolver dar um pulinho no campo de Piedra Pomez e pelos arenales chegar a Fiambalá? Ou dar um pulinho até a cratera do Galán? A Kombi não vai.
    Uma boa parte do custo de uma barraca de teto, por exemplo, é amortizado pela economia do camping em relação a hotéis e pousadas. Bobeou numa viagem de 30 dias já se paga a barraca.

    Já fui para Ushuaia e pelas estradas que passei qualquer carro passava, não precisava ter ido de GV. Já no NOA não conseguiria andar pelos arenales se não fosse com um 4x4.

    Acho que pensando só na grana, para valer o investimento de um carro super equipado, a última fronteira está aqui no Brasil mesmo: a Amazônia. Mas o prazer não tem preço, até mesmo só para quem curte a viatura para passear por aí no asfalto.

    Abraços



    Concordo plenamente com o Newton. No caminho de Sampa até Ushuaia, por exemplo, há vários caminhos alternativos e lugares que só se alcança com um 4x4. Um 4X4 vai até onde um 4x2 não vai. O contrário não é possível. Com um 4x4 você vai ficar muito mais tranquilo para encarar certos desafios . Em Ushuaia , para ficar num único exemplo, faz-se trilhas que com um 4x2 seria impossível. Rodar milhares de quilômetros, gastar uma grana, gastar um tempão e ficar impedido de fazer determinados passeios, é bem frustrante. Se você quiser ficar no arroz com feijão, realmente, qualquer carro dá, agora, não se esqueça que um fusca ou uma kombi, são carros valentes, com tração traseira e encaram muitos desafios que um carro com tração dianteira não encara. Com relação aos equipamentos, basta ter um carro com tração nas 4 rodas, que já dá para se divertir um bocado. Abs. Válter.
    p.s. e nunca se esqueça de que os lugares mais bonitos (geralmente) estão em locais de difícil acesso e aí um 4x4 faz toda a diferença(experiência própria de um ancião com mais de 60 anos).
    4X4 Brasil

  4. #4
    Equipe de Apoio Avatar de jeisonk
    Entrada
    03/02/2006
    Local
    Nova Mutum/MT
    Idade
    42
    Posts
    6,645
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por Newton Guerra Ver Post
    e pelos arenales chegar a Fiambalá? Ou dar um pulinho até a cratera do Galán? A Kombi não vai.
    X2

    Existem jeitos e jeitos de viajar.

    Por exemplo, quando fomos à Laguna Brava, dava pra chegar lá tranquilo com carro baixo.
    Mas fazer o contorno completo dela, sem chance, só 4x4 e por muitas vezes usando reduzida.

    Idem para o trajeto ligando os salares de Antofalla e Arizaro e posteriormente aquela estradinha que sai de frente do Cono de Arita e termina lá na Mina Casualidad, 4x4 e reduzida boa parte do tempo e com pneus bons para aguentar as pedras afiadas no caminho.

    Abraços

    Jeison Krauspenhar .'.
    '92 Toyota Land Cruiser HDJ80 - Moranguinho + Reboque com 2 barracas CW

  5. #5
    Usuário Avatar de Vicente Guimaraes
    Entrada
    02/05/2011
    Local
    Rio de Janeiro/RJ
    Idade
    45
    Posts
    1,655
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por IDOSO DO TROLLER Ver Post
    há vários caminhos alternativos e lugares que só se alcança com um 4x4. Um 4X4 vai até onde um 4x2 não vai. O contrário não é possível. Com um 4x4 você vai ficar muito mais tranquilo para encarar certos desafios . .
    JeisonK e IDOSO, eu sei que de 4x4 chegamos ao "inchegável". Eu tenho um 4x4 (Engesa, diesel). O que questiono são os gastos com a montagem dos veículos para expedições.

    Este posto serve de auto-crítica a mim mesmo. Uma coísa é ter um 4x4 (eu tenho um Engesa alongado em 1 metro, justamente para expedições, ele está no meca refazendo a capota e portas) , outra é gastar os tubos $$$ com bloqueios, troca de rodas, 200 faróis de milha, pneus gigantes, etc etc... equipamentos que serão superfluos ou pouquissimos usados.

    Eu mesmo, por exemplo,estava querendo colocar 2 bloqueio nos eixos, ia gastar 7.000, mas pensei , Poh eu vou usar isso realmente? Isso é para viatura de trilha e eu já tenho um guincho de 16 mil libras... qq problema o guincho me arranca. E fora que bloqueio força muito mais os semi-eixos e pode quebrá-los (o que não é bom em um lugar muito isolado)...

    Acho que é uma bobagem o cara pegar uma viatura nova ou bem conservada e colocar rodas 17 e pneus 35" para fazer expedição...colocar bloqueio ARB nos 2 eixos, trocar molas... para "ir ali e voltar"... Acho isso meio sem propósito. Carro de expedição não tem que ser bonito, tem que ser funcional. PAra expedição acredito que o equipamento tem que ser o mais simples, fácil de se encontrar e resistente possível. Por exemplo, os pneus ideais para expedição, na minha cabeça são: o 31" ou 30" (aro 15pol) ou 235x85 ou 265x75 (aro 16 pol) ou, dependendo da viagem, até o 750x16 (que ficaria bem econômico).

    Sobre a barraca de teto, conheço gente que detestou e gente que adora. Eu particularmente, ainda não entendo a vantagem de gastar 3.000 em uma barraca de teto para 2 pessoas (fora o arrasco aerodinamico), enquanto uma EXCELENTE barraca de chão para 6 pessoas (com muito mais espaço, espaço de avancê , etc...) vc encontra por 800 ou 1000. Outras barracas de melhor qualidade, para climas polares vc encontra por 2000 ou 3000 (quero ver acampar com estas barracas de teto no Inverno na Patagônia, Carretera Austral, etc..)
    Site do Encontro Nacional de Engesas, Campers & Marruás
    http://engesas.blogspot.com.br/

  6. #6
    Usuário Avatar de Grassmann
    Entrada
    29/03/2006
    Local
    Curitiba/PR
    Idade
    48
    Posts
    1,245
    Agradecimento: 1
    Pois é... Sempre me faço essas perguntas...
    Que o 4x4 é imprescindível, concordo.
    Mas também penso que preparação demais é dinheiro jogado fora.
    Quanto à barraca, sem comentários... Questão de opção. Eu sempre opto por hotéis e pousadas de baixo custo.
    Concordo plenamente que o mais simples é o melhor. Usar "pneuzão" só atrapalha. Sob o pretexto de rodar em trilhas, o sujeito roda 5000km de asfalto com um pneu gritando no ouvido e comprometendo a estabilidade.
    Leandro J Grassmann
    PU5-MVA
    PX5-G5610

  7. #7
    Equipe de Apoio Avatar de jeisonk
    Entrada
    03/02/2006
    Local
    Nova Mutum/MT
    Idade
    42
    Posts
    6,645
    Agradecimentos: 0
    É, na verdade tudo se resume ao destino proposto e bom senso para evitar exageros.

    Pneuzão também acho furada, se for aumentar que seja muito pouco além da medida original, afinal o veículo foi projetado para tal.
    Bloqueio e guincho também, tudo depende de onde irá.
    Se tiver pelo menos um dos dois consegue abraçar quase tudo por aí, acho que o bicho pega mesmo somente em trajetos como os propostos pela TAC.

    Barraca de teto concordo com o Grassmann, vai da pessoa. Eu gosto, acho prático, etc e tal, mas que é um bom valor empatado, isso é. Para climas mais extremos, nada que um bom saco de dormir e/ou um cobertor elétrico não resolva.
    Vendi minha grande e comprei duas pequenas, vou com duas opções de instalação, teto ou reboque, dependendo do tipo da viagem uso de um jeito ou de outro.

    Vicente, o post é realmente muito oportuno, essas análises só enriquecem nosso meio.

    Abraços
    Jeison Krauspenhar .'.
    '92 Toyota Land Cruiser HDJ80 - Moranguinho + Reboque com 2 barracas CW

  8. #8
    Usuário Avatar de Vicente Guimaraes
    Entrada
    02/05/2011
    Local
    Rio de Janeiro/RJ
    Idade
    45
    Posts
    1,655
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por Grassmann Ver Post
    Que o 4x4 é imprescindível, concordo. Mas também penso que preparação demais é dinheiro jogado fora. Concordo plenamente que o mais simples é o melhor. Usar "pneuzão" só atrapalha. Sob o pretexto de rodar em trilhas, o sujeito roda 5000km de asfalto com um pneu gritando no ouvido e comprometendo a estabilidade
    .
    Opa estamos de acordo, concordo 100% !

    Obviamente estou tratando de preparação para viagens curtas (de até 30 dias) para uma viagem volta ao mundo evidentemente a preparação extrema é necessária.

    Li recentemente o livro "Mundo por Terra" e uma dica me marcou "tudo tem que ser prático e disponível para ser usado em 10 segundos, senão vc acaba não usando". Ou seja praticidade é o item que deve nortar nossa preparação.

    Expedições na América do Sul - É preciso tanta preparação? Qual a última fronteira?-capa_livro-mundo-por-terra-2.jpg

    Citação Postado originalmente por Grassmann Ver Post
    Quanto à barraca, sem comentários... Questão de opção. Eu sempre opto por hotéis e pousadas de baixo custo.
    Eu já fiz e refiz as contas, em uma única viagem de 30 dias sai muito mais barato e confortável ficar em pousadas econômicas (eu sempre busco hospedagens com preço entre 60 e 80R$, tentando fujir de albergues e hostels). Barraca de teto só se paga se o cara ficar todos os dias da viagem na barraca e usá-la sempre (aí vale a pena).

    Mas penso que ter uma barraca - destas comuns - é uma boa numa viagem longa... porque sempre surgem locais onde vale a pena acampar por 1 ou 2 dias. Eu quero fazer uma viagem pela carreteira austral em 2014 no inverno e vou precisar de uma barraca de inverno, mas também pretendo intercalar com paradas estratégicas em pousadas e hotéis pelo caminho.

    Citação Postado originalmente por jeisonk
    Pneuzão também acho furada, se for aumentar que seja muito pouco além da medida original, afinal o veículo foi projetado para tal.Bloqueio e guincho também, tudo depende de onde irá.Se tiver pelo menos um dos dois consegue abraçar quase tudo por aí
    Concordo, e acho que um bom guincho já é suficiente para te tirar de enrascadas (evidentamente, fora a transamazonica, que a preparação deve ser a mesma para trilhas pesadas, ou seja são focos diferenciados). Acho que nas expedições devemos evitar trilhas muito extremas, mesmo que nossas viaturas tenham capacidade de passar não podemos nos dar ao luxo de quebrar nada a estando a 6.000Km de casa.

    Sobre os pneus, o meu engesa tem pneus 285x75x16, mas penso em mudar para o 235x85x16 para as viagens (melhoraria muito o consumo de combustível).

    Citação Postado originalmente por jeisonk
    Barraca de teto concordo com o Grassmann, vai da pessoa. Eu gosto, acho prático, etc e tal, mas que é um bom valor empatado, isso é. Para climas mais extremos, nada que um bom saco de dormir e/ou um cobertor elétrico não resolva.
    Vendi minha grande e comprei duas pequenas, vou com duas opções de instalação, teto ou reboque, dependendo do tipo da viagem uso de um jeito ou de outro.
    Interessante esta opção de duas barracas. Essa dica do coberto elétrico é ótima, é cobertor mesmo ou é aquele "calienta cama" que é colocado entre o fundo da barraca ou do colchão e a pessoa?

    Citação Postado originalmente por jeisonk
    Vicente, o post é realmente muito oportuno, essas análises só enriquecem nosso meio.
    Ok, valeu, temos aqui no fórum 4x4 Brasil muitas informações sobre preparação extrema e para trilhas e pouca coisa sobre preparação para expedições e viagens prolongadas. As vezes sinto que o pessoal (não vocês) confunde preparação para expedição com preparação para trilha.

    Sobre preparação, uma coisa que é fundamental são os bancos e questões ergonômicas de nossas viaturas. Estou de olho em bancos da rally design, afinal ficamos quase 50% do tempo da viagem sentados nos bancos
    Site do Encontro Nacional de Engesas, Campers & Marruás
    http://engesas.blogspot.com.br/

  9. #9
    Equipe de Apoio Avatar de jeisonk
    Entrada
    03/02/2006
    Local
    Nova Mutum/MT
    Idade
    42
    Posts
    6,645
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por Vicente Guimaraes Ver Post
    Essa dica do coberto elétrico é ótima, é cobertor mesmo ou é aquele "calienta cama" que é colocado entre o fundo da barraca ou do colchão e a pessoa?
    Creio que tanto faz, o que eu vi foi esse "calienta cama" num camping, mas era uma barraca de chão com um carro encostado ao lado.
    Eu sempre me virei com saco de dormir mesmo, mas a patroa intimou depois que viu o cobertor
    Falando agora do outro extremo, a barraca de teto é muito boa no calor, a altura da montagem somada às amplas portas/janelas permitem um sono bacana mesmo em temperaturas altas.



    Citação Postado originalmente por Vicente Guimaraes Ver Post
    Sobre preparação, uma coisa que é fundamental são os bancos e questões ergonômicas de nossas viaturas. Estou de olho em bancos da rally design, afinal ficamos quase 50% do tempo da viagem sentados nos bancos
    X2
    É o mesmo princípio de investir num bom colchão em casa.

    Abraços
    Jeison Krauspenhar .'.
    '92 Toyota Land Cruiser HDJ80 - Moranguinho + Reboque com 2 barracas CW

  10. #10
    Usuário
    Entrada
    28/04/2012
    Local
    são paulo/SP
    Idade
    45
    Posts
    71
    Agradecimentos: 0
    Pessoal, lendo esse tópico, o que me ocorre é que todos tentam "racionalizar" ou justificar os gastos, o tempo investido, o empenho, quando na verdade, a maior motivação é passional. Ter uma viatura legal, planejar as melhorias, os equipamentos, as instalações, é muito prazeiroso para quem gosta. É realmente um hobby. Mesmo que seja só para ficar olhando o carro na garagem, ninguém se arrepende dos gastos...Estou errado?
    Abraço a todos.

  11. #11
    Usuário Avatar de Vicente Guimaraes
    Entrada
    02/05/2011
    Local
    Rio de Janeiro/RJ
    Idade
    45
    Posts
    1,655
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por roazambuja Ver Post
    Ter uma viatura legal, planejar as melhorias, os equipamentos, as instalações, é muito prazeiroso para quem gosta. É realmente um hobby. Mesmo que seja só para ficar olhando o carro na garagem, ninguém se arrepende dos gastos...Estou errado?.
    É verdade azambuja, concordo com você em tudo. Hobby cada um encara de uma forma e com suas po$$ibilidades.

    A minha visão é que a viatura tem que rodar, mesmo sem preparação vai e viaja. Planejamento é fundamental (eu trabalho com isso ) e preparação támbém. Mas, tem gente (e aqui não estou me referindo à você ou aos colegas acima) que só planeja, prepara, planeja, e mas não faz nada,,, quem não age não tem resultado e não se anima.... Isso em todas as áreas, em todos os hobbys

    O meu negócio é viajar, seja como for, eu tinha planejado ter a viatura pronta agora em janeiro para fazer uma viagem à Patagônia mas os atrasos na reforma mecânica impediram isso... então fui de avião e aluguei um carrinho 4x2.. não teve a mesma graça que ir de 4x4... mas eu fui E agora deu mais vontade de ir de novo

    Eu recentemente começei a ler um blog... era de um casal. Eles , por baixo, gastara uns R$ 150.000 (uma Defender 130 quase OKm, investiram em pneus, barraca de teto, guincho, armários, bagageiros e o escambau...) e iniciaram a viagem, no 2º dia na Argentina ficaram em um hotel 5 estrelas... pohhh isso é um despropósito ... hahaha eu parei de ler o blog.
    Site do Encontro Nacional de Engesas, Campers & Marruás
    http://engesas.blogspot.com.br/

  12. #12
    Usuário Avatar de Grassmann
    Entrada
    29/03/2006
    Local
    Curitiba/PR
    Idade
    48
    Posts
    1,245
    Agradecimento: 1
    Citação Postado originalmente por Vicente Guimaraes Ver Post
    É verdade azambuja, concordo com você em tudo. Hobby cada um encara de uma forma e com suas po$$ibilidades.

    A minha visão é que a viatura tem que rodar, mesmo sem preparação vai e viaja. Planejamento é fundamental (eu trabalho com isso ) e preparação támbém. Mas, tem gente (e aqui não estou me referindo à você ou aos colegas acima) que só planeja, prepara, planeja, e mas não faz nada,,, quem não age não tem resultado e não se anima.... Isso em todas as áreas, em todos os hobbys

    O meu negócio é viajar, seja como for, eu tinha planejado ter a viatura pronta agora em janeiro para fazer uma viagem à Patagônia mas os atrasos na reforma mecânica impediram isso... então fui de avião e aluguei um carrinho 4x2.. não teve a mesma graça que ir de 4x4... mas eu fui E agora deu mais vontade de ir de novo

    Eu recentemente começei a ler um blog... era de um casal. Eles , por baixo, gastara uns R$ 150.000 (uma Defender 130 quase OKm, investiram em pneus, barraca de teto, guincho, armários, bagageiros e o escambau...) e iniciaram a viagem, no 2º dia na Argentina ficaram em um hotel 5 estrelas... pohhh isso é um despropósito ... hahaha eu parei de ler o blog.


    Tá louco?
    Pra gastar R$150k num carro e ficar só em hotel 5 estrelas, nem precisa planejamento!
    Com pesquisa, dicas de quem já foi, muita força de vontade, a gente realiza o que quer.
    Eu demorei a fazer minha primeira viagem ao exterior em 2007. Tinha muito medo de situações fora do que a gente conhece. Afinal, tá fora do País.
    Em 2007, depois de muito planejar, fui até Valparaiso num Troller com esposa e 2 filhos pequenos.
    Em 2011 (dezembro) fui de moto até o Ushuaia. Esposa e flihos foram de avião.
    Em julho/2012 conseguimos realizar o sonho de ir pra Las Vegas.
    Em outubro fui de moto até Montevideo.
    Em dezembro/12, fomos até Miami.
    E em junho agora vamos pra Ilha de Páscoa.
    Isso sem contabilizar as viagens nacionais.
    Tá, muitas dessas viagens não são de carro. Muitas de avião.
    Mas o planejamento entra aí. Junto com uma pitada de sorte. Achar bons hotéis a baixo custo. Buscar passagens aéreas baratas. Definir uma data alvo e correr atrás. Planilhar ações a serem tomadas e ir fazendo, uma a uma.
    Concordo contigo. Tem que ir "matando" as pendências e fazer acontecer no prazo. Mesmo que não se execute 100% do planejado. Se ficar só procurando condições ótimas, vai ficar no "papel" o resto da vida.
    Aliás, curiosidade: Eu já estava com o roteiro pronto pra ir pra Buenos Aires em junho. Por sorte, apareceram passagens pra Ilha de Páscoa por R$919 (ida e volta!). Resultado: Mudei os planos! Ilha de Páscoa não sei quando eu posso voltar. Já Buenos Aires estará sempre a 3 dias de carro.
    Leandro J Grassmann
    PU5-MVA
    PX5-G5610

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. Preparacao para expedicoes da Toyota SW4 2.7 16v ano 97
    Por santiagoniva no fórum Veículos e Preparação
    Respostas: 80
    Última resposta: 21/03/2015, 08:17
  2. Alaska - A última fronteira
    Por ramalho-vitoria no fórum Planejamento
    Respostas: 59
    Última resposta: 04/08/2013, 20:26
  3. Respostas: 10
    Última resposta: 27/03/2013, 22:04
  4. Respostas: 0
    Última resposta: 20/11/2010, 14:50

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado