x
Convex Datacenter
Resultados 1 a 7 de 7
  1. #1
    Usuário Avatar de GuilhermeAdolf
    Entrada
    27/04/2013
    Local
    Cariacica/ES
    Idade
    28
    Posts
    253
    Agradecimentos: 15

    Relato - 3 semanas na Nova Zelândia




    Fala galera, tudo bom?

    Sim, não terminei o relato de Ushuaia, acho que perdi o timing da coisa kkk alguns sempre me mandam msgs, mas acho que não tem fim lá não, vai ficar incompleto.

    Dessa vez venho fazer um breve relato sobre minha última roadtrip, dessa vez infelizmente sem a minha querida Bandeirante.

    Aproveitei passagens promocionais para a Nova Zelândia e realizei uma daquelas viagens que sempre vem na cabeça quando se pensa em roadtrip.

    A Nova Zelândia é um paÃ*s basicamente composto por duas grandes ilhas e tem paisagens inacreditavelmente lindas e conservadas. Local onde foram gravados diversos filmes e que sempre aparece nos noticiários e fotos incrÃ*veis que saem das magazines de fotografia de todo o mundo. Somando isso, uma infraestrutura INVEJÁVEL de camperismo, com facilidades nos locais mais remotos e tudo muito organizado.

    Fiz um roteiro que passava pelos principais pontos das duas ilhas, dentro de um orçamento olhando o alto custo de vida do paÃ*s.

    Foram aproximadamente 4500km num roteiro próximo ao da foto abaixo:

    Relato - 3 semanas na Nova Zelândia-unnamed.jpg

    A escolha do carro levou em conta muitos fatores, alguns que eu não conhecia até então, como por exemplo:

    - taxa por km rodado pago ao utilizar veÃ*culos a diesel, o que não se aplica aos movidos a gasolina
    - restrição de pernoite de veÃ*culos não 'self contained' em diversos campings, principalmente os free
    - preço da gasolina muito superior ao diesel
    - conforto por conta da viagem ser no inverno

    Fazendo as contas, o mais vantajoso era:

    - alugar um camper a diesel, mesmo tendo a taxa por km rodado, valia a pena pagar por conta da diferença de quase 50% entre os valores dos combustÃ*veis
    - self contained, ou seja, um veÃ*culo que segue algumas diretrizes da NZ, basicamente um que tenha capacidade de ser 'independente' de banheiros e pias, a grosso modo, que tenha caixa de água para uso no veÃ*culo e de resÃ*duos, além de vaso sanitário. Acomodação na NZ é muito caro! O aluguel do carro seria no mÃ*nimo metade do valor das acomodações mais simples.
    - um veÃ*culo com espaço suficiente para andar dentro, em torno de 6 m de comprimento sem aquela bagunça de desmontagem de um item para montar outro
    - que tivesse aquecimento

    Pesquisei MUITO! E é incrÃ*vel a diferença de preços para modelos exatamente idênticos! Às vezes via pessoas com modelos que eu havia encontrado por preços absurdos pelo oferecido e me perguntava o porquê..

    Exemplo abaixo:

    Relato - 3 semanas na Nova Zelândia-sem-titulo.jpg

    Tudo bem que no exemplo o de cima são para 4 adultos e o outro 2, mas é só para exemplo e que quando pesquisei, vi que veículos que ofereciam muito menos podiam custar muito mais!

    Portanto, acabei fechando com talvez a mais famosa das empresas, a Apollo, com um desconto bom e no final a diária saiu por 50 NZD. Da mesma forma que em outras locadoras, você reserva a categoria, não o modelo, e acabei recebendo um modelo da Adria, bem novo, com 17 mil rodados. A empolgação foi tanta que nem tirei foto dele só, mas minha noiva fez alguns vídeos mostrando o interior e depois eu coloco aqui. Essa foto abaixo é de um do mesmo modelo.

    Relato - 3 semanas na Nova Zelândia-72319d3ea6c945ea86bba22151e3cfde.jpg

    Ele era um pouco menor que os modelos da Sprinter, mas acho que era mais motorhome que os outros, parecia mais feito para aquilo. Tudo muito novo, bem organizado e fácil de operar, apesar da dificuldade em entender o inglês do atendente da loja.

    O camper era montado numa Fiat Ducato diesel 2.2, achei suficiente pra tocar o peso que era de quase 3,5 ton. Falarei mais adiante sobre as questões do carro e das estradas.

  2. #2
    Usuário Avatar de GuilhermeAdolf
    Entrada
    27/04/2013
    Local
    Cariacica/ES
    Idade
    28
    Posts
    253
    Agradecimentos: 15
    Uma das minhas dificuldades foi de encontrar material na internet em português justamente sobre esse tipo de viagem, existem sim algumas, mas não o suficiente para você tirar todas as dúvidas possíveis e ir tranquilo.

    Uma das dúvidas era se com minha CNH B eu poderia dirigir a van, que no Brasil cairia na categoria C. Encontrei um relato de um brasileiro que estava morando na NZ e que havia alugado um camper do mesmo tipo e que não havia tido problemas, porém mesmo assim fiquei receoso. Inclusive em relação a CNH, que em todos os lugares diziam que deveria estar acompanhada da PID ou tradução juramentada.

    Minha PID estava vencida e fiquei realmente na dúvida se eles se dariam o trabalho de ler em português a "validade" da PID, e assim, economizando quase 300 reais, arrisquei ir com a PID vencida e CNH B.

    E foi mais tranquilo do que imaginava, a atendente da loja sequer mencionou PID, tampouco pensou em me perguntar sobre que tipo de veículo eu estava autorizadoa a dirigir. Acredito que se fosse parado pela polícia, ela no máximo iria pedir a PID, mas que também não se atentaria aos itens. Não fui parado.. poderia ter sido e ter dado tudo errado, mas...

    Ainda sobre a locação, a questão do seguro é complicada. Existem algumas opções de seguros que encarecem a locação e diminuem a franquia, chegando a zero até. No meu caso, quis utilizar o seguro que meu cartão de crédito oferece, mesmo com a atendente dizendo que o mesmo não cobria motorhomes.. como li o regramento e não vi nenhuma restrição, confiei no cartão e se fosse lá dar merda, caiu pro pau na justiça kkk

    O custo do seguro era quase o mesmo que o aluguel, ficaria simplesmente inviável para mim.

    Porém com a não escolha do seguro deles, tive que bloquear 5000 NZD no cartão de crédito, ou seja, é necessário ir com um valor de limite pensando nisso.

    Também precisei 'comprar' os químicos para jogar no vaso sanitário e aluguei um par de correntes de neve, pois não sabia o que esperar do inverno, já que eu passaria por estradas que normalmente ficam cobertas de neve. Os químicos eram 2,5 NZD(usava-se 1 a cada 3 dias) e as correntes foram 50NZD.

    Acredito que mesmo com os problemas da CNH, meu maior medo era a mão inglesa, ainda mais lembrando da questão do seguro. Estava realmente muito tenso em pensar em dirigir uma van dessas em todas as novas circunstâncias que a mão inglesa traz e quando entrei no carro e vi o câmbio na esquerda, cinto na direita.. já comecei a suar..

    O corpo se nega a entender que está em outra posição, demora até entender que deve procurar a porta da direita, usar a alavanca de câmbio na mão esquerda... a mente então, quase trava.

    Assim que saí da locadora, com o cu na mão, já tive que pegar uma rotatória. Ponto importante, os neo zelandeses ADORAM rotatórias, estão em todo lugar, inclusive em autopistas de alta velocidade. Fazer aquela rotatória, no sentido horário, tendo que olhar pro outro lado... puts, foi nervos de aço.

    Sorte em parte que a locadora ficava um pouco fora do centro, então o fluxo era menor, mas ainda assim, desafiador.

    Depois da rotatória, acho que o mais difícil eram as conversões à direita, onde temos que pegar a outra via, lá do outro lado, no meio fio. Parece que é só fazer o contrário, mas os primeiros dias foram de muita atenção até tomar confiança.

  3. #3
    Usuário Avatar de Glaicon
    Entrada
    22/06/2009
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    53
    Posts
    5,085
    Agradecimentos: 121
    Citação Postado originalmente por GuilhermeAdolf Ver Post
    Acredito que mesmo com os problemas da CNH, meu maior medo era a mão inglesa, ainda mais lembrando da questão do seguro. Estava realmente muito tenso em pensar em dirigir uma van dessas em todas as novas circunstâncias que a mão inglesa traz e quando entrei no carro e vi o câmbio na esquerda, cinto na direita.. já comecei a suar..

    O corpo se nega a entender que está em outra posição, demora até entender que deve procurar a porta da direita, usar a alavanca de câmbio na mão esquerda... a mente então, quase trava.

    Assim que saí da locadora, com o cu na mão, já tive que pegar uma rotatória. Ponto importante, os neo zelandeses ADORAM rotatórias, estão em todo lugar, inclusive em autopistas de alta velocidade. Fazer aquela rotatória, no sentido horário, tendo que olhar pro outro lado... puts, foi nervos de aço.
    Esquece o tópico de Ushuaia.
    Já estás perdoado, pois estou rindo sozinho dos relatos acima.
    Só imaginando as cenas.

  4. #4
    Usuário Avatar de GuilhermeAdolf
    Entrada
    27/04/2013
    Local
    Cariacica/ES
    Idade
    28
    Posts
    253
    Agradecimentos: 15
    Bem, como dito, o uso do motorhome iria nos proporcionar deslocamento, alimentação e hospedagem. Então logo já estava olhando os preços dos combustíveis.

    Para minha surpresa, os valores estavam acima do que havia visto nos sites da internet, e após pesquisar, vi que lá subiram junto com o 'mercado internacional', assim como tivemos no Brasil.

    O litro do diesel estava variando em torno de NZD 1,50-1,60, o que, grosseiramente convertido ao real dava em torno de R$ 4,20 a 4,50, considerando já as perdas nas trocas das moedas e aquisição do USD para levar para lá. A gasolina estava na faixa de NZD 2,20..

    Seguindo com os planos, passamos no mercado para encher a geladeira e comprar itens básicos. É importante lembrar que o carro foi entregue com roupa de cama completa e todos os utensílios de cozinha, porém coisas básicas como, detergente, bucha pra lavar louça, panos de limpeza não fazem parte do pacote. Então, existem algumas coisas que você precisa comprar pra fazer sua viagem.

    Ah, geralmente nas locadoras existe um cantinho onde tem coisas deixadas por outros viajantes, que podem ser úteis, coisas como as que mencionei acima, mas no dia eu tava tão voado que nem lembrei de olhar isso hehehe

    Enfim, dirigindo com mais medo do que no dia que tirei a habilitação, fui até o Countdown, uma das maiores redes do país e que tem preços muito bons e estão em tudo que é canto. Existem outras grandes redes, mas preferimos fidelizar nele porque havia um cartão fidelidade que ainda dava desconto nos abastecimentos nos postos de bandeira Caltex e BP.

    Existe um Countdown pertinho do aeroporto e da locadora, além de vários outros restaurantes e lojas anexas. Fizemos uma compra relativamente grande, comprando de tudo, arroz, macarrão, sal, carnes, molhos, itens pra café da manhã, lanche, cerveja é claro, entre outros.

    Achei os preços de lá mais caros que no Brasil, incluindo carne, que era algo que imaginei que seria barato, uma vez que tem grandes rebanhos de bovinos e ovinos. Acredito que até conseguiria preços de carnes melhores em açougues, mas a praticidade ali era maior.

    Para exemplificar, listarei alguns produtos básicos(para uma conversão rápida, multiplique por 3):

    Pão de misto 600g = NZD 1
    Presunto 200g = NZD 3,5
    Queijo processado tipo lanche 500g = NZD 4,40
    Manteiga 220g = NZD 2,45
    Macarrão 500g = NZD 1,7
    Molho Pesto 200g = NZD 4,5
    Arroz 1 kg = NZD 1,8
    12 Ovos = NZD 3,5
    "Chuck Beef" = NZD 13/kg *Essa era a carne mais em conta, eram grossos bifes de Acém, porém de uma qualidade muito superior ao que temos no Brasil*
    Calsberg 6 pack longneck = NZD 13

    Ou seja, temos um custo de alimentação relativamente alto lá, e isso era mais evidente ainda quando víamos cardápios de restaurantes. Pratos simples custavam em torno de 16-18 NZD, então fazer as refeições no carro foi essencial pra manter o planejamento financeiro. Cheguei no começo a reservar 50 dólares por dia, porém ao final, o custo foi de 22 dólares por dia, para nós dois, incluindo café, almoço, lanche e janta ocasional. Comemos bem todos os dias, com fartura e sem muita repetição de pratos.

    Nossa conta deu 137 dólares e encheu bem o carro.

    Por conta da fome, depois de 3 voos e sem se alimentar bem, preferimos passar num Subway que era ao lado e comer um footlong(nosso sanduba de 30cm).

    Dois sandubas de 30cm mais 1 coca 600ml saíram por 27,60 dólares.. ou seja, caro, bem caro.

    Voltamos pro carro e nos preparamos pra enfim, tomar rumo na nossa viagem.

  5. #5
    Usuário Avatar de GuilhermeAdolf
    Entrada
    27/04/2013
    Local
    Cariacica/ES
    Idade
    28
    Posts
    253
    Agradecimentos: 15
    Ah, esqueci de falar sobre internet, telefone.. Na chegada do aeroporto existem os chips de celular, os preços são semelhantes e optamos por um da Vodafone, custou 20 dólares e ele nos dava 1gb de internet. Era também caro.. mas precisávamos manter contato com a famíla.

    Voltando ao carro.

    Havia realizado claro uma grande busca sobre os pontos principais, custos de passeios, campings e etc. Fiz uma planilha de excel bem simples com os locais que gostaria de estar, distribuindo entre nossos dias os campings próximos que poderíamos parar para dormir.

    Mesmo tendo planejamento, tudo estava aberto a mudanças, não queria muita amarração não. E diferentemente das outras viagens, optei por deslocamentos bem curtos, nada que demandasse muitas e muitas hora de direção.

    No primeiro dia, tinha planejado dormir próximo do Lago Tekapo, porém, por conta do dia já estar marcando lá pras 3h da tarde e ainda estar acostumando na mão inglesa, dirigimos até o entardecer começar e encontramos um camping às margens de um rio e bem próximos ao Mount Hutt. O camping era às margens da rodovia e cobrava 10 dólares por pessoa.

    Havia banheiros, área verde, água disponível e o mais impressionante, tudo limpo, organizado e sem NINGUÉM para cobrar.

    Você mesmo pagava num envelope dentro de uma caixa, ou seja, dependia exclusivamente de você! Honestidade!

    Paramos numa área mais protegida do vento frio e colocamos nossas roupas para enfrentar a noite. Mas minha namorada não parava de reclamar de frio, frio e mais frio. Liguei então o aquecedor a gás do carro, primeiro em 10 graus, depois 20 e por último, acabamos dormindo com ele em 30º. Foi uma loucura, suei a noite toda, mas ela dormiu rindo ehehehe mulheres..

    No outro dia, fui ver a botija, tava quase vazia hahahahaha

    Praticamente 3 kg de gás em uma noite hahahahha

    Sorte que nosso motorhome tinha 2 botijas, coloquei a outra pra rodar e fizemos nosso café da manhã, bem cedo, acho que umas 5 da manhã. O fuso ainda tava nos pegando.

    Fui lá fora, num frio de uns 2 graus, mas era o vento que judiava.

  6. #6
    Boa! Acompanhando.
    Ricardo A. I. Loureiro

  7. #7
    Usuário Avatar de geovanih
    Entrada
    11/01/2010
    Local
    Porto Alegre/
    Posts
    361
    Agradecimento: 1
    Citação Postado originalmente por GuilhermeAdolf Ver Post

    Ainda sobre a locação, a questão do seguro é complicada. Existem algumas opções de seguros que encarecem a locação e diminuem a franquia, chegando a zero até. No meu caso, quis utilizar o seguro que meu cartão de crédito oferece, mesmo com a atendente dizendo que o mesmo não cobria motorhomes.. como li o regramento e não vi nenhuma restrição, confiei no cartão e se fosse lá dar merda, caiu pro pau na justiça kkk
    Buenas

    Eles não fizeram objeção em alugar sem o seguro deles? Qual o teu cartão?

    Tentei fazer o mesmo em portugal, usando o beneficio oferecido pelo master platinum.
    O problema e que tem a seguinte clausula do cartão: "- Você deve Recusar todo e qualquer seguro parcial ou integral de danos por colisão ououtros danos similares e perdas e danos (CDW/LDW) oferecidos pela Locadora deAutomóveis"

    Não consegui nenhuma locadora que alugasse sem seu seguro, alegaram que a legislação européia proíbe. E via web também nao havia opção sem seguro.

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. Respostas: 48
    Última resposta: 14/08/2018, 12:35
  2. vendo molas 3" para troller , usadas 2 semanas e o carro foi vendido
    Por AMGOLDONI no fórum Vendem-se Peças e Acessórios
    Respostas: 3
    Última resposta: 11/10/2013, 16:05
  3. vendo molas 3" para troller , usadas 2 semanas e o carro foi vendido
    Por AMGOLDONI no fórum Vendem-se Peças e Acessórios
    Respostas: 7
    Última resposta: 05/10/2013, 09:53
  4. Relato de um sábado agitado
    Por monge no fórum Trilhas
    Respostas: 2
    Última resposta: 16/03/2003, 21:30

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado

Change privacy settings Alterar definições de privacidade