x
Convex Datacenter
Página 3 de 7 PrimeiroPrimeiro 1234567 ÚltimoÚltimo
Resultados 25 a 36 de 78
  1. #25
    Usuário Avatar de SAPO-BOMBA
    Entrada
    02/06/2008
    Local
    Juazeiro do Norte/CE
    Idade
    40
    Posts
    3,398
    Agradecimentos: 2



    Eu acho que vc tem que botar na balança a sua satisfação com o atual carro, a necessidade da troca e os custos envolvidos nisso.


    Se o carro tá satisfazendo suas necessidades, e vc acha que aguenta rodar mais, pra que trocar? 2 anos apenas com o carro, acho pouco tempo pra cogitar uma troca.


    Além do que trocar pra OUTRA igual, sendo que talvez a diferença de custo não seja agradável, sei lá...


    Até pq carro 0km NENHUM está valendo a pena atualmente, preços muito inflados...


    E tem tb a questão de que em breve chega a nova Frontier, chegarão mais novidades no mercado de pick-ups, e ainda vc terá mais tempo pra analisar o comportamento das atuais S10 de 200cv e ver relatos sobre ela...
    GALLOPER 1999 2.5TD | TOYO OPEN COUNTRY AT 31 x 10,5 x R15 | SUPER L.D.A

  2. #26
    Usuário Avatar de Miranda_MG
    Entrada
    13/01/2014
    Local
    Belo Horizonte/MG
    Idade
    42
    Posts
    1,889
    Agradecimentos: 46
    Assinando. Show o tópico.
    Ranger 3.2 Limited ~ Reprogramada
    Tiguan 2.0 - Original

  3. #27
    Usuário Avatar de Marvila
    Entrada
    21/02/2006
    Local
    Salvador/BA
    Idade
    56
    Posts
    341
    Agradecimentos: 0

    Smile

    Citação Postado originalmente por Miranda_MG Ver Post
    Assinando. Show o tópico.
    É...concordo.
    No entanto, estão faltando duas picapes aí...a Ssangyong Action Sport e a Mahindra Pickup...
    Já que é para falar de picapes 4x4...

  4. #28
    Usuário Avatar de Moipessoa
    Entrada
    01/04/2011
    Local
    Campos/RJ
    Idade
    39
    Posts
    700
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por Marvila Ver Post
    É...concordo.
    No entanto, estão faltando duas picapes aí...a Ssangyong Action Sport e a Mahindra Pickup...
    Já que é para falar de picapes 4x4...
    e desde quando AS é pick up (na essência da palavra)???
    é um BAITA automóvel com carroceria... confortável, econômica, estável, mas em asfalto. está bom nesse nível, não vamos querer usá-la como pick up, jogar na areia, barro, lameiro, colocar saco de farelo, farinha, cimento, brita, etc...
    Ex L200 Outdoor 2008.
    ATUAL NOVA RANGER CD XL 4X4 2.2 13/14 150CV

  5. #29
    Usuário
    Entrada
    01/05/2005
    Local
    Dois Vizinhos/PR
    Idade
    49
    Posts
    374
    Agradecimentos: 0
    Prezados...

    Parabéns ao idealizador do tópico, pois realmente é importante opiniões IMPARCIAIS e sensatas a respeito de pick-ups.

    Bom, retornei a poucos dias de um tour pelo norte e nordeste. Sou do PR, mas creio que iniciei minha aventura por Barra do Garça (BR158) e por aí fui. Encontrei muitas camionetas nestes 10mil km rodados. Todas, eu digo TODAS me ultrapassavam acima de 140 km/h., já que eu rodo de 100 a 120km/h.

    Nenhum veículo deste estilo foi feito para rodar permanentemente a este regime.

    Aí, como é que queremos ter camionetas e SUV´S duráveis? sem chance. Acabaram-se os velhos motores com folga e duráveis. Meu berço é a mecânica diesel para dar esta opinião.

    Do ponto de vista mecânico, acredito que nenhuma das marcas aqui citadas irão colocar no mercado um veículo problemático. Todas possuem qualidade e uma que outra particularidade, algo que agrada alguns de nós.

    Particularmente, tive picapes a vida toda e não me enxergo mais numa delas, pois sempre as usei como carro de passeio e viagens. Hoje estou na Dakar, satisfeito (com exceção ao câmbio), por que não, mas o sonho é uma Full (ano que vem).

    Se o usuário a utilizar dentro da normalidade, velocidade cruzeiro, giro em 60% (+-), revisões, etc. terá um veículo durável (5 anos +-), pois assim são projetados. Se ele abusar um pouquinho e as condições de contorno não favorecerem (combustível, reprogramações, lubrificações, etc.), bom...os resultados estão aqui no fórum relatados.

    Defeitos de série relatados por aqui nos auxiliam para ajudar os mecânicos das concessionárias, já que eles raramente utilizam estes meios.

    Um abraço a todos.

    Marco
    Pajero Full 2014 Branca
    EX Pajero Dakar HPE 2013 Branca
    Ex : C/D-10; F1000-229D; F1000 4x4;Ranger 2.5L; Galloper; Ranger 3.0; Amarok HL

  6. #30
    Usuário Avatar de Andrejur
    Entrada
    14/12/2004
    Local
    Niterói/RJ
    Idade
    70
    Posts
    1,285
    Agradecimentos: 4
    Disse tudo, colega PY5KJ.

    Também penso e ajo assim. Acabaram-se os tempos das pick-ups em que os motores duravam mas de 1.000.000 kms porque funcionavam em baixo giro e andavam em menor velocidade, mas quebravam outros componentes antes do motor.
    Hoje o mercado consumidor exige pick-ups com desempenho de carro esportivo(vide os tipos de rodas e pneus modernos de perfil baixo usados nos projetos atuais).
    Basta observar os ferros-velhos abarrotados de pick-ups semi-novas e totalmente destruídas em razão da imprudênciaiaou alta velocidade.
    Uso a pkp para viagens e expedições, onde a velocidade raramente excede os 120 kms/hora, sempre próximo da faixa de torque máximo e nunca forço o motor em baixa velocidade.
    Então, para mim está bom demais se o veículo chegar ao término do prazo de garantia sem problemas graves.

    Abs.
    Citação Postado originalmente por PY5KJ Ver Post
    Prezados...

    Parabéns ao idealizador do tópico, pois realmente é importante opiniões IMPARCIAIS e sensatas a respeito de pick-ups.

    Bom, retornei a poucos dias de um tour pelo norte e nordeste. Sou do PR, mas creio que iniciei minha aventura por Barra do Garça (BR158) e por aí fui. Encontrei muitas camionetas nestes 10mil km rodados. Todas, eu digo TODAS me ultrapassavam acima de 140 km/h., já que eu rodo de 100 a 120km/h.

    Nenhum veículo deste estilo foi feito para rodar permanentemente a este regime.

    Aí, como é que queremos ter camionetas e SUV´S duráveis? sem chance. Acabaram-se os velhos motores com folga e duráveis. Meu berço é a mecânica diesel para dar esta opinião.

    Do ponto de vista mecânico, acredito que nenhuma das marcas aqui citadas irão colocar no mercado um veículo problemático. Todas possuem qualidade e uma que outra particularidade, algo que agrada alguns de nós.

    Particularmente, tive picapes a vida toda e não me enxergo mais numa delas, pois sempre as usei como carro de passeio e viagens. Hoje estou na Dakar, satisfeito (com exceção ao câmbio), por que não, mas o sonho é uma Full (ano que vem).

    Se o usuário a utilizar dentro da normalidade, velocidade cruzeiro, giro em 60% (+-), revisões, etc. terá um veículo durável (5 anos +-), pois assim são projetados. Se ele abusar um pouquinho e as condições de contorno não favorecerem (combustível, reprogramações, lubrificações, etc.), bom...os resultados estão aqui no fórum relatados.

    Defeitos de série relatados por aqui nos auxiliam para ajudar os mecânicos das concessionárias, já que eles raramente utilizam estes meios.

    Um abraço a todos.

    Marco
    Andrejur

  7. #31
    Usuário Avatar de Marvila
    Entrada
    21/02/2006
    Local
    Salvador/BA
    Idade
    56
    Posts
    341
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por Moipessoa Ver Post
    e desde quando AS é pick up (na essência da palavra)???
    é um BAITA automóvel com carroceria... confortável, econômica, estável, mas em asfalto. está bom nesse nível, não vamos querer usá-la como pick up, jogar na areia, barro, lameiro, colocar saco de farelo, farinha, cimento, brita, etc...
    Hum...sei não, viu ?
    Penso que, na média, essas atuais picapes também não encaram muito bem essas condições aí (areia, barro, lameiro, carga - saco de farelo, farinha, cimento, brita). Inegável que as Hilux, Frontier, L200, Ranger e S-10 se transformaram em "automóvel com carroceria" também. Não sei o comportamento da Amarok na linha de frente do trabalho.
    Por incrível que pareça, quem tem "cara" de vocação para o trabalho pesado (e preço) é a Mahindra. Não sei se tem qualidade e pós venda para isto.
    Agora, falando em defeitos de picapes, tive dois modelos:
    L200, 2.5, GL, 2000
    Ranger, 2.8 PS, XLT Limited, 2004.
    Por mais cuidadoso que sou tive problema de superaquecimento na L200. Afora isto, era muito desconfortável (os bancos terríveis - o encosto ficava quase 1 palmo de distância da cabeça). No caso da Ranger, troquei bomba d'água e rolamento dianteiro, além do que o ABS já dava sinais de que não ia bem (vendi antes).
    Não sou entusiasta desta ou daquela marca ou deste ou daquele modelo. Minha preferência é sempre por robustez, economia e custo x benefício.

  8. #32
    Usuário
    Entrada
    14/09/2012
    Local
    taguatinga/DF
    Posts
    348
    Agradecimentos: 10
    Citação Postado originalmente por Marvila Ver Post
    Hum...sei não, viu ?
    Não sei o comportamento da Amarok na linha de frente do trabalho.
    Por incrível que pareça, quem tem "cara" de vocação para o trabalho pesado (e preço) é a Mahindra. Não sei se tem qualidade e pós venda para isto.
    Fui no site da volks vê o preço da versão cabine simples a mais pelada pensando no que vc disse sobre vocação para o trabalho. Inacreditáveis 93 mil reais!! Definitivamente vai ser difícil vê a Amarok no trabalho pesado com esse preço.

  9. #33
    Usuário Avatar de Imperador!
    Entrada
    18/02/2010
    Local
    Fortaleza/CE
    Idade
    31
    Posts
    5,370
    Agradecimentos: 29
    O tópico está crescendo bastante graças a contribuição dos colegas, continuemos!

    Acho que um dos grandes problemas dos carros atuais (picapes ou não) é a robustez da eletrônica, porque não tem como voltar mais ao tempo dos MWM 229... O que acontece é que a competiçção no mercado é muito grande, e as montadoras não tem tempo para testar exaustivamente os produtos, fazendo com que nós usuários sejamos os verdadeiros testadores dos problemas do veículo. Assim, acabamos por concluir o trabalho que as montadoras não podem/não tem tempo ou dedicação de fazer: entregar um produto estável e robusto.

    Isso se conecta plenamente com problemas de garantia que as marcas "normais" apresentam (negar garantia por uma falha de projeto) ou até mesmo não saber como se conserta um problema; Acho que o problema realmente passa por essa questão...
    Ford F-1000 HSD 4x4 - "Peste"
    Dodge RAM 2500 5.9 - "Spitfire"

  10. #34
    Usuário Avatar de Moipessoa
    Entrada
    01/04/2011
    Local
    Campos/RJ
    Idade
    39
    Posts
    700
    Agradecimentos: 0
    vou dar o meu pitaco sobre pick up para trabalho: acho que a última feita pra aguentar trampo foi a toy 2004/5, 3.0 tdi SRV.
    mas... conforme o César comentou, não tem como voltar no tempo com relação ao uso da eletrônica, ela está aí e deve ser usada racionalmente.
    as antigas band eram tanques de guerra, mas um pe de boi da porra, haja coluna pra rodar nela 1000 km num dia. o sujeito vai chegar um bagaço no destino.
    hoje, quem compra pick up, dificilmente vai usar como pick up, salvo os produtores rurais (que usam bastante pick up média pela facilidade de deslocamento, capacidade de carga, custox beneficio, etc...) e mesmo os comerciantes, normalmente quando precisam de capacidade de carga, compram um caminhãozinho 709 e resolve seus problemas.
    o que se espera de uma pick up, na grande maioria dos compradores, é que ela tenha conforto (até aí tudo bem, quem não gosta de conforto?), mas que não tenha a velocidade limitada em 180, que se quer passar de 200 / hora num veículo de mais de 2 toneladas, que não pára de uma hora pra outra como um esportivo, baixinho, leve, de freios excelentes, etc. quem anda em estrada / rodovia, sabe que não temos grandes coisas quando se sai dos centros metropolitanos, logo, vias de mãos simples são muito comuns, se passar um animal que sai do mato e atravessa a pista, já era, é caixão e vela, se alguém der uma abusada numa ultrapassagem e bater de frente, já era, saco preto e palito de madeira. vejo com uma puta falta de responsabilidade andar constantemente em velocidades altíssimas para pick up. se a pista é "sua", duplicada, sem risco "nenhum", cada um faz da vida o que quiser, mas a partir do momento que pode causar um estrago em outras famílias, a coisa muda de figura.
    pode-se confirmar ainda o que disse acima usando como referência o volume de vendas das pick up flex, que quando são usadas em asfalto atendem a necessidade (com um custo um pouco alto de combustivel, mas vamos considerar que atendam) e quando vão pra terrenos de pouca aderência, deixam muito a desejar.
    aqui na região onde moro, está sendo construído um mega porto, onde os carros mais usados para acesso são: ranger mahindra e outdoor, em função da suspensão das duas serem as mais robustas, segundo avaliações das empresas contratantes. chegou a ser usada toy hilux e amarok (pouquíssimas amarok, pois são empresas que trabalham tb no vale do aço em mg, e o modelo ficou queimado naquela região em função dos problemas de correia partida).
    4X4 Brasil
    Ex L200 Outdoor 2008.
    ATUAL NOVA RANGER CD XL 4X4 2.2 13/14 150CV

  11. #35

  12. #36
    Usuário
    Entrada
    01/05/2005
    Local
    Dois Vizinhos/PR
    Idade
    49
    Posts
    374
    Agradecimentos: 0
    Olha Pessoal, desde que iniciaram a otimização de motores a diesel que equipavam as picapes, escutamos e lemos estas notícias.

    Lembro-me, quando eu ainda montava motores, do famoso 4D56 (o da L200). Este motorzinho tinha originalmente 65cv, foi crescendo, crescendo até chegar aos 145cv. Internamente, claro que reforçaram algumas coisas, mas mesmo assim, não era pra tanto. Qual a patologia e fama adquirida? Superaquecimento!!

    A mesma história se repete com este ótimo motor 2.8 MWM, que começou com seus 100cv e agora está com 200cv. Patologia??? bom, estamos anotando e a estatística vai definir qual o sintoma comum dele.

    Os demais fabricante alegam sempre a mesma coisa: COMBUSTÍVEL RUIM.

    Está virando praxe este diagnóstico/desculpa, pois todos falam a mesma coisa, a começar com o bruto da nova Ranger que tem dado enormes dores de cabeça.

    Com isso colegas, não tenho dúvidas em pensar que a fragilidade e a escassez de bons mecânicos está nos levando a tal sociedade consumo de picapes, outrora duradouras, para no máximo 5 anos de uso.

    Um abraço

    Marco
    Pajero Full 2014 Branca
    EX Pajero Dakar HPE 2013 Branca
    Ex : C/D-10; F1000-229D; F1000 4x4;Ranger 2.5L; Galloper; Ranger 3.0; Amarok HL

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. Picapes sobre lagarta (esteira)
    Por Vinicius Cordeiro no fórum Picapes
    Respostas: 10
    Última resposta: 06/04/2011, 22:23
  2. L200 / Hilux 93 - 95 Informações sobre Mecânica, Suspensão, Consumo, Defeitos.
    Por schinzel no fórum Comparações entre Veículos
    Respostas: 34
    Última resposta: 07/05/2010, 13:28
  3. Respostas: 50
    Última resposta: 16/09/2008, 09:01

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado