x
Convex Datacenter
Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 12 de 14
  1. #1

    Frontier, CAMBIO AUTOMÁTICO, manutenção basica, problemas que vc ja teve.




    Bom dia pessoal

    Gostaria de saber quais as manutenções basicas do CAMBIO AUTOMATICO, da Frontier. Você ja teve algum problema com ele e como resolvel.

    Obrigado.

  2. #2
    Usuário
    Entrada
    08/04/2012
    Local
    Rio Verde/GO
    Idade
    31
    Posts
    633
    Agradecimentos: 41
    Citação Postado originalmente por edwint Ver Post
    Bom dia pessoal

    Gostaria de saber quais as manutenções basicas do CAMBIO AUTOMATICO, da Frontier. Você ja teve algum problema com ele e como resolvel.

    Obrigado.
    Apenas troca de óleo a cada 40 mil km, se o óleo dentro do câmbio tiver bom, ou um enxágue completo (gasta uns 12 a 15 litros) se o óleo tiver ruim, muito escuro, com cheiro de queimado. O óleo, se não for colocar o original, pode colocar um Dexron III sintético, ou um Dexron VI.

  3. #3
    Citação Postado originalmente por enricof18 Ver Post
    Apenas troca de óleo a cada 40 mil km, se o óleo dentro do câmbio tiver bom, ou um enxágue completo (gasta uns 12 a 15 litros) se o óleo tiver ruim, muito escuro, com cheiro de queimado. O óleo, se não for colocar o original, pode colocar um Dexron III sintético, ou um Dexron VI.
    Beleza, a minha frontier teoricamente foi trocado na consessionaria na revisão, porém tenho minhas dúvidas pq esta consessionária estava envolvida num esquema de não trocar peças e cobrar do cliente.

  4. #4
    Usuário
    Entrada
    08/04/2012
    Local
    Rio Verde/GO
    Idade
    31
    Posts
    633
    Agradecimentos: 41
    Citação Postado originalmente por edwint Ver Post
    Beleza, a minha frontier teoricamente foi trocado na consessionaria na revisão, porém tenho minhas dúvidas pq esta consessionária estava envolvida num esquema de não trocar peças e cobrar do cliente.
    Nenhuma revisão da Frontier prevê a troca do óleo do câmbio, nem no manual, nem no automático.

  5. #5
    Citação Postado originalmente por enricof18 Ver Post
    Nenhuma revisão da Frontier prevê a troca do óleo do câmbio, nem no manual, nem no automático.
    Ué, posso estar enganado, vou verificar.

    Gostaria também de saber se é posivel testar as marchas do cambio (se estão trocando na hora certa).

  6. #6
    Usuário Avatar de rubemnet
    Entrada
    11/04/2012
    Local
    Contagem/MG
    Idade
    53
    Posts
    213
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por enricof18 Ver Post
    Nenhuma revisão da Frontier prevê a troca do óleo do câmbio, nem no manual, nem no automático.
    Verdade. Tenho uma SE 2018 4x4 e prevê apenas a inspeção
    Nissan Frontier SE 4x4 CD D23 2.5 T/A 2017/2018 Laranja Imperial

  7. #7
    Usuário
    Entrada
    08/04/2012
    Local
    Rio Verde/GO
    Idade
    31
    Posts
    633
    Agradecimentos: 41
    Citação Postado originalmente por rubemnet Ver Post
    Verdade. Tenho uma SE 2018 4x4 e prevê apenas a inspeção
    O que é um erro muito grande por parte das montadoras, não da Nissan apenas, isso de não prever a troca do fluido da transmissão, seja automática ou manual.

  8. #8
    Usuário
    Entrada
    04/08/2019
    Local
    Nova Odessa/SP
    Posts
    96
    Agradecimentos: 10
    Citação Postado originalmente por rubemnet Ver Post
    Verdade. Tenho uma SE 2018 4x4 e prevê apenas a inspeção
    Só inspeção para checar o nível mesmo. Na maioria dos veículos não há previsão para troca do fluído. Somente alguns modelos de câmbio exigem isso, ou montadoras ou oficinas espertas que querem tirar dinheiro do proprietário do veículo.
    Tem uma relação aqui, com alguns erros, mas que mostra bem isso: Quando trocar o fluido do cambio automatico? Veja prazo de 18 marcas

  9. #9
    Usuário
    Entrada
    25/11/2015
    Local
    Jundiai/SP
    Posts
    785
    Agradecimentos: 45
    Se trocaram foi na má fé ou tinha algum problema. Em condições noemais não se troca mesmo. Tem oficina que quer ganhar dinheiro e inventa coisas. Eu sempre mando fazer o básico mais alinhamento e balanceamento, sugestão do Edu. Esse negócio de higienização de ar, "kit lubrificação" etc... eu pulo fora.
    Mas a concessionária de Jundiaí onde o Edu também vai é muito boa, o pessoal é muito honesto e bastante sério. Você acompanha tudo que estão fazendo no seu carro. Recomendo. Nota 10.

    Uma vez perguntei para o chefe da oficina se não era bom trocar o fluído do câmbio da minha ainda modelo antigo. Ele disse que só se deve mexer se houver diminuição do nível ou apresentar algum tipo de variação, que fora isso o fluído dura tanto quanto o câmbio. Ele comentou que já passaram várias muitas caminhonetes lá com 500mil km e algumas até com 600 ou 700mil km, e com fluído original e o câmbio perfeito. Ele me explicou o porque mas agora não lembro o motivo, mas disse que não se trata de uso como o oleo de motor, mas a finalidade é bem menos agressiva e mais "limpa".
    Mas tem lugar que troca mesmo, tem que ter cuidado, parece feira, querem te empurrar de tudo. Vejo algumas reclamações nas concessionárias do Nordeste (não sou todas, algumas), pelo menos no grupo já vi duas, mas aqui em Jundiaí eu só tenho elogios.

    Uma vez entrou um colega aqui, mas claramente era fake, dizendo que ele havia tido um problema sério na Frontier dele e que não existia a peça para troca. Desconfiamos. Um colega do grupo pediu para um colega da autorizada confirmar o estoque na rede, e havia disponibilidade de 11 peças, e na fábrica a espera era de 3 dias somente. Aí vários colegas pediram o contato dele para ajudá-lo e ele sumiu dizendo que tinha vendido a caminhonete (conveniente) e desapareceu do mesmo jeito que surgiu
    Eu acho o pós venda da Nissan muito bom, mas claro que tem oficinas e "ofissinas", como em qualquer ramo.
    Tem que ficar atento.

  10. #10
    Usuário
    Entrada
    08/04/2012
    Local
    Rio Verde/GO
    Idade
    31
    Posts
    633
    Agradecimentos: 41
    Citação Postado originalmente por Bigsd Ver Post
    Se trocaram foi na má fé ou tinha algum problema. Em condições noemais não se troca mesmo. Tem oficina que quer ganhar dinheiro e inventa coisas. Eu sempre mando fazer o básico mais alinhamento e balanceamento, sugestão do Edu. Esse negócio de higienização de ar, "kit lubrificação" etc... eu pulo fora.
    Mas a concessionária de Jundiaí onde o Edu também vai é muito boa, o pessoal é muito honesto e bastante sério. Você acompanha tudo que estão fazendo no seu carro. Recomendo. Nota 10.

    Uma vez perguntei para o chefe da oficina se não era bom trocar o fluído do câmbio da minha ainda modelo antigo. Ele disse que só se deve mexer se houver diminuição do nível ou apresentar algum tipo de variação, que fora isso o fluído dura tanto quanto o câmbio. Ele comentou que já passaram várias muitas caminhonetes lá com 500mil km e algumas até com 600 ou 700mil km, e com fluído original e o câmbio perfeito. Ele me explicou o porque mas agora não lembro o motivo, mas disse que não se trata de uso como o oleo de motor, mas a finalidade é bem menos agressiva e mais "limpa".
    Mas tem lugar que troca mesmo, tem que ter cuidado, parece feira, querem te empurrar de tudo. Vejo algumas reclamações nas concessionárias do Nordeste (não sou todas, algumas), pelo menos no grupo já vi duas, mas aqui em Jundiaí eu só tenho elogios.

    Uma vez entrou um colega aqui, mas claramente era fake, dizendo que ele havia tido um problema sério na Frontier dele e que não existia a peça para troca. Desconfiamos. Um colega do grupo pediu para um colega da autorizada confirmar o estoque na rede, e havia disponibilidade de 11 peças, e na fábrica a espera era de 3 dias somente. Aí vários colegas pediram o contato dele para ajudá-lo e ele sumiu dizendo que tinha vendido a caminhonete (conveniente) e desapareceu do mesmo jeito que surgiu
    Eu acho o pós venda da Nissan muito bom, mas claro que tem oficinas e "ofissinas", como em qualquer ramo.
    Tem que ficar atento.
    Respeito sua opinião, mas tente conversar com profissionais especializados em transmissões automáticas e me diga se apenas um deles diz que essa questão da troca do fluído da transmissão automática não é recomendado.

    Todo fluido de qualquer veículo tem prazo de validade. Até fluido de direção hidráulica, tão negligenciado, tem que ser substituído de tempos em tempos. Que dirá então o fluido de uma transmissão automática, que trabalha a elevada temperatura, que tem aditivações que se perdem com o tempo, que agrega micropartículas metálicas que não são filtradas. Via de regra, todos os problemas de mecânicos transmissão automática que peguei em todos meus anos de oficina, dentro dessas transmissões o fluído já tinha dado o que tinha pra dar a muito tempo!

  11. #11
    Usuário
    Entrada
    25/11/2015
    Local
    Jundiai/SP
    Posts
    785
    Agradecimentos: 45
    O problema é que a maioria destes profissionais especializados ou são fabricantes de óleo ou têm oficinas, aí é complicado
    Aí eles vão dizer que precisa trocar sim, que já pegaram um monte de câmbio fundidos por causa da falta de troca, com óleo "podre", etc. Ixi, conheço essa história.

    O que diz a SAE do Brasil:
    "A tecnologia dos lubrificantes evoluiu muito e hoje eles são do tipo ‘lifetime’, ou seja, duram por toda a vida útil do sistema. A construção das transmissões também evoluiu muito nesse sentido”.
    A substituição do lubrificante só é necessária em casos vazamento ou reparo."

    O que diz Bob Sharp do Correio Técnico do jornal do Carro:
    "Nenhum fabricante recomenda um procedimento que prejudique o produto e seu cliente. Se é dito que o fluido hidráulico do câmbio automático (ou o óleo do câmbio manual) não precisa ser trocado, pode acreditar, não precisa mesmo. As pessoas que dizem ser necessário se baseiam na coloração do fluido, que deixa de ser vermelho e vai ficando escuro. Isso é apenas oxidação e não afeta as propriedades do fluido."

    Muitos fabricantes de carros sérios afirmam isso (muitos câmbios nem tem acesso para inspeção). Eles não iam recomendar troca de fluído do motor a cada 10 ou 20.000km e dizer que câmbio não precisa se realmente precisasse, afinal eles teriam que fazer reparo em garantia por um erro desses e já teriam falido faz tempo. E precisamos lembrar que não é a montadora que faz o câmbio, é um fornecedor especializado, que se tivesse orientação para isso a montadora seguiria, ou todo mundo hoje já saberia e teria virado um escândalo para muitas montadoras. Claro que vai ter concessionária contradizendo o fabricante, e isso é parte do jogo, mas não deveria.
    Exceção para o CVT.

    Eu confio muito na Nissan Jundiaí, até porque o chefe da oficina lá foi treinado até no Japão. O interesse da oficina, lógico, era dizer o contrário. No caso aqui específico da Frontier, são muitas unidades que já passaram na oficina com mais de 500.000km com fluído original, algumas com 600 e 700.000, e até uma que ele pegou com 1 milhão rodado, com câmbio automático original nunca aberto. O Edu quando foi fazer a revisão da dele viu essa caminhonete lá.
    Agora, tem quem recomenda até com 30.000km a troca (está cheio de gente que diz isso aliás), no caso de uma caminhonete como essa última, ele teria trocado o fluído 33 vezes, e gasto, em média, só de fluído considerando 6 litros (acho que é isso), considerando aí 50 reais somente de mão de obra (duvido que seja só isso) R$ 17.490,00 !!! Ótimo para a oficina, péssimo para o meu bolso. Acho que dava para reformar o câmbio uma 3 vezes senão comprar um novo. Um câmbio revisado hoje na base de troca deve estar 1/3 disso.
    E certamente o câmbio terá desgastes independentes do fluído com essa km.
    Cada um sabe o que faz da sua vida, mas eu não acredito que valha a pena (minha opinião como consumidor). Aliás, nem pretendo rodar 1.000.000km com a minha caminhonete

  12. #12
    Usuário
    Entrada
    04/08/2019
    Local
    Nova Odessa/SP
    Posts
    96
    Agradecimentos: 10
    Bigsd, acho que o serviço de troca é bem mais caro do que isso, além disso, alguns câmbios exigem a desmontagem parcial para substituição de todo óleo.

    Mas, vamos lá...
    A resposta certa para essa pergunta é: Siga a recomendação do fabricante !

    Realmente o pessoal gosta de empurrar serviços na oficina, mas quem realmente conhece o veículo é o fabricante, principalmente da peça que é usada nele. Como o Bigsd corretamente informou, não é a montadora que determina o prazo da troca, mas o fabricante do câmbio, que desenvolve, projeta e testa o componente. Em testes ele determina as condições do óleo e identifica a sua duração, informando à montadora os cuidados necessários de manutenção da peça.
    Nenhuma peça da indústria automobilística é desenvolvida numa prancheta, montada e enviada ao fabricante, mas sim testada muito, inclusive em diversas condições de uso, temperatura, pressão, etc.

    O fabricante do câmbio, esse sim especialista realmente no assunto, com suas décadas ou mais de uma centena de anos de tecnologia, vai aperfeiçoando os seus produtos, acompanhando os problemas e realizando estudos em históricos para determinar a manutenção necessária. A montadora também acompanha, através de suas concessionárias e retorno do mercado, eventuais problemas. Nenhuma montadora é maluca para dizer que não é necessária a troca e depois ter que arcar com os custos de reparo, até porque não é ela quem paga a troca do óleo mesmo.

    Hoje, por exemplo, o óleo de motor evoluiu muito, e pode ser trocado facilmente com 20.000 km ou até 30.000 km dependendo das condições de uso e do motor, mas por precaução, a montadora recomenda trocar aos 10.000 km porque ela não sabe o uso que o dono do carro fará dele, e o que ela menos quer é o pessoal dizendo que o motor de um carro não aguenta 200.000 ou 300.000 km.
    E quem me disse isso é um especialista em óleo da Petrobras que trabalha em desenvolvimento de produtos há mais de 40 anos.

    Mas, deixando todo esse aspecto técnico de lado, porque recomendo seguir o manual?
    Porque se o fabricante diz para trocar o óleo do câmbio a cada 60.000 km por exemplo, e você não troca e dá problema, adeus garantia ou atendimento em cortesia.
    Se o fabricante diz que não é necessário trocar, pois na maioria dos casos o óleo dura tanto quanto a vida útil do câmbio, e você troca o óleo, também em caso de defeito corre o risco de perder a garantia ou um atendimento em cortesia.
    Simples assim !!!

    Siga o plano de manutenção corretamente, se ele não funcionasse, todos os carros com câmbio automático estariam hoje fazendo filas em concessionárias, e se ocorrer um problema no câmbio por vício de projeto ou falha no plano de manutenção, mesmo fora da garantia, o fabricante vai ter que realizar o serviço sem custo.

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. Manutenção cambio automático Hilux
    Por FRanger no fórum Toyota
    Respostas: 27
    Última resposta: 19/12/2020, 12:50
  2. Manutenção geral no cambio automático zj 1997
    Por gogbq no fórum Jeep Wrangler/Cherokee
    Respostas: 1
    Última resposta: 17/05/2011, 13:27
  3. Manutenção básica Bandeirante
    Por Torezan no fórum Toyota Bandeirante
    Respostas: 11
    Última resposta: 24/05/2009, 22:19
  4. HILUX SR 2.8 - Manutenção Básica
    Por ROHDE no fórum Toyota
    Respostas: 1
    Última resposta: 09/05/2007, 16:07
  5. Dicas de manutençao básica
    Por langkjer no fórum Troller
    Respostas: 3
    Última resposta: 01/10/2005, 00:23

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado

Change privacy settings Alterar definições de privacidade