x
Convex Datacenter
Página 5 de 111 PrimeiroPrimeiro 12345678910111213141555105 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 49 a 60 de 1321
  1. #49
    Usuário
    Entrada
    08/04/2012
    Local
    Rio Verde/GO
    Idade
    30
    Posts
    562
    Agradecimentos: 33



    Citação Postado originalmente por Sergio c Ver Post
    Tem uma explicação sobre esse tombamento no site UOL.

    Nova Nissan Frontier tomba em teste off-road; assista e entenda por quê
    Além disso eu observei que um pouco antes, durante a transição das rampas, ele acelerou um pouco mais, e bem nessa hora a roda traseira esquerda tocou o chão, e a Frontier deu um pulo pra frente, o cara assustou e freou bem na hora, com isso ela caiu de uma vez e capotou.

  2. #50
    Usuário Avatar de Jera
    Entrada
    14/04/2006
    Local
    Brasilia/DF
    Idade
    34
    Posts
    4,048
    Agradecimentos: 0
    Achei uma mancada da Nissan lançar a Frontier 2017 com apenas 2 airbags.
    Quando começar a ser fabricada na Argentina certamente receberá mais equipamentos e novas versões.
    Pelo preço de 166mil há opções melhores: Toyota Hilux SRV por 157mil.....Ranger XLT 3.2 com 7 airbags é vendida com descontos por 145mil.....Ranger XLS 2.2 7 airbags por 123mil.....S10 LTZ venda direta por +- 145mil e versão LT por 125mil.

  3. #51
    Equipe de Apoio Avatar de Sergio c
    Entrada
    01/08/2012
    Local
    Flores da Cunha/RS
    Posts
    4,326
    Agradecimentos: 90
    Enrico, concordo em partes no que citastes, uma coisa é o cara comprar uma camionete ou carro em um grande centro urbano, mandar fazer as manutenções em rede autorizada e na hora de pagar a conta só passo o cartão de crédito. Outra coisa é quem compra esses veículos de segunda mão p usá-los nos fins de mundo do Brasil, sem mecânicas minimamente equipadas, aí que se nota a diferença entre a simplicidade mecânica e a complexidade, a questão dos óleos certos e por aí vai. Se não me engano, quando era febre os carros 16V, a troca da correia dentada tinha que ser bem antes dos 8V, e se quebrasse com o motor em alta rotação, o prejuízo era enorme. Claro que a modernidade veio para ficar, vide injeção eletrônica, mas eu ainda sou adepto do quanto mais simples melhor. Entre o cara ter que ir na revenda Nissan ou VW e comprar uma turbina é uma coisa, vai e pede o preço de duas turbinas e o vivente vai ter que estar sentado p não cair quando disserem o preço heheheheh. Como diz aquele ditado, a única peça que nunca dá problema em um veículo é aquela que não está nele hehehe.
    Citação Postado originalmente por enricof18 Ver Post
    Legal essa citação dos 8v e 16v, até hoje não entendo a dor de cabeça que alguns colegas reparadores arrumam com os 16v que em absolutamente nada se diferem dos 8v na questão de manutenção, quando muito precisam apenas da ferramenta de sincronismo para colocar o motor no ponto. São apenas mais caros para retificar, já que são 8 válvulas a mais. Mas o tratamento que o proprietário do veículo deve dar para um 16v é absolutamente o mesmo para um 8v.

    Mesma forma de pensar para o esse motor Bi-turbo da Frontier, faça a manutenção corretamente, use óleo e filtros de qualidade, use combustível de qualidade e você quase certamente não terá problemas antes da hora. No caso da Frontier D40, por que tantas dão problema de corrente de sincronismo e turbina? Por usarem como lubrificante um Extra Turbo da vida, um CG-4 mais barato que tiver e achar que está certo só por ser 15w40. Também por causa desse óleo, elas dão muito problema na EGR. Por que muitas das 2013 em diante dão problema no DPF? Antes de tudo por conta do diesel, muitos teimam em rodar com ela com o diesel comum e outros tantos são vítimas de diesel S10 com qualidade baixa. Mas também tem muito proprietário que roda muito em estrada de terra, que o filtro de ar vira aquela pedra lá com 3 ou 4 mil km após a troca mas o cara quer insistir em rodar com o filtro até os 10 mil km. Nisso lá se vai DPF, turbina e todo o resto. Elas saem da garantia e o problema do óleo volta, pois a maioria dos 5w30 sintéticos que se acham no mercado mais em conta não atendem a especificação ACEA C3, muitos são multicombustíveis, com no máximo ACEA B4, nisso o coitado do DPF vive dando problema, os tensores sofrem com o ataque do diesel misturado com o óleo do motor por conta das regenerações automáticas, e o óleo não sendo ACEA C3 não consegue lidar com esse diesel, enfim, uma coisa vai puxando a outra.

    No fim das contas, tudo é questão de manutenção! Lembro de uma XE 2007 de um cliente meu, ele vendeu ela com 240 mil km e o motor não tinha um vazamento sequer, nunca deu problema, andava muito, mas também sempre fez a manutenção como se deve!

    Sobre a nova Frontier, acho que não tinha necessidade a Nissan trocar o YD25. Aquele motor já atenderia a próxima etapa de controle de emissão e é um motor muito robusto, e sim, ela está muito cara pelo o que oferece e pelo o que é a Nissan aqui no Brasil.
    4X4 Brasil

  4. #52
    Usuário Avatar de Edumar
    Entrada
    12/05/2012
    Local
    Itatiba/SP
    Idade
    57
    Posts
    550
    Agradecimentos: 7
    Amigos,

    Consegui fazer um test drive completo com a nova Frontier.

    Estou muito contente com as minhas. A nova que eu tirei agora, 2016 modelo antigo, fechou a média de 11,2 km/l no seu primeiro enchimento de tanque, numa relação aproximada de 75% estrada e 25% cidade (principalmente dentro de Itu onde o trânsito é um anda para danado). Achei essa média fantástica. Claro que estou andando com ela numa boa, respeitando os limites das estradas.
    Estou muito feliz com as minhas, mas esta nova está num outro patamar.

    Andei bastante com ela, já que o consultor tinha que se deslocar para outra cidade e me convidou para dirigí-la.
    Peguei até um trecho fora de estrada para teste (acho que vão ter que lavá-la para retornar para a vitrine ).

    Primeira coisa que senti de cara foi o silêncio interno. Bem mais silenciosa que a anterior. Parece um carro normal. Ninguém diz que trata-se de um motor diesel. Mesmo do lado de fora ela não é escandalosa.
    Ela não faz um ruído sequer internamente. A sensação é de um carro de luxo. Lembro que a minha última S10 fez barulhos da autorizada até em casa, o que já me desanimou muito logo no primeiro dia que andei nela.
    Achei o acabamento dela muito bom. Suportou meu "teste de pressão". Na s10 eu pressiono as partes do painel e das portas e elas cedem e se movem, na nova Frontier, como já era a antiga, tudo é muito rígido em bem fixado.
    Uma coisa que notei na Hilux é que, dependendo das condições da via, o painel vibra muita, o que pode provocar folgas com o tempo. Na nova Frontier isso não acontece.

    Finalmente colocaram um banco elétrico nela, coisa que a SL não tinha. Frescura? É legal.

    Quanto aos "porta trecos", não senti falta de espaço. O porta luvas não é grande, mas acomoda tranquilamente o grosso manual, carteira, óculos e até... um par de luvas... Tem um compartimento no console central, com espaço para bastante coisas, e vários compartimentos para chaves e outros trecos. Tem bolsas nos bancos dianteiros, amplos vãos nas portas, porta copos e garrafinhas, etc., e ainda compartimentos sob os bancos traseiros.
    Normalmente eu carrego o manual no porta-luvas, chaves e celular em algum porta trecos do console e carteira e óculos escuros no compartimento do console. Sobra espaço. Não gosto de encher de bugigangas no interior do carro que isso só vira fonte de ruídos.
    Mas, quem ainda gosta de levar carregador de celular, batom, barbeador elétrico, bola de futebol, escova e pasta de dentes e mais um monte de bagulhos, aí complica mesmo, mas, tem uma caçamba lá atrás...

    Achei um absurdo a falta do extintor de incêndio, inclusive na 2016 que comprei. Não sei se todos os veículos estão sendo fornecidos assim, mas, independente do que diz a lei, eu acho o extintor importante. Tem estas imbecilidades que inventam que só aumentam os riscos. Eu, por exemplo, sempre comprei carros com airbags frontais, pois são acessórios que salvam vidas, nem ligo muito para os demais, mas falta de extintor eu acho que é muito mais perigoso, e estranhamente ninguém comenta sobre isso. Que o airbag de cortina ajuda, não questiono isso, mas não é vital. A falta de um extintor num acidente com alguém preso às ferragens e o veículo iniciando um incêndio, é algo muito preocupante. Para mim a ausência do extintor é inaceitável, e já estou providenciando um para a minha 2016.

    O conforto dela é grande, e os bancos me proporcionaram uma firmeza e um conforto bem maior que a 2016. Me senti realmente muito confortável nele. Não sei o que é esse sistema de zero gravity, e nem sei se ele tem alguma coisa a ver com isso, mas não senti nenhum incômodo no banco dela, e eu sou bastante alto. A Ranger, por exemplo, me incomoda bastante.

    A visão é ampla. A altura do solo dela é a maior entre as que vi (Hilux e S10), mas ela não parece muito elevada, o que demonstra ser uma preocupação da Nissan com o centro de gravidade e a estabilidade dela. Como o modelo anterior, ela é bem estável, e não deve apresentar o mesmo risco de capotamento fácil da nova Hilux.
    Aliás, a estabilidade dela é um ponto de destaque comparado a todas as picapes que já andei. Com exceção da Amarok, que acho bem estável também, e a nova L200 que não andei ainda (mas pretendo pois ela também tem me chamado muito a atenção), ela tem uma estabilidade bem melhor que as concorrentes. É firme nas curvas. Você pode forçá-la ao limite que o comportamento dela é sempre previsível e controlado. Fiz alguns desvios rápidos nela, e ela se manteve muito controlada, com pouca inclinação da carroceria, comparado à S10 por exemplo, que não me dá nada perto desta tranquilidade.

    O conforto da suspensão também merece só elogios. Já li muito sobre a nova suspensão multilink em sites no exterior, e ela sempre recebe os mais altos elogios. Dizem ser o ponto mais forte dela. Tecnologicamente ela realmente é um grande salto em relação às demais, e na prática se mostra bem interessante.
    Ela adota o comportamento de um automóvel macio e firme. É muito diferente do modelo que está substituindo, que eu já acho bem acertado, mas esta nova suspensão está muitos passos à frente. Não posso negar isso.
    A suspensão dela é realmente impressionante.
    Lá fora é tida como muito resistente também para transporte de peso e fora de estrada. É uma evolução clara da suspensão utilizada hoje pelo mercado.

    O câmbio não me pareceu muito diferente da anterior, preciso e macio, mas parece mais bem escalonado, aproveitando melhor a curva de torque do motor. Senti ele mais suave, talvez pelas 7 marchas que deixou o anterior de 5 marchas para trás.

    Se o motor da antiga Frontier já impressionava, este também mostra a sua força. Apesar de possuir os mesmos 190CV, eu achei ele mais forte ontem, com respostas mais rápidas e com muita vontade.
    Tive a sensação de retomadas bem mais rápidas também, mas os testes que o pessoal certamente fará sobre o novo modelo deverão apresentar números mais reveladores confirmando ou não esta minha impressão.
    Freios e direção melhoraram em relação ao modelo anterior, que já eram excelentes. A direção ficou mais precisa, talvez apenas um reflexo da sua nova suspensão, e os freios mais firmes também.

    Eu gostei muito do novo modelo. É estável, muito confortável (nada a ver com aquela chacoalheira e pula-pula comum de picapes), potente e transmite muita segurança.

    Confirmei que esse não é o modelo mais sofisticado da linha. Para ficar mais competitiva, alguns itens ficaram de fora. Eu, sinceramente, não senti falta deles. Mesmo que o modelo completo chegue aqui mais caro que os concorrentes, eu acho que vale. Mas, pelo que entendi, não é o que vai acontecer.
    Se vier no futuro com mais airbags, ótimo, senão os atuais já dão conta do recado na minha opinião, e a segurança dela é muito grande. Airbags são os últimos recursos, segurança preventiva é mais importante (e o extintor também).

    Quero conhecer a nova L200 também, mas comparada às demais concorrentes, a nova Frontier é a minha preferência hoje.

    Eu acho que muitas vezes, na vontade de apenas criticar, alguns exageram reclamando do tamanho do porta-luvas, por exemplo, já antecipando o fracasso dela por conta de detalhes sem importância como este, mas nada comentam da suspensão, por exemplo, que é espetacular, da sua estabilidade, segurança, potência e conforto.

    Eu não sei se esse modelo vai ser sucesso de mercado. A nova s10, cheia de problemas, barulhos, defeitos de toda espécie até hoje não corrigidos, frágil e pouco durável foi líder de mercado nesta nova fase de picapes maiores, depois superada pela Hilux que apresenta um grave problema de capotamento que está sendo duramente criticado no mundo todo, dando razão inclusive à devolução de muitas órgãos públicos que haviam escolhido o modelo para frota, e a Toyota não se mostra nem um pouco preocupada com isso. Esse sim é um fator de total respeito com o cliente, e não a falta de um aro 18, de um porta-luvas maior, a demora de chegar em nosso mercado (como se somente a Nissan fizesse isso - pelo menos chega pré-testada) ou coisas do tipo.
    De qualquer forma, estes dois modelos parecem cativar mais os compradores.

    Alguém se lembra em 2008 quando a "nova" Frontier foi lançada? Alguém se lembra de seus concorrentes? A S10, Ranger e Hilux que se mantiveram raquíticas até 2012 quando lançaram seus modelos problemáticos? Mesmo assim ela não tinha um mercado muito grande porque havia um modismo e a novidade destes novos modelos, mas eu fui um que migrou da nova S10 para a Frontier, e não me arrependi nem um pouco com esta decisão, pois a S10 foi e continua sendo uma grande decepção para o meu uso.
    Este lançamento da nova Frontier acho que é outro exemplo. Ela engloba uma boa tecnologia que certamente fará a concorrência correr atrás. Eu aposto que a sua suspensão servirá de modelo para as novas gerações. Não tenho a menor dúvida sobre isso, já que sei que um concorrente já está iniciando o desenvolvimento de uma suspensão similar para daqui há 5 anos !!!

    O motor dela já tem históricos de testes com mais de 350.000 km sem qualquer ocorrência. Se durar tanto como o anterior, com históricos de uso real com mais de 800.000 km de uso, será novamente um exemplo para alguns concorrentes que já estão abrindo o motor com menos de 100.000 km, em alguns casos até com menos de 20.000.

    Sendo ou não um sucesso de vendas, tenho certeza que ele fará a alegria de muitos consumidores, como a anterior fez, tendo muito mais admiradores do que desapontados.
    Eu vou apenas observar, aguardar, conhecer a nova L200 que parece ser outro lançamento sério nesta categoria, e depois decido o que fazer, este ano, ou daqui a 1, 2 ou 3 anos, pois sei que as minhas vão me atender muito bem até lá.

    Não sou defensor de Nissan, mas a Frontier para mim continua sendo a minha escolha. Para veículos de passeio, coisa que há muito tempo eu não tenho, provavelmente eu não iria de Nissan, mas de Honda, que me chama muito mais a atenção.
    Aliás, gostaria muito de ver a Honda lançar uma picape nesta faixa. Tenho certeza que seria um sucesso.
    Na verdade, tirando a pisada de bola da Toyota com essa nova Hilux, eu acho que os japoneses estão dando um show neste segmento.
    Portanto, a minha opinião é imparcial, não faço parte de "torcidas" de marca ou modelo. Tive S10 por muitos anos e sempre elogiei o modelo, mas, na minha opinião, o mercado evoluiu em outra direção. Em outras épocas eu também compraria a Hilux sem pensar duas vezes. Não compro marca ou modelo, mas sim a opção que se mostra mais confiável e adequada para mim, e não aquela que o mercado corre atrás. Picape de shopping pra mim não funciona. Ou é uma caminhonete, ou um sedã com caçamba. O Ônix e o HB 20 são recordistas de vendas na sua categoria, e para mim existem opções muito melhores da Honda ou até da Toyota, mas para economizar alguns trocados os consumidores colocam estes modelos no topo de vendas. É a nossa realidade.

    Enfim, estas são as minhas impressões. Respeito as demais, desde que honestas e imparciais.

    Sobre o vídeo do tombamento acima, sem comentários. Acho que nem jipe ia aguentar tamanha navalhada.
    Foi o mesmo caso do vídeo que postaram aqui de uma nova SW4 da Toyota tombando. Outra demonstração de burrice do condutor, mais nada.

    Uma dica para quem busca pelo modelo 2016 da Frontier, ainda tem uma unidade branca na concessionária de Sorocaba, uma SL por 124.500,00. Mas, é melhor correr, pois virou uma febre a procura por este modelo, já que muitos apostavam que ele continuaria sendo fabricado. Na minha opinião, foi uma grande besteira da Nissan tirar este modelo de linha. Isso sim eu acho que foi uma pisada de bola enorme da Nissan.

  5. #53
    Usuário
    Entrada
    03/09/2014
    Local
    UBERABA/MG
    Idade
    42
    Posts
    534
    Agradecimentos: 15
    Hoje fomos eu e meu amigo à css Toyota fazer o teste drive na nova Hilux.
    Bom como disse, não andamos na nova Frontier, mas o acabamento da Hilux me pareceu melhor e andando não apresenta nenhum ruído e principalmente a estrutura é muito firme, bem melhor que a minha Frontier 2013 e olha que minha camionete só roda em asfalto e asfalto bom.
    Agora a dinâmica da Hilux me impediria de comprá-la, o motor é muito fraco, mas muito mesmo. Depois que se acostuma com o desempenho da Frontier, nova S10, Ranger 3.2 e até Amarok, a nova Hilux decepciona muito, demora muito a retomar.
    Outra coisa que me assustou foi a instabilidade simulando o teste do alce. A diferença que eu estava a 40 km/h e virei rápido o volante, a Hilux simplesmente começou a inclinar as rodas. Nenhuma outra picape inclina tanto.
    Na minha opinião a nova Hilux não poderia ser vendida no preço que é vendida também não. É muito instável e o motor é bem fraco.
    Mas também, de acordo com o tópico, a Frontier não poderia ser vendida no preço que estão pedindo.

    Concordo com o amigo que escreveu algumas opções, como S10 LT ou LTZ muito mais barato, mesmo sabendo que a estrutura da S10 é ruim, apresentando ruídos, a S10 diesel não é de apresentar problemas na mecânica.
    Outra opção, que pra mim é a melhor opção, é a Ranger XLS 2.2 que já vem com 7 air bags e todos os controles de segurança, além de uma dinâmica de direção muito boa, sem ruídos, suspensão firme e que aguenta peso e além disso tem boa estabilidade, por 120 mil.

  6. #54
    Usuário
    Entrada
    18/11/2012
    Local
    fortaleza/CE
    Posts
    107
    Agradecimentos: 2
    O interessante deste Forum é criar um canal de trocas de experiencia entre pessoas reais que de fato usam o carro FRONTIER.
    Não se faz de espaço para FANBOYS ou HATERS de marca ou modelo que sabemos todos tem seus pontos positivos ou negativos.
    O tombamento em video postado trata-se de claro erro em execução de manobra para tentar colocar de carro em posição X, teste de rigidez, com a ancoragem em dois pontos, abertura das portas do condutor e passageiro, bem como acionamento dos vidros, teste não muito simples de realizar em terreno acidentado.
    O que me chama a atenção negativamente no produto é simplesmente a NISSAN ignorar seus consumidores, sou proprietário de produtos NISSAN, FORD, GM, RENAULT, VW já tive de contato com TOYOTA e PSA, e sempre sou lembrado e convidado para testar seus produtos e trocar experiencias como já relatei em outros posts.
    Inclusive agradeço ao curso de pilotagem que ganhei da NISSAN ao comprar a nossa SV ATTACK SERIE 10 ANOS a primeira emplacada do Ceará, contudo vemos a marca com o passar dos anos deixar de lado seu produto mais confiável para investir em outros segmentos mais populares que infelizmente despencaram as vendas e agora mira no competitivo mercado de SUV.
    A FIAT e a RENAULT criaram dois monstrinhos mistos de pickup pequena e médias que estão fazendo os proprietários das médias refletir sobre preço, espaço interno, conforto, segurança, impostos, consumo e outros fatores.
    Haverá sempre aquele que defenderá as médias que existe um público específico e conservador em opção de compra, fato que não posso discordar.
    Contudo estes tem que admitir que a TORO tem adquirido muitos proprietários de pickups médias. Minha esposa esta encantada com ideia de adquirir uma, encontrando ainda da minha resistência.
    De certo, estou aguardando o andamento do ano e ao final deste tomaremos a decisão de qual modelo adquirir.
    Fiquem com Deus.
    Fernando Regis

  7. #55
    Usuário Avatar de Edumar
    Entrada
    12/05/2012
    Local
    Itatiba/SP
    Idade
    57
    Posts
    550
    Agradecimentos: 7
    Citação Postado originalmente por Fred Miranda Ver Post
    Outra opção, que pra mim é a melhor opção, é a Ranger XLS 2.2 que já vem com 7 air bags e todos os controles de segurança, além de uma dinâmica de direção muito boa, sem ruídos, suspensão firme e que aguenta peso e além disso tem boa estabilidade, por 120 mil.
    O preço está muito bom, mas bem que eles poderiam lançar a XLT com esse motor mais acessível. Deve ser por alguma razão de mercado, pois até a Flex tem essa opção.
    Não sou muito fã da qualidade da Ford, mas por este preço é realmente uma opção tentadora. É para física ou jurídica?

  8. #56
    Usuário Avatar de Edumar
    Entrada
    12/05/2012
    Local
    Itatiba/SP
    Idade
    57
    Posts
    550
    Agradecimentos: 7
    Citação Postado originalmente por Fer.1201 Ver Post
    Contudo estes tem que admitir que a TORO tem adquirido muitos proprietários de pickups médias.
    Olá Fernando,

    Eu acho que a Toro está bem distante de uma picape média, e a migração tem ocorrido justamente porque o consumidor está entendendo que na verdade não precisa de um "caminhãozinho".
    Eu gosto da Toro, principalmente por ser mecânica Jeep, que eu admiro muito, e pela tecnologia embarcada, principalmente nos modelos mais completos.
    Cheguei a ver uma para a minha esposa também, mas na época não tinha um desconto interessante e não pagavam quase nada numa Frontier 2015 que ainda tenho. Acabei passando a Frontier pra ela e desistindo da compra.
    A Toro é muito bonita, e tem cores muito bacanas.

    Por falar em cor, a Nissan substituiu aquele cinza que havia para a Frontier (que não me agradava muito - talvez gosto pessoal) pelo cinza grafite do Kicks. Ficou bem melhor.

    Achei excelente o seu comentário:
    O interessante deste Forum é criar um canal de trocas de experiencia entre pessoas reais que de fato usam o carro FRONTIER.
    Não se faz de espaço para FANBOYS ou HATERS de marca ou modelo que sabemos todos tem seus pontos positivos ou negativos.


    Abração

  9. #57
    Usuário
    Entrada
    19/03/2015
    Local
    Lucas do Rio Verde/MT
    Idade
    31
    Posts
    355
    Agradecimentos: 9
    Realmente, eu quero testar a nova justamente por conta da suspensão, sinceramente, esse é o maior avanço em picapes em anos se tratando de Brasil, e é uma complicação que nem preciso dizer, nossas montadoras são fodas.

    Uma coisa que não entendo é pq a Nissan não lança nada no site e muito menos para as revistas/sites fazerem avaliação, esse setor de marketing deles é de matar.

  10. #58
    Usuário
    Entrada
    01/11/2013
    Local
    No Ar/SC
    Posts
    1,047
    Agradecimentos: 24
    Citação Postado originalmente por Fer.1201 Ver Post
    O interessante deste Forum é criar um canal de trocas de experiencia entre pessoas reais que de fato usam o carro FRONTIER.
    Não se faz de espaço para FANBOYS ou HATERS de marca ou modelo que sabemos todos tem seus pontos positivos ou negativos.
    O tombamento em video postado trata-se de claro erro em execução de manobra para tentar colocar de carro em posição X, teste de rigidez, com a ancoragem em dois pontos, abertura das portas do condutor e passageiro, bem como acionamento dos vidros, teste não muito simples de realizar em terreno acidentado.
    bastante imparcial seu comentário , o forum está cheio de engenheiros sociais, influenciadores digitais, e off roaders de teclado...

  11. #59

  12. #60
    Usuário Avatar de Edumar
    Entrada
    12/05/2012
    Local
    Itatiba/SP
    Idade
    57
    Posts
    550
    Agradecimentos: 7
    Maurilio,

    Obrigado por compartilhar este teste.
    As impressões do avaliador coincidiram com as minhas.

    Alguns destaques na minha opinião:

    Os assentos apresentam a tecnologia Gravidade Zero nos dianteiros, que também possuem aquecimento. Desenvolvida em parceria com a NASA, a tecnologia ajusta o revestimento do banco de acordo com peso e postura da pessoa, garantindo mais conforto.

    Agora já sei o que é isso...
    Realmente a sensação de que você "veste" o banco é nítida. Foi o veículo que mais me provocou uma sensação de conforto dos que já testei.

    O porta-luvas tem tamanho pequeno.

    Caramba !!! Todo mundo agora implica com o porta-luvas?
    O que esse pessoal tanto carrega dentro dele? Fiquei curioso agora. O meu praticamente nem uso, só carrego o manual mesmo. Prefiro o porta-objetos com tampa do console central que tem um acesso bem mais facilitado. Ali levo alguma coisa que posso precisar na viagem, mas esvazio tudo que não preciso quando chego em casa.

    acabamento interno em preto brilhante.

    Não sei se eu sou muito chato, mas não gosto de superfícies refletivas dentro de um carro. Me incomoda. A minha S10 tem uma ampla área em preto brilhante bem na parte superior do painel e reflete tudo, até luz de poste, por mim seria bem fosco.

    O banco traseiro da Nova Nissan Frontier 2018 é inteiriço e peca por ter apenas dois apoios de cabeça e cinto central de dois pontos.

    Também achei estranho. Estou vendo alguns veículos assim. Não sei qual a razão. É igual a história do extintor. Acho um absurdo a sua ausência e já providenciei um para a minha.

    bomba de óleo elétrica e variável

    Interessante. Um dia me perguntei porque não usam um sistema de bomba elétrica, como se usa em redutores industriais. Acho muito mais eficiente pois não fica preso a rotação do motor.

    A Nova Frontier também dispõe de um botão para ativação do dispositivo autolimpante do filtro de partículas, localizado após o catalisador, que é recomendado após uso do veículo em condições extremas de poeira ou fuligem.

    Eu tinha curiosidade de saber o que era este botão. Respondido também.

    o sistema Fivelink (cinco braços) com molas helicoidais na traseira é o ponto de virada entre a Nova Nissan Frontier e a concorrência.

    A Nova Nissan Frontier 2018 dificilmente sai de traseira como outras picapes.

    a picape nipônica adota longarinas em duplo “C”, que se fecham e tornam o conjunto bastante rígido. Assim, o comportamento do modelo fica ainda mais distinto das demais rivais.

    Nesse ponto, num mesmo trecho onde anteriormente experimentamos uma picape rival, não conseguimos executar a manobra do pêndulo, onde a roda traseira fica suspensa, demonstrando que seu curso é maior que o da concorrente.

    A altura em relação ao solo é de 292 mm.

    Seu preço de R$ 166.700, o que é bem mais competitivo em comparação com as principais tops.


    A dirigibilidade é bem diferente das demais e surpreenderá muita gente com o comportamento do eixo traseiro.

    A concorrência vai ter que se mexer agora, mas duvido que ela seja um sucesso de vendas pelas razões que já apontei.

    As impressões que eu tive sobre suspensão, motor, câmbio, freio, direção, estabilidade, força, etc... foram coincidentes com a do avaliador. Sempre muito positivas.

    Comentários que achei interessante:

    Agora sobre as rodas: "mas são apenas de tamanho aro 16 polegadas"....ainda bem. Este tipo de carro tem que ter pneu, e não roda com pneus que parecem "rolo de fita isolante".

    Sobre a questão da medida dos pneus acho que vale para todos os carros. O Civic da geração anterior usava rodas aro 16 antes do facelift, bem mais confortáveis e confiáveis que as de 17 polegadas adotadas depois com pneu mais baixo.

    Não vejo sentido usar pneu de perfil baixo em um carro destinado ao trabalho. E no caso dos automóveis, se formos levar em consideração o estado das nossas ruas, também tenho o mesmo pensamento.


    Eu sei a dificuldade que estou passando para achar um pneu de primeira linha adequado para a minha de aro 18. Estou quase trocando as rodas... Michelin nem pensar. BF só muito fora de medida. Com aro 16 as opções são bem melhores.
    Mas, confirmei hoje que haverá a opção de 18 também, como tem lá fora. Dispenso.

    Vamos aguardar os novos testes. Quem sabe um de longa duração que são os meus preferidos.

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. Nissan frontier platinum, nova versão
    Por GLIDER no fórum Nissan
    Respostas: 28
    Última resposta: 10/05/2018, 16:38
  2. Respostas: 6
    Última resposta: 10/10/2016, 08:44
  3. Nissan Frontier nova geração
    Por GLIDER no fórum Nissan
    Respostas: 99
    Última resposta: 24/05/2015, 08:24
  4. Frontier-Nissan X Nova hilux-Toyota
    Por thomazca no fórum Comparações entre Veículos
    Respostas: 51
    Última resposta: 27/12/2010, 16:01
  5. Respostas: 30
    Última resposta: 03/01/2009, 17:36

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado