x
Convex Datacenter
  1. #2785
    Usuário Avatar de AlonsoFausto
    Entrada
    29/05/2013
    Local
    Vitória/ES
    Posts
    364
    Agradecimentos: 5



    Citação Postado originalmente por Bigsd Ver Post
    O pior é que dá diferença sim, porque não tem aquele atraso de saída. Você pisa no pedal e ela já sai com tudo.
    A não ser que você considere a contagem de tempo a partir que o carro começou a se movimentar, como já vi alguns fazerem.
    A quatro-rodas considerava o momento em que pisava no pedal do acelerador para início da contagem do tempo, mas não sei como faz hoje. Se ainda for assim, você ganha 1 segundo na saída, ou um pouco mais segundo o que o pessoal mediu uma vez.

    Agora no restante é como você disse, ele apenas muda o curso do acelerador, o que até dá uma sensação (falsa) de ganho de potência.


    Entendo que a medição inicia quando sai da inércia, e não quando o cronômetro é disparado (não deve entrar na conta tempo de reação)... O tempo acompanha o início do movimento, não o contrário.

    No mais, há algum tempo a maior parte das precisas medições são feitas por GPS, aparelhos Dragy e similares. O tempo inicia precisamente assim que inicia o movimento.

    Por estes motivos acredito que não deve existir diferença no tempo de aceleração.
    Fausto
    Atual: Pajero Full HPE 2008
    Ex Sw4 2002, Hilux 1994 solid axle.

  2. #2786
    Usuário
    Entrada
    14/04/2018
    Local
    São Paulo/SP
    Idade
    51
    Posts
    581
    Agradecimentos: 93
    Boa tarde, meu queridos amigos !!!

    Não vou entrar nesta questão conceitual, pois realmente existem muitas variações sobre o tema.
    Já notaram como cada revista, cada site, cada avaliador costumam dar números diferentes?
    Mas, respeitosamente. divirjo um pouco do conceito de medição de tempo depois da partida em nossas caminhonetes. Eu entendo que se você está num carro automático, parado (com o pé no freio), e ao receber o sinal verde (modo de dizer) você tirar o pé do freio e acelera, vai haver sim diferença se o atraso for eliminado. Essa é uma condição real.
    Se duas Frontiers partirem juntas de um semáforo, a que estiver sem atraso na aceleração deverá chegar na frente primeiro.

    Ou seja, independente de usar um GPS, um cronômetro disparado a partir do início do movimento ou outro marcador que inicie a contagem com a saída da inércia, a realidade é que você tem que tirar o pé do freio e acelerar num carro automático na melhor prática de condução.

    Eu não sei porque alguém ia querer ganhar 1 segundo (um pouco mais) numa saída de semáforo, por exemplo, mas ganharia de fato. Eu já disse, quem quer brincar, tem o brinquedo mais apropriado e lugares melhores para isso... kkkk.....
    É por isso que quem gosta de condução esportiva não abre mão do câmbio manual. Você já deixa a rotação lá em cima e tira o pé da embreagem... aí não tem atraso nenhum... kkkk.....

    Bom descanso amigos, e uma ótima noite a todos.

  3. #2787
    Usuário Avatar de sm4rco
    Entrada
    10/05/2018
    Local
    Santos/SP
    Idade
    44
    Posts
    166
    Agradecimentos: 18
    Ciro, não pode manter o pé no freio e acelerar soltando o freio na arrancada?
    Você que é "especialista" na área de "pilotagem" saberia me explicar?

  4. #2788
    Usuário
    Entrada
    14/04/2018
    Local
    São Paulo/SP
    Idade
    51
    Posts
    581
    Agradecimentos: 93
    Citação Postado originalmente por sm4rco Ver Post
    Ciro, não pode manter o pé no freio e acelerar soltando o freio na arrancada?
    Você que é "especialista" na área de "pilotagem" saberia me explicar?
    Marco, meu querido e estimado amigo !

    Sim, você pode, mas não deve. Só lembrando que estou me referindo à uma condição realista de uso.
    Carros esportivos são preparados para isso, com câmbios e até ajustes que permitem manobras mais exigentes em esportividade, como o excelente conjunto da F-Type, uma referência de acerto na minha opinião.
    Mas, fazer isso propositalmente num veículo que não foi concebido para esse tipo de uso pode provocar superaquecimento na caixa de transmissão e causar outros danos, e pode não dar o resultado esperado em função do torque truncation.
    4X4 Brasil

  5. #2789
    Usuário
    Entrada
    25/11/2015
    Local
    Jundiai/SP
    Posts
    656
    Agradecimentos: 41
    Cirão, mas os superesportivos tem o controle de saída, não tem? Você comentou algo sobre isso no grupo uma certa vez.

  6. #2790
    Usuário Avatar de sm4rco
    Entrada
    10/05/2018
    Local
    Santos/SP
    Idade
    44
    Posts
    166
    Agradecimentos: 18
    Citação Postado originalmente por Bigsd Ver Post
    Cirão, mas os superesportivos tem o controle de saída, não tem? Você comentou algo sobre isso no grupo uma certa vez.
    Bigsd, é o controle de tração.

    Ciro, e o que seria o F-Type?

  7. #2791
    Usuário
    Entrada
    14/04/2018
    Local
    São Paulo/SP
    Idade
    51
    Posts
    581
    Agradecimentos: 93
    Meu querido Marco, não é o controle de tração.
    Nosso amigo Bigsd se refere ao launch control, um recurso que auxilia numa arrancada melhor sem que as rodas patinem.
    Controle de tração é uma coisa, o launch control é outra, que também não tem nada a ver com esse dispositivo que estamos discutindo que vai instalado no acelerador. O launch control age de forma inteligente e tem por objetivo melhorar a arrancada, mantendo a tração das rodas.
    Não sei se ele foi lançado em algum veículo aqui no Brasil. Lá fora o Golf GTI tinha isso como acessório, mas não tenho certeza se a versão nacional veio com essa opção.

    Modelos esportivos costumam já vir com esse recurso ou como opcional, mas com muitas regras de uso (motor quente, intervalo de tempo de algumas horas entre um uso e outro, número limitado de utilizações por dia, etc...), dependendo do modelo essas regras são mais ou menos flexíveis.
    Mas, vamos deixar esse assunto para o whatsapp para não desvirtuar o objetivo deste tópico.

    Vou aproveitar apenas para comentar uma coisa... entendam que desempenho esportivo exige um preparo maior do veículo. Não é fazer como costumo ver algumas montadoras, aumentando potência de motores sem revisar o restante do conjunto mecânico (freios, suspensão, câmbio, etc...). Eu tive um instrutor de pilotagem que me dizia que apertar o martelo sobre a cabeça do prego não afunda ele na madeira, você tem que descê-lo com velocidade para ter um impacto e multiplicar muitas vezes essa força. Vocês devem ter ouvido sobre isso nas aulas de física... aquela conversa de energia cinética, do movimento, que se transforma em energia potencial e blá... blá... blá...
    Quando você sai de uma vez com um veículo, principalmente da forma como estamos falando, você dá uma pancada em todo conjunto de suspensão, câmbio, etc...
    Tudo bem que uma caminhonete foi feita para aguentar muito esforço, mas a pancada do martelo é maior, e ela não foi feita para isso (até limitam). Lembrem-se de que até carro de fórmula 1 pode não aguentar esforço excessivo.

    Volto a dizer... os motores atuais, até o da Hilix que todos sempre disseram ser fraco, são mais do que suficientes para a proposta do veículo, inclusive até para quem quer abusar um pouco mais.
    Quer brincar, compre um esportivo e vá andar no lugar certo, aí você pode passar dos 300km/h que estes brinquedos foram feitos para isso. Mas, o que estão fazendo com essas picapes chega a ser um crime na minha opinião.
    Já capotam em uso normal, essas suspensões de feixe antigas não tem o mínimo de eficiência para uma condução mais esportiva, mas estão colocando motores cada vez mais potentes e os consumidores estão comprando essa ideia de "super potência"...
    Mas.... bem-vindo ao mercado brasileiro.

    F-Type é um modelo esportivo da Jaguar.

  8. #2792
    Usuário
    Entrada
    10/01/2010
    Local
    Salvador/BA
    Idade
    61
    Posts
    14
    Agradecimentos: 0
    Bom dia pessoal! Tenho uma 2019 modelo S, ou seja: câmbio manual e um único turbo.
    Adoro a viatura e minha média de consumo está atualmente em 16,4 km/l. Essa é a média dos últimos dois meses cidade e estrada.
    Sou engenheiro com excelente formação e uma hora dessas vou fazer um vídeo explicando como conseguir esse nível de consumo.
    Mas só estou escrevendo para dizer que remapeamento não é necessariamente uma loucura. Tudo depende do "Porquê Fazer" e "Como Utilizar"... bem, também tem o "Como fazer", afinal, existem remaps e remaps...
    Minha viatura foi remapeada dois meses depois de sair da concessionária, zero km - melhor coisa que fiz! E não foi pelo zero a cem e nem tem nada a ver com meu consumo baixíssimo (que aliás, mostra que a viatura está com baixos níveis de emissão).
    Com mais calma explico, preferencialmente do computador e não do celular como agora, aliás, como já disse aqui, também elevei discretamente a suspensão dianteira e não foi por estética. Avô e com mais de sessenta eu quero é ECONOMIA, FUNCIONALIDADE e SEGURANÇA, do resto eu abro mão.
    Com bom senso e boa técnica qualquer veículo pode ser melhorado (para usuários específicos que têm necessidades específicas) e isso tá longe de ser loucura. Mas tem que se SABER o que está fazendo.
    Um abraço fraterno a todos!

  9. #2793
    Usuário
    Entrada
    25/11/2015
    Local
    Jundiai/SP
    Posts
    656
    Agradecimentos: 41
    Olá Rhquintella

    Eu gostaria de conhecer mais o que você fez.
    Essa média de consumo é muito boa mesmo. Quando a gente diz isso, ninguém acredita. Por isso é importante demais as impressões, relatos e compartilhamentos de experiências de usuários reais, pois a gente convive com o carro e conhece ele.
    Já percebemos uma coisa interessante, as maiores críticas sobre ela a gente vê que vem de quem não tem, ao contrário de outros modelo que as críticas vem dos próprios donos.

    O Edu já conseguiu média de 18km/l na dele, mantendo uma média de velocidade tranquila na estrada. Ele chegou a gravar um vídeo em tempo real para mostrar isso.
    Ele disse que realmente tem umas manhas, mas que o segredo maior é acompanhar a barrinha de consumo instantaneo do computador de bordo para entender como esse consumo varia, e saber usar melhor o carro.

  10. #2794
    Usuário
    Entrada
    14/04/2018
    Local
    São Paulo/SP
    Idade
    51
    Posts
    581
    Agradecimentos: 93
    Bom dia, meu caro Quintella !!!

    Por favor, nos conte como tem conseguido gerenciar o consumo dessa forma. Alguns amigos aqui também fazem várias experiências com consumo e a sua referência é importante.

    Meu caro, não considero quem faz aumento de potência na caminhonete um louco, mas sim uma loucura a combinação de alguns fatores. Talvez eu não tenha conseguido me expressar corretamente porque escrevo sempre na pressa.
    Se você fez remap na sua caminhonete e está satisfeito com os resultados, excelente!!! É isso que importa.
    Eu não vejo muitos problemas, em termos de projeto, fazer isso na Frontier, até porque ela tem uma estabilidade excepcional e isso ajuda muito. Mas, sabemos que alguns modelos já são instáveis por natureza em função do sistema de suspensão traseira, e deveriam ter a potência reduzida, isso sim....kkkk..... porque a combinação de maior potência, estabilidade deficiente e motorista sem perícia para condução mais "brava", nos é mostrada no elevado índice de acidentes envolvendo caminhonetes.

    Um dia comentei com um colega do grupo de whatsapp sobre a dificuldade de alguns modelos em completar o famoso "teste do alce", e ele me respondeu: "Mas no Brasil não tem alce !!!" ... kkkkkkk....... Por aí você já conhece a falta de informação do cidadão.
    Esse teste não é nada mais do que um desvio rápido e o retorno, também imediato, à pista em que estava o veículo. Não precisa ser um alce, pode ser um boi, um cavalo (isso quase não acontece no Brasil, não é mesmo? kkk....), um acidente, uma moto caída, um objeto que se soltou de um caminhão (isso já aconteceu comigo), etc.
    Se você fizer uma pesquisa no Google, como a que o caro amigo Bigsd fez, vai ver como é surpreendente os números de acidentes envolvendo caminhonetes. Não publicamos aqui porque certamente iria causar algum tipo de polêmica e isso não convém.

    Olha... eu não ando devagar... o pessoal aqui até faz piada disso. Eu ando "forte", mas eu sei o limite da caminhonete, e o limite da Frontier é realmente bem interessante. Eu, modéstia à parte, sei conduzir muito bem um veículo em alta velocidade e reagir da forma mais precisa em cada situação. Quando você faz cursos e treina muito, a maioria das manobras evasivas, defensivas e de correções você faz sem pensar. É como um piloto de avião, ele algumas vezes tem alguns poucos segundos para reagir, e por isso simulam inúmeras situações para agir sem pensar e da forma mais correta.
    Não sou o melhor condutor do mundo, mas tenho a certeza que a maioria não tem um preparo adequado e acaba abusando.
    Eu já vi uma caminhonete, não importa o modelo, com controle de estabilidade, numa curva, e o motorista frear e rodar com ela no meio da pista. É uma soma de fatores, estabilidade ruim, controle de estabilidade pouco eficiente, falha do motorista, etc... Imagine esse sujeito com um motor de alto desempenho o que ele não faria.

    Respeito todas as opiniões, mas não acho que uma caminhonete precisa ter um desempenho exagerado, mas é só a minha opinião. Um amigo uma vez me disse que carro foi feito para transporte, e não para velocidade, fazendo referência ao meu gosto por condução esportiva. OK, também é um ponto de vista que eu respeito.
    Mas, jamais dei 300km/h numa Dutra ou numa Bandeirantes. Como eu sempre digo, tem lugares para brincar. Na Frontier eu estabeleço os limites de acordo com os limites dela e das condições do local onde estou. Eu viajo muito, e vejo que essa cautela não é comum.

    Se você fizer um remap na caminhonete, saber usar essa potência adicional, tiver alguma perícia em condução esportiva, conhecer os limites do veículo e conduzí-lo de forma responsável, tenho certeza que o resultado será muito bom.
    Então, o que eu chamo de loucura é uma combinação de fatores, não o aumento de potência de forma isolada, mesmo achando isso desnecessário e algumas vezes incompatível quando se trata de caminhonetes, cuja proposta não é esportividade.

    Um grande abraço para você.

  11. #2795
    Usuário Avatar de Nilton J
    Entrada
    12/09/2012
    Local
    Campinas/SP
    Idade
    61
    Posts
    1,331
    Agradecimentos: 15
    Citação Postado originalmente por rhquintella Ver Post
    Bom dia pessoal! Tenho uma 2019 modelo S, ou seja: câmbio manual e um único turbo.
    Adoro a viatura e minha média de consumo está atualmente em 16,4 km/l. Essa é a média dos últimos dois meses cidade e estrada.
    Sou engenheiro com excelente formação e uma hora dessas vou fazer um vídeo explicando como conseguir esse nível de consumo.
    Bom dia! A minha é 2020 S similar à sua, turbo simples e 6 marchas manual, média de 14,2 a 14,8 KM, não consigo mais que isso, mas ando metade do tempo com carga da minha empresa (bombas de abastecimento diesel e arla 32, pesando de 130 a 220 Kg cada), o que a meu ver já está bom. Vc está tirando leite de pedra e atingindo margens de excelência em consumo. No aguardo do vídeo!!! Abraço!
    PU2NBU/PX2Z1865; ex-T4 2011/GO 2013, Oroch 2016 2.0; atual Frontier NISMO 2020
    Reformas Tributária e Política JÁ! Menos impostos e menos políticos!

  12. #2796
    Usuário
    Entrada
    14/04/2018
    Local
    São Paulo/SP
    Idade
    51
    Posts
    581
    Agradecimentos: 93
    Citação Postado originalmente por Bigsd Ver Post
    Olá Rhquintella

    Eu gostaria de conhecer mais o que você fez.
    Essa média de consumo é muito boa mesmo. Quando a gente diz isso, ninguém acredita. Por isso é importante demais as impressões, relatos e compartilhamentos de experiências de usuários reais...
    Opa !! Parece que alguém está de "home" hoje... kkkkkk.....

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. Nissan frontier platinum, nova versão
    Por GLIDER no fórum Nissan
    Respostas: 28
    Última resposta: 10/05/2018, 17:38
  2. Respostas: 6
    Última resposta: 10/10/2016, 09:44
  3. Nissan Frontier nova geração
    Por GLIDER no fórum Nissan
    Respostas: 99
    Última resposta: 24/05/2015, 09:24
  4. Frontier-Nissan X Nova hilux-Toyota
    Por thomazca no fórum Comparações entre Veículos
    Respostas: 51
    Última resposta: 27/12/2010, 17:01
  5. Respostas: 30
    Última resposta: 03/01/2009, 18:36

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado

Change privacy settings Alterar definições de privacidade