x
Convex Datacenter
Página 23 de 23 PrimeiroPrimeiro ... 1314151617181920212223
Resultados 265 a 267 de 267
  1. #265
    Usuário Avatar de djalmab
    Entrada
    30/04/2004
    Local
    Brasilia/DF
    Idade
    50
    Posts
    615
    Agradecimento: 1



    Pessoal - alguem aqui ja instalou um radiador de oleo adicional para as 3.5 Gasolina ? Acho que em 2010/11 a mit passou a incluir o mesmo e antes ele nao existia. Seria essa instalacao uma ajuda tb ?

  2. #266
    Usuário
    Entrada
    13/11/2020
    Local
    Novo Hamburgo/RS
    Posts
    1
    Agradecimentos: 0
    Boa noite,
    Tive o mesmo problema com minha pajero GLS 3.0 gasolina.....
    O carro esquentava direto...toquei tudo...valvula, radiador sensor etc... e a mesma coisa....
    Escutei uma Pajero passar por mim com um som de aviao e pensei...a minha nao faz este barulho....Dito e feito a maldita
    POLIA VISCOSA até girava, mas nada q resfriasse bem o motor....
    Troquei ela e nunca mais o carro subiu o ponteiro mais que na metade, ar condicionado bombando e o som de turbina de aviao..kkk

  3. #267
    Citação Postado originalmente por RicardoBeltrão Ver Post
    Pipoca e cadeira porque o post ficou loooongo...

    Bem, pra começar a minha Pajero Sport 3.5 V6 Flex 2010 sempre trabalhou com o ponteiro da temperatura travado no meio (50% do marcador) mas recentemente começou a subir em trânsito lento ou com o carro parado, chegando a atingir 85% do marcador e soprar ar quente no ar condicionado. Vi vários relatos de gente na mesma situação, inclusive li esse tópico quase todo e tem soluções pra todos os gostos:
    -Troca da embreagem viscosa e substituição da Hélice por uma de 11 pás
    -Troca da bomba d'água
    -Troca da válvula termostática
    -Varetar radiador
    -Colocar eletroventilador suplementar
    -Troca do radiador
    -Limpeza no arrefecimento e troca do aditivo
    -Troca do cabeçote
    etc etc etc
    Chegando ao ponto de um cara falar aí que a solução é que o eletroventilador tem que soprar pra a frente (desafiando as leis da física) e tem que usar o aditivo original da mitsubishi (como se "mitsubishi" fosse marca de aditivo), troca da bomba d'agua
    ou mesmo casos extremos como a substituição do cabeçote do motor.
    Eu entendo realmente que quando o problema é com a gente, nós tendemos a ficar irritados, desnorteados e burros mesmo, apelando para soluções das mais estranhas e absurdas, mas é importante sempre analisar a questão da maneira mais técnica possível.

    O sistema foi concebido para funcionar bem em locais diversos com as mais variadas temperaturas, tanto que a pajero sport foi campeã do Rally Dakar várias vezes e rodou (até onde se sabe...) sem nenhuma modificação no sistema (apesar de se tratar, em tese, de um carro novo).
    MAS, do meu ponto de vista (não sou engenheiro e nem mecânico especialista) um sistema que roda bem no calor, tem certas dificuldades no frio e um sistema concebido para rodar bem no frio acaba aquecendo um pouco em temperaturas mais elevadas, além do fato de que um carro novo, com peças novas, dificilmente apresenta fadigas, ao passo que depois de certo tempo as peças vão sofrendo desgaste e perda de eficiência.

    Acho importante ainda frisar que nem sempre os famosos engenheiros das montadoras criam o melhor projeto para cada caso, ou aplicam as melhores peças, ou desenvolvem as melhores técnicas, apesar de (teoricamente) serem os maiores especialistas e preverem todas as situações que o produto possa vir a enfrentar. Prova disso são os inúmeros recalls e substituições de peças mecânicas em veículos do mesmo modelo com o passar do tempo em virtude justamente do número de reclamações dos clientes, como por exemplo a motocicleta XRE300 que notoriamente trinca o cabeçote do motor devido ao superaquecimento e não adianta substituir o mesmo pois voltará a trincar com o tempo, ou mesmo o exemplo da pajero, que foi informado pela fábrica que os modelos superiores a 2011 já não apresentam mais o superaquecimento, mesmo se tratando do mesmo motor.

    Sendo assim, como meu carro apresentou sinais preocupantes de superaquecimento e eu moro na região nordeste onde predominam temperaturas acima dos 30°C, tomei a primeira providência e coloquei uma ventoinha elétrica suplementar ao lado da original do veículo, optei por um modelo universal de 10 polegadas pois encaixa direitinho no lugar e fica mais justa no radiador do que as outras. Tive que fazer apenas um pequeno suporte na parte superior:


    Anexo 546888
    Ventoinha de 10" instalada



    Anexo 546889
    Detalhe do suporte

    Com isso o carro não superaquecia mais até parar de gelar o ar condicionado, ficou travado no meio e um fato curioso começou a acontecer; Quando eu andava com o ar ligado o ponteiro praticamente "travava" no meio, mas se eu desligasse o ar o ponteiro ficava oscilando entre 50%-65%, mesmo com as duas ventoinhas trabalhando, aliás três ventoinhas se contar com a viscosa.
    Porém há alguns dias quando peguei um congestionamento mais pesado e depois fiquei com o carro em marcha lenta por muito tempo o bendito do ponteiro começou a subir novamente e atingiu quase 80%, fato que me deixou bem apreensivo porque ficou faltando quase nada para o carro ferver e danificar severamente o motor.


    Anexo 546892
    O ponteiro da minha pressão arterial


    Anexo 546893
    Curioso é que não importava o horário e nem a temperatura externa, o ponteiro sempre oscilava nas mesmas condições, o que me levou a considerar que o problema efetivamente não seriam nem as ventoinhas e nem o radiador ou fluido, mas sim a famigerada válvula termostática! Pois bem, liguei pra um conhecido que trabalha em uma autopeças e consignei a compra à minha real necessidade de troca da válvula (até pelo singelo preço de 450 reais!), mas como só saberia na segunda feira quando fosse ao mecânico pra trocar, acabei levando logo pra casa.
    Como sou ansioso demais acabei não aguentando esperar pra trocar e inspirado no colega RValle, de quem tomei emprestado algumas fotos para poder explicar o processo porque infelizmente não tive como registrar enquanto fazia, acabei pondo a mão na massa e desmontando eu mesmo a bendita válvula termostática.
    Uma dica pra que for tentar essa empreitada, forre a parte das correias com um saco plastico de maneira que toda a água com aditivo que escorrer vá direto para o chão, e não fique escapando e grudando pra todo lado.

    Anexo 546890
    Pra soltar a válvula é bem fácil, solte o cano d'água do suporte da válvula e folgue os dois parafusos que prendem o suporte no bloco

    Depois de aberto o suporte fica assim (créditos da imagem do nosso amigo RValle):
    Anexo 546891


    Eu retirei a válvula e fui direto fazer o "teste da panela", coloquei ela na água e liguei o fogo, alguns minutos depois a água ferveu e ela abriu, ou seja, não há defeito na válvula. Mas um fato que me deixou curioso foi a dimensão da abertura, coisa de uns 10mm, achei bem pouco porque nitidamente dificulta a passagem da água e é insuficiente para refrigerar o motor de maneira eficiente.

    Teste da panela (créditos da imagem ao amigo RValle)
    Anexo 546895

    Como tira-teima eu abri a válvula nova e fiz o mesmo teste, para a minha surpresa a abertura da válvula nova foi praticamente a mesma da minha, o que me levou a considerar que ou é uma falha de projeto da válvula, ou o carro definitivamente foi feito para rodar no álcool (combustível com menor potencial calorífico que a gasolina) e em regiões de baixas temperaturas médias. Sendo assim me ocorreu uma possível solução:
    - Cortei alguns elos da mola que "fecha" a válvula, diminuindo assim o esforço necessário para ela abrir
    - Coloquei uma pequena esfera de metal (daquelas que tem nos pequenos rolamentos) na base da haste de metal que abre a válvula, de maneira que ela ficou mais alongada, aumentando assim a abertura

    Anexo 546894
    Marcações de onde foi serrada a mola e onde foi colocada a esfera, na base da haste de abertura (créditos da imagem ao amigo RValle)

    Depois disso voltei com a válvula pra a panela e fiz o teste novamente, BINGO! a válvula abriu mais cedo e com a temperatura maior ela abriu quase 50% a mais, ficando uma abertura de aproximadamente 15mm, excelente.
    finalizei o acabamento das modificações, coloquei a válvula de volta no carro e reabasteci o sistema.

    Passei alguns dias fazendo testes, rodei em congestionamento, deixei o carro parado com o ar ligado, rodei sem ar condicionado, durante o dia no sol, durante a noite no frio, de todo jeito. O ponteiro fica cravado em aproximadamente 45%, ou seja, nem superaquece e nem refrigera demais, mantém a temperatura ideal de trabalho do motor, mas sem correr riscos de aquecimento demasiado.

    É isso galera, pelo menos o meu problema de aquecimento foi resolvido e não era nada de bomba d'agua, ventoinha ao contrário, aditivo mitsubishi, cabeçote, nada demais, apenas a bendita válvula termostática que tem um curso de abertura muito curto para a necessidade de arrefecimento do motor, além de ter uma mola de fechamento muito forte, o que gera uma grande resistência na hora da abertura, necessitando de temperaturas bem mais elevadas para abrir (e quando abre, ainda abre pouco, aí já viu né...).

    Essa foto foi tirada hoje á noite com uma temperatura externa de aproximadamente 23°C
    Anexo 546887
    O ponteiro se manteve religiosamente na mesma posição, independente do regime de uso do carro e da temperatura externa, ou seja, a válvula termostática está funcionando perfeitamente e do MEU PONTO DE VISTA o projeto da mesma possui algumas falhas (que podem ser corrigidas)

    Não aconselho a retirada por completo da válvula, pois o carro precisa trabalhar na temperatura ideal e ela controla essa temperatura.

    Bem galera, peço desculpas pelo post longo demais, porém a intenção é ajudar a galera que ja fez de tudo pra melhorar a questão do arrefecimento e eu gosto de tudo bem detalhado, infelizmente não deu pra fotografar o processo, mas espero ter ajudado.

    Paz e bem!
    Boa tarde a todos... Fiquei afastado um bom tempo mas estou de volta.
    Gostei muito do Post do Ricardo, meus parabéns.
    Fiz igual.
    Esse fim de semana tive uma experiência nova em minha MIT PS.
    A temperatura subindo e não esperava por isso.
    E minha primeira Sport 3.5, estou acostumado com outras marcas e principalmente com a marca Jeep.
    Como e tudo novo e revisado já cuide cara na solução do Ricardo.
    Agora como já tinha feito o pedido da ventoinha auxiliar é instalar e ver o que dá....
    Detalhe a minha válvula é de 88º, já no USA tem duas temperaturas para ser vendido a de 76º e a de 82º, e a minha nesse calor que é aqui 88º.🔥🔥🔥
    Valeu e abraços a todos.
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos Pajero Sport V6 3.5 esquentando, me ajudem!-img_20210419_152242.jpg   Pajero Sport V6 3.5 esquentando, me ajudem!-img_20210419_153033.jpg  
    4X4 Brasil

    Rednecks are better than you fuckers

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. pajero sport 2.5 esquentando e vazando agua depois de desligada
    Por andersonalarcon no fórum Mitsubishi
    Respostas: 15
    Última resposta: 09/04/2020, 09:44
  2. Pajero Sport Esquentando
    Por ric945 no fórum Mitsubishi
    Respostas: 191
    Última resposta: 12/05/2016, 14:45
  3. Respostas: 2
    Última resposta: 11/01/2013, 14:39
  4. Respostas: 1
    Última resposta: 04/01/2012, 19:57
  5. Pajero Sport nas dunas e esquentando.
    Por Thiago capelo no fórum Mitsubishi
    Respostas: 23
    Última resposta: 27/06/2011, 11:46

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado

Change privacy settings Alterar definições de privacidade