x
Convex Datacenter
Página 12 de 12 PrimeiroPrimeiro ... 23456789101112
Resultados 133 a 138 de 138
  1. #133



    Amigos, alguns tópicos são de relevante importancia e este é um deles, li ele inteiro. Tenho visto muitas coisas boa e ruins sobre a Discovery e comecei a me interessar na aquisição de uma D3 usada, andei até pesquisando anuncios, porém... pesquisando artigos referentes ao veículo deparei-me com um que me fez parar para refletir melhor e que talvez seja também de interesse de outros amigos e abaixo segue o link:
    Robustez não é o forte do Land Rover Discovery 3

    Abraços,
    Jorge.

    Jeep Ford 81 (esta com um filho)
    Defender 2006

  2. #134
    Usuário
    Entrada
    29/08/2010
    Local
    SJRio Preto/SP
    Idade
    51
    Posts
    525
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por Jorge Dias Martins Ver Post
    Amigos, alguns tópicos são de relevante importancia e este é um deles, li ele inteiro. Tenho visto muitas coisas boa e ruins sobre a Discovery e comecei a me interessar na aquisição de uma D3 usada, andei até pesquisando anuncios, porém... pesquisando artigos referentes ao veículo deparei-me com um que me fez parar para refletir melhor e que talvez seja também de interesse de outros amigos e abaixo segue o link:
    Robustez não é o forte do Land Rover Discovery 3

    Abraços,
    Jorge.

    Jeep Ford 81 (esta com um filho)
    Defender 2006
    Amigo,

    Eu também li esta matéria antes de comprar o meu, em 2010, e fiquei um pouco mal impressionado. Alguns pontos são reais, outros exagerados.

    O maior problema narrado - o da quebra da mola da válvula - evidentemente é um caso isolado, pois há anos neste fórum e em outros sites de reclamações nunca ouvi falar em nada parecido. Ademais, é do motor V6 4.0 a gasolina, que fez pouquíssimo sucesso de vendas no Brasil, sendo quase uma raridade encontra-lo. A maioria das Discos é diesel, e as poucas à gasolina são V8.

    Quanto aos problemas dos pneus e suspensão (aqui há equívoco óbvio, pois ele não trocou a suspensão, mas as buchas da suspensão), realmente a durabilidade é baixa, especialmente em uso urbano. Os pneus da disco são de "alta performance", aro 19", que duram, no máximo, 50.000, em estrada, usando com cuidado (posso atestar, pois já consumi dois jogos), na cidade não chegam nem perto disso, pois com pouco uso urbano já começam escamar. É um carro de quase 3 toneladas, com um tremendo torque, que praticamente esfrega o pneu no chão. A solução é usar pneus mais "convencionais" de perfil mais alto em rodas aro 17", as menores que servem na Disco (encontra-las é que são elas...). As buchas de suspensão privilegiam o conforto. O carro é de uma maciez e suavidade impressionantes, mas cobram seu preço. A própria LR recomenda a substituição a cada 72.000 km. Com uso predominante urbano, acredito que a vida útil pode até se abreviar.

    Como sempre digo aqui no fórum, não dá pra querer um carro potente, espaçoso, confortável, seguro, com boa performance off-road caso necessário, pelo custo de um gol. O carro é caro, a manutenção é exigente (embora sabendo fazer, comprando as peças com antecedência, no exterior, não saia tão caro).

    A história dos 45 dias sem a peça é conversa mole. Compro sempre peças na Inglaterra e chegam em caso em 20 dias no máximo. A LR tem um estoque central em SP que entrega em qualquer concessionária em 7 dias úteis. Hoje, com a grande quantidade de carros rodando no Brasil, há muitos importadores trazendo também. A Bearmach, em SP, por exemplo, tem quase tudo (embora não tão barato quanto a importação direta).

    Em suma, se está interessado no carro, não se assuste com essa história não. Faça um test-drive e depois tire suas próprias conclusões sobre o que um carro que hoje custa não mais que 100-110 mil pode te oferecer.

    Abraços.


    PS: detalhe importante, já rodei mais de 100 kkm com a minha, por todo o Brasil e América do Sul, e NUNCA tive problemas com diesel
    4X4 Brasil

  3. #135
    Renato,
    agradeço as dicas e atenção. Aqui em casa tem um Freelander 2, 2010 e comprado zero e mesmo na mão de filho que gosta de abusar nem tem dado problemas, a única coisa que marcou foi a borracha do vidro do carona que deformou com baixissima kilometragem e o concessionaria no Rio "enrrolou", mas nada que um e-mail para a sede na Inglaterra não tenha resolvido, depois o atendimento tem sido excelente lá. Vou continuar pensando na D3, tenho uma ligação com a Land Rover; quando criança meu pai tinha um ano 1952 adquirido zero e moravamos no ES, lá, aquela época ainda não havia estradas pavimentadas e o pai era representante da Matarazzo e viajava o estado inteiro, só o Land Rover mesmo, lembro que pela manhã as vezes não queria pegar e ele ia com a manivela virar o motor. rssss



    Fica a dica de correspondência com a matriz.

    Abraço,
    Jorge

    Citação Postado originalmente por Renato Franco Ver Post
    Amigo,

    Eu também li esta matéria antes de comprar o meu, em 2010, e fiquei um pouco mal impressionado. Alguns pontos são reais, outros exagerados.

    O maior problema narrado - o da quebra da mola da válvula - evidentemente é um caso isolado, pois há anos neste fórum e em outros sites de reclamações nunca ouvi falar em nada parecido. Ademais, é do motor V6 4.0 a gasolina, que fez pouquíssimo sucesso de vendas no Brasil, sendo quase uma raridade encontra-lo. A maioria das Discos é diesel, e as poucas à gasolina são V8.

    Quanto aos problemas dos pneus e suspensão (aqui há equívoco óbvio, pois ele não trocou a suspensão, mas as buchas da suspensão), realmente a durabilidade é baixa, especialmente em uso urbano. Os pneus da disco são de "alta performance", aro 19", que duram, no máximo, 50.000, em estrada, usando com cuidado (posso atestar, pois já consumi dois jogos), na cidade não chegam nem perto disso, pois com pouco uso urbano já começam escamar. É um carro de quase 3 toneladas, com um tremendo torque, que praticamente esfrega o pneu no chão. A solução é usar pneus mais "convencionais" de perfil mais alto em rodas aro 17", as menores que servem na Disco (encontra-las é que são elas...). As buchas de suspensão privilegiam o conforto. O carro é de uma maciez e suavidade impressionantes, mas cobram seu preço. A própria LR recomenda a substituição a cada 72.000 km. Com uso predominante urbano, acredito que a vida útil pode até se abreviar.

    Como sempre digo aqui no fórum, não dá pra querer um carro potente, espaçoso, confortável, seguro, com boa performance off-road caso necessário, pelo custo de um gol. O carro é caro, a manutenção é exigente (embora sabendo fazer, comprando as peças com antecedência, no exterior, não saia tão caro).

    A história dos 45 dias sem a peça é conversa mole. Compro sempre peças na Inglaterra e chegam em caso em 20 dias no máximo. A LR tem um estoque central em SP que entrega em qualquer concessionária em 7 dias úteis. Hoje, com a grande quantidade de carros rodando no Brasil, há muitos importadores trazendo também. A Bearmach, em SP, por exemplo, tem quase tudo (embora não tão barato quanto a importação direta).

    Em suma, se está interessado no carro, não se assuste com essa história não. Faça um test-drive e depois tire suas próprias conclusões sobre o que um carro que hoje custa não mais que 100-110 mil pode te oferecer.

    Abraços.


    PS: detalhe importante, já rodei mais de 100 kkm com a minha, por todo o Brasil e América do Sul, e NUNCA tive problemas com diesel

  4. #136
    Usuário
    Entrada
    29/08/2010
    Local
    SJRio Preto/SP
    Idade
    51
    Posts
    525
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por Jorge Dias Martins Ver Post
    Renato,
    agradeço as dicas e atenção. Aqui em casa tem um Freelander 2, 2010 e comprado zero e mesmo na mão de filho que gosta de abusar nem tem dado problemas, a única coisa que marcou foi a borracha do vidro do carona que deformou com baixissima kilometragem e o concessionaria no Rio "enrrolou", mas nada que um e-mail para a sede na Inglaterra não tenha resolvido, depois o atendimento tem sido excelente lá. Vou continuar pensando na D3, tenho uma ligação com a Land Rover; quando criança meu pai tinha um ano 1952 adquirido zero e moravamos no ES, lá, aquela época ainda não havia estradas pavimentadas e o pai era representante da Matarazzo e viajava o estado inteiro, só o Land Rover mesmo, lembro que pela manhã as vezes não queria pegar e ele ia com a manivela virar o motor. rssss



    Fica a dica de correspondência com a matriz.

    Abraço,
    Jorge
    A propósito deste tópico, estive reunido com alguns amigos da "velha guarda" nestes dias de festas, e dois deles, proprietários de Toyota (Hilux pick-up 2009 e SW4 2010) narraram problemas com bicos injetores em razão do diesel, com demora e relutância da Toyota para cobrir garantia, etc., etc., etc. Ou seja, a mesmíssima história que ouvimos aqui, ratificando minha opinião de que o problema não é o carro ou mesmo o diesel nacional em si, mas o diesel BATIZADO. Aí, nenhum motor common rail aguenta, pode ser Toyota, Land, Mit, Ford, GM, vai dar pau mesmo... Eu, por cuidado e/ou sorte, nunca tive o azar de colocar diesel ruim, e nunca tive problemas com o sistema de injeção. Abraços.

  5. #137
    Usuário Avatar de Marcelo-HPE
    Entrada
    16/07/2008
    Local
    Campos dos Goytacazes/RJ
    Idade
    40
    Posts
    5,414
    Agradecimentos: 4
    X2 ...
    Quando comprei a minha l200 triton 0km , com 800 km rodados eu toquei para o deserto do Jalapão e mesmo levando 40 l de diesel reserva , tive que abastecer em Ponte Alta do Tocantins, já saindo do Jalapão , no caminho para Palmas a luz da injeção acendeu , a picape não perdeu potência , mas foi um aviso , quando o mecânico da na CCs Mitsubishi em Palmas retirou o filltro , eu não ví o diesel e sim uma água suja barrenta dentro do filtro, coisa feia mesmo !!!
    Depois de trocado o filtro , tudo voltou ao normal .
    Oque também assola os motores diesel modernos , é a carbonização do coletor de admissão pela válvula EGR . !! essa válvula é uma porcaria que só presta para sujar o motor.
    abs
    L200 TRITON SAVANA 3.2 200cv 2017 AT -PANZER 4X4
    JEEP CHEROKEE XJ 4.0 MANUAL 1998 -JAGUNÇO DA TRILHA PESADA

  6. #138
    Usuário
    Entrada
    25/10/2019
    Local
    Timbó/SC
    Idade
    43
    Posts
    1
    Agradecimentos: 0
    Pessoal estou precisando de ajuda .... tenho uma discovery 3 2.7 diesel, carro apresenta a seguinte falha.... motor parado na lente perfeito, lenta perfeita, sem fumaça, motor forte... quando vai andar ela começa a engasgar se ve bem certo no contagiro que ele cai e levanta muito rapidamente, ja fiz bicos, limpesa das egr, descarbonização etc.. troquei oleo e filtro da caixa e nada aconteçe... algum ja passou por isso

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado