x
Convex Datacenter
Página 1 de 3 123 ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 12 de 28
  1. #1
    Usuário Avatar de atilapereira
    Entrada
    10/01/2010
    Local
    Chapada dos Guimarães/MT
    Idade
    38
    Posts
    45
    Agradecimentos: 0

    Empeno do cabeçote




    Boa tarde galera, cá estou eu novamente dividindo meus problemas com a família rover... pois bem

    No final de semana passado fomos para uma expedição fotográfica na MT-060 Transpantaneira em Poconé e logo no início, entrando em Poconé o motor esquentou e isolou, desligando completamente... a princípio sem entender o que estava acontecendo fui verificar o nível da água e descobri que devido a um vazamento na mangueira que levava do reservatório para o radiador o motor tinha esquentado, o que causou o desligamento do mesmo... Paramos e esperamos por algum tempo até que o motor esfriasse, completei com água o reservatório e tentei dar a partida e nada, então percebi que a ventoínha não funcionava, tentamos ligá-la direto na bateria de outro carro e dar a partida e nada, esperamos então mais algum tempo e consegui dar a partida no carro quando o motor já havia esfriado completamente. Durante os 3 dias que duraram a expedição fui completando a água do reservatório todos os dias até voltar pra Cuiabá onde decidi deixar a viatura na oficina para encontrar o vazamento, que era questão de uma junta e nada mais... dois dias depois o mecânico me ligou e falou que precisava que eu fosse lá na oficina, e como já estou calejado desses mecânicos salafrários aqui de Cuiabá logo desconfiei que tinha caroço nesse angú... chegando lá ele me alegou que como o motor tinha esquentado demais os anéis grudaram e arranharam a camisa do pistão, o que de fato eu pude comprovar quando olhei o bloco que estava arranhado, e que havia enviado meu cabeçote para uma retífica olhar e que caso houvesse empenado teria a possibilidade até mesmo de eu ter que trocar o cabeçote por um novo, o que posteriormente me foi confirmado pelo mecânico, ao indagar sobre uma suposta estimativa do custo a resposta foi que com peças, novo cabeçote, retífica e mão-de-obra do mecânico eu iria gastar entre R$ 7.000,00 e R$ 10.000,00... pois bem, liguei para o meu amigo Cézinha da oficina MORAZ de Curitiba que é em quem eu confio para colocar a mão na viatura (prefiro dirigir 2000 km e deixar nas mãos deles para me darem um veredicto do que arriscar deixar em qualquer oficina aqui de Cuiabá, visto o histórico de pilantragem que eu conheço de todas as mecânicas daqui, SEM EXCEÇÃO) e ao explicar para ele a situação ele me pediu que fosse até a retífica em questão para escutar diretamente do torneiro mecânico o estado do cabeçote, pois pelo histórico da máquina não seria o caso de empenar até a inutilização do cabeçote, e foi o que eu fiz esta manhã, acordei bem cedo e sem avisar nada fui até a oficina e pedi que me levassem à tal retífica onde estava o cabeçote e percebi que o mecânico que me acompanhava se adiantou em dar o veredicto do cabeçote antes mesmo dos próprios torneiros mecânicos, dizendo que ela havia sido plainada mais de 10 mm e que o cabeçote estava condenado, pois caso instalasse o mesmo novamente, em questão de poucos meses iria vazar o óleo do motor e me deixar na mão, fundindo o motor. Enfim, inventei uma conversa de que havia uma pessoa que estava em débito comigo e que seria proprietário de uma revenda de autopeças, que poderia me fornecer este cabeçote em troca da dívida e saí da retífica com o cabeçote debaixo do braço e fui até uma retífica, da qual meu tio que trabalha com caminhões é cliente há 10 anos, e pedi para eles analisarem meu cabeçote, se ainda havia alguma esperança ou se seria necessário a troca do mesmo, e para minha surpresa após a análise recebi a resposta de que o cabeçote está em perfeitas condições de uso e que apesar de ter sido plainado os supostos 10mm isso em nada iria influenciar o funcionamento do mesmo.
    Resultado, voltei à oficina a bordo de um guincho e embarquei o jeep e mandei direto para a retífica de confiança, falando ao proprietário da mecânica que o meu credor em questão só instalaria o cabeçote na sua própria loja, pois caso contrário não me daria garantia sobre o novo cabeçote que seria instalado, uma vez que o mecânico já havia condenado o cabeçote antigo, salvando apenas as válvulas e molas do antigo, agora a tarde peguei uma estimativa do que irá me custar o conserto... R$ 250,00 de mão de obra e mais R$ 300 das juntas inferior e superior, e talvez algum custo adicional caso seja necessário trocar alguma mangueira.
    Já pensei diversas vezes em desistir desta viatura pois como deixei bem claro, ainda não encontrei nenhum serviço decente de mecânicos aqui em Cuiabá, e na maioria das vezes quando percebo alguma alteração na performance ou barulho novo me informo diretamente por telefone com o pessoal da MORAZ que é sempre muito prestativo e honesto comigo, gostaria da opinião de vocês, se já tiveram que fazer este serviço no motor de suas aeronaves, se alguém aqui já empenou o cabeçote devido ao aquecimento ao ponto de ter que inutilizá-lo... enfim, qualquer palpite, opinião serão bem-vindos.

    Grato pela atenção e paciência.
    Defender 110 Standard - queen Elizabeth

  2. #2
    Usuário Avatar de CGAUER
    Entrada
    11/11/2006
    Local
    São Paulo/SP
    Idade
    40
    Posts
    1,730
    Agradecimentos: 6
    Atila,

    talvez o maior erro em toda a história é não ter um sensor de nível no reservatório do fluído, como tanto praguejamos por aqui.

    Teria evitado toda esta história e lhe salvado uns belos trocados. O Vinicius tem o kit inteiro para enviar.

    Seu caso foi bastante sério, chegou a travar o motor. A conta não vai ser pequena, devem trocar pistões, anéis, brunir ou encamisar o motor.

    Bo sorte ana empreitada e que fique de alerta aos demais colegas o que a falta d'água faz ao motor.

    Abraços

    Clemente

    Citação Postado originalmente por atilapereira Ver Post
    Boa tarde galera, cá estou eu novamente dividindo meus problemas com a família rover... pois bem

    No final de semana passado fomos para uma expedição fotográfica na MT-060 Transpantaneira em Poconé e logo no início, entrando em Poconé o motor esquentou e isolou, desligando completamente... a princípio sem entender o que estava acontecendo fui verificar o nível da água e descobri que devido a um vazamento na mangueira que levava do reservatório para o radiador o motor tinha esquentado, o que causou o desligamento do mesmo... Paramos e esperamos por algum tempo até que o motor esfriasse, completei com água o reservatório e tentei dar a partida e nada, então percebi que a ventoínha não funcionava, tentamos ligá-la direto na bateria de outro carro e dar a partida e nada, esperamos então mais algum tempo e consegui dar a partida no carro quando o motor já havia esfriado completamente. Durante os 3 dias que duraram a expedição fui completando a água do reservatório todos os dias até voltar pra Cuiabá onde decidi deixar a viatura na oficina para encontrar o vazamento, que era questão de uma junta e nada mais... dois dias depois o mecânico me ligou e falou que precisava que eu fosse lá na oficina, e como já estou calejado desses mecânicos salafrários aqui de Cuiabá logo desconfiei que tinha caroço nesse angú... chegando lá ele me alegou que como o motor tinha esquentado demais os anéis grudaram e arranharam a camisa do pistão, o que de fato eu pude comprovar quando olhei o bloco que estava arranhado, e que havia enviado meu cabeçote para uma retífica olhar e que caso houvesse empenado teria a possibilidade até mesmo de eu ter que trocar o cabeçote por um novo, o que posteriormente me foi confirmado pelo mecânico, ao indagar sobre uma suposta estimativa do custo a resposta foi que com peças, novo cabeçote, retífica e mão-de-obra do mecânico eu iria gastar entre R$ 7.000,00 e R$ 10.000,00... pois bem, liguei para o meu amigo Cézinha da oficina MORAZ de Curitiba que é em quem eu confio para colocar a mão na viatura (prefiro dirigir 2000 km e deixar nas mãos deles para me darem um veredicto do que arriscar deixar em qualquer oficina aqui de Cuiabá, visto o histórico de pilantragem que eu conheço de todas as mecânicas daqui, SEM EXCEÇÃO) e ao explicar para ele a situação ele me pediu que fosse até a retífica em questão para escutar diretamente do torneiro mecânico o estado do cabeçote, pois pelo histórico da máquina não seria o caso de empenar até a inutilização do cabeçote, e foi o que eu fiz esta manhã, acordei bem cedo e sem avisar nada fui até a oficina e pedi que me levassem à tal retífica onde estava o cabeçote e percebi que o mecânico que me acompanhava se adiantou em dar o veredicto do cabeçote antes mesmo dos próprios torneiros mecânicos, dizendo que ela havia sido plainada mais de 10 mm e que o cabeçote estava condenado, pois caso instalasse o mesmo novamente, em questão de poucos meses iria vazar o óleo do motor e me deixar na mão, fundindo o motor. Enfim, inventei uma conversa de que havia uma pessoa que estava em débito comigo e que seria proprietário de uma revenda de autopeças, que poderia me fornecer este cabeçote em troca da dívida e saí da retífica com o cabeçote debaixo do braço e fui até uma retífica, da qual meu tio que trabalha com caminhões é cliente há 10 anos, e pedi para eles analisarem meu cabeçote, se ainda havia alguma esperança ou se seria necessário a troca do mesmo, e para minha surpresa após a análise recebi a resposta de que o cabeçote está em perfeitas condições de uso e que apesar de ter sido plainado os supostos 10mm isso em nada iria influenciar o funcionamento do mesmo.
    Resultado, voltei à oficina a bordo de um guincho e embarquei o jeep e mandei direto para a retífica de confiança, falando ao proprietário da mecânica que o meu credor em questão só instalaria o cabeçote na sua própria loja, pois caso contrário não me daria garantia sobre o novo cabeçote que seria instalado, uma vez que o mecânico já havia condenado o cabeçote antigo, salvando apenas as válvulas e molas do antigo, agora a tarde peguei uma estimativa do que irá me custar o conserto... R$ 250,00 de mão de obra e mais R$ 300 das juntas inferior e superior, e talvez algum custo adicional caso seja necessário trocar alguma mangueira.
    Já pensei diversas vezes em desistir desta viatura pois como deixei bem claro, ainda não encontrei nenhum serviço decente de mecânicos aqui em Cuiabá, e na maioria das vezes quando percebo alguma alteração na performance ou barulho novo me informo diretamente por telefone com o pessoal da MORAZ que é sempre muito prestativo e honesto comigo, gostaria da opinião de vocês, se já tiveram que fazer este serviço no motor de suas aeronaves, se alguém aqui já empenou o cabeçote devido ao aquecimento ao ponto de ter que inutilizá-lo... enfim, qualquer palpite, opinião serão bem-vindos.

    Grato pela atenção e paciência.
    Land Rover Defender 110 SW 300tdi 2005

    www.cgauer.com.br / vimeo.com/gauer / flickr.com/cgauer / 4explorers

  3. #3
    Usuário Avatar de André Sheffer
    Entrada
    21/01/2014
    Local
    Sta. Cruz do Sul/RS
    Idade
    46
    Posts
    74
    Agradecimentos: 0
    Vou direto ao assunto: não tenho sensor e quero comprar para instalar,... Não sei onde comprar e nem qual comprar!... Já ouvi e li sobre vários... Então cada vez mais fico em dúvida. Preciso de uma resposta curta e objetiva. Qual o melhor em custo benefício e onde comprar? Agradeço. Abs a todos.
    Defender 90 SW | 2001 |

  4. #4
    Banido
    Entrada
    24/03/2010
    Local
    Guaruja/SP
    Idade
    63
    Posts
    567
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por André Sheffer Ver Post
    Vou direto ao assunto: não tenho sensor e quero comprar para instalar,... Não sei onde comprar e nem qual comprar!... Já ouvi e li sobre vários... Então cada vez mais fico em dúvida. Preciso de uma resposta curta e objetiva. Qual o melhor em custo benefício e onde comprar? Agradeço. Abs a todos.
    Andre, conforme informou o Clemente, fale com o Vinicius Mastreli....Curitiba...Ele te envia tudo pronto.
    abcs
    Moura

  5. #5
    Usuário
    Entrada
    02/02/2013
    Local
    Montes Claros/MG
    Posts
    1,470
    Agradecimentos: 0
    Átila,

    estou com a minha VTR há 12 meses e o primeiro problema (e o pior) foi exatamente esse que aconteceu com vc. Resultado: Mais de R$ 10.000,00 gastos em peças, retífica e mão-de obra (se quiser ler a SAGA completa... http://www.4x4brasil.com.br/forum/la...ha-ferveu.html (MUITO TRISTE!!! Minha 90tinha ferveu!!!))

    Clemente tem toda razão. Um sensor de nível teria te salvado! O pior que no meu caso eu já tinha comprado o sensor e estava levando ele dentro da viatura (sem instalar) para fazer a instalação na cidade onde moro...e deu no que deu...

    Agora, depois de retificado, deram a plainada no meu cabeçote e disseram que ele estava na última medida (o tamanho eu não saberia te dizer). Resultado (2): Depois de um mês, a viatura começou a ferver do nada e cuspir água!!!

    Fui consultar outro mecanico que trabalhou na LR por uns 15 anos e ele me disse que cabeçote na última medida para esse motor, só se for para andar dentro da cidade. Não aguenta viagens....então esse pode ser o seu caso.

    No meu caso eu dei "sorte" pq qdo começou a dar problemas, a vtr estava na garantia e trocaram o cabeçote por um novo sem custo adicional.

    Agora vc tem que analisar o seu caso e ver o que é melhor a se fazer...

    Abs

    Wald
    DEFENDER 90 CSW/2001 "AMORZÃO"

  6. #6
    Usuário Avatar de André Sheffer
    Entrada
    21/01/2014
    Local
    Sta. Cruz do Sul/RS
    Idade
    46
    Posts
    74
    Agradecimentos: 0
    Obrigado pela resposta Moura,... Eu só não tenho o contato dele, alguém poderia me passar!... Obrigado. Abs!
    Defender 90 SW | 2001 |

  7. #7
    Usuário
    Entrada
    24/10/2013
    Local
    campinas/SP
    Idade
    35
    Posts
    10
    Agradecimentos: 0
    Aconteceu exatamente isso comigo! Faz duas semanas, só que foi a porcaria da mangueira do ar quente. Me disseram as mesmas coisas, que o cabeçote está condenado e que o os aneis e pistões riscaram a camisa (e realmente riscaram pois fui ver o motor aberto). Agora estou correndo atrás de algum mecanico em Campinas para encarar essa empreitada, o meu mecanico de confiança infelizmente não trabalha com diesel...
    Pelo visto vai não vai sair por menos de R$7000,00 =(

    Boa sorte!

  8. #8
    Usuário Avatar de atilapereira
    Entrada
    10/01/2010
    Local
    Chapada dos Guimarães/MT
    Idade
    38
    Posts
    45
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por Waldmartins Ver Post
    Átila,

    estou com a minha VTR há 12 meses e o primeiro problema (e o pior) foi exatamente esse que aconteceu com vc. Resultado: Mais de R$ 10.000,00 gastos em peças, retífica e mão-de obra (se quiser ler a SAGA completa... http://www.4x4brasil.com.br/forum/la...ha-ferveu.html (MUITO TRISTE!!! Minha 90tinha ferveu!!!))

    Clemente tem toda razão. Um sensor de nível teria te salvado! O pior que no meu caso eu já tinha comprado o sensor e estava levando ele dentro da viatura (sem instalar) para fazer a instalação na cidade onde moro...e deu no que deu...

    Agora, depois de retificado, deram a plainada no meu cabeçote e disseram que ele estava na última medida (o tamanho eu não saberia te dizer). Resultado (2): Depois de um mês, a viatura começou a ferver do nada e cuspir água!!!

    Fui consultar outro mecanico que trabalhou na LR por uns 15 anos e ele me disse que cabeçote na última medida para esse motor, só se for para andar dentro da cidade. Não aguenta viagens....então esse pode ser o seu caso.

    No meu caso eu dei "sorte" pq qdo começou a dar problemas, a vtr estava na garantia e trocaram o cabeçote por um novo sem custo adicional.

    Agora vc tem que analisar o seu caso e ver o que é melhor a se fazer...

    Abs

    Wald
    Bom... se eu tiver que gastar qualquer cifra que se aproxime de 10.000 reais para arrumá-lo definitivamente vou procurar um motor novo Maxiom, que conforme vi ontem aqui no fórum, segundo as palavras do Clemente, custa cerca de R$ 12.000,00 para pessoa jurídica.. e no momento não tenho condiçoes pra enfrentar essa barra, vou ter que estacioná-la até 2a ordem
    Defender 110 Standard - queen Elizabeth

  9. #9
    Usuário
    Entrada
    18/09/2012
    Local
    Teresópolis/RJ
    Idade
    50
    Posts
    520
    Agradecimentos: 0
    Puta merda, tomar uma "anaba" dessas por causa de falta d'água, é de doer!
    O medo de isso acontecer. Estou ficando até paranoico!
    Se pudesse colocava não um alarme, mas uma sirene que tocasse assim que a água baixasse 1 mm!
    Deus me livre disso acontecer!
    Ex Pajero GLS-B Diesel 94, Ex Defender 200 TDi 1992, Ex Nissan Frontier Serrana 2004 e atual Pajero Sport V6 2001 Automática.

  10. #10
    Usuário Avatar de SergioMedeiros
    Entrada
    06/07/2011
    Local
    curitiba/PR
    Idade
    40
    Posts
    1,157
    Agradecimentos: 2
    Citação Postado originalmente por GLMedina Ver Post
    Puta merda, tomar uma "anaba" dessas por causa de falta d'água, é de doer!
    O medo de isso acontecer. Estou ficando até paranoico!
    Se pudesse colocava não um alarme, mas uma sirene que tocasse assim que a água baixasse 1 mm!
    Deus me livre disso acontecer!
    Pra quem realmente quer prevenir um problema desses, pode comprar um watchdog com somente sensor de nível e complementar a gerencia do motor com um sistema chamado Vigia, da Colven. Muito utilizado por frotistas, ele gerencia a temperatura do motor com um sensor soldado no cabeçote do carro, e um valor pré-definido de temperatura máxima. Também gerencia pressão do óleo, voltagem do sistema e conexões. Caso o sistema detecte algum problema, ele alarma e desliga o carro em um tempo pré-definido antes que o problema cause algum dano maior no motor.
    Também ficam registrados em uma memória interna todos os alarmes, podendo o mecanico realizar a leitura via USB.
    Nesse caso, se faltar água no motor, e o alarme do watchdog passar "batido", a temperatura vai fazer o sistema desligar o motor antes que algum dano maior aconteça.
    A minha 90 veio com esse sistema. Tirei pois não fiquei muito confortável em ter sensores ligados a uma central com acesso direto a minha bomba de combustível. Mas.... para os mais paranóicos, pode ser uma solução!
    Abs

  11. #11
    Usuário
    Entrada
    18/09/2012
    Local
    Teresópolis/RJ
    Idade
    50
    Posts
    520
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por SergioMedeiros Ver Post
    Pra quem realmente quer prevenir um problema desses, pode comprar um watchdog com somente sensor de nível e complementar a gerencia do motor com um sistema chamado Vigia, da Colven. Muito utilizado por frotistas, ele gerencia a temperatura do motor com um sensor soldado no cabeçote do carro, e um valor pré-definido de temperatura máxima. Também gerencia pressão do óleo, voltagem do sistema e conexões. Caso o sistema detecte algum problema, ele alarma e desliga o carro em um tempo pré-definido antes que o problema cause algum dano maior no motor.
    Também ficam registrados em uma memória interna todos os alarmes, podendo o mecanico realizar a leitura via USB.
    Nesse caso, se faltar água no motor, e o alarme do watchdog passar "batido", a temperatura vai fazer o sistema desligar o motor antes que algum dano maior aconteça.
    A minha 90 veio com esse sistema. Tirei pois não fiquei muito confortável em ter sensores ligados a uma central com acesso direto a minha bomba de combustível. Mas.... para os mais paranóicos, pode ser uma solução!
    Abs
    Sérgio, se o trem é bom, pq vc tirou?
    Ex Pajero GLS-B Diesel 94, Ex Defender 200 TDi 1992, Ex Nissan Frontier Serrana 2004 e atual Pajero Sport V6 2001 Automática.

  12. #12
    Usuário Avatar de SergioMedeiros
    Entrada
    06/07/2011
    Local
    curitiba/PR
    Idade
    40
    Posts
    1,157
    Agradecimentos: 2
    Citação Postado originalmente por GLMedina Ver Post
    Sérgio, se o trem é bom, pq vc tirou?
    Então Medina.... ele realmente é muito bom, tanto que custa R$ 1500 instalado. Mas o que me deixou desconfortável foi o sistema desligar o motor caso algum problema ocorra. Agora imagina... subida de uma serra, faixa simples e você fazendo uma ultrapassagem... vai que nesse momento a temperatura sobe mais que o normal em função de falta de água, e o carro desligue?!?! Prefiro perder o motor e continuar vivo....
    Coloquei meu watchdog em cima do painel... bem na cara para poder ver o alarme na hora e parar o carro assim que possível, e não quando o "sistema" decidir que ele deve parar.

    Abs

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. Cabeçote 16V em OHC 2.3
    Por holodniak no fórum Geral Off-Topic
    Respostas: 0
    Última resposta: 27/11/2011, 17:21
  2. Cabeçote JPX
    Por Ivo Monteiro Figueiredo no fórum Compram-se Peças e Acessórios
    Respostas: 0
    Última resposta: 27/01/2011, 13:14
  3. Cabeçote L-200
    Por carlos messias no fórum Mitsubishi
    Respostas: 0
    Última resposta: 21/05/2006, 15:33

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado

Change privacy settings Alterar definições de privacidade