x
Convex Datacenter
Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 12 de 14
  1. #1
    Usuário
    Entrada
    16/07/2015
    Local
    Bebedouro/SP
    Idade
    61
    Posts
    1
    Agradecimentos: 0

    Question Regularizar documentos Jeep 66




    Olá Jeepeiros, ganhei um Jeep Willys Cj5 4x4 1966 de um amigo porque não tem tempo para regularizar os documentos que não existem e tampouco a placa, tenho só os n.º do motor 6-240148 6cc e chassi 6-522400849, alguém sabe como levanto seus dados e faço os docs? Grato

  2. #2
    Usuário
    Entrada
    23/08/2010
    Local
    Lapa/PR
    Idade
    50
    Posts
    1,386
    Agradecimento: 1
    Vai precisar de um bom despachante e entrar com ação judicial pedindo usucapião.

  3. #3
    Usuário Avatar de Rodrigo Baratti
    Entrada
    19/06/2005
    Local
    Jundiaí/SP
    Idade
    45
    Posts
    4,128
    Agradecimentos: 18
    Citação Postado originalmente por JR Willys Ver Post
    Olá Jeepeiros, ganhei um Jeep Willys Cj5 4x4 1966 de um amigo porque não tem tempo para regularizar os documentos que não existem e tampouco a placa, tenho só os n.º do motor 6-240148 6cc e chassi 6-522400849, alguém sabe como levanto seus dados e faço os docs? Grato
    Primeiro vc deve procurar um despachante para verificar se o veiculo tem algum bloqueio judicial e no nome de quem está.
    Se for conhecido e o cara topar documentar e transferir, vc poderá solicitar a legalização (emissão de novos docs e nova placa).
    Mas fica na confiança, pois não existe vinculo seu com o proprietário do veiculo.

  4. #4
    Usuário Avatar de vavarusso
    Entrada
    01/06/2011
    Local
    JUAZEIRO/BA
    Idade
    49
    Posts
    2,401
    Agradecimento: 1
    Citação Postado originalmente por Rodrigo Baratti Ver Post
    Primeiro vc deve procurar um despachante para verificar se o veiculo tem algum bloqueio judicial e no nome de quem está.
    Se for conhecido e o cara topar documentar e transferir, vc poderá solicitar a legalização (emissão de novos docs e nova placa).
    Mas fica na confiança, pois não existe vinculo seu com o proprietário do veiculo.
    Sofro desse mal. Meu jeep cj5 1965 tem doc de 1980, placa amarela, do Estado do Ceará. O doc parece uma carteira de identidade. Posso procurar o "dono" e pedir que ele faça a atualização dos doc com placas cinzas e depois pasar para meu nome. Facin,facim... mas se o "dono" já nao existir mais? E se os herdeiros quiserem me tomar? E as alteraçoes que fiz nele? cor, motor e outras "ns"... acho que vou de uso capião de bens móveis.

  5. #5
    Usuário Avatar de vavarusso
    Entrada
    01/06/2011
    Local
    JUAZEIRO/BA
    Idade
    49
    Posts
    2,401
    Agradecimento: 1
    Procedimento processual no usucapião de bem móvel
    Augusto Felix Ribas
    I – Introdução
    É escasso, na doutrina pátria, os autores que se aprofundaram ao estudo do procedimento do usucapião de bem móvel, haja visto o caráter extraordinário e inusitado.
    Contudo, já é farto as doutrinas que se aprofundaram no usucapião de bem imóvel, e aqueles que ao tentaram examinar os dois, sempre discorrem muito mais sobre os bens imóveis do que os móveis, obviamente pelo fato de que no imóvel, o valor do bem é muito superior ao do móvel e seu processamento vem instruído nos art. 941 e seguintes do Código de Processo Civil.
    Entretanto, o objeto de estudo é o procedimento do usucapião de bem móvel e vamos concentrar nossos esforços para esclarecer algumas dúvidas que pairam sobre este procedimento.
    II – Do Procedimento
    Com relação ao procedimento processual, paira dúvidas em relação ao procedimento que se deve adotar. Procedimento Ordinário, Sumário ou a possibilidade de se processar o usucapião no Juizado Especial Cível.
    Quanto ao Procedimento Ordinário ou Sumário, não há mistério. Opera-se pelo valor do bem móvel. Se o valor do bem não ultrapassar o valor de 20 salários mínimos, aplica-se o Procedimento Sumário(CPC, art. 275, I), se exceder este valor, aplica-se o Procedimento Ordinário, sempre se respeitando o foro competente(art. 94 e seguintes do Código de Processo Civil).
    No Procedimento junto ao Juizado Especial Cível, primeiramente, o bem não se pode ultrapassar o valor de 20 salários mínimos. Mas seu processamento esbarra junto à esta lei especial, uma vez que não se admite a citação por edital(art. 18, §2º da Lei n.º 9.099/95) do(s) réu(s) e do(s) terceiro(s) interessado(s) que não puderem ser individualizados ou não tiverem endereço certo. Porém, não se vê empecilho algum, no seu processamento junto ao Juizado se o(s) réu(s) e ou terceiro(s) interessado(s) tiverem endereço certo, sempre respeitando, no entanto, o foro competente(art. 4º e seguintes da Lei n.º 9.099/95).
    O usucapião de bem móvel se assemelha ao de bem imóvel, no que tange à citação do(s) terceiro(s) interessado(s). No usucapião de bem imóvel é necessário que se faça a citação da pessoa em que o nome se encontra registrado junto ao Registro de Imóveis e dos confrontantes do imóvel. No usucapião de bem móvel é necessário também a citação da pessoa que era proprietária do bem, bem como os anteriores proprietários (os mais antigos), este(s) como terceiro(s) interessado(s).
    Quando não se tem conhecimento ou não se possa localizar, nem a pessoa que era proprietária do bem, nem os anteriores proprietários, far-se-á a citação por edital.
    Conclui-se então, que para o processamento junto ao Juizado Especial Cível, sempre será necessário individualizar o réu e os terceiro(s) interessado(s).
    III – Da Intervenção do Ministério Público
    No meu humilde ponto de vista, não existe necessidade da intervenção do Ministério Público nas ações de usucapião de bem móvel.
    Em primeiro lugar, não está incluído nos incisos do art. 82 do Código de Processo Civil, a necessidade da sua intervenção, uma vez que tal artigo tem interpretação taxativa.
    Em segundo lugar, não se aplica também o art. 83 e seus incisos do Código de Processo Civil, uma vez que o art. 944 do mesmo diploma legal apenas se refere ao usucapião de terras particulares, não podendo, porém, fazer a sua aplicação subsidiária ao usucapião de bem móvel, uma vez que mesmo que parecidos os procedimentos, o usucapião de bem móvel não tem procedimento específico junto ao Código de Processo Civil.
    IV – Dos Requisitos
    ORLANDO GOMES, ao discorrer sobre o usucapião, aponta uma série de requisitos necessários para a sua ocorrência, classificando-os em: pessoais, reais e formais.(Direitos Reais. Rio de Janeiro: Forense, 10ª ed., 2ª tiragem. 1991, p.154).
    São os requisitos pessoais “as exigências em relação à pessoa do possuidor que quer adquirir a coisa por usucapião e do proprietário que, em conseqüência, vem a perdê-la”. Deve o adquirente, portanto, ser capaz e ter qualidade para adquirir por este modo.
    Requisitos reais. “Concernem às coisas e direitos suscetíveis de serem usucapidos”. Bens públicos, por exemplo, não podem ser adquiridos por usucapião.
    Requisitos formais. “Compreendem os elementos característicos do instituto, que lhe dão fisionomia própria”. No caso em apreço (usucapião de coisa móvel), os requisitos formais são os seguintes: a) posse, a qual deve ser exercida com animus domini, mansa e pacificamente, contínua e publicamente; b) o lapso de tempo1.
    V – Do Usucapião de Automóvel
    Existem particularidades a serem esclarecidas ao usucapir um automóvel. A primeira é com relação da existência posse, boa-fé e justo título2 (documento de propriedade), requisito que está implícito no art. 618 do Código Civil, pois o art. 619 do mesmo diploma legal, descreve que poderá usucapir o bem móvel independente de título ou boa-fé.
    Então a dúvida paira; deve-se usucapir o automóvel com três ou com cinco anos. É de se analisar as circunstâncias que levaram a necessidade de usucapir o automóvel.
    Daremos um exemplo prático. Fulano adquire um automóvel, vai ao Detran para proceder a transferência. Neste momento, não se constatou nenhuma irregularidade com o veículo. Fulano adquiriu o título(documento) de propriedade e mantém consigo, com animus domini, a posse do automóvel pelo período de três anos com boa-fé e justo título e ao vendê-lo a Beltrano, o Detran constata irregularidade na numeração do chassi. O Detran informará a Delegacia de Polícia, que após a realização da perícia, tentará localizar o verdadeiro proprietário. Fulano poderá usucapir o automóvel, regulariza-lo junto ao Detran e vendê-lo sem problema algum, pois os requisitos necessários foram atendidos, o período exigido pela lei foi cumprido e não houve oposição por nenhuma pessoa durante este tempo.
    Outro exemplo. Fulano adquire um automóvel. Não o transfere junto ao Detran e possui com animus domini, pelo período de cinco anos. O carro é produto de furto ou de roubo. Não existe problema algum, pois o art. 619 do Código Civil diz que Fulano poderá usucapir o bem móvel independente de título e boa-fé.
    Neste sentido citamos a jurisprudência pátria:
    USUCAPIÃO DE COISA MÓVEL – Automóvel furtado. Reconhece-se usucapião extraordinário pela posse superior a cinco anos, mesmo que o primeiro adquirente conhecesse o vitium furti. "O ladrão pode usucapir; o terceiro usucape, de boa ou má-fé, a coisa furtada" (Pontes de Miranda). Sentença confirmada. (TARS – AC 190.012.799 – 4ª C – Rel. Ernani Graeff – J. 17.05.1990) (RJ 160/90). 3
    Tirando-se por norte tais parâmetros, é evidente que se admite que o ladrão pode adquirir por usucapião o bem móvel furtado ou roubado.
    É de se ressaltar que no usucapião de automóvel, obrigatório se faz, certidão do histórico do automóvel usucapiendo, que deve ser providenciado junto ao Detran, para que se possa localizar o possível proprietário, bem como o(s) terceiro(s) interessado(s).
    Notas
    1 Extraído de Sentença proferida na Ação de Usucapião de Coisa Móvel(Autos n.º 309/00), onde tem por requerente Salvino Camilo Monteiro, prolatada pelo Meritíssimo Juiz Doutor Horácio Ribas Teixeira, titular da 2ª Vara Cível da Comarca de Umuarama, Estado do Paraná.
    2 RODRIGUES, Silvio – Direito Civil Volume 5 – Direito das Coisas, São Paulo, Editora Saraiva, 24ª ed., 1997, p.187.
    3 Jurisprudência n.º 202028, obtida junto ao CD ROM Juris Síntese.
    FONTE: http://www.ambito-juridico.com.br/si...artigo_id=5289

  6. #6
    Usuário Avatar de Rodrigo Baratti
    Entrada
    19/06/2005
    Local
    Jundiaí/SP
    Idade
    45
    Posts
    4,128
    Agradecimentos: 18
    Vava,
    Na teoria beleza, tem que ver se na pratica vai funcionar.
    Esse país é dificil, qdo fui regularizar a F1000 diesel os delegados simplesmente ignoravam a lei e não autorizavam.

    Mas tem que tentar, na pior das hipóteses comprar um chassi com doc's, ou só os doc's.

    []'s

  7. #7
    Usuário Avatar de vavarusso
    Entrada
    01/06/2011
    Local
    JUAZEIRO/BA
    Idade
    49
    Posts
    2,401
    Agradecimento: 1
    Citação Postado originalmente por Rodrigo Baratti Ver Post
    Vava,
    Na teoria beleza, tem que ver se na pratica vai funcionar.
    Esse país é dificil, qdo fui regularizar a F1000 diesel os delegados simplesmente ignoravam a lei e não autorizavam.

    Mas tem que tentar, na pior das hipóteses comprar um chassi com doc's, ou só os doc's.

    []'s
    É isso mesmo Rodrigo. Minha dúvida é se começo o processo apresentando o documento que tenho, de 1980, ou se começo como se nao tivesse nada. (??????) Já que mudei cor, motor, cambio......

  8. #8
    Usuário Avatar de Rodrigo Baratti
    Entrada
    19/06/2005
    Local
    Jundiaí/SP
    Idade
    45
    Posts
    4,128
    Agradecimentos: 18
    Isso já é dificil de responder, vai de acada um.

    Mas vc poderia começar avaliando os custos de cada caminho e se o cabra ainda está vivo.

  9. #9
    Usuário Avatar de Leonardo Raffi
    Entrada
    07/04/2005
    Local
    Pelotas/RS
    Idade
    56
    Posts
    1,499
    Agradecimentos: 2
    procura na internetedespachante decio galvao ai em sao paulo no airro campos eliseos

  10. #10
    Usuário Avatar de vavarusso
    Entrada
    01/06/2011
    Local
    JUAZEIRO/BA
    Idade
    49
    Posts
    2,401
    Agradecimento: 1
    Bom dia pessoal, olha eu aqui de novo. Fiz uma busca sobre o "proprietário" do Jeep e descobri que nao está mais entre nós. Diante disso decidi entrar com o usucapião de bens móveis. Obs. nao encontrei despachantes com disposição para pegar a causa. As Novidades postarei aqui para servir de parâmetro.

  11. #11
    Usuário Avatar de matrakaum
    Entrada
    14/04/2008
    Local
    Barueri/SP
    Idade
    40
    Posts
    1,587
    Agradecimentos: 0
    Vavá,
    Vá logo procurar um Adevogado! - Se este bem estiver arrolado em algum processo de inventário a coisa pode complicar, embora carros podem ser retirados do inventário antes do término do mesmo, pois, perdem valor muito rápido. De qualquer forma, acredito que vc. só deva mexer com isto junto de um devogado.
    Vai que os "herdeiros" cresçam os olhos.

  12. #12
    Usuário Avatar de vavarusso
    Entrada
    01/06/2011
    Local
    JUAZEIRO/BA
    Idade
    49
    Posts
    2,401
    Agradecimento: 1
    Citação Postado originalmente por matrakaum Ver Post
    Vavá,
    Vá logo procurar um Adevogado! - Se este bem estiver arrolado em algum processo de inventário a coisa pode complicar, embora carros podem ser retirados do inventário antes do término do mesmo, pois, perdem valor muito rápido. De qualquer forma, acredito que vc. só deva mexer com isto junto de um devogado.
    Vai que os "herdeiros" cresçam os olhos.
    É bem assim mesmo. Por isso que já procurei um advogado e já estou juntando as provas temporais. Interessante que aqui entre tantos usuários parece que ninguém fez uso dese direito. Valeu!

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. Dúvidas sobre como regularizar o motor de um Jeep Willys
    Por Priscila Pinheiro no fórum Jeep Willys
    Respostas: 16
    Última resposta: 08/08/2015, 19:17
  2. documentos jeep
    Por Vanderlei no fórum Jeep Willys
    Respostas: 4
    Última resposta: 05/06/2009, 22:19
  3. Documentos JEEP CJ
    Por elcio no fórum Compram-se Peças e Acessórios
    Respostas: 4
    Última resposta: 15/07/2008, 22:02
  4. DOCUMENTOS JEEP
    Por flavitec no fórum Vendem-se Peças e Acessórios
    Respostas: 0
    Última resposta: 05/01/2006, 13:35

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado