x
Convex Datacenter
Página 5 de 10 PrimeiroPrimeiro 12345678910 ÚltimoÚltimo
Resultados 49 a 60 de 119
  1. #49
    Usuário Avatar de Aristides Jr
    Entrada
    06/07/2009
    Local
    Campinas/SP
    Posts
    583
    Agradecimentos: 17



    Olá Capt Gottlieb!

    Tô gostando muito de acompanhar a evolução do Onça!

    Venho reiterar o convite:- Na manhã do dia 29 deste mês de setembro, vai acontecer o encontros de carros antigos em Paulínia.
    O mais bacana é que desta vez o homenageado é o Jeep.

    Aproveite a oportunidade de ver outros Jeeps e principalmente ter contato com pessoas que realmente gostam de seus carros antigos.

    Abraço Aristides Júnior

  2. #50
    Usuário Avatar de fabriciosimonini
    Entrada
    10/11/2010
    Local
    Brotas./SP
    Idade
    42
    Posts
    223
    Agradecimentos: 9
    Capt. Gottlieb.

    Primeiramente parabéns pelo Jipão (Onça), está ficando muito bom! depois de fazer os reparos necessários (retentor da reduzida, troca de fluidos, engraxamento geral, registro p/ cortar a alimentação de diesel ao motor, cadeado no capô, parte elétrica do motor de partida, para-choque, para-lama, bomba injetora $$$$$ e turbo parece que o Onça está pronto para enfrentar os desafios do off road, bem como, as viagens de final de semana por rodovias asfaltadas que também são muito prazerosas!

    A malha térmica no escapamento ajuda a proteger bem os componente periféricos do calor, além de favorecer o fluxo dos gases de escape pelo fato de manter o calor concentrado dentro do tubo. Já cheguei a usar a malha térmica no meu escape, eu mesmo que instalei, fiquei com a mão coçando uns 3 (três) dias, a dica é colocar ela molhada para ficar mais fácil de se trabalhar e não ficar com as mãos coçando depois ou usar luvas para se fazer a instalação.

    Obs: coloque o link do tópico na sua assinatura, assim fica mais fácil para os usuários do fórum conhecerem o Onça!

    [ ]'s.

  3. #51
    Usuário Avatar de CAPT GOTTLIEB
    Entrada
    05/12/2013
    Local
    AMPARO/SP
    Idade
    73
    Posts
    672
    Agradecimentos: 16
    Fabrício, muito obrigado pelas palavras de incentivo. Mas o seu trabalho no seu Willys também está uma maravilha.
    Vou colocar a link na minha assinatura. Boa ideia.
    Muito obrigado.
    VW-BAJA 1600 (8x33); VW-GAIOLA 1600 (8x35); JIPÃO BAND 1983;
    https://www.4x4brasil.com.br/forum/f...ao-o-onca.html

  4. #52
    Usuário Avatar de CAPT GOTTLIEB
    Entrada
    05/12/2013
    Local
    AMPARO/SP
    Idade
    73
    Posts
    672
    Agradecimentos: 16
    Citação Postado originalmente por Aristides Jr Ver Post
    Olá Capt Gottlieb!

    Tô gostando muito de acompanhar a evolução do Onça!

    Venho reiterar o convite:- Na manhã do dia 29 deste mês de setembro, vai acontecer o encontros de carros antigos em Paulínia.
    O mais bacana é que desta vez o homenageado é o Jeep.

    Aproveite a oportunidade de ver outros Jeeps e principalmente ter contato com pessoas que realmente gostam de seus carros antigos.

    Abraço Aristides Júnior
    Aristides, agradeço o convite, mas estou recebendo parentes aqui na chácara e ainda não será desta vez.
    Abs,
    VW-BAJA 1600 (8x33); VW-GAIOLA 1600 (8x35); JIPÃO BAND 1983;
    https://www.4x4brasil.com.br/forum/f...ao-o-onca.html

  5. #53
    Usuário Avatar de CAPT GOTTLIEB
    Entrada
    05/12/2013
    Local
    AMPARO/SP
    Idade
    73
    Posts
    672
    Agradecimentos: 16
    Citação Postado originalmente por fabriciosimonini Ver Post
    Capt. Gottlieb.

    Primeiramente parabéns pelo Jipão (Onça), está ficando muito bom! depois de fazer os reparos necessários (retentor da reduzida, troca de fluidos, engraxamento geral, registro p/ cortar a alimentação de diesel ao motor, cadeado no capô, parte elétrica do motor de partida, para-choque, para-lama, bomba injetora $$$$$ e turbo parece que o Onça está pronto para enfrentar os desafios do off road, bem como, as viagens de final de semana por rodovias asfaltadas que também são muito prazerosas!

    A malha térmica no escapamento ajuda a proteger bem os componente periféricos do calor, além de favorecer o fluxo dos gases de escape pelo fato de manter o calor concentrado dentro do tubo. Já cheguei a usar a malha térmica no meu escape, eu mesmo que instalei, fiquei com a mão coçando uns 3 (três) dias, a dica é colocar ela molhada para ficar mais fácil de se trabalhar e não ficar com as mãos coçando depois ou usar luvas para se fazer a instalação.

    Obs: coloque o link do tópico na sua assinatura, assim fica mais fácil para os usuários do fórum conhecerem o Onça!

    [ ]'s.
    Fabrício, nesta foto abaixo é de um Jeep Willys 1968 (Ford) quase idêntica ao Jeep que possuí nos anos 80. A diferença está apenas nas rodas e pneus, que no meu eram originais. Quem me vendeu o usava num sítio e instalou um aparelho (Rodagás) para usar o GLP como combustível, pois o gás de cozinha era bastante subsidiado. Mas eu retirei a engenhoca porque era ilegal. Fiz bons passeios com ele, principalmente nos fins de semana e levando a família. Depois que 4 anos recebi uma oferta generosa para vender o Jeep e acabei comprando um VW Buggy. A capota era de lona, cor preta e o Jeep era totalmente branco. Tinha câmbio de 3 marchas sincronizadas, 4x2, 4x4 e reduzida. Rodava muito bem, tanto na terra como no asfalto.

    Comparando-se com o Jipe Toyota Bandeirante 1968 percebia-se que o nipônico era mais caro, mais pesado, tinha um motor diesel Mercedes-Benz com torque bem mais elevado, porém menor velocidade. Além disso o Willys tinha 4x4 e reduzida e o Toyota apenas 4x4 e câmbio de 4 marchas, sendo a 1ª Trator (sem reduzida). Enfim, os dois Jipes eram concorrentes, mas geralmente usados em funções diferentes.

    Mas deixando-se de lado disputas e comparações, de dois jipes ótimos, porém bastante diferentes eu gosto sempre de lembrar que TODOS os jipes, antigos e modernos, são derivados do primeiro JEEP, fabricado em 1940-41 pelas montadoras norte-americanas Bantam, Willys e Ford. E toda vez que um Jipe se distancia desta origem acaba virando um carro de passeio ou SUV com tração 4x4.

    O retorno do JIPÃO (O ONÇA)-jeep-willys-1968-pp.jpg Um exemplar quase igual ao meu saudoso Jeep Willys 1968

    O retorno do JIPÃO (O ONÇA)-jeep-heart-1.jpg

    Esta figura diz tudo. Jipe é sempre Jipe. Diesel ou gasolina, pouco importa! Jipe é o máximo! Muito legal!
    VW-BAJA 1600 (8x33); VW-GAIOLA 1600 (8x35); JIPÃO BAND 1983;
    https://www.4x4brasil.com.br/forum/f...ao-o-onca.html

  6. #54
    Usuário Avatar de fabriciosimonini
    Entrada
    10/11/2010
    Local
    Brotas./SP
    Idade
    42
    Posts
    223
    Agradecimentos: 9
    Capt. Gottlieb.

    O jeep Willys CJ3, CJ3-b e CJ5 foram concebidos para serem usados na 2ª. Guerra mundial, restrito aos militares, foi projetado para ser curto, estreito e "econômico" para os padrões da época e com uma suspensão resistente, diga-se dura, estas caracteristicas eram necessárias para o transporte aéreo e após, serem lançados com para-quedas, precisavam chegar aos solo intactos e funcionais, estando aptos para entrar e sair de qualquer lugar, levando 4 soldados, mais equipamento bélico. Não foi feito para ser confortável, a direção era mecânica, sem servo-freio, entre eixos curto, bancos com pouquíssima espuma recobertos com lona e, como dito, suspensão dura composta por feixes de mola nas 4 rodas.

    Após o fim da guerra os civis se enteressaram pelo emblemático Jeep, e de lá pra cá, nós o submetemos a uma série de melhorias: direção hidráulica, servo-freio, discos nas rodas dianteiras, ou nas 4 rodas (meu caso), uso dos diferenciais da Rural/F-75 que são mais largos que os originais, ou uso de alargadores de roda, motores mais "atuais" como os Gm 250 e 151, VW AP, feixes de mola do Toyota Bandeirante, amortecedores a gás GL12343 da Ford Ranger e por ai vai....

    Mesmo após todas estas melhorias, de revirar o estômago dos puristas, nada da contra!, todos tem o meu profundo respeito, a "alma" do Jeep continua lá! um veículo versátil para todo tipo de terreno capaz de entrar e sair de qualquer lugar, anda na terra, lama e asfalto, neste último caso sem muita desenvoltura devido à relação curta do diferencial, característica necessári no front. e por fim agradáveis passeios com a família nos finais de semana, tudo isso sem perder a sua essência e acabar se tornando um SUV.

    Os motores movidos à diesel ou gasolina, tem suas vantagens e desvantagens que são suas características próprias: O diesel tem muito mais torque, que chega em uma rotação mais baixa, em torno de 1600RPM e menos Cvs. à sua rotação máxima, mais agradável de ser guiado em baixas velocidades demorando um pouco mais para atingir sua velocidade final, já a gasolina proporciona menos torque em baixas rotações e mais giro, é um motor mais "solto" atingindo-se a velocidade final com um pouco mais desenvoltura, como dito, cada um com suas características particulares.

    Nos anos 70/80 era comum o uso de GLP, popular gás de cozinha nos utilitários e até em carros de passeio, devido ao citado subsídio do governo que permitia ser mais vantajoso economicamento que o uso da gasolina, mesmo sendo proíbido pelo CTB na esfera administrativa e crime contra e economia popular na esfera criminal, até hoje em lugares remotos o GLP é usado como combustível, nem tanto pela "economia" mas sim pela distância até o posto de gasolina mais próximo. O uso do rodagás era um "luxo", a maioria simplesmente retirava a mola do registro do bujão, colocava um registro para regular a mistura no interior do veículo e ligava a mangueira de saída de gás na entrada do carburador, dava para sentir o cheiro de gás a um quarteirão de distância...hoje em dia, acho que hipotéticamente rodar com gás de cozinha, além de ser proibido dá prejuizo, levando-se em conta o preço do bujão, além de ser pouco saudável ao motor.

    Mais uma vez Parabéns pela forma como tem se dedicado ao Onça, não deixe de nos atualizar sobre o andamento dos trabalhos, tenho certeza que com o link do tópico na assinatura mais pessoas irão conhecê-lo!

    [ ]'s.

  7. #55
    Usuário Avatar de CAPT GOTTLIEB
    Entrada
    05/12/2013
    Local
    AMPARO/SP
    Idade
    73
    Posts
    672
    Agradecimentos: 16
    Fabrício, você falou e disse! Parabéns!
    Obrigado,
    O retorno do JIPÃO (O ONÇA)-navy-salute-1c.jpg
    VW-BAJA 1600 (8x33); VW-GAIOLA 1600 (8x35); JIPÃO BAND 1983;
    https://www.4x4brasil.com.br/forum/f...ao-o-onca.html

  8. #56
    Usuário Avatar de CAPT GOTTLIEB
    Entrada
    05/12/2013
    Local
    AMPARO/SP
    Idade
    73
    Posts
    672
    Agradecimentos: 16
    Hoje, 29 de Setembro de 2019, Domingo, fiz um teste com meu ONÇA, pois pretendo alongar os diferenciais, trocando a relação coroa/pinhão 10x37 (original) pela 11x35, menos curta. Isto só deverá acontecer daqui dois meses e acredito que o JIPÃO perderá um pouco a força descomunal, porém ganhará uma velocidade de 80-100 Km/h na pista, sem urros e berros, da transmissão e do motor.
    Jipe Toyota Bandeirante 1983 (o ONÇA)
    motor OM314; turbina APL 240 .42.48 (sem intercooler)
    coroa/pinhão atual 10x37
    câmbio 4M com Reduzida; tração 4x2 e 4x4 OK
    Pneus 6.50/16; rodas aro 16 tala 7"

    O teste foi feito numa subida bastante íngreme num bairro próximo de minha casa (Amparo - SP). Um carro comum pode iniciar a subida em segunda marcha, mas jamais será possível engatar a terceira marcha. Próximo do topo a segunda marcha vai pedir penico e será necessário engatar a primeira velocidade para completar a subida.
    O ONÇA virou a esquina já em segunda marcha, deu uma esticada e foi possível engatar a terceira marcha com sucesso. Mas a inclinação aumentou ainda mais e próximo ao topo foi necessário retornar para segunda marcha e concluir a escalada tranquilamente. Sem dúvida o ONÇA tem uma força descomunal.
    Espero repetir o teste no mesmo local daqui dois meses, com diferenciais 11x35. Certamente o ONÇA deixará de ter uma força descomunal e se transformará apenas num JIPÃO forte. Aguardemos.

    VW-BAJA 1600 (8x33); VW-GAIOLA 1600 (8x35); JIPÃO BAND 1983;
    https://www.4x4brasil.com.br/forum/f...ao-o-onca.html

  9. #57
    Usuário Avatar de CAPT GOTTLIEB
    Entrada
    05/12/2013
    Local
    AMPARO/SP
    Idade
    73
    Posts
    672
    Agradecimentos: 16
    JIPÃO Toyota Bandeirante 1983 na pista, na subida da Fazenda Atalaia, na rodovia Amparo-Itapira. Iniciamos a subida a pouco mais de 80 Km/h, porém como a transmissão é muito reduzida o motor OM314 turbo (.42.48) começa a berrar e a transmissão urra fazendo coro! O câmbio tem 4M sincronizado, tração 4x2, 4x4 e Reduzida. Relação coroa/pinhão 10x37 (original). Devido ao turbo o motor cai pouco de giro e o ONÇA chega ao topo a 70 Km/h, em 4ª marcha, sem problemas, exceto o barulho. Acreditamos que urros e berros poderão ser aplacados com a troca da coroa e pinhão dos dois diferenciais por uma relação menos curta, 11x35. Talvez em Novembro. Aguardemos.

    4X4 Brasil
    VW-BAJA 1600 (8x33); VW-GAIOLA 1600 (8x35); JIPÃO BAND 1983;
    https://www.4x4brasil.com.br/forum/f...ao-o-onca.html

  10. #58
    Usuário Avatar de Aristides Jr
    Entrada
    06/07/2009
    Local
    Campinas/SP
    Posts
    583
    Agradecimentos: 17
    Olá Capitão!

    É muito bom ter uma subida para conhecer a capacidade do Jipão!

    Tenho um trecho longo aqui perto de casa, Que é o limite do meu Jeep, se ele não conseguir subir em 3a. (meu jeep são 3 marchas) tem alguma coisa que não está bem.

    Abraço Aristides Júnior

  11. #59
    Usuário Avatar de fabriciosimonini
    Entrada
    10/11/2010
    Local
    Brotas./SP
    Idade
    42
    Posts
    223
    Agradecimentos: 9
    Capt. Gottlieb.

    Acredito que a reação 35x11= 3.18 ficará muito boa em relação a atual 37x10=3.70, um pouco mais longa, segue a baixo um vídeo onde um proprietário de Toy. Band. fez esta mudança em seu veículo e ficou muito satisfeito com o alongamento da relação, o câmbio também é de 4 marchas, sendo que arrancava sempre na 2ª marcha pelo fato de a 1ª. ser muito reduzida e com a troca do pinhão e corôa passou a utilizar as 4 marchas normalmente.

    O motor OM 314 que equipou o o caminhão D-608 foi concebido para carregar 6 toneladas de carga, e o Toy. Band. é bem mais leve que isso, portanto, este pequeno alongamento da relação não fará diferença para o motor, com o benefício de andar com um pouco menos de RPM tanto na Cidade quanto no Asfalto.

    Eu não encontrei a relação das marchas deste câmbio, mas sendo o mesmo utilizado no D-608 (assim acredito) a 1ª. marcha deve ser bem reduzida algo em torno de 6x1 como na maioria dos caminhões e há a possibilidade da 4ª marcha não ser 1x1, pode ser mais curta, o que aumenta a vibração e barulho em velocidade final e com o alongamento da relação o Jeep provavelmente vai andar na pista com velocidade próxima de 100Km/h com rotação também aproximada de 3000 RPM, portanto, dá para saber de antemão, antes da troca de corôa e pinhão qual vai ser o seu nível de ruído, basta andar na estrada em 4ª marcha a 3000 RPM, mesmo sabendo que a velocidade será um pouco menor, mas o nível de ruído será o mesmo!



    Em relação ao nível de ruído do conjunto da transmissão, acredito que seja proveniente da caixa de tração pelo fato de no seu carretel intermediário fazer uso de rolamento de agulha "reto" em vez do rolamento cônico que diminui o atrito produzindo menos ruído. Esta adaptação é muito comum no Jeep Willys, trocando-se os roletes do carretel intermediário (pino chorão) por um pino com dois rolamentos cônicos. Quando fiz esta adaptação notei que o nivel de ruído da caixa de tração diminuiu bastante e o Jeep ficou mais solto, mais agradável de se guiar dá para esticar mais as marchas sem esgoelar a caixa de tração, então, por analogia tal adaptação na caixa de tração do Toy. Band. trará os mesmos benefícios. Segue abaixo um vídeo de uma empresa que fez esta adaptação.



    O Fato do Onça ter capota de lona também influencia o nível de ruído que chega aos ouvidos do condutor, o Jeep com carroceria "fechada" ajuda a atenuar um pouco o barulho que vem do motor e do escapamento, portanto, quanto a este fato não há muito o que se fazer, a não ser o uso de um bom "silencioso" intermediário e outro na saída do escape!

    [ ]'s.

  12. #60
    Usuário Avatar de CAPT GOTTLIEB
    Entrada
    05/12/2013
    Local
    AMPARO/SP
    Idade
    73
    Posts
    672
    Agradecimentos: 16
    Fabrício já conheço este vídeo. Ele mostra um alongamento num Jipe Toyota Bandeirante com câmbio seco. A diferença entre câmbio seco 4M e câmbio sincronizado 4M é muito grande. O Jipe com câmbio seco 4M se comporta como um JIPE com câmbio de 3 marchas, (2ª, 3ª e 4ª) normalmente usadas e a 1ª marcha (TRATOR) só é usada excepcionalmente para um serviço muito pesado ou uma ladeira muito íngreme. Então a 1ª marcha funciona como se fosse uma "reduzida disfarçada". Além disso o câmbio seco só permite tração 4x2 e 4x4, pois não tem reduzida verdadeira. Era a grande desvantagem dos Bandeirantes em relação aos Jeeps Willys. Neste vídeo o Jipe em questão deixou de ter a 1ª marcha TRATOR, que se transformou de "reduzida disfarçada" em uma 1ª marcha normal do Jipe. Então a "reduzida disfarçada" acabou!!! Na cidade e trilhas leves vai tudo bem, mas num trabalho mais pesado vai faltar câmbio. Sinceramente eu achei uma má idéia alongar JIPÃO com câmbio seco. O ideal era trocar por um câmbio 4M sincronizado e alongar. Preserva-se assim a reduzida verdadeira que numa exigência de força ainda tem câmbio + T-case de sobra.

    Relações do câmbio 4 marchas seco (Jipe Band):
    1ª marcha - 5,41 : 1 (TRATOR)
    2ª marcha - 3,12 : 1
    3ª marcha - 1,77 : 1 (sincronizada)
    4ª marcha - 1,00 : 1 (sincronizada)
    Ré - 5,44 : 1
    Obs.: nos Jipes Band mais antigos a relação do diferencial era 9x37 e depois ficou 10x37. Esta relação 9x7 voltaria a ser usada nos Jipes Band mais modernos usando motor Toyota 14B, para compensar a perda de torque em baixa rotação.

    Relação do câmbio 4 marchas sincronizado (Jipe Band):
    1ª marcha - 4,92 : 1
    2ª marcha - 2,64 : 1
    3ª marcha - 1,52 : 1
    4ª marcha - 1,00 : 1

    Relação do câmbio 5 marchas (Jipe Band):
    1ª marcha - 4,92 : 1
    2ª marcha - 2,64 : 1
    3ª marcha - 1,52 : 1
    4ª marcha - 1,00 : 1
    5ª marcha - 0,86 : 1

    T-case (transfer case)Sem a reduzida acionada a transmissão é 1:1.Com a reduzida acionada a transmissão do eixo entalhado para T-case e cardãs é de 1 : 1,992.

    Nota:
    1-) Não consegui encontrar a relação de marchas do câmbio do caminhão Mercedes-Benz 608-D, mas fiz uma descoberta parcial. Tem 5 marchas sincronizadas + Ré. A 1ª Marcha é 1:7,31 e a relação coroa/pinhão é 4,3. Os pneus originais são 7-50/16 e a velocidade máxima na 5ª marcha é de 92 Km/h (certamente menor que 1:1).

    2-) Alongando diferencial em Jipe Band com câmbio sincronizado tem-se o recurso da reduzida. Então se precisar é só engatar 4x4 e reduzida e a 1ª marcha fica com a relação 1:9,8 (com diferencial original 10x37) ou 1:8,32 (com diferencial 11x35). Sobra força.

    3-)
    Câmbio 4 M sincronizado com relação C/P 11x35 equivale a 10x37 com esta caixa de câmbio:
    1ª marcha - 4,18 : 1
    2ª marcha - 2,24 : 1
    3ª marcha - 1,29 : 1
    4ª marcha – 0,85 : 1 (é a relação da 5ªMarcha)

    4-) O câmbio do caminhão Mercedes-Benz 608-D, mesmo com 5 marchas sincronizadas é bem mais "curto" que os câmbios usados pelos Jipes Band...mas não existe reduzida. A 1ª marcha do caminhão é 1:7,1 e a do Jipe é 1:4,92. Mas se for engatada a reduzida a 1ª marcha do Jipe passa a ser 1:9,8.


    4X4 Brasil
    VW-BAJA 1600 (8x33); VW-GAIOLA 1600 (8x35); JIPÃO BAND 1983;
    https://www.4x4brasil.com.br/forum/f...ao-o-onca.html

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 2 usuários navegando neste tópico. (1 registrados e 1 visitantes)

  1. fabriciosimonini

Tópicos Similares

  1. Envemo Camper 4X4 94 4.1 "Onça"
    Por Caio no fórum Frota 4x4 Brasil
    Respostas: 64
    Última resposta: 15/06/2018, 13:25
  2. CJ5 79 azul - "Jipão"
    Por folgado no fórum Frota 4x4 Brasil
    Respostas: 1623
    Última resposta: 15/02/2012, 11:49
  3. Lumiar - Toca da Onça - GPS
    Por itamar.vieira no fórum Relatos de Viagem
    Respostas: 0
    Última resposta: 04/10/2007, 17:57
  4. amortecedor "o retorno!"
    Por Ismar Leal Machado no fórum Suzuki
    Respostas: 24
    Última resposta: 15/08/2007, 15:16
  5. ::2a Trilha da Dona Onça :: 02/07/05 ::: Agora VAIII !!!
    Por Eduardo Merege no fórum Trilhas
    Respostas: 50
    Última resposta: 08/07/2005, 14:36

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado