x
Convex Datacenter
Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
Resultados 13 a 20 de 20
  1. #13
    Anunciante
    Entrada
    24/01/2014
    Local
    Biguaçu/SC
    Idade
    56
    Posts
    8
    Agradecimento: 1



    Prezados assinantes do fórum 4x4 , aqui é o Luis Haas da Offlimits / Offshox . Estou dando uma passada nos tópicos referentes aos nossos amortecedores e venho compartilhar uma noticia de Janeiro deste ano ( 2019 ) , onde trocamos todo nosso sistema de vedação dos amortecedores . De lá para cá já foram mais de 2 mil amortecedores para o mercado , sem incidencia de vazamento . Segue :

    "A engenharia da OffShox está colhendo os frutos de um intenso processo de aperfeiçoamento com o desafio de deixar os amortecedores OffShox ainda melhores. O feito é o desenvolvimento do novo sistema de guia, mais simples, resistente e acessível, e que inaugura uma nova geração OffShox.
    .
    Graças à evolução de materiais e a padronização dos processos de fabricação, foi possível reduzir o tempo de produção, montagem e custo.

    .
    Para se ter uma ideia, o novo sistema de guia, tem menos peças e provou ser ainda mais resistente em todos os testes. E para chegar no alto nível tecnológico dos anéis, vedações e retentores, foi fundamental contar com a parceria de líderes mundiais em fornecimento de componentes de alta tecnologia para a indústria automobilística: a Sabó, a Parker e a Freudenberg.

    .
    Os amortecedores OffShox, sempre foram testados em laboratório, antes de serem comercializados. E o novo sistema de guia também passou por rigorosos testes, primeiro internamente, e depois pela SGS, laboratório de verificação que é referência mundial em qualidade e integridade, e certificadora do INMETRO. Na SGS, os amortecedores passaram pelo ensaio de durabilidade.
    .
    O resultado, tecnicamente, foi que não houve vazamento de óleo com o amortecedor trabalhando até 3,5 milhões de ciclos numa temperatura de 110°C. Ou seja, os amortecedores resistiram o que corresponde a um uso de 80 mil km, trabalhando a uma temperatura 30º C mais alta do que os 80º C exigidos pela norma da ABNT 13308/2014, que prescreve os testes de durabilidade de amortecedores automotivos.
    .
    Na prática, para os usuários, significa que na resistência ao aquecimento, o resultado supera ao esperado, garantindo que os amortecedores OffShox podem enfrentar condições extremas de temperatura, como numa prova de rally no Jalapão, por exemplo.
    .
    Já estávamos obtendo resultados positivos em suspensões para rally de alta performance, com alguns dos novos componentes sendo utilizados em amortecedores de clientes que participaram de grandes competições, como no Rally dos Sertões, e agora está amplamente confirmado. O novo sistema de guia passa a ser aplicado em toda a linha OffShox, amortecedores para suspensão original FX5, para suspensão off-road modificada da série FX7 e nos kits lift.
    .
    Para completar essa boa notícia, não podemos deixar de falar do custo. A solução é realmente eficiente, e significa que podemos melhorar o preço dos nossos amortecedores tornando-os mais acessíveis para todos, off-roaders praticantes ou não.
    .
    Quem ainda não tem OffShox, tem mais um bom motivo para ter. Estão cada vez melhores. E, quem já tem, vai poder fazer o upgrade dos seus OffShox transformando-os para o novo sistema na próxima revisão que fizer."

    Estamos a disposição dos assinantes sempre que precisarem.

  2. #14
    Usuário Avatar de RicardoFLN
    Entrada
    31/10/2014
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    41
    Posts
    413
    Agradecimentos: 20
    Citação Postado originalmente por luisofflimits Ver Post
    Prezados assinantes do fórum 4x4 , aqui é o Luis Haas da Offlimits / Offshox . Estou dando uma passada nos tópicos referentes aos nossos amortecedores e venho compartilhar uma noticia de Janeiro deste ano ( 2019 ) , onde trocamos todo nosso sistema de vedação dos amortecedores . De lá para cá já foram mais de 2 mil amortecedores para o mercado , sem incidencia de vazamento . Segue :

    "A engenharia da OffShox está colhendo os frutos de um intenso processo de aperfeiçoamento com o desafio de deixar os amortecedores OffShox ainda melhores. O feito é o desenvolvimento do novo sistema de guia, mais simples, resistente e acessível, e que inaugura uma nova geração OffShox.
    .
    Graças à evolução de materiais e a padronização dos processos de fabricação, foi possível reduzir o tempo de produção, montagem e custo.

    .
    Para se ter uma ideia, o novo sistema de guia, tem menos peças e provou ser ainda mais resistente em todos os testes. E para chegar no alto nível tecnológico dos anéis, vedações e retentores, foi fundamental contar com a parceria de líderes mundiais em fornecimento de componentes de alta tecnologia para a indústria automobilística: a Sabó, a Parker e a Freudenberg.

    .
    Os amortecedores OffShox, sempre foram testados em laboratório, antes de serem comercializados. E o novo sistema de guia também passou por rigorosos testes, primeiro internamente, e depois pela SGS, laboratório de verificação que é referência mundial em qualidade e integridade, e certificadora do INMETRO. Na SGS, os amortecedores passaram pelo ensaio de durabilidade.
    .
    O resultado, tecnicamente, foi que não houve vazamento de óleo com o amortecedor trabalhando até 3,5 milhões de ciclos numa temperatura de 110°C. Ou seja, os amortecedores resistiram o que corresponde a um uso de 80 mil km, trabalhando a uma temperatura 30º C mais alta do que os 80º C exigidos pela norma da ABNT 13308/2014, que prescreve os testes de durabilidade de amortecedores automotivos.
    .
    Na prática, para os usuários, significa que na resistência ao aquecimento, o resultado supera ao esperado, garantindo que os amortecedores OffShox podem enfrentar condições extremas de temperatura, como numa prova de rally no Jalapão, por exemplo.
    .
    Já estávamos obtendo resultados positivos em suspensões para rally de alta performance, com alguns dos novos componentes sendo utilizados em amortecedores de clientes que participaram de grandes competições, como no Rally dos Sertões, e agora está amplamente confirmado. O novo sistema de guia passa a ser aplicado em toda a linha OffShox, amortecedores para suspensão original FX5, para suspensão off-road modificada da série FX7 e nos kits lift.
    .
    Para completar essa boa notícia, não podemos deixar de falar do custo. A solução é realmente eficiente, e significa que podemos melhorar o preço dos nossos amortecedores tornando-os mais acessíveis para todos, off-roaders praticantes ou não.
    .
    Quem ainda não tem OffShox, tem mais um bom motivo para ter. Estão cada vez melhores. E, quem já tem, vai poder fazer o upgrade dos seus OffShox transformando-os para o novo sistema na próxima revisão que fizer."

    Estamos a disposição dos assinantes sempre que precisarem.
    Pois é, lembro de ter cotado o valor dos OffShox para minha velha Ranger uma vez, mas lendo justamente esse tópico, desisti na hora!
    Espero que realmente essas mudanças tenham sanado os problemas.
    As hastes dos amortecedores Offshox passam por processo de microfinishing (ou Superfinishing)?

    Sds.
    Ranger XL CE 4x4 Diesel 2000/2001

  3. #15
    Usuário Avatar de titanium
    Entrada
    16/07/2009
    Local
    ---/DF
    Posts
    3,509
    Agradecimentos: 52
    Citação Postado originalmente por luisofflimits Ver Post
    [...]

    onde trocamos todo nosso sistema de vedação dos amortecedores . De lá para cá já foram mais de 2 mil amortecedores para o mercado , sem incidencia de vazamento . Segue :

    [...]

    Para completar essa boa notícia, não podemos deixar de falar do custo. A solução é realmente eficiente, e significa que podemos melhorar o preço dos nossos amortecedores tornando-os mais acessíveis para todos, off-roaders praticantes ou não.

    [...]

    Quem ainda não tem OffShox, tem mais um bom motivo para ter. Estão cada vez melhores. E, quem já tem, vai poder fazer o upgrade dos seus OffShox transformando-os para o novo sistema na próxima revisão que fizer."
    Caro Luis,

    Gostaria de dar um feedback acerca de 3 pontos que considero fundamentais (Qualidade, Custo e necessidade de Revisão), destacados acima.

    Sobre a Qualidade: Nenhum produto "nasce" perfeito. São necessários anos e anos de aprimoramento para deixá-lo verdadeiramente confiável.

    Isso nos leva a falar de Custo.

    Não leve como uma crítica, mas como um retorno de um entusiasta que gostaria muito de usar um produto nacional com padrão de qualidade internacional e com custo acessível.
    Primeiramente não considero razoável um produto que ainda precisa de anos de aperfeiçoamento ser vendido num custo tão elevado.
    Sei que o "Custo Brasil" não favorece. Sei disso, mas há que se buscar soluções tanto em processos de trabalho, quanto em equipamentos, para se atingir patamares acessíveis em custo.

    De modo que quanto mais gente usar, mais feedback vocês terão e melhor se tornará o produto.
    Além disso, quanto mais gente usando, maior o lucro.

    No linguajar popular eu considero os amortecedores Offshocks caríssimos.
    Eles são "mais caros" do que amortecedores Bilstein, Rancho e até, em alguns casos, que os Old Man Emu (OME), se parar para analisar especialmente que esses ainda precisam ser importados (frete + impostos).

    Toco esse assunto por que penso que isso impede sobremaneira vocês atingirem a massa dos offroaders, que buscam qualidade e preço justo.

    A questão do custo se agrava pelo fato de o amortecedor demandar Manutenção (esse é o último ponto).
    Essa situação de que o amortecedor precisa ser removido (custo para o proprietário) e enviado (custo para o proprietário) para manutenção agrava demais o cenário e amplia ainda mais os custos, tornando ainda mais vantajosa a relação Custo x Benefício dos amortecedores internacionais (já conceituados) perante o de vocês.

    Eu gostaria de reiterar que faço essas considerações de modo respeitoso. Desejo de fato utilizar os produtos Offshocks no futuro, acaso sejam implementadas essas colocações.

    Abraço e parabéns por vir ao fórum comunicar-se diretamente com a comunidade.
    --
    Viajar é bom e necessário!

  4. #16
    Concordo plenamente com o Titanium.

    Adoraria usar um produto de primeiríssima linha, 100% nacional.
    Mas o modo de vocês trabalharem não ajuda.

    O Marketing é ótimo, dá vontade de comprar.

    Entrei em contato com vocês, faz +/- 1 ano, e fiquei absolutamente convencido de que o produto é bom, porém vieram os baldes d'água fria:

    1- Eu deveria fazer a manutenção anual.
    2- O preço, mais que o dobro do preço dos Ranchos que uso no meu Jeep.

    Nem precisa dizer meu desânimo...

    E parabéns ao Sr. Luis Haas, que veio aqui dar satisfação, é um ótimo sinal de respeito.
    Sabemos que não existe produto bom e barato, mas no nicho que estão querendo trabalhar, tem diversas opções mais em conta e sem dar o trabalho da garantia para o dono.

    Vão em frente, aqui tem um monte de jipeiros de verdade, sedentos por bons produtos.

    T+

  5. #17
    Usuário Avatar de Guilepam
    Entrada
    25/10/2015
    Local
    São Paulo/SP
    Posts
    44
    Agradecimentos: 3
    Citação Postado originalmente por Paulo André BR Ver Post
    Concordo plenamente com o Titanium.

    Adoraria usar um produto de primeiríssima linha, 100% nacional.
    Mas o modo de vocês trabalharem não ajuda.

    O Marketing é ótimo, dá vontade de comprar.

    Entrei em contato com vocês, faz +/- 1 ano, e fiquei absolutamente convencido de que o produto é bom, porém vieram os baldes d'água fria:

    1- Eu deveria fazer a manutenção anual.
    2- O preço, mais que o dobro do preço dos Ranchos que uso no meu Jeep.

    Nem precisa dizer meu desânimo...

    E parabéns ao Sr. Luis Haas, que veio aqui dar satisfação, é um ótimo sinal de respeito.
    Sabemos que não existe produto bom e barato, mas no nicho que estão querendo trabalhar, tem diversas opções mais em conta e sem dar o trabalho da garantia para o dono.

    Vão em frente, aqui tem um monte de jipeiros de verdade, sedentos por bons produtos.

    T+

    Já aviso que não recebo nenhum patrocínio da Off-Limits, vou deixar meu relato;

    Meu projeto é bem básico também um lift 1 1/5 que dentro das especificações do meu carro (Jimny) não sofreu grandes alterações.

    Tive um ótimo atendimento, recebi o produto em minha residência em menos de uma semana após compra fechada. No dia da instalação surgiu uma duvida e mesmo sendo após horário comercial o Luiz me atendeu prontamente.

    No meu caso o preço ficou muito próximo das opções importadas e como tive uma experiência ruim anterior resolvi dar uma chance ao Off-shox, mesmo lendo algumas reclamações na internet e aqui no fórum.

    Até o momento (10 meses de uso) só alegria, o carro ficou com um comportamento bem melhor tanto na terra quanto no asfalto, já que o Jimny original balança bastante e me incomodava muito. Ficou bem mais firme e parou de dar fim de curso quando a pancada era forte na suspensão.

    Meu modelo ainda não contempla a atualização de 2019 que eu espero fazer agora no fim do ano.

    Como sugestão eu gostaria que a manutenção fosse feita aqui em SP capital, se tivesse algum revendedor aonde vc iria deixava a peça antiga e saia com a nova, ter que deixar o carro no "estaleiro" é ruim. De resto só alegria...

    abs.
    Guilherme Vieira

  6. #18
    Anunciante
    Entrada
    24/01/2014
    Local
    Biguaçu/SC
    Idade
    56
    Posts
    8
    Agradecimento: 1
    Prezados Foristas ;

    Antes de mais nada, obrigado pelo feedback .
    Vou dividir a resposta em tópicos para tentar responder a todos .


    1. REPARABILIDADE : A meu ver isso deve ser visto como um benefício ,( apesar do problema de montar/desmontar / carro parado , etc. ) no sentido de que todo amortecedor tem uma vida útil ...e aí no final ou vc. troca ou repara ...essa é uma característica da tecnologia monotubo ,que é largamente usada em competições .Ao contrario do que foi dito, não há uma obrigatoriedade de revisão anual, e sim uma recomendação . Temos recebido amortecedores com 5 anos de uso funcionando perfeitamente.O custo de uma revisão fica próximo a 25% do valor do novo , e ao fazer a revisão o cliente ganha mais um ano de garantia. Maiores informações : https://offlimits.com.br/revisao
    2. PREÇO X CONCORRENCIA : Aqui precisamos separar o joio do trigo . Amortecedores importados , Rancho, OME,Ironman , Skyjacker , são fabricados com tecnologia bitubo , assim como os nacionais Cofap, Kayaba, Monroe . Amortecedores Bilstein , Fox , King , Ohlins , e os OffShox são monotubo . Sempre um amortecedor monotubo vai ser mais caro do que um bitubo , pois são feitos um a um com a liberdade de serem calibrados de acordo com a especificação do cliente . A diferença de performance é incomparável .Recentemente fizemos um teste-drive na Fenajeep com duas L200 e os participantes foram unanimes em comprovar a superioridade da tecnologia monotubo . Amortecedores Off-road OffShox.Nossos preços tiveram uma redução em janeiro e praticamos hoje o mesmo preço de dois anos atrás , graças a melhoria de processos , e negociação com fornecedores .Pela pesquisa que tenho nosso amortecedor custa mais barato que alguns bitubos e não mais que 20% acima de outros (importados ) , mas nunca o dobro do preço . Em relação aos importados há de se levar em consideração a garantia / manutenção , que é feita lá fora...
    3. HASTES: Nossas hastes são importadas da Itália e toda carga recebida vem junto um certificado onde consta a rugosidade , a espessura da camada de cromo , etc. Sobre esse acabamento preciso consultar a engenharia e retorno com a resposta .

    Finalizando , estamos sempre a disposição para esclarecer quaisquer dúvidas que venham surgir . Um abraço e boas trilhas no final de semana .

  7. #19
    Usuário Avatar de titanium
    Entrada
    16/07/2009
    Local
    ---/DF
    Posts
    3,509
    Agradecimentos: 52
    Citação Postado originalmente por luisofflimits Ver Post
    Prezados Foristas ;

    Antes de mais nada, obrigado pelo feedback .
    Vou dividir a resposta em tópicos para tentar responder a todos .


    1. REPARABILIDADE : A meu ver isso deve ser visto como um benefício ,( apesar do problema de montar/desmontar / carro parado , etc. ) no sentido de que todo amortecedor tem uma vida útil ...e aí no final ou vc. troca ou repara ...essa é uma característica da tecnologia monotubo ,que é largamente usada em competições .Ao contrario do que foi dito, não há uma obrigatoriedade de revisão anual, e sim uma recomendação . Temos recebido amortecedores com 5 anos de uso funcionando perfeitamente.O custo de uma revisão fica próximo a 25% do valor do novo , e ao fazer a revisão o cliente ganha mais um ano de garantia. Maiores informações : https://offlimits.com.br/revisao
    2. PREÇO X CONCORRENCIA : Aqui precisamos separar o joio do trigo . Amortecedores importados , Rancho, OME,Ironman , Skyjacker , são fabricados com tecnologia bitubo , assim como os nacionais Cofap, Kayaba, Monroe . Amortecedores Bilstein , Fox , King , Ohlins , e os OffShox são monotubo . Sempre um amortecedor monotubo vai ser mais caro do que um bitubo , pois são feitos um a um com a liberdade de serem calibrados de acordo com a especificação do cliente . A diferença de performance é incomparável .Recentemente fizemos um teste-drive na Fenajeep com duas L200 e os participantes foram unanimes em comprovar a superioridade da tecnologia monotubo . Amortecedores Off-road OffShox.Nossos preços tiveram uma redução em janeiro e praticamos hoje o mesmo preço de dois anos atrás , graças a melhoria de processos , e negociação com fornecedores .Pela pesquisa que tenho nosso amortecedor custa mais barato que alguns bitubos e não mais que 20% acima de outros (importados ) , mas nunca o dobro do preço . Em relação aos importados há de se levar em consideração a garantia / manutenção , que é feita lá fora...
    3. HASTES: Nossas hastes são importadas da Itália e toda carga recebida vem junto um certificado onde consta a rugosidade , a espessura da camada de cromo , etc. Sobre esse acabamento preciso consultar a engenharia e retorno com a resposta .

    Finalizando , estamos sempre a disposição para esclarecer quaisquer dúvidas que venham surgir . Um abraço e boas trilhas no final de semana .
    Caro Luis, vamos lá...

    Feedback é retroalimentação do consumidor, ou potencial consumidor, à empresa em busca de dar a ela, sem custos, um retorno (valioso) a respeito da visão que ele (ou o nicho que representa) tem da empresa e do produto, portanto, não há o que se "responder" sobre um feedback.


    Quanto as "considerações" que você colocou acima, gostaria de tecer os seguintes comentários.

    "REPARABILIDADE". Entenda que continua como um Custo (bem elevado, por sinal - diminui a atratividade):
    - Custo da mão de obra para retirar;
    - Para quem não tem outro veículo, despesa com aluguel de outro veículo;
    - "custo implícito daquele carro parado na oficina atrapalhando a vida do mecânico" (sujeito a toda sorte de danos que uma oficina pode trazer, como arranhões e quebras de alguma peça);
    - Desconforto de ir à uma agência dos Correios (que presta um péssimo serviço e sempre com atendimento precário), fora o Custo elevado do envio (encomendo peças no UK e prefiro mil vezes o custo de um DHL Express do que o dos Correios);

    Quanto "PREÇO x CONCORRÊNCIA": ao cliente comum (maioria) não é fator primordial se o amortecedor é monotubo ou bitubo; o que importa realmente é se ele vai trazer o resultado esperado: Conforto no rodar, resiliência, segurança. O fator da tecnologia só vai importar, na verdade, a um nicho de clientes muito restrito, na minha visão: competidores e aquele nicho que entende de mecânica e faz questão de ter um amortecedor com essa tecnologia.
    Contudo, nada disso importa se o amortecedor não vier bem acertado para o veículo. Exemplo: A Bilstein vende amortecedor monotubo que não casam NADA BEM nas Discoverys 2... para esse veículo o melhor conjunto é da OME. Aliás, amortecedores OME são consagrados e extremamente bem acertados para a maioria dos veículos off-road no mundo.
    Há, ainda, disponibilidade de kits completos, que são compostos por molas e amortecedores, tanto para um ride padrão, quanto para mais peso, etc.

    Quanto as "HASTES"... penso mais ou menos como o dito acima: grande proporção dos clientes e/ou potenciais clientes não entende disso e não quer se importar com isso.

    À maioria importa a resiliência do produto, seu acerto fino no veículo, um rodar mais confortável, liso e seguro em ambiente offroad e bom custo x benefício.

    E nisso consiste a essência do feedback que registrei; repito, com muito respeito à empresa.

    O objetivo primordial é que a Offshocks cresça em porte, maturidade e tecnologia ao ponto de conseguir entregar um produto melhor e mais (bem mais) barato.

    Aí sim, penso, atingirá a massa do mercado offroader no Brasil (que só tem crescido ultimamente, vale ressaltar).

    Abraço!
    4X4 Brasil
    --
    Viajar é bom e necessário!

  8. #20
    Usuário
    Entrada
    02/10/2019
    Local
    são paulo/SP
    Idade
    56
    Posts
    1
    Agradecimentos: 0
    eu tenho na minha ranger 2014 3.2 os amortecedores off shocks ( kit lift 2") estou muito satisfeito, a dirigibilidade do carro é impressioante

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. Respostas: 2
    Última resposta: 23/10/2013, 11:06
  2. Amortecedores Offshox
    Por Cristiane Off Limits no fórum Vendem-se Peças e Acessórios
    Respostas: 0
    Última resposta: 22/08/2008, 14:22
  3. Amortecedores OffShox
    Por Bianor no fórum Chevrolet - GM
    Respostas: 1
    Última resposta: 26/05/2008, 18:22

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado