x
Convex Datacenter
Página 1 de 11 12345678910 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 12 de 128
  1. #1
    Usuário Avatar de Imperador!
    Entrada
    18/02/2010
    Local
    Fortaleza/CE
    Idade
    30
    Posts
    5,370
    Agradecimentos: 28

    Arrow 10 principais dúvidas sobre REPROGRAMAÇÃO e CHIP de veículos a diesel




    Boa noite amigos,

    Esse tópico é pra esclarecer as principais dúvidas sobre reprogramação e "chipagem" de veículos. De início, esclareço que:

    a) Não estou ganhando nada pra isso, nem trabalho em qualquer empresa do ramo. Tudo que você venha a decidir fazer, faça por sua conta e risco e procure a empresa que melhor lhe parecer.
    b) Não me responsabilizo pelas informações aqui contidas. Sou um mero usuário de picapes. Quem tem que dar garantias é o fornecedor e a empresa que fizer o serviço e não eu.
    c) Vou tentar esclarecer as principais dúvidas no que se relaciona a carros diesel. Lembrando que a reprogramação só se aplica a veiculos common rail (em geral, os fabricados a partir de 2005).
    d) Farei a explicação nos termos mais leigos possíveis. Tanto por minha limitação (a.k.a "ignorância), quanto pra facilitar compreensão.


    Dúvida 1: qual a diferença entre chipar e reprogramar? É a mesma coisa?

    Resposta -> Não, são coisas diferentes. Como o nome diz, "chipar" é colocar um aparelho na flauta do rail emulando informações de alguns sensores do veículo, fazendo com que a pressão de injeção na flauta e nos bicos seja diferencida. Aumentada a pressão, aumenta-se a potência. A regra é clara, mais diesel mais potência. Já reprogramar se trata de um procedimento mais "refinado", onde o programador modifica inteiramente os parâmetros do veículo diretamente na central de injeção eletrônica do veículo. Dessa forma, enquanto que "chipar" você só tem acesso a algumas informações disponíveis na flauta do rail, a reprogramação tem acesso a virtualmente todos os dados e sensores do veículo. É por essa razão que em geral se consegue resultados melhores fazendo reprogramação.

    Dúvida 2: perde garantia?
    Resposta -> É preciso deixar claro que SIM!! Qualquer procedimento que seja realizado nesse tipo, é fundamento para a montadora negar garantia do veículo. Porém devemos ter em mente duas coisas: 1) para negar garantia pela reprogramação, o problema tem que estar relacionado ao serviço (ou seja, não pode negar problema de suspensão!); 2) mesmo o chip, que você tem a vantagem de retirar sempre que precisar deixar o carro na concessionária, deixa dados gravados na ECU e portanto pode ser detectado. Ou seja, apesar da chance ser mais remota de ser detectado utilizado o chip, também é possível essa detecção através de arquivos de log. Ou seja, no fim das contas, qualquer que seja o método utilizado, verificada a modificação dos padrões originais do veículo, a montadora tem meios para negar a garantia.

    Dúvida 3: Aumenta potência? Quanto aumenta?
    Resposta -> Sim, a potência é aumentada e o torque também. O quanto vai ser alterado vai depender do chip usado ou da reprogramação. Geralmente as preparadoras possuem duas opções básicas de ajuste (chamadas vulgarmente de Stage I e Stage II) e os chips tem várias versões que provocam diferentes.

    Dúvida 4: Reduz consumo?
    Resposta -> Isso é questionável. Reduzir o consumo é uma questão que depende muito mais do motorista que qualquer programação. Imagine o seguinte: você precisa utilizar 50% do pedal do acelerador pra manter o veículo a 100km/h... se você reprogramar, devido a maior quantidade de diesel disponível, só precisará utilizar de 30 a 35% do pedal. Logo, menos acionamento do pedal, menor consumo. O que costuma acontecer, porém, é o dono do veículo se empolgar com a potência extra e atolar o pé. E aí a lógica também entra na conta... mais pedal, mais diesel, mais consumo.

    Dúvida 5: Reduz ou aumenta durabilidade do motor?
    Resposta -> Essa realmente é uma pergunta que ninguém pode dizer com toda certeza. Se por um lado, se utilizado como se utilizava o veículo antes de fazer o serviço, certamente o motor se esforçará menos; se utilizado mais ao limite, se esforçará mais. Ainda assim, não é uma ciência exata. Tem muitas variáveis.

    Dúvida 6: Vou sentir a força do motor mais cedo, reprogramando?
    Resposta -> Vai depender do tipo de programação e da curva de potência e torque que vai ser utilizada. Em geral, os programadores trabalham pra que o torque máximo venha em menor rpm possível e a potência máxima esteja disponível por mais tempo. Porém a engenharia tem limitações que vão desde a física até os componentes do motor e questões de desgaste inesperado.

    Dúvida 7: Quero fazer pra retirar o DPF do meu veículo. Posso chipar?
    Resposta -> Infelizmente não. Até onde eu saiba não existe chip que faça DPF Delete. Somente reprogramando. E além da reprogramação você terá outro custo que é remover o DPF do veículo, pois se deixar como vem original há de se provocar entupição do mesmo. O serviço básico oferecido pelas programadoras retiram o "miolo" do DPF pra evitar esse tipo de problema. Mas que fique claro, esse procedimento invalida a garantia.

    Dúvida 8: Preciso alterar a documentação do carro?
    Resposta -> Não. O serviço tanto de chipagem como reprogramação são imperceptíveis a qualquer fiscalização (exceto vistoria), de forma que nessa parte é tranquilo.

    Dúvida 9: Minha cidade tem vistoria anual. Posso reprogramar?
    Resposta -> Poder pode. Mas muito provavelmente o carro será reprovado. Aí você tem três opções: a) reprogramar e deixar o DPF; b) reprogamar, tirar o DPF e anualmente colocá-lo para fazer a vistoria; c) deixar original.

    Dúvida 10: Qual o custo desse serviço?
    Resposta -> O serviço de reprogramação custa de R$ 2.000 a R$ 4.000 em média, a depender do programador e da programação realizada. Ressalte-se que o serviço de escape não está normalmente incluído neste valor.

    Bem amigos, em resumo acredito que essas sejam as principais dúvidas. Costumo receber muitas MPs de colegas foristas questionando sobre esses procedimentos, por isso resolvi iniciar esse tópico. Não há dúvida que a reprogramação pode resolver inúmeras problemas que um carro possa ter, porém a de se estar disposto a saber que outros podem surgir. Não é uma ciência exata.

    Não adianta vir questionar o tópico com comentários do tipo "reprogramar pra quê? Pra andar a 200km/h?". Essa não é minha intenção e nunca reprogramei com esse objetivo. A reprogramação pode ser até uma ferramenta de segurança, garantindo ultrapassagens mais fáceis e seguras. Se infelizmente alguns querem reprogramar pra estourar os velocímetros de seus carros, só posso rezar para não encontrar com eles nas estradas da vida. Mas pra esses, até a potência original dos carros já é demais.

    Não sou o dono da verdade, vamos discutir os aspectos mais polêmicos e outras dúvidas que forem surgindo.

    Aqui embaixo vou colocar alguns videos pra ajudar a entender alguns conceitos empregados, como reprogramação, curva de potência e torque, etc...









    Ford F-1000 HSD 4x4 - "Peste"
    Dodge RAM 2500 5.9 - "Spitfire"

  2. #2
    Usuário Avatar de Imperador!
    Entrada
    18/02/2010
    Local
    Fortaleza/CE
    Idade
    30
    Posts
    5,370
    Agradecimentos: 28
    Citação Postado originalmente por IDOSO DO TROLLER Ver Post
    Boa noite Imperador. Parabéns pela abertura e informações do tópico. Será de grande valia para quem quer ou não, chipar ou reprogramar o motor. Eu já vou aproveitar e perguntar se é verdade que chipando ou reprogramando não vai interferirna velocidade final que continua a mesma?. Abs e obrigado. Válter
    Primeiro a se levar em consideração é que reprogramar elimina o limitador de velocidade que alguns carros possuem (velocidade em torno de 180km/h).

    A capacidade de atingir velocidade final não é determinada pela potência do motor e sim pela relação diferencial x câmbio. Ou seja, reprogramando você apenas coloca mais potência no motor e não altera a capacidade de atingir a velocidade máxima.

    Por exemplo, se um veículo com relação final 3,73:1 pode atingir 220km/h de velocidade máxima, reprogramar não vai fazer com que essa velocidade final aumente, porém poderá fazer com que essa velocidade seja atingida (retirando o limitando, se existir) e fará atingir a final mais rapidamente. Porém, a velocidade final continuará sendo 220km/h.
    Ford F-1000 HSD 4x4 - "Peste"
    Dodge RAM 2500 5.9 - "Spitfire"

  3. #3
    Citação Postado originalmente por Imperador! Ver Post
    Primeiro a se levar em consideração é que reprogramar elimina o limitador de velocidade que alguns carros possuem (velocidade em torno de 180km/h).

    A capacidade de atingir velocidade final não é determinada pela potência do motor e sim pela relação diferencial x câmbio. Ou seja, reprogramando você apenas coloca mais potência no motor e não altera a capacidade de atingir a velocidade máxima.

    Por exemplo, se um veículo com relação final 3,73:1 pode atingir 220km/h de velocidade máxima, reprogramar não vai fazer com que essa velocidade final aumente, porém poderá fazer com que essa velocidade seja atingida (retirando o limitando, se existir) e fará atingir a final mais rapidamente. Porém, a velocidade final continuará sendo 220km/h.
    Valeu Imperador. Como eu coloquei os pneus 32 mud no Troller 3.0, eu só queria compensar esse maior esforço do motor e acredito que 200 cv seja o suficiente, pois a minha intenção não é sair correndo que nem doido, pois o Troller não foi feito para isso. A ideia é ter mais tranquilidade em subidas e em ultrapassagens necessárias. Abs. Válter

  4. #4
    Usuário
    Entrada
    15/11/2013
    Local
    sao raimundo nonato/PI
    Idade
    23
    Posts
    934
    Agradecimentos: 11
    Passando para parabenizar meu amigo César Filho, vulgo imperador, pela criação do tópico e com o mesmo, eu tirei muitas dúvidas sobre reprogramações e chip´s, pois embora eu á tenha conversado com pessoas do ramo através do whastsapp, eu acabei ficando com muitas duvidas pois era um papo mais técnico, e sobre a reprogramação, tem muita gente no agronegócio reprogramando as colheitadeiras, para produzirem mais.


    FOCUS HATCH SE PLUS 1.6 2015/2016


  5. #5
    Usuário Avatar de Machado_medgyn
    Entrada
    12/09/2012
    Local
    Goiânia/GO
    Idade
    35
    Posts
    59
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por maurilio junior Ver Post
    Passando para parabenizar meu amigo César Filho, vulgo imperador, pela criação do tópico e com o mesmo, eu tirei muitas dúvidas sobre reprogramações e chip´s, pois embora eu á tenha conversado com pessoas do ramo através do whastsapp, eu acabei ficando com muitas duvidas pois era um papo mais técnico, e sobre a reprogramação, tem muita gente no agronegócio reprogramando as colheitadeiras, para produzirem mais.
    Fez a reprogramação da sua amigo?

  6. #6
    Desativado
    Entrada
    16/06/2015
    Local
    Ponta Pora/MS
    Posts
    897
    Agradecimentos: 16
    Excelente topico Imperador! Parabens pela iniciativa! vai esclarecer muito para os leigos no assunto. so para complementar, os CHIPS nao sao apenas aqueles plugados na flauta do rail, tambem sao os chamados Piggy Backy que sao tambem instalados na central do veículo com grampos(vampiro) ou plug and play no proprio chicote da central, que alteram alem da injeçao, pressao da turbina e pressao de injeçao.

    Diferença entre eles? o chip que é instalado na flauta do common-rail, apenas abre a injeçao do bico por um periodo mais longo, isso ate pode ocasionar danos aos bicos ou ao motor, por ele aumentar a duraçao da injeçao, nao apenas aumentar a quantidade de injeçao. O Piggy Backy ja é o mais utilizado e de melhor qualidade para os veículos que nao tem a possibilidade de se fazer reprogramaçao, pelo fato da central ser bloqueada pelo fabricante, ele aumenta a quantidade de injeçao e nao o periodo de injeçao, junto com a pressao da turbina e mais alguns sensores como MAP.

    Um breve resumo: o quanto mais longe ficar dos chips da flauta, melhor! Opte pela Reprogramação ou caso nao tenha para o veículo, Piggy-Backy.

    Espero ter feito um bom complemento.

  7. #7
    Usuário Avatar de Machado_medgyn
    Entrada
    12/09/2012
    Local
    Goiânia/GO
    Idade
    35
    Posts
    59
    Agradecimentos: 0
    Gostaria de saber como foi realizado o serviço de retirada física do catalizador e do DPF. Foi me oferecido o serviço de abrir o tambor do DPF e do Catlizador, arrancar o miolo e depois soldar. Achei que poderia ficar meia boca. Como foi feito da sua Imperador?

  8. #8
    Boa tarde pessoal. Alguém pode me responder se chipando ou reprogramando, o modo de proteção do motor permanece ativo? Abs e obrigado. Válter

  9. #9
    Desativado
    Entrada
    16/06/2015
    Local
    Ponta Pora/MS
    Posts
    897
    Agradecimentos: 16
    Citação Postado originalmente por Machado_medgyn Ver Post
    Gostaria de saber como foi realizado o serviço de retirada física do catalizador e do DPF. Foi me oferecido o serviço de abrir o tambor do DPF e do Catlizador, arrancar o miolo e depois soldar. Achei que poderia ficar meia boca. Como foi feito da sua Imperador?
    Isso vai da escolha do proprietario, geralmente eles te dao essa opcao para "enganar" a concessionaria, tambem dao a possibilidade de dar um cano reto(sem butijao) pra colocar no lugar.

    Eu particularmente nao faria, um DPF novo desse deve custar no minimo R$10.000..

    Acho que se o motivo for para enganar a garantia é melhor nem fazer a reprogramaçao, uma hora ou outra eles vao descobrir, sendo voce o proprietario ou um novo proprietario, a picape vai fica rodando ate o fim da vida dela com a reprogramacao instalada e sem DPF, pois vc teria que comprar um DPF novo para deixar ela original.

    Toda vida reprogramei minhas picapes, pois quando a gente enjoa dela, uma reprogramaçao volta a animar. Sempre joguei aberto com os mecanicos das concessionarias e sempre foram tranquilos, mas tambem nunca precisei acionar a garantia.

  10. #10
    Usuário Avatar de Imperador!
    Entrada
    18/02/2010
    Local
    Fortaleza/CE
    Idade
    30
    Posts
    5,370
    Agradecimentos: 28
    Citação Postado originalmente por IDOSO DO TROLLER Ver Post
    Boa tarde pessoal. Alguém pode me responder se chipando ou reprogramando, o modo de proteção do motor permanece ativo? Abs e obrigado. Válter
    Sim, fica tudo ativo normalmente. Se houver algum problema crítico o carro entrará em modo de segurança normalmente.

    Gostaria de saber como foi realizado o serviço de retirada física do catalizador e do DPF. Foi me oferecido o serviço de abrir o tambor do DPF e do Catlizador, arrancar o miolo e depois soldar. Achei que poderia ficar meia boca. Como foi feito da sua Imperador?
    Laramie já respondeu. Acrescento que colocar o escape direto (eliminando a parte intermediaria do DPF) além de ser melhor, por ser mais fácil, também se torna mais barato e prático com o passar do tempo. Barato porque você mantem o seu DPF original e prático porque tem a possibilidade de recolocá-lo no canto pra retornar o veículo a originalidade caso queira.
    A minha NR tem escape direto completo e retrabalhado.

    Excelente topico Imperador! Parabens pela iniciativa! vai esclarecer muito para os leigos no assunto. so para complementar, os CHIPS nao sao apenas aqueles plugados na flauta do rail, tambem sao os chamados Piggy Backy que sao tambem instalados na central do veículo com grampos(vampiro) ou plug and play no proprio chicote da central, que alteram alem da injeçao, pressao da turbina e pressao de injeçao.

    Diferença entre eles? o chip que é instalado na flauta do common-rail, apenas abre a injeçao do bico por um periodo mais longo, isso ate pode ocasionar danos aos bicos ou ao motor, por ele aumentar a duraçao da injeçao, nao apenas aumentar a quantidade de injeçao. O Piggy Backy ja é o mais utilizado e de melhor qualidade para os veículos que nao tem a possibilidade de se fazer reprogramaçao, pelo fato da central ser bloqueada pelo fabricante, ele aumenta a quantidade de injeçao e nao o periodo de injeçao, junto com a pressao da turbina e mais alguns sensores como MAP.

    Um breve resumo: o quanto mais longe ficar dos chips da flauta, melhor! Opte pela Reprogramação ou caso nao tenha para o veículo, Piggy-Backy.

    Espero ter feito um bom complemento.
    Bacana, Rodrigão! Não sabia dessas informações! Um abraço!

    Valeu Imperador. Como eu coloquei os pneus 32 mud no Troller 3.0, eu só queria compensar esse maior esforço do motor e acredito que 200 cv seja o suficiente, pois a minha intenção não é sair correndo que nem doido, pois o Troller não foi feito para isso. A ideia é ter mais tranquilidade em subidas e em ultrapassagens necessárias. Abs. Válter
    Esse daí é uma das melhores recomendações para se fazer reprogramação: modificar por pneus maiores e ter perda de desempenho. Reprogramar resolve isso facilmente, podendo lhe entregar, além da potência extra, quem sabe até alguma economia de combustível.
    Ford F-1000 HSD 4x4 - "Peste"
    Dodge RAM 2500 5.9 - "Spitfire"

  11. #11
    Postado originalmente por IDOSO DO TROLLER
    Boa tarde pessoal. Alguém pode me responder se chipando ou reprogramando, o modo de proteção do motor permanece ativo? Abs e obrigado. Válter



    Sim, fica tudo ativo normalmente. Se houver algum problema crítico o carro entrará em modo de segurança normalmente.


    Valeu Imperador, obrigado. Válter

  12. #12
    Usuário Avatar de Coophamat
    Entrada
    17/01/2014
    Local
    Campo Grande/MS
    Idade
    34
    Posts
    556
    Agradecimentos: 14
    Quem elimina o dpf e fecha a egr pode voltar a usar diesel comum?

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. Triton l200 reprogramação ou chip de potência
    Por ricardoramalho no fórum Mitsubishi
    Respostas: 107
    Última resposta: 14/12/2015, 20:16
  2. Chip ou reprogramação da ECU - Triton 3.2D
    Por fernandol no fórum Mitsubishi
    Respostas: 18
    Última resposta: 22/12/2014, 23:17
  3. Duvidas e informações sobre chip de potencia da Hilux Flex.
    Por wendel Jose Cardoso no fórum Fórum Geral 4x4 Brasil
    Respostas: 0
    Última resposta: 07/12/2014, 18:16
  4. Respostas: 3
    Última resposta: 20/11/2013, 01:13
  5. reprogramação do chip para aumento de potencia.
    Por agnaldo braz no fórum Mitsubishi
    Respostas: 3
    Última resposta: 11/05/2013, 18:03

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado