x
Convex Datacenter
Página 2 de 12 PrimeiroPrimeiro 1234567891011 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 13 a 24 de 135
  1. #13
    Usuário
    Entrada
    06/08/2011
    Local
    Belo Horizonte/MG
    Posts
    449
    Agradecimentos: 5



    Por algum erro de software ou mesmo intervenção da concessionária (uma atualização, sei lá), a reprogramação pode ser resetada e eu perder o serviço?

  2. #14
    Usuário Avatar de Imperador!
    Entrada
    18/02/2010
    Local
    Fortaleza/CE
    Idade
    31
    Posts
    5,370
    Agradecimentos: 29
    Citação Postado originalmente por Amiko Ver Post
    Por algum erro de software ou mesmo intervenção da concessionária (uma atualização, sei lá), a reprogramação pode ser resetada e eu perder o serviço?
    Sim. Se você fizer uma atualização de software na ccs (por exemplo, atualização de ECU, de módulos de injeção, etc) você perderá a reprogramação e o carro voltará ao original. Nesses casos, as preparadoras costumam programar novamente o veículo sem custos. Consulte antes de decidir a empresa.

    Quem elimina o dpf e fecha a egr pode voltar a usar diesel comum?
    Sim e não.
    SIM -> uma fez que com o DPF e EGR fechados, elimina-se a necessidade de usar S10 por contas de emissões e problemas com sensores. Inclusive sempre que viajo na minha costumo abastecer com S10 sem qualquer tipo de problema. Inclusive manutenção do consumo, desempenho e nível de fumaça.

    NÃo -> falando pela Ranger, existe a possibilidade de travamento dos bicos e aviso no painel se o sistema detectar a presença de combustível alterado na ponta dos bicos (ou seja, isso tanto pode acontecer com combustível adulterado como também, em tese, utilizando S500). Quem usa S500 deve fazer por sua conta e risco, pois essa é uma hipótese clara de negativa de garantia.

    Minha dica pra quem não quer se arriscar é continuar abastecendo com S10 normalmente e somente usar S500 em emergências ou não havendo outra opção.
    Ford F-1000 HSD 4x4 - "Peste"
    Dodge RAM 2500 5.9 - "Spitfire"

  3. #15
    Citação Postado originalmente por Imperador! Ver Post
    Sim. Se você fizer uma atualização de software na ccs (por exemplo, atualização de ECU, de módulos de injeção, etc) você perderá a reprogramação e o carro voltará ao original. Nesses casos, as preparadoras costumam programar novamente o veículo sem custos. Consulte antes de decidir a empresa.


    Sim e não.
    SIM -> uma fez que com o DPF e EGR fechados, elimina-se a necessidade de usar S10 por contas de emissões e problemas com sensores. Inclusive sempre que viajo na minha costumo abastecer com S10 sem qualquer tipo de problema. Inclusive manutenção do consumo, desempenho e nível de fumaça.

    NÃo -> falando pela Ranger, existe a possibilidade de travamento dos bicos e aviso no painel se o sistema detectar a presença de combustível alterado na ponta dos bicos (ou seja, isso tanto pode acontecer com combustível adulterado como também, em tese, utilizando S500). Quem usa S500 deve fazer por sua conta e risco, pois essa é uma hipótese clara de negativa de garantia.

    Minha dica pra quem não quer se arriscar é continuar abastecendo com S10 normalmente e somente usar S500 em emergências ou não havendo outra opção.
    Boa noite Imperador. Na 3.0 vc tb usa o S10?

  4. #16
    Usuário Avatar de Imperador!
    Entrada
    18/02/2010
    Local
    Fortaleza/CE
    Idade
    31
    Posts
    5,370
    Agradecimentos: 29
    Citação Postado originalmente por IDOSO DO TROLLER Ver Post
    Boa noite Imperador. Na 3.0 vc tb usa o S10?
    Uso qualquer diesel nela. Mas normalmente só abasteço com S500.
    S10 é exceção.
    Ford F-1000 HSD 4x4 - "Peste"
    Dodge RAM 2500 5.9 - "Spitfire"

  5. #17
    Citação Postado originalmente por Imperador! Ver Post
    Uso qualquer diesel nela. Mas normalmente só abasteço com S500.
    S10 é exceção.
    Valeu. Eu tb faço o mesmo com o meu T4 3.0,mesmo porque qdo esse motor foi projetado não havia o S10 e o S500 é mais em conta. Abs

  6. #18
    Usuário
    Entrada
    24/09/2010
    Local
    Vila Velha/ES
    Idade
    43
    Posts
    27
    Agradecimentos: 0
    Quando fiz a revisão de 30mil na pajero dakar 3.2 180cv (ano 2015) a CSS me ofereceu um"kit potência" (radiador maior etc...). Segundo a CSS não há perda de garantia. Acho que a potência iria para 240 cv!!! Questionei no SAC da Mit... e um engenheiro me ligou e recomendou que não fizesse. Ressaltou ainda que poderia haver perda da garantia. Ora, como que uma CSS fala que não há perda de garantia e engenheiro mecânico de outra CSS (pois o SAC me remeteu para o responsável de outra CSS) fala que perde a garantia? Vou questionar novamente ao SAC! Ah... e o valor seria R$7mil. Caro não?!

  7. #19
    Usuário Avatar de Imperador!
    Entrada
    18/02/2010
    Local
    Fortaleza/CE
    Idade
    31
    Posts
    5,370
    Agradecimentos: 29
    Citação Postado originalmente por Leonardo Machado Ver Post
    Quando fiz a revisão de 30mil na pajero dakar 3.2 180cv (ano 2015) a CSS me ofereceu um"kit potência" (radiador maior etc...). Segundo a CSS não há perda de garantia. Acho que a potência iria para 240 cv!!! Questionei no SAC da Mit... e um engenheiro me ligou e recomendou que não fizesse. Ressaltou ainda que poderia haver perda da garantia. Ora, como que uma CSS fala que não há perda de garantia e engenheiro mecânico de outra CSS (pois o SAC me remeteu para o responsável de outra CSS) fala que perde a garantia? Vou questionar novamente ao SAC! Ah... e o valor seria R$7mil. Caro não?!
    Bem carinho. Nesse caso aí, quem daria a garantia seria a concessionária e não a Mit.
    Imagine, as montadoras só procuram uma vírgula errada do consumidor pra negar a garantir, pense como seria uma garantia de ccs...

    Mas salvo engano, esse kit que foi oferecido a você é desenvolvido pela Reiko
    Mitsubishi L200 Triton com 225 cv esta sendo vendida em Sao Paulo - Noticias Automotivas
    Ford F-1000 HSD 4x4 - "Peste"
    Dodge RAM 2500 5.9 - "Spitfire"

  8. #20
    Usuário
    Entrada
    29/07/2016
    Local
    Florianopolis/SC
    Idade
    23
    Posts
    3
    Agradecimentos: 0
    Lendo o texto do topico me agradei com a maioria das duvidas retiradas prontamente pelo nosso amigo,mas por outro lado a resposta a duvida de numero 4 nao faz sentido algum, vejamos, se o veiculo chipado ou reprogramado tem a capacidade de injetar mais combustivel com menor acionamento do pedal de acelerador ele nao se tornara mais economico simplesmente por isso. Se com 35% do pedal acionado consegue-se injetar nos cilindros tanto combustivel quanto com 50% do pedal acionado, o carro chipado ou reprogramado gastara a mesma quantidade de combustivel para atingir a mesma velocidade, quem estiver dirigindo que vai acelerar menos, afinal o consumo de combustivel naoo esta em pisar ou nao no aceleerador, mas sim na quantidade de combustovel injetado para combustao... ganho na eficiencia (economia de combustovel) do motor pode haver pelo remapeamento em uma reprogramacao, remapeamento esse que torne o motor mais eficiente, o que acho pouco provavel pq muitos engenheiros ja tentaram isso antes do veiculo ser lancado no mercado, logo nao vai ser qualquer oficina que fara isso...

  9. #21
    Usuário Avatar de Glaicon
    Entrada
    22/06/2009
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    52
    Posts
    4,824
    Agradecimentos: 106
    Tópico interessante.
    Marcando para acompanhar e tirar uma dúvida:
    Com o aumento de torque, potência e alcance mais rápido da velocidade máxima, não haverá também aumento do calor?
    Pergunto isto por conta da aparente manutenção da originalidade do radiador, mangueiras e válvula termostática.

  10. #22
    Usuário Avatar de Imperador!
    Entrada
    18/02/2010
    Local
    Fortaleza/CE
    Idade
    31
    Posts
    5,370
    Agradecimentos: 29
    Citação Postado originalmente por Glaicon Ver Post
    Tópico interessante.Marcando para acompanhar e tirar uma dúvida:
    Com o aumento de torque, potência e alcance mais rápido da velocidade máxima, não haverá também aumento do calor?
    Pergunto isto por conta da aparente manutenção da originalidade do radiador, mangueiras e válvula
    termostática.
    A maioria dos carros hoje em dia sai com o sistema de arrefecimento ligeiramente sobredimensionado, então o aumento de calor que decorre do aumento de potência na grande maioria dos casos não provoca aquecimento do carro. A exceção são programações muitos fortes, que aí provocam não só desgaste prematuro do sistema de arrefecimento como de outros componentes do motor, sobretudo a turbina.


    Porém é de se lembrar também que não se utiliza 100% da potência extra durante todo o tempo, então para a maioria dos mortais, esse aumento de temperatura é, em geral, desconsiderável.


    Citação Postado originalmente por YgorPereirafln Ver Post
    Lendo o texto do topico me agradei com a maioria das duvidas retiradas prontamente pelo nosso amigo,mas por outro lado a resposta a duvida de numero 4 nao faz sentido algum, vejamos, se o veiculo chipado ou reprogramado tem a capacidade de injetar mais combustivel com menor acionamento do pedal de acelerador ele nao se tornara mais economico simplesmente por isso. Se com 35% do pedal acionado consegue-se injetar nos cilindros tanto combustivel quanto com 50% do pedal acionado, o carro chipado ou reprogramado gastara a mesma quantidade de combustivel para atingir a mesma velocidade, quem estiver dirigindo que vai acelerar menos, afinal o consumo de combustivel naoo esta em pisar ou nao no aceleerador, mas sim na quantidade de combustovel injetado para combustao... ganho na eficiencia (economia de combustovel) do motor pode haver pelo remapeamento em uma reprogramacao, remapeamento esse que torne o motor mais eficiente, o que acho pouco provavel pq muitos engenheiros ja tentaram isso antes do veiculo ser lancado no mercado, logo nao vai ser qualquer oficina que fara isso...

    Talvez não tenha me explicado bem, acho que assim ficará claro: suponhamos para que manter a velocidade de 100km/h você utilize 50% da tensão do pedal do acelerador. Quando você reprograma, para fazer a mesma coisa você utilizaria entre 30 e 40% para realizar a mesma atividade. Aí você pergunta: mas a injeção de combustível não aumenta, aumentando portanto o consumo? Sim, é verdade também. Só que o aumento da injeção de combustível é menor que esse 10-30% a menos que você utiliza o acelerador, de forma que numa condução "normal" é possível sim reduzir o consumo de combustível.A situação em que não se consegue melhoria de consumo é quando o carro está em carga total (100%), pois, além de o pedal estar totalmente acionado, haverá injeção de mais combustível. Por isso que também lembrei acima que não se utiliza a potência máxima 100% do tempo.

    E mais: para ficar bem claro, que sou mero "hard user" e estou mais que simplificando tudo isso. Estamos falando de injeção de combustível, mas a reprogramação vai muito além disso, pois modifica curvas de torque e potência, proporções estequiométricas para a queima, mistura ar x combustível...

    Sobre o final, quando fala sobre os engenheiros de montadora, o que você esquece é que as montadoras são totalmente vinculadas a normas ambientais e normas de produção (as quais desconheço todas quase que totalmente).
    Hoje um dos maiores problemas da Ranger se chama DPF e isso não apenas por conta da dificuldade do sistema, mas porque ele exige uma queima de diesel dentro do escape do veículo (sim, veículos originais tem um bico de diesel para injetar combustivel no escape) tudo isso com vias a adequar o veículo às normas ambientais Proncove P7 e Euro VI. O programador e eu, como usuário final (e nisso não quero entrar em nenhum debate bem vs. mal), pouco estou me lixando para normas ambientais que os engenheiros tem que respeitar para poder lançar um veículo.

    Pode ter certeza que se houvesse essas amarras todas, os veículos atuais dariam muito menos problemas e seriam bem mais potentes.
    Ford F-1000 HSD 4x4 - "Peste"
    Dodge RAM 2500 5.9 - "Spitfire"

  11. #23
    Usuário
    Entrada
    29/07/2016
    Local
    Florianopolis/SC
    Idade
    23
    Posts
    3
    Agradecimentos: 0
    Agr sim ficou mais claro meu amigo, obrigado pela explicacao, embora simplificada faz todo sentido. Eu tb só comento de curioso no assunto.

  12. #24
    Usuário Avatar de NGDaniel
    Entrada
    28/10/2009
    Local
    Do Brasil/
    Idade
    39
    Posts
    2,431
    Agradecimento: 1
    Imperador!, vc chipou a sua NR ?
    Frontier XE 2.5 4x4 190 cv
    ex-Ranger International NGD 3.0 Limited 4x4 163 cv

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. Triton l200 reprogramação ou chip de potência
    Por ricardoramalho no fórum Mitsubishi
    Respostas: 107
    Última resposta: 14/12/2015, 19:16
  2. Chip ou reprogramação da ECU - Triton 3.2D
    Por fernandol no fórum Mitsubishi
    Respostas: 18
    Última resposta: 22/12/2014, 22:17
  3. Duvidas e informações sobre chip de potencia da Hilux Flex.
    Por wendel Jose Cardoso no fórum Fórum Geral 4x4 Brasil
    Respostas: 0
    Última resposta: 07/12/2014, 17:16
  4. Respostas: 3
    Última resposta: 20/11/2013, 00:13
  5. reprogramação do chip para aumento de potencia.
    Por agnaldo braz no fórum Mitsubishi
    Respostas: 3
    Última resposta: 11/05/2013, 17:03

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado