x
Convex Datacenter
Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
Resultados 13 a 24 de 24
  1. #13
    Usuário
    Entrada
    02/02/2017
    Local
    Fco Beltrão/PR
    Posts
    41
    Agradecimentos: 0



    Ricardo
    O que parece ter espanado foi a tampa de válvulas que é onde aparentemente o respiro é preso por esses dois parafusos verdes da imagem que tu anexou. Eu desmontei o que consegui desse respiro e ficou a duvida de qual a influência do vácuo do coletor na membrana, deixando aberto eu vou perder esse vácuo e a membrana vai ficar sempre na mesma posição. Estou fazendo um teste com um "catch-can artesanal".
    O que eu lembro é que a mola força a membrana para ficar sempre aberta, e a única coisa que pode puxá-la é o vácuo, mas isso só vai acontecer se a pressão do cárter for menor que esse vácuo, e o vácuo for maior que a pressão da mola, então seriam 3 condições de funcionamento... Mas não sei se entendi direito , uma coisa já notei, diminuiu a fumaça no escape depois de colocar o catch-can, na verdade um catch-pet no meio do circuito da mangueira .

  2. #14
    Usuário Avatar de RicardoFLN
    Entrada
    31/10/2014
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    42
    Posts
    487
    Agradecimentos: 26
    Citação Postado originalmente por ESCHMIT Ver Post
    Ricardo
    O que parece ter espanado foi a tampa de válvulas que é onde aparentemente o respiro é preso por esses dois parafusos verdes da imagem que tu anexou. Eu desmontei o que consegui desse respiro e ficou a duvida de qual a influência do vácuo do coletor na membrana, deixando aberto eu vou perder esse vácuo e a membrana vai ficar sempre na mesma posição. Estou fazendo um teste com um "catch-can artesanal".
    O que eu lembro é que a mola força a membrana para ficar sempre aberta, e a única coisa que pode puxá-la é o vácuo, mas isso só vai acontecer se a pressão do cárter for menor que esse vácuo, e o vácuo for maior que a pressão da mola, então seriam 3 condições de funcionamento... Mas não sei se entendi direito , uma coisa já notei, diminuiu a fumaça no escape depois de colocar o catch-can, na verdade um catch-pet no meio do circuito da mangueira .
    Eschmit,

    Me parece que o teu catch-can está segurando o óleo que a membrana não está evitando que passe para a admissão, quando o vácuo é grande, o que ao menos nos ciclones das 2.5/2.8 faz com que puxe óleo do cárter pelo dreno do ciclone. No caso dessa "doideira"de multiciclone aí das 2.8, puxa o óleo daquele reservatório na tampa de válvulas. (pelo menos é isso que eu vislumbro que aconteça....rsrs)

    Eu por aqui acabo de modelar o ciclone original, e o que eu projetei. A simulação de fluxo que fiz, ficou alinhada com o que eu já sabia. O ciclone original tem uma baita perda de carga. O que projetei tem uma perda de carga 10x menor. Teoricamente ele deixaria a pressão do meu cárter em níveis aceitáveis. Preciso agora ver até que tamanho de gotículas de óleo ele vai conseguir segurar, porque senão não adianta de nada!

    Ciclone original
    Válvula Anti-chama MAXION 2.5/2.8-flow-trajectories-1.jpg
    No caso dessa modelagem do ciclone original, deixei ele sem a membrana, que foi o que eu havia feito na minha experiência anterior.

    Ciclone adaptado
    Válvula Anti-chama MAXION 2.5/2.8-flow-trajectories-2.jpg
    Corpo do ciclone com 3" de diâmetro.

    Sds.
    Ranger XL CE 4x4 Diesel 2000/2001

  3. #15
    Usuário
    Entrada
    02/02/2017
    Local
    Fco Beltrão/PR
    Posts
    41
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por RicardoFLN Ver Post
    Eschmit,

    Me parece que o teu catch-can está segurando o óleo que a membrana não está evitando que passe para a admissão, quando o vácuo é grande, o que ao menos nos ciclones das 2.5/2.8 faz com que puxe óleo do cárter pelo dreno do ciclone. No caso dessa "doideira"de multiciclone aí das 2.8, puxa o óleo daquele reservatório na tampa de válvulas. (pelo menos é isso que eu vislumbro que aconteça....rsrs)

    Eu por aqui acabo de modelar o ciclone original, e o que eu projetei. A simulação de fluxo que fiz, ficou alinhada com o que eu já sabia. O ciclone original tem uma baita perda de carga. O que projetei tem uma perda de carga 10x menor. Teoricamente ele deixaria a pressão do meu cárter em níveis aceitáveis. Preciso agora ver até que tamanho de gotículas de óleo ele vai conseguir segurar, porque senão não adianta de nada!

    Ciclone original
    Válvula Anti-chama MAXION 2.5/2.8-flow-trajectories-1.jpg
    No caso dessa modelagem do ciclone original, deixei ele sem a membrana, que foi o que eu havia feito na minha experiência anterior.

    Ciclone adaptado
    Válvula Anti-chama MAXION 2.5/2.8-flow-trajectories-2.jpg
    Corpo do ciclone com 3" de diâmetro.

    Sds.
    Legal a simulação, que software usou?

    Eu encontrei uma informação num material sobre o motor NGD da qual eu não fazia ideia, não sei se no teu motor funciona de forma semelhante. Mas segue em anexo para a sua apreciação. E com base nisso, podemos imaginar o que um problema de uma pressão elevada por parte dessa bomba.
    Válvula Anti-chama MAXION 2.5/2.8-ngd3.0.jpg

  4. #16
    Usuário Avatar de RicardoFLN
    Entrada
    31/10/2014
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    42
    Posts
    487
    Agradecimentos: 26
    Citação Postado originalmente por ESCHMIT Ver Post
    Legal a simulação, que software usou?

    Eu encontrei uma informação num material sobre o motor NGD da qual eu não fazia ideia, não sei se no teu motor funciona de forma semelhante. Mas segue em anexo para a sua apreciação. E com base nisso, podemos imaginar o que um problema de uma pressão elevada por parte dessa bomba.
    Válvula Anti-chama MAXION 2.5/2.8-ngd3.0.jpg
    Eschmit,

    Não sei, pra mim tem coisa estranha nisso aí. Não faz muito sentido colocar pressão dentro do cárter além da que já existe naturalmente em qualquer motor, inclusive nos zero km (claro, que em menor magnitude, mas está sempre lá!).
    Segundo, chamar o separador de condensador me soa estranho, mesmo que isso possivelmente aconteça em parte do fluxo.
    Mas é aquilo, desses NGD eu não sei nada, pois jamais coloquei as mãos, sequer os olhos. Só sei o que o manual de manutenção mostra, de curioso mesmo....rsrs
    As simulações fiz no SW. Inclusive já corri ela por algumas variações e me decidi pelas dimensões do meu sistema.
    Agora é colocar a mão na massa pra trazer o modelo pro mundo real!

    Sds.
    Ranger XL CE 4x4 Diesel 2000/2001

  5. #17
    Usuário Avatar de RicardoFLN
    Entrada
    31/10/2014
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    42
    Posts
    487
    Agradecimentos: 26
    Feito!!
    Ponderando que eu não sou lá um grande soldador, até que ficou bonzinho! Ao menos as soldas estão estanques, apesar de feias pra carlinhos!
    Optei por uma boa relação entre a facilidade construtiva, a retenção de partículas, e a perda de carga do sistema. Ah sim, e de um jeito que coubesse naquele ninho de rato apertado dos infernos!
    Agora é instalar e ver o que acontece.
    Aguardem próximos capítulos!

    Válvula Anti-chama MAXION 2.5/2.8-relative-pressure.jpg
    Válvula Anti-chama MAXION 2.5/2.8-img_20190710_141741.jpg
    Válvula Anti-chama MAXION 2.5/2.8-img_20190710_144151.jpg

    Sds.
    Ranger XL CE 4x4 Diesel 2000/2001

  6. #18
    Usuário Avatar de RicardoFLN
    Entrada
    31/10/2014
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    42
    Posts
    487
    Agradecimentos: 26
    Foi pro lugar. Se der tudo certo, próximo passo é lavar o intercooler e finalmente ter um treco que realmente funcione pra trocar calor.
    Válvula Anti-chama MAXION 2.5/2.8-img_20190711_173917.jpg

    Sds.
    Ranger XL CE 4x4 Diesel 2000/2001

  7. #19
    Usuário Avatar de RicardoFLN
    Entrada
    31/10/2014
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    42
    Posts
    487
    Agradecimentos: 26
    Efetuei a medição da pressão no cárter com o novo ciclone. Deu bem baixa, 1 mm Hg (0,04" Hg), ou 100 vezes o que eu tinha com a válvula anti-chama original (em perfeito funcionamento).
    Na saída do ciclone coloquei uma curva de borracha e um tubo de alumínio lá pra baixo. Gotículas de óleo ficam todas retidas no ciclone. Na saída só a fumacinha normal de um velho combatente....rsrs
    Válvula Anti-chama MAXION 2.5/2.8-img_20190712_084755.jpg

    Espero que agora o motor pare de babar óleo por tudo quanto é canto!
    Lavei os mangotes do intercooler e o próprio intercooler. Bastante óleo eliminado. Vamos ver o que isso influi no desempenho/consumo do carroção!
    Aquela história de que um pouco de óleo no intercooler é "normal" ficou pra trás! De curioso, fui atrás da condutibilidade térmica do alumínio e do óleo, pra ter ideia dos valores, segue:
    Alumínio 155 W/m.K
    Óleo 0,11 W/m.K
    Realmente é um treco que não ajuda em nada, pelo contrário.

    Sds.
    4X4 Brasil
    Ranger XL CE 4x4 Diesel 2000/2001

  8. #20
    Usuário
    Entrada
    02/02/2017
    Local
    Fco Beltrão/PR
    Posts
    41
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por RicardoFLN Ver Post
    Efetuei a medição da pressão no cárter com o novo ciclone. Deu bem baixa, 1 mm Hg (0,04" Hg), ou 100 vezes o que eu tinha com a válvula anti-chama original (em perfeito funcionamento).
    Na saída do ciclone coloquei uma curva de borracha e um tubo de alumínio lá pra baixo. Gotículas de óleo ficam todas retidas no ciclone. Na saída só a fumacinha normal de um velho combatente....rsrs
    Válvula Anti-chama MAXION 2.5/2.8-img_20190712_084755.jpg

    Espero que agora o motor pare de babar óleo por tudo quanto é canto!
    Lavei os mangotes do intercooler e o próprio intercooler. Bastante óleo eliminado. Vamos ver o que isso influi no desempenho/consumo do carroção!
    Aquela história de que um pouco de óleo no intercooler é "normal" ficou pra trás! De curioso, fui atrás da condutibilidade térmica do alumínio e do óleo, pra ter ideia dos valores, segue:
    Alumínio 155 W/m.K
    Óleo 0,11 W/m.K
    Realmente é um treco que não ajuda em nada, pelo contrário.

    Sds.
    Parabéns, belo trabalho, vou acompanhar os resultados... Eu também não vejo sentido quem diz ser normal o óleo no intercooler. Uma pena que no NGD esse ciclone fica na parte de cima do motor e acho que não caberia uma outra solução, a não ser que seja do mesmo tamanho claro, mas levando em conta que vai encaixada na tampa de válvulas com anel de vedação e tal.. ficaria complicado.

  9. #21
    Usuário
    Entrada
    02/02/2017
    Local
    Fco Beltrão/PR
    Posts
    41
    Agradecimentos: 0
    E aí Ricardo, tudo certo? percebeu alguma diferença com a limpeza do intercooler?

    Esses dias visitei um mecanico e ele ja queria trocar os pistões, anéis e bronzinas do meu motor haha até eu não eliminar todas as possibilidades pro alto consumo de óleo eu não farei um investimento desses.

    Sobre aquela questão da bomba de vácuo que eu comentei algumas mensagens atrás, encontrei isso aqui no fórum mesmo "Antes de desmontar tudo, verifica se o sistema de vácuo está ok, pois ocorreu aqui no fórum um caso que o motor soprava e cuspia óleo pela vareta e a causa era o atuador servo do freio furado. Como um colega comentou sobre gerar pressão com a bomba de vácuo me lembrei desse fato. A Válvula PCV entupida força a saíde de óleo pelos retentores também e o que sei com pressão é empurrado pela tubulação. Essa mangueira solta faz pingar óleo direto no chão em vez de ficar no sistema de admissão como deveria ocorrer."

    https://www.4x4brasil.com.br/forum/f...stroker-3.html (Retifica Motor Ranger 2.8 Diesel Power Stroker) #31

    Vou visitar outro mecanico e ver o que ele me diz a respeito.

  10. #22
    Usuário Avatar de RicardoFLN
    Entrada
    31/10/2014
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    42
    Posts
    487
    Agradecimentos: 26
    Buenas! Olha, notar diferença quanto a desempenho eu até poderia te dizer que senti, mas tu sabes como é....tu muda uma coisa que teoricamente melhora o desempenho e automaticamente acaba "sentindo" a melhora....rsrs. Afirmar com certeza, só medindo.
    As minhas certezas são a de que o intercooler continua limpo e que eu ando "esfumaceando" por aí pelo respiro!
    Para ver se eu conseguia segurar um pouco mais dos gases/vapores do respiro, após o meu novo ciclone, eu fiz um novo catch pot com palha de aço inox dentro só pra ver se por acaso aconteceria alguma condensação e eu conseguiria segurar um pouco mais das porcarias antes de mandar pra atmosfera. O resultado é que até segura mais alguma coisa, pois no fundo desse catch pot acaba acumulando um pouco de "sopa", mas bem pouco. Visualmente, não mudou muita coisa, as fumarolas seguem saindo lá por baixo da viatura. Uma opção é conectar a saída do respiro, após esse catch pot lá no meu escapamento, mas pra fazer isso acho que eu teria de fazer ou um venturi, ou uma conexão em ângulo com o escape pra acabar não pressurizando em sentido contrário a linha do respiro.
    Uma coisa é certa, o respiro não volta pra admissão.
    Sobre teu problema aí e a bomba de vácuo, bom, sem dúvida que estar com o sistema de vácuo todo em dia é bem importante. Se ficar sem vácuo, ou um vácuo menor do que o normal, tu quase que literalmente perde o freio. Faz uma força desgraçada no pedal e não freia nada!
    Depois de tudo revisado, se o consumo continuar alto, tu não pensas em usar lubrificante 20w50? É uma opção pra levar um pouco além.
    4X4 Brasil
    Ranger XL CE 4x4 Diesel 2000/2001

  11. #23
    Usuário
    Entrada
    02/02/2017
    Local
    Fco Beltrão/PR
    Posts
    41
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por RicardoFLN Ver Post
    Buenas! Olha, notar diferença quanto a desempenho eu até poderia te dizer que senti, mas tu sabes como é....tu muda uma coisa que teoricamente melhora o desempenho e automaticamente acaba "sentindo" a melhora....rsrs. Afirmar com certeza, só medindo.
    As minhas certezas são a de que o intercooler continua limpo e que eu ando "esfumaceando" por aí pelo respiro!
    Para ver se eu conseguia segurar um pouco mais dos gases/vapores do respiro, após o meu novo ciclone, eu fiz um novo catch pot com palha de aço inox dentro só pra ver se por acaso aconteceria alguma condensação e eu conseguiria segurar um pouco mais das porcarias antes de mandar pra atmosfera. O resultado é que até segura mais alguma coisa, pois no fundo desse catch pot acaba acumulando um pouco de "sopa", mas bem pouco. Visualmente, não mudou muita coisa, as fumarolas seguem saindo lá por baixo da viatura. Uma opção é conectar a saída do respiro, após esse catch pot lá no meu escapamento, mas pra fazer isso acho que eu teria de fazer ou um venturi, ou uma conexão em ângulo com o escape pra acabar não pressurizando em sentido contrário a linha do respiro.
    Uma coisa é certa, o respiro não volta pra admissão.
    Sobre teu problema aí e a bomba de vácuo, bom, sem dúvida que estar com o sistema de vácuo todo em dia é bem importante. Se ficar sem vácuo, ou um vácuo menor do que o normal, tu quase que literalmente perde o freio. Faz uma força desgraçada no pedal e não freia nada!
    Depois de tudo revisado, se o consumo continuar alto, tu não pensas em usar lubrificante 20w50? É uma opção pra levar um pouco além.
    Sei como é, a gente muda alguma coisa e fica buscando resultados kkkk e quando falamos em 1 ou 3% de ganho é bem imperceptivel na pratica...

    Inclusive estou fazendo a troca de oleo e filtros e vou arriscar uns 2 frascos de militec pra ver se melhora alguma coisa.

    Na minha ultima troca de oleo, depois de rodar uns 1000km eu acabei colocando um frasco de prolonga ou dois, nem lembro, e o consumo continuou o mesmo, fui repondo com o 25w60 da lubrax e continuou na mesma, aí preferi voltar pro 15w40 que força menos o sistema em geral, principalmente nos dias frios que pesa a partida.
    Mas o fato é que fumaça sai muito pouco, as vezes quase nada, e ela não marca território com vazamentos, então é bem estranho... Vou torcer pelo milagre do militec, se não der paciencia, vou rodar mais um bom tempo até pensar em abrir.

  12. #24
    Usuário Avatar de 4X4GARAGE
    Entrada
    08/08/2008
    Local
    Sao Paulo/SP
    Idade
    51
    Posts
    1,855
    Agradecimento: 1
    Boa noite,como ficou o desfecho do auto consumo de óleo? Comprei uma 3.0 e está consumindo horrores pelo respiro.
    []S
    Magrão

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. anti-squat e anti-dive
    Por Paulo Eduardo no fórum Fórum Geral 4x4 Brasil
    Respostas: 39
    Última resposta: 07/08/2018, 23:24
  2. Macacão anti-chama em NOMEX III - LICO
    Por rogeriogest no fórum Vendem-se Peças e Acessórios
    Respostas: 0
    Última resposta: 23/03/2012, 21:16
  3. Manta anti-térmica e anti-ruído em São Paulo/Rio de Janeiro
    Por roger_caldas no fórum Fórum Geral 4x4 Brasil
    Respostas: 30
    Última resposta: 19/04/2011, 14:29
  4. Surdina e anti-chama de veículos diesel!
    Por Zepi no fórum Fórum Geral 4x4 Brasil
    Respostas: 17
    Última resposta: 15/12/2009, 09:48
  5. Anti - Chama do Power Stroke 2.8
    Por jeff4x4diesel no fórum Ford
    Respostas: 14
    Última resposta: 14/05/2008, 17:27

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado