x
Convex Datacenter
Página 2 de 3 PrimeiroPrimeiro 123 ÚltimoÚltimo
Resultados 13 a 24 de 28
  1. #13
    Usuário
    Entrada
    09/08/2021
    Local
    Juquitiba/SP
    Idade
    46
    Posts
    11
    Agradecimentos: 0



    Então isso bate com o relato dos amigos que conheço, agora onde começar a ver a solução do meu problema?
    Sobre o S500: Na minha região esta cada vez mais dificil achar o s500 por isso fiz limpeza e ja transicinei pro S10 que esta muito mais comum de se achar (e a tendencia e ficar cada vez mais dificil achar o s500 a medida que as regulamentaçõs de emissão vão avançando)

  2. #14
    Usuário Avatar de RicardoFLN
    Entrada
    31/10/2014
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    43
    Posts
    581
    Agradecimentos: 31
    Citação Postado originalmente por McGam Ver Post
    Então isso bate com o relato dos amigos que conheço, agora onde começar a ver a solução do meu problema?
    Sobre o S500: Na minha região esta cada vez mais dificil achar o s500 por isso fiz limpeza e ja transicinei pro S10 que esta muito mais comum de se achar (e a tendencia e ficar cada vez mais dificil achar o s500 a medida que as regulamentaçõs de emissão vão avançando)
    Quanto ao diesel, não dê ouvidos a essa história de baixa lubricidade do S-10, ela simplesmente não é verdade. O S-10 puro, talvez até tenha uma lubricidade menor do que o S-500 puro (quando digo puro, me refiro a não ter adição de biodiesel). No entanto não compras S-10 nem S-500 puro em posto algum. Com 1% de adição de biodiesel no S-10 ele já chega a níveis de lubricidade do S-500, o que dirá com a porrada de biodiesel que é adicionado hoje!
    Ponderando esses teus pneus, até que o consumo não está lá tão ruim assim! Ela é 4x4? Tem roda livre? Tua caçamba é coberta?
    Como está a saúde do motor? Muito blow-by? Válvula termostática no seu devido lugar? Regulagem do ponto da BI, certinha?

    Sds.
    Ranger XL CE 4x4 Diesel 2000/2001
    Maxion 2.5 transformado 2.8+TGV

  3. #15
    Usuário
    Entrada
    09/08/2021
    Local
    Juquitiba/SP
    Idade
    46
    Posts
    11
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por lcdalzoc Ver Post
    Algo de errado não está certo...

    Eu tive uma Explorer com esse motor da Ranger por muitos anos, erguida, com pneus 33x12,5 mud, diferencial 4,56:1, bomba toda aberta, LDA de maior curso, bicos de maior vazão da Rasch Motoren e escape direto. Fazia tranquilamente 14 km/l em uso rodoviário. Nunca baixava de 10 km/l com muita estrada de chão e pirambeiras.

    Sobre o diesel S10, deixe-o para os motores que realmente precisam (common-rail). Motores com bomba injetora é melhor manter o diesel S-500, abastecido em postos com grande rotatividade de caminhões, devido à maior lubricidade.

    Boa tarde.
    Bom seu ralto bate com outros que ja tinha visto.
    A mudança do S500 pro S10 foi simplesmente por ser muito dificil achar o S500 por aqui.

    E sobre a minha questão alguma luz gente?
    Abraço!

  4. #16
    Usuário
    Entrada
    09/08/2021
    Local
    Juquitiba/SP
    Idade
    46
    Posts
    11
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por RicardoFLN Ver Post
    Quanto ao diesel, não dê ouvidos a essa história de baixa lubricidade do S-10, ela simplesmente não é verdade. O S-10 puro, talvez até tenha uma lubricidade menor do que o S-500 puro (quando digo puro, me refiro a não ter adição de biodiesel). No entanto não compras S-10 nem S-500 puro em posto algum. Com 1% de adição de biodiesel no S-10 ele já chega a níveis de lubricidade do S-500, o que dirá com a porrada de biodiesel que é adicionado hoje!
    Ponderando esses teus pneus, até que o consumo não está lá tão ruim assim! Ela é 4x4? Tem roda livre? Tua caçamba é coberta?
    Como está a saúde do motor? Muito blow-by? Válvula termostática no seu devido lugar? Regulagem do ponto da BI, certinha?

    Sds.
    Amigão tb concordo que o S10 cumpre seu papel mesmo

    vamos por partes:
    1 - sim os pneus achei que dariam um atraso mas não tanto.
    2 - Sim é 4x4
    3 - Não tem Roda Livre
    4 - Caçamba 7 pes descoberta e com Sto Antonio Duplo
    5 - O Motor esta bem, marcha lenta estavel, quando liga quase não da pra ver a fumaça do diesel, não procurei mais defeitos tb.
    6 - Não que eu tenha reparado não.
    7 - Isso não sei dizer pois não tive que abrir, ela trabalha sempre na temperatura que me disseram ser normal (quase sempre no meio do marcador)
    8 - Tambem não sei dizer pois não fui a um Bombista ainda, como disse prefiro não fuçar muito por ora :P

    Sei que não tem magica gente, mas prefiro ir eliminando os vilões mais prováveis antes de mexer em todo o sistema.

  5. #17
    Usuário Avatar de RicardoFLN
    Entrada
    31/10/2014
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    43
    Posts
    581
    Agradecimentos: 31
    Citação Postado originalmente por McGam Ver Post
    Amigão tb concordo que o S10 cumpre seu papel mesmo

    vamos por partes:
    1 - sim os pneus achei que dariam um atraso mas não tanto.
    2 - Sim é 4x4
    3 - Não tem Roda Livre
    4 - Caçamba 7 pes descoberta e com Sto Antonio Duplo
    5 - O Motor esta bem, marcha lenta estavel, quando liga quase não da pra ver a fumaça do diesel, não procurei mais defeitos tb.
    6 - Não que eu tenha reparado não.
    7 - Isso não sei dizer pois não tive que abrir, ela trabalha sempre na temperatura que me disseram ser normal (quase sempre no meio do marcador)
    8 - Tambem não sei dizer pois não fui a um Bombista ainda, como disse prefiro não fuçar muito por ora :P

    Sei que não tem magica gente, mas prefiro ir eliminando os vilões mais prováveis antes de mexer em todo o sistema.
    Vilões? Estão por todos os lugares!!
    Para teres uma ideia, quando eu coloquei roda livre manual na minha, que antes era direto (diferencial dianteiro sendo tocado pelas rodas em 4x2), só isso deu uma diferença de menos 0,5 km/l.
    Logo que a comprei, retirei santo antônio, estribos e parachoque de impulsão.....isso tudo pesava 150 Kg!!!
    Uma lona fechando a caçamba tb ajuda, ainda mais em uma 7 pés, que tem a tampa traseira láaaa pra trás....rsrs
    Quando da próxima troca da correia dentada, cuidar muito pra colocar a BI no ponto do motor. Tem tb o ponto da BI, mas esse melhor deixar pra um bombista.

    Sds.
    Ranger XL CE 4x4 Diesel 2000/2001
    Maxion 2.5 transformado 2.8+TGV

  6. #18
    Usuário
    Entrada
    09/08/2021
    Local
    Juquitiba/SP
    Idade
    46
    Posts
    11
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por RicardoFLN Ver Post
    Vilões? Estão por todos os lugares!!
    Para teres uma ideia, quando eu coloquei roda livre manual na minha, que antes era direto (diferencial dianteiro sendo tocado pelas rodas em 4x2), só isso deu uma diferença de menos 0,5 km/l.
    Logo que a comprei, retirei santo antônio, estribos e parachoque de impulsão.....isso tudo pesava 150 Kg!!!
    Uma lona fechando a caçamba tb ajuda, ainda mais em uma 7 pés, que tem a tampa traseira láaaa pra trás....rsrs
    Quando da próxima troca da correia dentada, cuidar muito pra colocar a BI no ponto do motor. Tem tb o ponto da BI, mas esse melhor deixar pra um bombista.

    Sds.
    Poxa Ricardo imaginava que pesoa aerodinameca pneus etc faziam "uma certa" diferença mas agora com os teus esclarecimentos talvez eu não esteja tão mal assim

    O que posso sacrificar são os estribos mas por conta do trabalho o Sto Antonio se faz necessario. vou ver se arrumo uma capota maritma pra ela e ver se ganho esse sonhado 0,5Km/l

    Uma coisa que ja sei que é polemica por isso nem mencionei, depois do teste do XP3 que fiz separadamente e não notei de fato resultado rodeia ja 1500km com o tal do militec nas medidas indicadas em tudo que vc imagina (motor, combustivel, diferenciais, cx satelite e de cambio etc)
    Esse sim senti diferença, resposta mais agil do motor, passagens de marcha mais macias e uma redução até que perceptivel nos barulhos em geral.

    Bem fora isso mais alguma dica pro novato aqui gente?

    Ah esqueci de falar: pneus sempre calibrados a 30 dianteiro e 32 traseiro (no Barro quando chove e fica intransitavel até pra alguns 4x4 uso 22 frente e 26 tras)

  7. #19
    Usuário Avatar de RicardoFLN
    Entrada
    31/10/2014
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    43
    Posts
    581
    Agradecimentos: 31
    Citação Postado originalmente por McGam Ver Post
    Poxa Ricardo imaginava que pesoa aerodinameca pneus etc faziam "uma certa" diferença mas agora com os teus esclarecimentos talvez eu não esteja tão mal assim

    O que posso sacrificar são os estribos mas por conta do trabalho o Sto Antonio se faz necessario. vou ver se arrumo uma capota maritma pra ela e ver se ganho esse sonhado 0,5Km/l

    Uma coisa que ja sei que é polemica por isso nem mencionei, depois do teste do XP3 que fiz separadamente e não notei de fato resultado rodeia ja 1500km com o tal do militec nas medidas indicadas em tudo que vc imagina (motor, combustivel, diferenciais, cx satelite e de cambio etc)
    Esse sim senti diferença, resposta mais agil do motor, passagens de marcha mais macias e uma redução até que perceptivel nos barulhos em geral.

    Bem fora isso mais alguma dica pro novato aqui gente?

    Ah esqueci de falar: pneus sempre calibrados a 30 dianteiro e 32 traseiro (no Barro quando chove e fica intransitavel até pra alguns 4x4 uso 22 frente e 26 tras)
    Olha, não quero dar uma de dono da verdade, mas acredito que estejas sofrendo do "efeito placebo". Eu acreditaria na tua opinião sobre uma melhora devido ao aditivo, se tu tivesse feito um "teste cego", do tipo: pedir a um amigo que em algum dia aleatório, de forma que tu não soubesse, fosse colocado o aditivo na tua viatura. Aí se tu sentisse alguma diferença, aí teria talvez um pouco mais de peso o teu sentimento.
    Bom, mas já que mencionaste o uso dessa trozoba, me obrigo a compartilhar a hipótese que levantei lendo algumas coisas sobre tribologia (ciência da interação de superfícies em movimento). Tá ligado no teste que fazem pra vender esse aditivo por aí, aquele do rolete metálico sendo atritado, também conhecido como Reichert test. É um teste específico para aditivos EP (extrema pressão). Pois então, ele se dá muito bem no teste certo. O que me faz pensar que não passa de um aditivo EP, que todo óleo que precisa dele já o tem em quantidade suficiente.
    Mas tem mais, depois tu dá uma olhada no auto de infração lavrado pela ANP sobre o importador desse treco.
    SEI/ANP - 0706258 - Decisão
    Eu se fosse tu, pegava a única certeza que o uso desse aditivo te traz, que é o de te deixar mais pobre....rsrs, e com essa grana economizada, encurtava o período de troca do óleo.
    Se for pra usar aditivo extra, além dos que já são adicionados ao óleo, usaria bissulfeto de molibdênio. Sobre esse tu encontras uma vasta literatura científica (ciência de verdade) sobre os benefícios.
    Quanto a pressão dos pneus!!! Tu tá louco!! Deve pular mais do que cabrito montanhês! A menos que tu ande sempre com uns 300 kg na caçamba, aí tudo bem. Não entendi a lógica de pressão maior nos traseiros. Eu usando pneus 31, sem carga coloco no máximo 27 diant./20 tras.

    Sds.
    Ranger XL CE 4x4 Diesel 2000/2001
    Maxion 2.5 transformado 2.8+TGV

  8. #20
    Usuário Avatar de paulorl
    Entrada
    07/08/2012
    Local
    Campinas/SP
    Idade
    44
    Posts
    794
    Agradecimentos: 32
    Sobre o XP3, eu uso na minha ranger 2013 desde que comprei ela, já rodei quase 70 mil km e nunca tive problema algum. Detalhe, logo quando comprei fiz a limpeza da parte de cima do motor pois estava absurdamente suja por conta da EGR, tampei a EGR, e fiz uma única limpeza no DPF pois comprei ela com o filtro já entupido, em modo de emergência. Detalhe, levei na CSS para fazer a limpeza do DPF (antes de mexer na EGR) e eles condenaram um bico injetor e a turbina. Não fiz o serviço lá, levei em uma oficina diesel pesada e eles limparam o DPF por retrolavagem. Depois a parte da limpeza de cima do motor e bloqueio da EGR fiz em outra oficina diesel leve.

    Desde então uso o XP3 a cada tanque. Porque uso isso? Porque onde eu trabalho tem uma unidade com grupos geradores diesel, e eles funcionam com sobras de diesel que ele recebem para fazer testes de adulteração. Ou seja, é uma zona... Esses geradores tiveram que passar por manutenção e a empresa recomendou o XP3. Mostraram como estava uma mangueira de alimentação, com borras. Depois de meses tiveram que chamar a empresa novamente porque havia um vazamento. O legal foi que o vazamento estava contido por conta justamente de borras velhas, que aparentemente foram removidas pelo uso contínuo do aditivo. Também retiraram a mesma mangueira de alimentação para verificar o estado dela e estava mais limpa do que quando foi recolocada. Enfim.... não vi pessoalmente, foi relato de amigo pessoal que eu confio. Já se passaram uns 10 anos desde esse episódio, eu nunca tive carro a diesel, por isso nunca usei antes, mas quando comprei a minha ranger lembrei desse relato e fui atrás porque estava registrado por email. Também entrei em contato com ele novamente para uma "atualização" do status. Segundo ele, eles tinha problemas quase que mensalmente antes do aditivo, agora eles só fazem as preventivas e de vez em quando rola um problema ou outro, mas nada mais relacionado a alimentação de combustivel.

    Já eu, rodei os 70 mil km que comentei (ela estava com 100k quando peguei), nunca mexi nos bicos, nunca mexi na turbina, e nunca mais tive problemas com o DPF, não entupiu nenhuma vez na minha mão, cheguei até a pegar um software que um membro aqui do fórum fez para forçar a regeneração caso necessário mas nunca precisei usar.

    Funciona? Pode ser que seja só placebo, mas estou satisfeito com o histórico do meu carro desde que peguei ele, fiz as correções do antigo dono e tenho rodado bem até hoje. A minha é uma 2.2 e faz entre 11 e 12,5km/l. O computador de bordo sempre marca pra cima (13 ou mais) mas eu faço as contas na bomba a cada abastecimento. Eu compro o XP3 litro e encho uns potinhos de 25ml que eu tenho e deixo no carro, uso 1 a cada tanque cheio. Pelo preço do litro, e o tempo que dura, acho que atualmente é um investimento legal, custa cerca de 240 o litro, dura pra caramba, dá pra encher 40 potinhos, cada tanque de 80 litros roda cerca de 1000km, então teoricamente dá pra rodar 40.000km com um litro de aditivo. Claro que acabo gastando um pouco mais porque não deixo esvaziar o tanque.

    Sobre o consumo da 2.5, não sei dizer, rsrs, só entrei pra dar pitaco sobre o XP3 pois eu uso!



    Citação Postado originalmente por McGam Ver Post
    Poxa Ricardo imaginava que pesoa aerodinameca pneus etc faziam "uma certa" diferença mas agora com os teus esclarecimentos talvez eu não esteja tão mal assim

    O que posso sacrificar são os estribos mas por conta do trabalho o Sto Antonio se faz necessario. vou ver se arrumo uma capota maritma pra ela e ver se ganho esse sonhado 0,5Km/l

    Uma coisa que ja sei que é polemica por isso nem mencionei, depois do teste do XP3 que fiz separadamente e não notei de fato resultado rodeia ja 1500km com o tal do militec nas medidas indicadas em tudo que vc imagina (motor, combustivel, diferenciais, cx satelite e de cambio etc)
    Esse sim senti diferença, resposta mais agil do motor, passagens de marcha mais macias e uma redução até que perceptivel nos barulhos em geral.

    Bem fora isso mais alguma dica pro novato aqui gente?

    Ah esqueci de falar: pneus sempre calibrados a 30 dianteiro e 32 traseiro (no Barro quando chove e fica intransitavel até pra alguns 4x4 uso 22 frente e 26 tras)

  9. #21
    Usuário Avatar de RicardoFLN
    Entrada
    31/10/2014
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    43
    Posts
    581
    Agradecimentos: 31
    Citação Postado originalmente por paulorl Ver Post
    Sobre o XP3, eu uso na minha ranger 2013 desde que comprei ela, já rodei quase 70 mil km e nunca tive problema algum. Detalhe, logo quando comprei fiz a limpeza da parte de cima do motor pois estava absurdamente suja por conta da EGR, tampei a EGR, e fiz uma única limpeza no DPF pois comprei ela com o filtro já entupido, em modo de emergência. Detalhe, levei na CSS para fazer a limpeza do DPF (antes de mexer na EGR) e eles condenaram um bico injetor e a turbina. Não fiz o serviço lá, levei em uma oficina diesel pesada e eles limparam o DPF por retrolavagem. Depois a parte da limpeza de cima do motor e bloqueio da EGR fiz em outra oficina diesel leve.

    Desde então uso o XP3 a cada tanque. Porque uso isso? Porque onde eu trabalho tem uma unidade com grupos geradores diesel, e eles funcionam com sobras de diesel que ele recebem para fazer testes de adulteração. Ou seja, é uma zona... Esses geradores tiveram que passar por manutenção e a empresa recomendou o XP3. Mostraram como estava uma mangueira de alimentação, com borras. Depois de meses tiveram que chamar a empresa novamente porque havia um vazamento. O legal foi que o vazamento estava contido por conta justamente de borras velhas, que aparentemente foram removidas pelo uso contínuo do aditivo. Também retiraram a mesma mangueira de alimentação para verificar o estado dela e estava mais limpa do que quando foi recolocada. Enfim.... não vi pessoalmente, foi relato de amigo pessoal que eu confio. Já se passaram uns 10 anos desde esse episódio, eu nunca tive carro a diesel, por isso nunca usei antes, mas quando comprei a minha ranger lembrei desse relato e fui atrás porque estava registrado por email. Também entrei em contato com ele novamente para uma "atualização" do status. Segundo ele, eles tinha problemas quase que mensalmente antes do aditivo, agora eles só fazem as preventivas e de vez em quando rola um problema ou outro, mas nada mais relacionado a alimentação de combustivel.

    Já eu, rodei os 70 mil km que comentei (ela estava com 100k quando peguei), nunca mexi nos bicos, nunca mexi na turbina, e nunca mais tive problemas com o DPF, não entupiu nenhuma vez na minha mão, cheguei até a pegar um software que um membro aqui do fórum fez para forçar a regeneração caso necessário mas nunca precisei usar.

    Funciona? Pode ser que seja só placebo, mas estou satisfeito com o histórico do meu carro desde que peguei ele, fiz as correções do antigo dono e tenho rodado bem até hoje. A minha é uma 2.2 e faz entre 11 e 12,5km/l. O computador de bordo sempre marca pra cima (13 ou mais) mas eu faço as contas na bomba a cada abastecimento. Eu compro o XP3 litro e encho uns potinhos de 25ml que eu tenho e deixo no carro, uso 1 a cada tanque cheio. Pelo preço do litro, e o tempo que dura, acho que atualmente é um investimento legal, custa cerca de 240 o litro, dura pra caramba, dá pra encher 40 potinhos, cada tanque de 80 litros roda cerca de 1000km, então teoricamente dá pra rodar 40.000km com um litro de aditivo. Claro que acabo gastando um pouco mais porque não deixo esvaziar o tanque.

    Sobre o consumo da 2.5, não sei dizer, rsrs, só entrei pra dar pitaco sobre o XP3 pois eu uso!
    Paulo,

    Quando comentei sobre o efeito placebo, era mais na questão de "sentir" que a viatura desempenha melhor após colocar produto x, y ou Z.
    O XP3 tem um propósito completamente diferente de um Melecatec da vida, e até faz sentido utiliza-lo em certas situações.
    Em motores diesel que ficam ociosos por muito tempo e onde o diesel pode chegar a ficar mais de 30 dias armazenado, faz todo o sentido o uso de um biocida e de um surfactante. O primeiro, dá cabo da proliferação microbiana, o segundo faz com que a água que acaba contaminando o diesel seja emulsionada e possa passar sem gerar problemas pelo sistema de alimentação.
    Com esse mesmo propósito de agir como biocida existem outras opções como o Fuel-Gard (John Deere)e o Actioil.

    Sds.
    Ranger XL CE 4x4 Diesel 2000/2001
    Maxion 2.5 transformado 2.8+TGV

  10. #22
    Usuário Avatar de paulorl
    Entrada
    07/08/2012
    Local
    Campinas/SP
    Idade
    44
    Posts
    794
    Agradecimentos: 32
    Tranquilo Ricardo!!

    Realmente é difícil falar se é placebo ou não, como comentei, não fui eu quem passei pela situação, foi um amigo... mas pelo custo por km rodado eu acho que vale a pena arriscar!

    Só tem que ficar esperto pois se estiver muito sujo o ideal é limpar em oficina primeiro, senão pode ser um tiro no pé, pode vir a soltar borras de algum lugar e ir parar nos injetores.... então sempre tomar cuidado!

    Sobre o militec, valeu pelo aviso, não tinha conhecimento dessa autuação, mas já tinha ouvido falar que realmente muitos óleos (a maioria) que utilizamos já tem as proteções necessárias. Mas como um motorzinho diesel não é barato pra mandar fazer, a gente acaba arriscando muita coisa pra durar o máximo possível rsrsrs

    []s


    Citação Postado originalmente por RicardoFLN Ver Post
    Paulo,

    Quando comentei sobre o efeito placebo, era mais na questão de "sentir" que a viatura desempenha melhor após colocar produto x, y ou Z.
    O XP3 tem um propósito completamente diferente de um Melecatec da vida, e até faz sentido utiliza-lo em certas situações.
    Em motores diesel que ficam ociosos por muito tempo e onde o diesel pode chegar a ficar mais de 30 dias armazenado, faz todo o sentido o uso de um biocida e de um surfactante. O primeiro, dá cabo da proliferação microbiana, o segundo faz com que a água que acaba contaminando o diesel seja emulsionada e possa passar sem gerar problemas pelo sistema de alimentação.
    Com esse mesmo propósito de agir como biocida existem outras opções como o Fuel-Gard (John Deere)e o Actioil.

    Sds.

  11. #23
    Usuário
    Entrada
    09/08/2021
    Local
    Juquitiba/SP
    Idade
    46
    Posts
    11
    Agradecimentos: 0
    Citação Postado originalmente por RicardoFLN Ver Post
    Vilões? Estão por todos os lugares!!
    Para teres uma ideia, quando eu coloquei roda livre manual na minha, que antes era direto (diferencial dianteiro sendo tocado pelas rodas em 4x2), só isso deu uma diferença de menos 0,5 km/l.
    Logo que a comprei, retirei santo antônio, estribos e parachoque de impulsão.....isso tudo pesava 150 Kg!!!
    Uma lona fechando a caçamba tb ajuda, ainda mais em uma 7 pés, que tem a tampa traseira láaaa pra trás....rsrs
    Quando da próxima troca da correia dentada, cuidar muito pra colocar a BI no ponto do motor. Tem tb o ponto da BI, mas esse melhor deixar pra um bombista.

    Sds.
    Update:
    Levei a um bombista e ele analisou o carro e disse que pela situação geral caberia fazer mesmo primeiro a limpeza de bicos e depois regulagem de bomba.
    Na limpeza os bicos estavam condenados mesmo e troquei por um kit de bicos originais ele me pediu para rodar e testar pois pela montagem e medição dos bicos tudo batia.
    Me disse também para trocar filtro de combustível e de ar.
    Troquei e rodei apenas 120km com ela mas aparentemente além de não resolver parece que gastou mais 🤣🤣🤣
    (Algo em torno de 6.5 na estrada)
    Realmente senti ela mais esperta nas retomadas e menos fumaça preta em geral, mas meu problema continua!
    E aí pessoal, mais alguma ideia pra ir atrás?
    Obrigado ao feedback de todos.
    Abraço

  12. #24
    Usuário Avatar de RicardoFLN
    Entrada
    31/10/2014
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    43
    Posts
    581
    Agradecimentos: 31
    Citação Postado originalmente por McGam Ver Post
    Update:
    Levei a um bombista e ele analisou o carro e disse que pela situação geral caberia fazer mesmo primeiro a limpeza de bicos e depois regulagem de bomba.
    Na limpeza os bicos estavam condenados mesmo e troquei por um kit de bicos originais ele me pediu para rodar e testar pois pela montagem e medição dos bicos tudo batia.
    Me disse também para trocar filtro de combustível e de ar.
    Troquei e rodei apenas 120km com ela mas aparentemente além de não resolver parece que gastou mais 🤣🤣🤣
    (Algo em torno de 6.5 na estrada)
    Realmente senti ela mais esperta nas retomadas e menos fumaça preta em geral, mas meu problema continua!
    E aí pessoal, mais alguma ideia pra ir atrás?
    Obrigado ao feedback de todos.
    Abraço
    Então, com uma "medição" em meros 120 km não dá pra cravar nada certeiro! Pura especulação! Precisas de um espaço amostral beeemm maior, pois existem alguns erros aleatórios nas tuas medidas do tipo: encher o tanque até a boca exatamente no mesmo lugar, sempre, mas não saber se tem um bolsão de ar dentro do tanque, pois na hora de abastecer não sacudiu o veículo, ou ele estava meio penso para direita. Tem tb os erros sistemáticos, do tipo teu odômetro não tem lá uma grande exatidão, mas esse não é o maior problema pois estás sempre utilizando esse odômetro.
    Outro ponto altamente relevante, é que não estás medindo coisas iguais. Se tu "sentiu" ela mais esperta nas retomadas tu acabou de afirmar que está apertando mais o pedal da direita!!! Te incriminou de graça...rsrs!!!
    Num cenário hipotético tens de andar com a viatura com o mesmo desempenho de antes das mudanças, aí sim, se não aparecer melhora de consumo é porque a mudança não surtiu efeito.
    Mas uma certeza agora tu tens!! Se não está fazendo fumaça preta, a queima está melhor.

    Sds.
    Ranger XL CE 4x4 Diesel 2000/2001
    Maxion 2.5 transformado 2.8+TGV

Classificados ANUNCIE GRÁTIS

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. Consumo: Triton diesel 3.2 at
    Por talescartorio no fórum Mitsubishi
    Respostas: 31
    Última resposta: 20/04/2018, 13:32
  2. Respostas: 5
    Última resposta: 29/10/2017, 17:14
  3. Consumo de diesel
    Por TCHECO no fórum Nissan
    Respostas: 1
    Última resposta: 18/03/2011, 09:12
  4. Consumo Diesel x RPM
    Por RGamaJr_4x4 no fórum Picapes
    Respostas: 11
    Última resposta: 04/09/2008, 15:17
  5. Consumo de diesel
    Por GERALDOMS no fórum Toyota
    Respostas: 9
    Última resposta: 11/01/2008, 07:50

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  • BB Code está Ligado
  • Smilies estão Ligados
  • Código [IMG] está Ligado
  • Código HTML está Desligado

Change privacy settings Alterar definições de privacidade