Página 1 de 6 123456 ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 12 de 68
  1. #1
    Usuário Avatar de Walther
    Entrada
    13/04/2007
    Local
    São João Del Rei/MG
    Idade
    55
    Posts
    162

    Como calçar as pastilhas de freio (by Dr. Chrysler)




    O Sandro (Dr. Chrysler) gentilmente me mandou esse passo-a-passo que tomo a liberdade de compartilhar com os demais usuários deste fórum.


    Chapa de calha de 0,50 a 0,57 mm.


    Corte uma chapinha como na foto.


    O tamanho vai depender do cavalete que pode mudar de ano para ano.


    A chapinha fica sobrando +- 1 cm. de cada lado.


    Faça um rasgo de +- 1 cm. em cada extremidade


    Fica assim.


    Com o auxílio de uma morsa, vire a chapinha no meio a 90º.


    Vai ficar assim.


    Feche uma das pontas.


    Com a chapinha sobre o cavalete, feche a outra ponta cuidando para que fique justo.


    Ela pronta e encaixada com pressão.


    Pronto para o uso e sem barulhos.

    É isso.
    4X4 Brasil
    Pajero Sport 3.0, 2002, preta.

  2. #2
    Usuário
    Entrada
    28/12/2010
    Local
    são paulo/SP
    Idade
    37
    Posts
    962
    BOA WALTHER

    amigos só não pode colocar com chapa muito grossa ok

    por que se não vai travar a pastilha

    vai resolver tambem mais vai ficar travando as patilhas de freio

    DR CHRYSLER

  3. #3
    Usuário
    Entrada
    13/10/2008
    Local
    Bom Jardim/RJ
    Idade
    36
    Posts
    461
    Hei, hei, hei, Dr. Chrysler é nosso rei!!!
    Bravo!!!!
    Cherokee Shrek (Sujo e fedorento, mas todo mundo gosta)

  4. #4
    Usuário
    Entrada
    30/09/2010
    Local
    Tiete/SP
    Idade
    42
    Posts
    234

    Sera que vale a pena

    Como se trata de um fórum , eu me senti na obrigação de me pronunciar diante deste post , para alertar aos amigos o grande risco que estarão correndo ao aplicar este procedimento.
    Procedimento este que me admira muito ter partido do SR: Sandro , ou DR: Crysler , como se auto denominou .
    Este procedimento já é aplicado em vários paises inclusive por montadoras ,conforme anexo que estarei publicando, assim que possível , só que no caso são utilizados calços fabricados com aço de alta resistência para suportar o calor que pode atingir facilmente ° 600 e a pressão, exercida pelas pastilhas no momento da frenagem , basta observar que as pastilhas se apóiam nos cavaletes para suportar tal pressão ; E este material , que esta sendo indicado pelo nosso amigo é Chapa de Calha é em 80% constituído de Zinco , Material este muito resistente a Oxidação , porem frágil em relação a carga de pressão , podendo assim formar um trilho e impedir que a pastilha retorne para a posição de descanso , deixando ele encostada no disco e provocando o superaquecimento das mesmas , em um evento mais grave pode se ocorrer deste material se mover e provocar o travamento da roda , onde as causas serão mais graves .
    Como cada um é responsável pelos seus atos , cabe a cada um decidir se aplicam esta gambiarra em seu veículos e medir se vale a pena correr este risco.



    Esta matéria abaixo serve para explicar a temperatura que atinge uma pastilha de freio


    APLICAÇÃO ESPECÍFICA PASTILHAS

    A pastilha de freio é o coração do sistema de travagem. Se você está tendo dificuldade em manter seus clientes satisfeitos com os reparos de freio, talvez é hora de começar a construir um dossier sobre os tipos de almofadas instalado em plataformas de veículos específicos. Através de entrevista com seus clientes e cria um arquivo de freio de serviço em seu sistema de gestão de lojas para comparar os resultados, você pode descobrir que tipo "A" fricção de freio tem melhor desempenho em uma plataforma específica do que a marca "B" Ou esse procedimento "C" proporciona menos reclamações de barulho do que serviço "D"
    Em qualquer caso, é importante reconhecer que a tecnologia moderna produziu uma infinidade de materiais de fricção de freio no mercado. Embora as duas letras do Department of Transportation (DOT) dos códigos de borda pode nos dizer o atrito características gerais de um material de atrito do freio, ele não nos diz sobre o ruído de travagem , a sensibilidade do pedal, pedal de pulsação, roda de varredura e características de longevidade da pastilhas de travão. Quais são os códigos dão vantagem é como o atrito do freio realiza a 250 ° F e F temperaturas de funcionamento ° 600.

    Tendo em vista que o coeficiente de atrito do aço para o aço é de cerca de 0,25, uma almofada de prémio ou "FF" pad irá gerar um coeficiente de atrito de 0,35 e 0,45 em ambos os extremos de temperatura com 0-22%, possivelmente, desaparecer em 600 ° F. Por outro lado, uma almofada FE-avaliação vai gerar 0,25 a 250 ° F e 0,35 na F temperaturas de funcionamento ° 600, possivelmente com 2-44% fade a 600 ° C. É claro que o bloco FE não tem muito a sensibilidade do pedal em baixas temperaturas. Se você quiser saber mais sobre os códigos da borda, basta digitar "Códigos de borda de freio" para a função de pesquisa on-car.com www.import
    Porque os fabricantes de alguns atritos oferta almofadas que abordam as diferentes hábitos de condução e condições, é importante entender perfeitamente as opções fornecidas pelo seu fornecedor de atrito do freio. A maioria dos fornecedores do aftermarket oferta de atrito do freio que atenda aos requisitos para as condições específicas de funcionamento. É por isso que os fornecedores de atrito do freio oferecem uma variedade de materiais de fricção de aplicações específicas que se enquadram nas categorias gerais de cerâmica, semi-metálicos e de materiais orgânicos de frenagem. De um modo geral, a cerâmica é projetado para reduzir as queixas pó, semi-metálico é usado em aplicações de alta carga orgânica e pode ser usado em situações de condução de baixa tensão.
    Mas tenha em mente que a seleção de compostos de fricção de freio é quase infinita. fabricantes Concorrência atrito do freio oferecer literalmente dezenas de misturas de atrito para atender às diferentes condições de condução em ambos terra e asfalto. Da mesma forma, as misturas modernas de fibra de carbono pode facilmente operar em mais de 1.000 ° C, com quase o dobro do coeficiente de atrito de compostos convencionais.

    Por último, lembre-se que alguns compostos de atrito pode transferir material de atrito da almofada para o rotor, causando uma difícil diagnosticar-pedal denúncia pulsação. Da mesma forma, porque alguns projetos pinça de freio vai ferver o líquido de freio em altas temperaturas de operação, certifique-se que um composto de atrito é compatível com uma concepção particular paquímetro


    Componentes de freio e Funções
    Um sistema de freio a disco geralmente consiste de um disco quebrar rotor, duas pastilhas de freio e uma pinça (SAE International, 2007).A combinação destes componentes permite que a roda girando a experiência severa de frenagem em uma distância de travagem curtas. A superfície de frenagem é a área em que a acção de travagem do material de atrito ocorre (Limpert, 1999).
    A figura ilustra os componentes do sistema do disco de freio em um veículo de passageiros. A parte central do disco de freio possui uma abertura circular, que se localiza no cubo da roda (SAE International, 2007). É cercada por uma série de furos para os parafusos das rodas. O disco de freio gira junto com a roda. A carga normal, produzidas quando o freio é acionado resultar na geração de uma força de atrito no plano da interface bloco de disco. Por sua vez, produz um torque de freio sobre o centro de rotação da roda, como mostrado na figura. A reação ao torque de freio é visto na força de frenagem, entre o pneu eo solo, o que a velocidade do veículo.

  5. #5
    Usuário
    Entrada
    30/09/2010
    Local
    Tiete/SP
    Idade
    42
    Posts
    234
    O disco de freio ventilado é um monobloco com os bosques e para veículos de passageiros com aletas de refrigeração entre as duas superfícies de frenagem.Isso permite que o ar circule entre as superfícies de frenagem, tornando-os menos sensíveis ao acúmulo de calor e mais resistente ao desbotamento. Sujeira e água geralmente não afetam a capacidade de travagem, pois os contaminantes são jogados fora pela ação centrífuga do disco de freio ou raspado pelas almofadas. Além disso, a ação de aperto igual das duas pastilhas de freio tende a garantir pára uniforme, em linha reta (SAE International, 2007).
    As duas principais funções do rotor do freio são a transmissão de força mecânica ea dissipação de calor, produzido quando funcionando em ambos e de alta temperatura média (Limpert, 1999). Isto significa que os materiais utilizados para os discos de freio deve ser capaz de suportar altas temperaturas (Grieve et al ., 1998). O material do rotor deve ser rentável, permitindo reduções potenciais de peso, bem como para a estabilidade dos componentes (Ioannidis et al. 2005).
    Um disco de freio sólido consiste de uma superfície de fricção e uma seção de cartola (Bae e Wicket, 2000). A seção que liga estas duas partes é conhecido como o pescoço (Yumoto e Okamura, 2006). A seção de superfície esfregar é a área onde uma força de atrito tangencial é gerado quando o disco interage com uma almofada fixas para parar o veículo em movimento. O disco de fricção de superfície é conhecida como a bochecha (Grieve et al ., 1998) (Koetniyom, 2000).Uma seção cartola está ligado à superfície da fricção do disco e montado no cubo da roda do veículo.
    Um disco de freio, que tem interior separado e esfregando as superfícies laterais com aletas de arrefecimento ou de barbatanas no meio é conhecido como um rotor ventilado. Estas palhetas permitem o fluxo de ar através da estrutura legal e esfregando as superfícies durante e após todos os eventos de frenagem. Existem dois tipos de disco ventilados: frente ventilados e back-ventiladas. A figura mostra o tipo da frente ventilados de freio a disco, onde a seção cartola está ligado pelo pescoço até a superfície da fricção do motor. Por outro lado, um pescoço que liga o interior com superfície de fricção na seção cartola como mostrado na Figura cria o que é conhecido como um disco de back-ventilados (SAE International, 2007).

    O atrito entre o bloco eo disco tem um papel decisivo na definição do montante da pastilha de freio foi desenvolvido para esfregar a superfície do disco, provocando uma diminuição da força do pedal necessária para obter uma dada taxa de desaceleração (Papinniemi et al. 2002). Esse fator também é importante na concepção de freios para o funcionamento equilibrado de um veículo como o desequilíbrio de freio pode levar a uma guinada torque sobre a vertical que poderia comprometer a estabilidade do veículo. A tarefa adicional para o disco de freio é induzir o movimento de ar, como o ar que se move sobre a superfície de atrito do disco reduz as eliminatórias construir (Valvano e Lee, 2000).
    A pastilha de freio foi desenvolvido para esfregar a superfície do disco, provocando uma diminuição da velocidade do veículo, convertendo o trabalho mecânico em energia térmica. A estrutura dos blocos pode ser muito complexo (Nicholson, 1995). Podem consistir de diferentes materiais ou numerosas camadas paralelas, como mostrado na figura. Há muitos tipos diferentes de materiais de fricção no mercado que podem ser classificados nas seguintes categorias: semi-metálicos (SM), o amianto não orgânicos (NAO) eo metal sinterizado (Anderson, 1992). Um material de atrito é montado em uma placa rígida de metal de volta usando o adesivo. Um material de substrato é, por vezes, localizado entre o material de atrito ea placa traseira. A principal função do material de substrato é agir como um isolante térmico que impede um fluxo excessivo de calor para o fluido de freio e de pistão, bem como anti-vibração. O backplate distribui a força exercida pelo pistão sobre a superfície de contato pad (Lee et al. 2003a). Uma camada de anti-ruído ou calço localizado atrás da placa traseira minimiza a transmissão de vibrações produzidas durante a travagem.

    A pinça, que contém um ou mais pistões, possui as duas pastilhas de cada lado do rotor. O movimento dos pistões é controlada por um sistema hidráulico (SAE International, 2007). Quando a pressão hidráulica é aplicada, pressionando o pedal do freio, o pistão é empurrado para a frente para pressionar o direcional interna contra o rotor, enquanto a carcaça é empurrada na direção oposta para pressionar a almofada contra o rotor externo, gerando uma pinça hidráulica em torno do rotor . Para o tipo de calibre fixo (não flutuante) do sistema de freio a disco, cada um pressiona o pistão do travão contra os seus respectivos lados da superfície de atrito do freio, como mostrado na figura. Entretanto, a habitação pinça flutuante, que é projetado para deslizar sobre o seu apoio, reage por deslocamento e empurrar as almofadas contra ambos os lados do disco, como mostrado na Figura (SAE International, 2007).


    Como calçar as pastilhas de freio (by Dr. Chrysler)-calco-freio.jpgComo calçar as pastilhas de freio (by Dr. Chrysler)-calco-certo.gif





    Agora imagine todo o peso do veiculo numa decida de serra , a pressao e o calor sobre esta frágil chapinha de Zinco .




    T+

    Wilson
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos Como calçar as pastilhas de freio (by Dr. Chrysler)-calco-cer-1.jpg  
    4X4 Brasil

  6. #6
    Usuário Avatar de Glaicon
    Entrada
    22/06/2009
    Local
    Florianópolis/SC
    Idade
    46
    Posts
    1,964
    Citação Postado originalmente por Wilsonaa Ver Post
    Como se trata de um fórum , eu me senti na obrigação de me pronunciar diante deste post , para alertar aos amigos o grande risco que estarão correndo ao aplicar este procedimento.
    Procedimento este que me admira muito ter partido do SR: Sandro , ou DR: Crysler , como se auto denominou .
    Wilson, considero muito válida tua advertência.
    Todavia, o mau uso da palavra - ou o exagero no verbo - pode se tornar ofensivo.
    Acho que o Sandro quer ajudar.
    É possível até o desconhecimento dele sobre a questão de resistência de materiais em determinadas aplicações.
    Segundo o bom jargão, "gentileza gera gentileza".
    Por isso, por favor, não seja agressivo em suas palavras.
    Temos todos objetivos em comum neste fórum, como a amizade, parceria e busca de conhecimento.
    Que a distância e a virtualidade da comunicação não estraguem isto.
    Um bom domingo a todos.

  7. #7
    Usuário Avatar de Rustão
    Entrada
    28/02/2011
    Local
    São Paulo/SP
    Idade
    42
    Posts
    412
    Com certeza Glaicon, o Sandro sempre tem boas intenções e sei que ele vai analisar tudo isso que o Wilsonaa colocou, mais é um alerta importante, pq com freio não brinca
    abraço a todos

  8. #8
    Usuário
    Entrada
    15/03/2008
    Idade
    45
    Posts
    160
    A ideia do Sandro é boa, uma opção simples é trocar a chapa zincada pela chapa de inox(AISI 304/304L). É um pouco ruim de trabalhar, mas suporta essa temperatura que o colega citou, em torno de 400 a 500°, temos que levar em conta que ao atingir a temperatura de 1000 graus, a maioria dos aços entre em ponto de fusão, somente com cobertura de Titanio e material a base de ceramica (ferramentas de corte com cobertura PVDtin)suporta essa temperatura em compensação não suporta impacto. Resumindo, derreteria o conjunto todo do freio.
    4X4 Brasil

  9. #9
    Usuário
    Entrada
    30/09/2010
    Local
    Tiete/SP
    Idade
    42
    Posts
    234
    Citação Postado originalmente por Glaicon Ver Post
    Wilson, considero muito válida tua advertência.
    Todavia, o mau uso da palavra - ou o exagero no verbo - pode se tornar ofensivo.
    Acho que o Sandro quer ajudar.
    É possível até o desconhecimento dele sobre a questão de resistência de materiais em determinadas aplicações.
    Segundo o bom jargão, "gentileza gera gentileza".
    Por isso, por favor, não seja agressivo em suas palavras.
    Temos todos objetivos em comum neste fórum, como a amizade, parceria e busca de conhecimento.
    Que a distância e a virtualidade da comunicação não estraguem isto.
    Um bom domingo a todos.
    Caros amigos , não foi a minha intenção ofender ninguém o intuito deste post foi o de alertar a todos para não correrem riscos desnecessários ou acatarem dicas , mesmo que Seja de alguém que se diz Doutor em alguma coisa .
    Como o amigo glaicon mesmo citou , `` É possível até o desconhecimento dele sobre a questão de resistência de materiais em determinadas aplicações.``
    Eu acredito que se não temos profundo conhecimento sobre o que estamos postando , é melhor ficar calado , pois o risco é muito grande ,
    Quando comentei que me admira muito ter partido de quem partiu a dica , foi com base em posts que ele mesmo alertou , respondendo a um comentário meu sobre adaptar um filtro de combustível , segue os comentários

    Sandro

    amigo sua mulher esta coberto de razão
    vazamento de combustivel é muito serio

    procure naqueles posts de troca de oleo grande
    tipo rei do oleo
    la eles devem ter em estoque esse filtro
    nada de adpitação correto
    abraço

    veja bem amigo
    tudo que for adpitações vc pode correr risco
    então prefiro um usadinho original que vai bem melhor ok
    obs nada quanto as adptações ok galera

    abraço

    SANDRO DR CHRYSLER

    amigos sempre falei que eu sandro
    particularmente não gosto de gambitas
    mais fazer oq cada um é cada um né amigos
    estou aqui pra tentar ajudar a todos.

    Agora ele mesmo coloca este post com adaptações no freio, mesmo com os comentários dos amigos que alguma coisa estava errada , segue os comentários dos amigos

    Ok Sandro!O Calço estou usando no TJ que freia perfeitamente mas faz um chiado...hj tirei a cahpinha e melhorei um pouco pois estava pegando no disco qdo a pinça movimentava...vou testar hj
    A XJ é que parece que trava,esquenta e cheira queimado,nela não tem nada:disco zero,pastilha zero e flexível zero porém tinha o mesmo problema c o cjto antigo então vou retirar a pinça e revisar o embulo...

    Pessoal!!O TJ ficou zerado com a chapinha mesmo depois de bem ajustada.Fiz de inox pq tinha um pedaco a mao e ficou bem legal.Depois tento fotografar sem a roda...
    Abs


    Se os senhores observarem a palavra Gambitas partiu dele mesmo



    Temos todos objetivos em comum neste fórum, como a amizade, parceria e busca de conhecimento.

    Com relação as suas palavras , eu acredito que faltaram as palavras , responsabilidade , Comprometimento e Seriedade .

    Conclusão
    Tenho certeza de que a maioria dos amigos aqui tem a intenção de ajudar, aprender e trocar experiências , afinal é ensinando que se aprende , mas devemos ficar atentos para certas dicas , não é porque partiu de uma pessoa experiente que devemos acatar de olhos fechados , grandes mestres também são passiveis de erros .

    Peço desculpa se ofendi alguém , não era esta a minha intenção

    T+

    Wilson

  10. #10
    Usuário Avatar de Renato Fraga
    Entrada
    27/06/2005
    Local
    Jaraguá do Sul/SC
    Idade
    37
    Posts
    1,839
    Wilson, por acaso você tem uma Cherokee ou algum veículo semelhante???

    Conhece bem o sistema de freio deles?????

    Já viu como é a retenção da pastilha, já trocou uma pastinha?????


    Bom, eu tenho Dakota desde 2001 e ela usa exatamente o mesmo tipo de pinça e pastilha de freio. De 2007 pra cá, troquei toda a suspensão dianteira por um eixo de Troller 2000 que é exatamente igual ao da Cherokee.

    Fazer essa adaptação, se é que é uma adaptação, não interfere em nada no comportamento do freio. Isso apenas evita que a pastilha fique batendo fazendo barulho. É fato que as pastilhas ficam retidas naqueles cavaletes que nem fazem parte da pinça, o que certamente oferece uma segurança bem maior. E justamento por isso você ou qualquer pessoa pode ficar 100% tranquila em fazer tal ajuste. Sua família não estará em risco. Eu fiz isso na minha Dakota já tem muito tempo e até hoje funciona muito bem.

    Se você for reparar, em muitos outros veículos, o sistema de retenção das pastilhas é totalmente feito nas pinças que por sua vez são fixas por 2 parafusos apenas que pra maioria dos leigos, pode parecer pouco. É fato que o material empregado é de extrema qualidade e devidamente concebido para tal aplicação, mas lembre-se que os tais seguram exatamente toda a carga gerada pelo freio.

    No sistema das Cherokees, analizando por esse ponte de vista, os parafusos apenas seguram a pinça no lugar e quem segura a carga do freio são os tais cavaletes. Se acha que as chapas de zinco não são adequadas para tal serviço, eu também questionei quando me sugeriram tal solução, mas o tempo me mostrou que não existe problema.

    Agora se você for analizar por esse ponto de vista, verás que muita coisa em um veículo é suportado por componentes aparentemente frágeis.

    Imagina um caminhão, aqueles de 2 eixos apenas: tente visualizar que sobre seus feixes de molas, todo chassi, motor, carroceria, carga, força do motor, dos freios, etc etc etc estão apoiados sobre apenas 8 parafusos.....sim, os parafusos das buchas dos feixes de molas. Parece pouco não, mas exatamente sufucientes.....isso é só um exempo!!!

    Portanto não se assuste com a tal dica sugerida pelo Dr Chrysler. Se não fosse confiável, certamente ele não publicaria isso por aqui.

    Folhas de zinco são utilizadas para interpor as lâminas do molejo simplesmente para atenuar os rangidos e desgastes provocados pelo atrito entre as lâminas. Duram uma vida.

    Nos freios, ao menos no meu carro, tá tem 4 anos e nenhum vestígio de problemas.


    Abraços

  11. #11
    Usuário Avatar de Rustão
    Entrada
    28/02/2011
    Local
    São Paulo/SP
    Idade
    42
    Posts
    412
    Parece que a temperatura e a resistencia é um grande problema !
    trabalho com protese odontologica, e vou tentar confeccionar uma em resina e fundir em NiCr. pra ver no que dá...

  12. #12
    Usuário Avatar de Renato Fraga
    Entrada
    27/06/2005
    Local
    Jaraguá do Sul/SC
    Idade
    37
    Posts
    1,839
    Vai quebrar pois é muito duro!!!!!!!!!

    E o processo de fundição, mesmo que centrifugado, deixa o material sem a devida coesão!!!!!

Página 1 de 6 123456 ÚltimoÚltimo

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. Pastilhas Freio
    Por alexx.files no fórum Land Rover
    Respostas: 31
    Última resposta: 11/02/2014, 22:36
  2. Pastilhas De Freio!!????
    Por FRED DE PAULA no fórum Geral Off-Topic
    Respostas: 2
    Última resposta: 14/11/2008, 20:06
  3. Pastilhas de freio
    Por Cotrim no fórum Vendem-se Peças e Acessórios
    Respostas: 9
    Última resposta: 28/08/2007, 21:28
  4. Pastilhas de freio JPX = R$ 50,00
    Por Michel Schinagel no fórum Vendem-se Peças e Acessórios
    Respostas: 0
    Última resposta: 23/09/2005, 10:32

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
Topo