Página 3 de 12 PrimeiroPrimeiro 123456789101112 ÚltimoÚltimo
Resultados 25 a 36 de 140
  1. #25
    Usuário
    Entrada
    14/03/2008
    Idade
    52
    Posts
    195



    Prezado Amigo

    A pouco tempo, dei uma geral na caixa de cambio e reduzida de meu jeep 3 marchas 1@ seca , tava tudo ruim tive que trocar a caixa de cambio e diversos componentes... esta zerada a caixa & reduzida , minha duvida é que ao montar coloquei oleo 90 Gl-4 , e ao ler esta matéria fiquei preocupado pois de fato , varios componentes são de bronze , acabei fazendo o seguinte , troquei o oleo das caixas e como não achei o Ursa 50 , coloquei o oleo 25 50 para motor a diesel Rimula da Shell , estou certo ? Obrigado Abraços Yuri

  2. #26
    Usuário
    Entrada
    14/03/2008
    Idade
    52
    Posts
    195
    Prezado Leopoldo

    Obrigado pela resposta e desculpe pela duplicidade na pergunta !
    A questão é complicada pois o colega Edgar , menciona que usa o oleo 50 de motor no cambio 3 marchas da Rural , sem nenhum problema , e não se pode usar os tais Gl-4 ou GL-5 , o que fazer ???

    Abraços

    Yuri

  3. #27
    Usuário Avatar de plnx
    Entrada
    31/05/2007
    Local
    Cianorte/PR
    Idade
    32
    Posts
    264
    no lugar do óleo 90 GL-4 ou GL-5 é só usar óleo monoviscoso 50, sem segredo, alguns cambios dos caminhões VW novos usam óleo 50 também.

  4. #28
    Usuário Avatar de leopoldo
    Entrada
    13/11/2003
    Local
    são josé dos campos/SP
    Idade
    55
    Posts
    4,184
    A questão não é complicada. Está relacionada à viscosidade. A viscosidade para motor esta na faixa de 5 a 50. Para transmissões está na faixa de 75 a 250. O projeto dos componentes leva isso em consideração. Depois tem os aditivos para cada aplicação.

    Leia algo interessante: http://en.wikipedia.org/wiki/Engine_oil

    Na dúvida, siga oque o manual do jeep especifica para caixa de cambio/transferência:

    Jeep antigo : Oleo GL-4, tipo SAE 80(inverno americano) - SAE 140 (verão americano)

    Jeep aqui no brasil: sempre uso-se o SAE 90

    Jeep moderno : multiviscoso Óleo GL-5, SAE 75W/90 ou SAE 80W/90

    Lembre que API-X é a norma de qualificação do óleo.

    Veja mais em http://www.api.org/certifications/engineoil/ e http://www.api.org/certifications/en...lGuide2006.pdf

    e GL-X. dá um olhada aqui: http://en.wikipedia.org/wiki/Gear_oil
    4X4 Brasil
    Willys 58 V8 302+cambio C4+Susp. Ar+Esteçamento Total
    http://www.4x4brasil.com.br/forum/ga...500&ppuser=579

  5. #29
    Usuário
    Entrada
    14/03/2008
    Idade
    52
    Posts
    195
    Valeu Amigo pela dica , eu também entrei em contato com a Shell e me passaram a mesma informação !!! Obrigado

  6. #30
    Usuário Avatar de simtesch
    Entrada
    24/12/2006
    Local
    Salvador/BA
    Idade
    37
    Posts
    284

    Thumbs up óleo 90 x 140

    Pessoal,
    Tenho essa mesma dúvida em relação ao óleo utilizado, moro em Salvador-BA que é quente quase 100% do ano, utilizo o jipe somente em trilhas e não no dia-a-dia!!!e sempre tinha essa mesma dúvida se poderia usar o Sae 140 GL-5 na cx marchas e reduzida para reduzir um pouco os vazamentos e talvez ruído, a cx não é tão ruim mas achava que um óleo mais viscoso poderia ajudar na lubrificação da mesma(visto que é um equipamento de 30 anos de uso).Estou errado nessa questão???somente o óleo 90 de boa qualidade??????????me confirmem por favor,quem faz trilha ou uso pesado em "local quente" pode usar o SAE 140 sem problemas????em relação a misturar na última trilha tive que fazer isso pois achei que estava com vazamento e tinha acabado o SAE 90, vou trocar depois!!!!

  7. #31
    Usuário Avatar de leopoldo
    Entrada
    13/11/2003
    Local
    são josé dos campos/SP
    Idade
    55
    Posts
    4,184
    De novo: olhe o manual do jeep.

    É obvio que para serviço pesado ou locais quentes, vc pode e deve usar o 140. Num calor infernal que deve ser aí, o óleo (90) fica com viscosidade muito baixa e pode comprometer a lubrificação.

    Quando eu coloquei lá no post de cima calor americano estave pensando em locais que nem o deserto. O frio que tem lá nós não costumamos ter aqui, a não em SC de vez em quando. O calor .... bom ... já é outra história.
    Willys 58 V8 302+cambio C4+Susp. Ar+Esteçamento Total
    http://www.4x4brasil.com.br/forum/ga...500&ppuser=579

  8. #32
    Usuário
    Entrada
    12/02/2008
    Idade
    32
    Posts
    27
    Boa tarde A todos !!

    Tenho um CJ5 - Motor BF161 - Caixa 4 marchas, comprei a pouco tempo e ainda não verifiquei o nivel do óleo da caixa de machas.
    Verificando esse tópico me interressei em verificar esse óleo, percebi lendo que o 140 é mais grosso do que o 90.
    Acredito que nas minhas condições de uso, somente para final de semana, o nº 90 está bom.....quantos litros que vai nessa caixa de marchas ??

    Valeu !!

  9. #33
    Usuário Avatar de leopoldo
    Entrada
    13/11/2003
    Local
    são josé dos campos/SP
    Idade
    55
    Posts
    4,184
    leia o manual do proprietário ou o de manutenção do jeep na área de downloads.
    Willys 58 V8 302+cambio C4+Susp. Ar+Esteçamento Total
    http://www.4x4brasil.com.br/forum/ga...500&ppuser=579

  10. #34
    Usuário
    Entrada
    12/02/2008
    Idade
    32
    Posts
    27
    Citação Postado originalmente por leopoldo Ver Post
    Junior, bom dia.

    É obvio que a noção deste muito quente é relativo a sua "sensação" táctil.

    O meu diferencial, um LSD esquenta o suficiente para esfumaçar água borrifada nele num fora de estrada com muita lama.

    Apesar disto, veja as seguintes colocações:

    1- Quanto mais "grosso" o lubrificante, mais a caixa aquece.
    2- Quanto mais a caixa é forçada em subidas, mais caixa aquece.
    3- Quanto mais a caixa faz curvas, mais a caixa aquece se for um LSD.

    Fora essas condições operacionais, temos o fator "silencioso", onde constantemente este irradia uma enorme quantidade de calor para a carcaça da caixa do diferencial, pois está bem em cima deste.

    Vc pode ter a noção deste calor fornecìdo se colocar a mão sobre a chaparia do assoalho traseiro. Aquela região é um forno natural.

    Agora, se o calor for proveniente disto tudo e mais problemas de rolamentos "presos", vc terá serios problemas.

    Isso é algo difícil para um jiperio simplesmente detectar pois é necessário um diagnóstico mais profundo da seguinte forma:

    - calce as rodas dianteiras, levante o eixo traseiro no macaco (NUNCA MACAQUEAR PELA CAIXA DO DIFERENCIAL .... SÓ PELA TUBEIRA) e coloque cavaletes.
    - solte o cardan da luva do diferencial.
    - com a mão, procure girar a luva do pinhão e tente sentir suavidade ou prendimento.
    se vc sentir suavidade sem prendimentos e sem notar roncar interno suspeito, é mais provável ser a condição normal de funcionamento.
    se vc sentir roncar interno, algum rolamento ou todos estão indo pro buraco e já te digo que é incomum pois, se a caixa sempre foi bem mantida e não há água lá dentro, leva muitas decadas para dar problema.
    se vc sente um prendimento, seria interessante usar um torquímetro e ver se o torque de giro do pinhão está entre: 20-40 lb.in, que é o valor de montagem. Abaixo disto ( entre 5 e 20) é o normal de uso ...
    Não deve ser ZERO.
    Não deve ser maios que 40 lb.in.

    Por fim, se há alguma dúvida, vc pode remover a tampa e cuidadosamente inspecionar os dentes da coroa-pinhão, avaliar se há particulado metálico no fundo da caixa e se não há alteração da cor dos dentes da coroa-pinhão.
    PRATEADO metálico e espelhado é a aparência da face de contato dos dentes
    Boa tarde,
    o diferencial dianteiro de meu jeep está cheio de graxa, a mesma que é colocada pelas graxeiras, será que o retentor estourou?

    Obrigado

  11. #35
    Usuário Avatar de lucciano amaral
    Entrada
    10/01/2006
    Local
    Varginha MG/MG
    Idade
    36
    Posts
    2,826
    Mestre leopoldo, to precisando da sua ajuda.

    Coloquei no meu jeep motor de opala 4cc com cambio da f1000 4 marchas e modifiquei a reduzida colocando o pino chorao com rolamentos.

    Coloquei oleo 140 no cambio e reduzida. Agora veio o problema.
    Meu jeep ficou um tesao, anda muito bem, ta com força show de bola, o problema é quando vou dar re, engato a marcha re normal, acelero o jeep da re normal, so que quando piso na embreagem o jeep da de travar como se alguem tivesse pisado no freio ,ele nao continua naquele embalo da re.
    Pergunto: sera que pode ser por causa do oleo 140 que acontece esse brek, tipo pisar no freio ao acionar a embreagem?
    Ah o jeep nao tem problema em nenhuma outra marcha!!!

    valeuwwwww abraços
    Rural 1965 4x4 diesel maxion hsd f1000 1997 turbo intercoole
    http://www.4x4brasil.com.br/forum/sh...ad.php?t=39444

  12. #36
    Usuário Avatar de lucciano amaral
    Entrada
    10/01/2006
    Local
    Varginha MG/MG
    Idade
    36
    Posts
    2,826
    Amigo leopoldo estou aguardando sua ajuda, por favor assim que vc poder me ajude. abraços
    Rural 1965 4x4 diesel maxion hsd f1000 1997 turbo intercoole
    http://www.4x4brasil.com.br/forum/sh...ad.php?t=39444

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. GUIA DE COMPRAS PARA CHEROKEES – XJ, ZJ e WJ
    Por Leo - Beethoven no fórum Jeep Wrangler/Cherokee
    Respostas: 667
    Última resposta: 21/10/2014, 06:14
  2. Trilha do Telegrafo
    Por Rodrigo Lopes no fórum Trilhas
    Respostas: 258
    Última resposta: 21/05/2014, 08:56
  3. PORTARIA DO INMETRO
    Por leopoldo no fórum Fórum Geral 4x4 Brasil
    Respostas: 24
    Última resposta: 27/11/2009, 22:08
  4. PROPOSTA - Especificação de Veículo Super
    Por billj no fórum Competições
    Respostas: 73
    Última resposta: 29/05/2008, 18:05
  5. Filtros K&N a venda, pronta entrega
    Por Wallace no fórum Vendem-se Peças e Acessórios
    Respostas: 17
    Última resposta: 29/09/2004, 13:29

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
Topo