Página 4 de 7 PrimeiroPrimeiro 1234567 ÚltimoÚltimo
Resultados 37 a 48 de 80
  1. #37
    Usuário
    Entrada
    02/10/2010
    Local
    Macaé/
    Idade
    30
    Posts
    210



    Citação Postado originalmente por WCALHEIROS Ver Post
    Penso na F250 como um carro para viagens longas. Não será carro de trabalho como os dos outros colegas do fórum, e agora fiquei pensando nesse ponto do motor Cummins dar defeito. Não sabia desses boatos/fatos. Não adianta perguntar na concessionária porque eles vão dizer que o carro tem motor mais forte até que a Ram. Eles querem é vender o peixe deles. A melhor saída seria, possivelmente, alguém ter um mecânico amigo de confiança que trabalhe na ford para atestar esses fatos/boatos.
    como carro de viagens longas, ai eu te diria para comprar uma amarok que é confortavel, faz 12 - 13 km/l na estrada e é mais barata. Meu pai tem uma dodge ram, e não é confortavel, em compensacao esses dias ele ia pro sitio e tava com mais de 1 ton na cacamba, e ficou rodando com esse peso na cidade uns dois dias e nem dava pra perceber que ela estava carregada. entao se voce nao vai usar pra carregar peso de verdade, não acho uma boa compra.

  2. #38
    Usuário Avatar de Leonel Lousa
    Entrada
    31/08/2005
    Idade
    30
    Posts
    252
    Citação Postado originalmente por dalmolin Ver Post
    justamente por isso o marketing da ford por ser um motor cumins , nao adiantou nada. O MWM durava 400 mil km ? execelente o 4 ou 5º dono dela que ta fazendo o motor agora , gasta 5 mil , e pau de novo. SÒ QUE o mwm , só para mesmo com um punhado de terra junto na abastecida.

    Dae agora vc pega um cumins , deve durar 1 milhao de km , abastece nos postos de sempre , com 40 mil km fode a bomba , e gasta 10 mil so nela porque eh cumins neh cara , motor pra 100000 de km .

    É muito simples resolver o problema dos motores eletronicos, é só por óleo diesel de qualidade, que ele nao vai dar problema fácil.

    Ja cansei de ver mwm 6 cilindros com 350, 400 até 500 mil km funcionando bem aguentam muito, vendi a Silverado com 207 mil km com o motor bom ainda, mas também ja vi vários Cummins da F250 com 150 mil até mais e que nunca deram problema de injeçao, só abastecendo em posto de confiança e trocando filtro cedo.
    Dodge Ram 5.9 4x4 RC 2008, BF 315/70/17
    Ranger XLT CD 2.3 16V 2010.

  3. #39
    PFL
    PFL está offline
    Usuário
    Entrada
    16/09/2010
    Posts
    133

    As vezes acho que é inutil descutir....

    falar que f-250 da problema com menos de 30mil km ..putz.....
    conheço motores cummins, ja tive e tenho dodge ram, tive hilux e outros modelos...... o povo mete pau em motor e carro sem conhecer....

    existem 2 pick-ups de verdade no brasil: 1° DODGE RAM, 2° F-250 4X4 O RESTO É O RESTO.
    FALAM MAL DE HILUX, DE L-200 TRITON, QUE MOTOR NÃO PRESTA, QUE CAMBIO NÃO VALE NADA....... FICOU FUDIDO COM ISSO.......

    MOTOR DA F-250 É USADA EM CAMINHÕES FORD E ACHO QUE VW, TB CUMMINS É SUCESSO NO MUNDO INTEIRO.
    PARTICULARMENTE ACHO QUE TODAS PICK-UPS SÃO BOAS, E NÃO APRESENTAM DEFEITOS IGUAL O POVÃO AI DIZ..........

    O QUE AS PICK-UPS TEM É """"""""LIMITAÇÕES DIFERENTES""""""""", ATÉ TOYOTA BANDEIRANTE AI 1980 VEJO TRABALHANDO AI NAS FAZENDAS SÓ GASTA OLEO, UMAS TROQUINHA DE PEÇA AQUI ALI, F-250 F-1000 TB.....
    AGORA POVO VIM ESCULACHAR.........

    LASTIMAVEL............ F-250 TEM ESTAS VENDAS AI QUE O AMIGO DISSE DE 250 FAZ MUITOS ANOS, TEM MÊS QUE VENDE 170, 130....
    BOA CAMIONETE, PEÇA BARATA, MAS TUDO TEM AS SUAS LIMITAÇÕES E OPÇÕES DE CONFORTO!!!!

  4. #40
    Usuário Avatar de Leonel Lousa
    Entrada
    31/08/2005
    Idade
    30
    Posts
    252
    O grande problema é que as caminhonetes evoluiram e os motoristas nao, vou dar um exemplo verídico, quem for de Goiania pode confirmar a historia na Multilub na av pio XII, Um senhor que por vários anos teveuma D10 motor Perkins comprou uma S10 Executive 2.8. Foi lá trocar o oleo, só comprou filtro de diesel e oleo de motor, o filtro de lubrificante ficou para a próxima, quando escorreu bastante oleo e ficou só pingando no coletor, o velho ligava a s10 bem rapido a título de jogar o oleo que estava no filtro de lubrificante fora, o trocador ainda avisou a ele que esse metodo estragaria o mwm 2,8, e ele dizia que fez isso a vida inteira na D10 e que ela aguentava, o velho fez isso por 4 trocas, na proxima vez que ele voltou na multilub ele foi dizer ao trocador que ele tinha razao, pois teve que retificar o motor.
    4X4 Brasil Razão: erro de digitaçao
    Dodge Ram 5.9 4x4 RC 2008, BF 315/70/17
    Ranger XLT CD 2.3 16V 2010.

  5. #41
    Usuário Avatar de Jera
    Entrada
    14/04/2006
    Local
    Brasilia/DF
    Idade
    28
    Posts
    3,953
    Citação Postado originalmente por Leonel Lousa Ver Post
    O grande problema é que as caminhonetes evoluiram e os motoristas nao, vou dar um exemplo verídico, quem for de Goiania pode confirmar a historia na Multilub na av pio XII, Um senhor que por vários anos teveuma D10 motor Perkins comprou uma S10 Executive 2.8. Foi lá trocar o oleo, só comprou filtro de diesel e oleo de motor, o filtro de lubrificante ficou para a próxima, quando escorreu bastante oleo e ficou só pingando no coletor, o velho ligava a s10 bem rapido a título de jogar o oleo que estava no filtro de lubrificante fora, o trocador ainda avisou a ele que esse metodo estragaria o mwm 2,8, e ele dizia que fez isso a vida inteira na D10 e que ela aguentava, o velho fez isso por 4 trocas, na proxima vez que ele voltou na multilub ele foi dizer ao trocador que ele tinha razao, pois teve que retificar o motor.
    nao me lembro muito pq eu era pequeno na época, mas acho meu pai só completava o óleo da f1000 q ele tinha. trocava raramente. os filtros com certeza era muito alem do prazo.
    4X4 Brasil

  6. #42
    Usuário Avatar de dalmolin
    Entrada
    20/07/2006
    Idade
    28
    Posts
    1,332
    Citação Postado originalmente por Jera Ver Post
    nao me lembro muito pq eu era pequeno na época, mas acho meu pai só completava o óleo da f1000 q ele tinha. trocava raramente. os filtros com certeza era muito alem do prazo.
    exatamente!!! ferviam o motor , no hora de arrumar encontravam o furo , completavam de agua e tava rodando de novo.

    MAS tudo isso porque , normalmente macaricos , e com a "força" das explosoes , dava pra andar ate com o cabeçote frouxo.

    Pega os motores hj , quase todos com 1.5 kg de turbina , altas cavalaria por L , se der bobeira de 1kg no torque da junta do cabeçote eh capaz de vazar compressao.
    F250 MWM

  7. #43
    Usuário Avatar de Desnickadu
    Entrada
    13/12/2010
    Local
    Itapecerica da Serra/SP
    Idade
    27
    Posts
    628
    Compartilho da mesma opinião de Leonel, os motoristas não evoluiram como a tecnologia.

    Existe muita diferença entre um motor [qualquer que seja o conbustível] de duas décadas atras e os atuais. Entretanto, não só os motoristas não mudaram como nossos combustíveis continuam os mesmos [Ah! espere! colocaram mais ETANOL na GASOLINA!].
    Nosso enxofre liquido [vulgo diesel] ou nosso "gasonol" [gasolina + etanol] são um dos piores combustiveis fósseis do planeta, o que sem dúvida alguma destrói qualquer tecnologia em motorização, seja ela "adaptada" pra essa realidade ou não, o que muda é o tempo que vai dar problema.

    Com o passar do tempo e o avanço da tecnologia, tudo esta se tornando mais puro e por consequencia tudo esta sendo cobrado que seja mais puro. Ar, combustíveis, matérias primas de todas as espécies e em alguns casos até a mão de obra. Se existirem partículas indesejáveis em algo pode ter certeza que alguma coisa vai dar errado.

    Os motores antigos são melhores que os atuais porque necessitam de menos manutenção [feitos numa época onde o dinheiro era feito para circular] e menos conhecimento para efetuar reparos. Hoje os motores são melhores porque gastam menos combustivel e a relação de força X cilindrada foi melhorada, porém são fabricados numa época onde o dinheiro é feito para ser amontoado, o que faz com que TODAS as pessoas a sua volta queiram o seu.
    Comparar motores com tecnologias distintas é tão ignorante quanto utilizar uma saveiro pra fazer o trabalho de uma F4000.


    Trabalho com cortadores de grama, o que me leva a conhecer motores de baixa cilindrada [entre 26 e 350cc] e acompanho a evolução nesse seguimento a 30 anos [eu tenho 20 e poucos anos :P]....
    O trabalho que em 1990 se fazia com um motor de 56cc e 5 litros de combustivel, hoje se faz com 26cc e 750ml de combustivel. É uma diferença considerável, não somente no consumo [e consequente poluição] como também no valor da manutenção.
    Se compararmos esses dois motores, o mais antigo era mais raro de ir pra oficina, tinha peças mais baratas e fáceis de efetuar a substituição. O mais atual tem mais manutenção preventiva, precisa de um tecnico capacitado para efetuar a manutenção e por ter mais peças a manutenção [seja corretiva ou preventiva] é mais cara [desprezando é claro as trocas de moeda].
    Qual é o melhor dos dois? Cada um é o melhor de sua época e não consigo compará-los como um sendo melhor que o outro HOJE.


    __________________________________________________ _______


    Sobre o fim das 250, acredita que seja por causa do mercado brasileiro.
    Sou um apaixonado por pickups e me sinto o cara mais puto do mundo quando visito sites gringos.... aqui não existe nenhuma que preste [comparando com o mundo]. A f-250 brazuca é um exemplo.
    O brasileiro não utiliza pickups como os americanos por exemplo [referencia quando o assunto é pickup]. Em geral, lá as pickups são utilizadas no lugar de caminhões nas empresas, ou por pessoas que querem um carro para a familia e um para o trabalho mas não querem comprar dois carros.
    Aqui no Brasil se compra um caminhão propriamente dito e um outro carro popular pocador de dedos qualquer. É uma cultura diferente, uma cultura que não dá valor ao proprio dinheiro [embora ache que o faz] e que não sabe cuidar de nada que compra.

    As pickups medias e fullsize aqui são para "boyzinhos" [excluindo, é claro, o pessoal da eletropaulo e galere da fazenda] se "mostrar", não existem motivos para ter um carro desse tamanho pra andar na cidade... ou existem? Segurança? um sedão medio da conta do recado muito bem.

    Enfim, a nova ranger ta bem grandona, meio metro menor que F-250, provavlemente vem com uma capacidade de carga compativel com a 250 e usuários idem, não tem motivos pra manter as duas pickups num mercado onde a nova Ranger vai suprir.



    Desculpem o desabafo, esse é minha opinião [o que não quer dizer que ela não esteja sujeita a mudanças em prévio aviso].


    []'s

  8. #44
    Usuário Avatar de Milton C.
    Entrada
    25/10/2009
    Local
    Boracéia/SP
    Posts
    388
    As pickups medias e fullsize aqui são para "boyzinhos" [excluindo, é claro, o pessoal da eletropaulo e galere da fazenda] se "mostrar", não existem motivos para ter um carro desse tamanho pra andar na cidade... ou existem? Segurança? um sedão medio da conta do recado muito bem
    Desnickadu,

    Eu não sou da Eletropaulo, nem da galera da fazenda.
    Não sou "boyzinho", pois tenho idade suficiente para não me encaixar neste perfil que cita.
    Bem, meus motivos para ter uma picape média, e desejar uma picape full, vão desde viagens longas em um certo período do ano, espaço para carregar coisas que um sedã certamente não carregaria, andar com veículo em locais onde também, certamente, um sedã sequer entraria, espaço interno, manutenções, e é claro a durabilidade de motores ciclo diesel.

    O quesito segurança, como citou, é de longe, incomparável se trantando do custo x benefício dos veículos.

    Não sei qual é sua verdadeira intenção neste post, mas já te adianto que um bom percentual de usuários aqui deste Fórum, tem as mesmas características - ou pelo menos próximas - das que eu citei.

    Acredito que se seu objetivo é comparar nós, brasileiros, com os americanos, no que diz respeito ao uso de picapes, você deve se explicar melhor.

    Att,

    Milton

  9. #45
    Usuário
    Entrada
    14/05/2004
    Posts
    9,962
    Eu acho que o fato da F250 estar indo assim como foi embora a Silverado uma prova de que o consumidor brasileiro esta ficando mais maduro.

    Eu adoro as picapes fulsize, mas a verdade é que essas picapes são exageradamente grandes caras e ineficientes no trabalho. A chegada de picapes médias como a Amarok por exemplo sela de vez o fim da F250 e é facil de encontrar pela ruas Hilux CS, Kias, Hyundai e Ivecos no lugar das F350 e até F4000 com louvor.
    L200 Triton AT 3.2 2010

  10. #46
    Usuário
    Entrada
    31/03/2011
    Local
    MACEIÓ/AL
    Idade
    37
    Posts
    477

    Finalidade da f-250

    Em relação à atualização da F-250, ou saída de linha, minha preocupação é sobre essas coisas que falam do motor delas, nem tanto com mudança estética, uma vez que as montadoras sempre atualizam seus veículos elevando o preço dos mesmos, dizendo que fazem parte de um segmento superior. Ou vocês acham que a ford traria aquela Lariat do salão do automóvel pelo preço da nossa F250?

    Por isso, penso em comprar uma F-250 agora aproveitando o valor atual - diga-se nada camarada - e ficar com ela pelo menos durante os mesmos 9 anos que tenho meu atual carro.

    Minha preocupação é com esses boatos/fatos sobre defeito do motor Cummins. Não sou irresponsável quanto ao cuidado do veículo, tanto que tenho uma pajero sport 2002 2.8 TD desde nova (está com 160 mkm) e ela só gerou as manutenções previstas no manual e nas peças de desgaste natural.

    Não sei se aqui seria o lugar indicado mas peço aos amigos que tem Ram/F-250 com motor cummins para me orientar.

    Agradeço desde já.

  11. #47
    Usuário
    Entrada
    31/03/2011
    Local
    MACEIÓ/AL
    Idade
    37
    Posts
    477
    Ainda em tempo!

    Ao amigo que pensa em comprar a F-250 agora, sugiro que o faça pois a ford certamente vai reposicionar o preço da nova ranger para uns 115/130 k, e se mantiver a F-250 no mercado - coisa que acho provável - será aquela Lariat por, pelo menos, uns 160k.

    Querem apostar?

  12. #48
    Usuário Avatar de Milton C.
    Entrada
    25/10/2009
    Local
    Boracéia/SP
    Posts
    388
    WCALHEIROS,

    Eu acredito na desvalorização da F-250. Neste caso, se isso que disse realmente ocorrer (que concordo), os preços das F anteriores vão despencar.
    Por isso criei o tópico.

    Com relação ao motor, mais uma vez afirmo que até o momento não vi "ao vivo" sequer uma picape por aqui com problemas nas concessionárias.
    Nem ao menos os próprios donos me disseram ter problemas com estes boatos.
    Justamente, os boatos, eu até agora ouvi de pessoas que nem tiveram a picape, e foi aquilo como o Walter disse dos motores aí em cima: O tio do cunhado do irmão do meu primo teve um problema.

    Um fato no mínimo interessante me ocorreu ontem, dentro da sala de aula, quando surgiu o assunto dos melhores motores.
    Observamos um vídeo explicativo do Sistema de Injeção Eletrônica do Cummins, e foram feitas algumas ressalvas por mecânicos entre meio o vídeo.
    Eles disseram ser os melhores motores - o Cummins e o International - porém com vantagens no aspecto de manutenção nos International.

    Abraços!

Informações de Tópico

Usuários Navegando neste Tópico

Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
Topo