• Com o ASX Racing e L200 Triton SR, Ralliart Brasil encara os 3.000 km do Rally dos Sertões

    ajuda-mit-asx.jpg

    A Ralliart Brasil, divisão de alta performance da Mitsubishi Motors, estará novamente presente no Rally dos Sertões, o maior rali do Brasil, com dois carros: o ASX Racing, campeão geral em 2015, e a L200 Triton SR, tricampeão da categoria Protótipos T1.


    Guilherme Spinelli, o maior campeão do Sertões com cinco títulos, volta a correr ao lado de Youssef Haddad, com quem tem três títulos na prova. Eles estarão a bordo do ASX Racing, veículo projetado para encarar os maiores desafios do planeta.


    O navegador Marcelo Vivolo, que participou de duas etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross-country ao lado de Guiga neste ano, permanece na equipe mas, nessa competição, dá lugar a Youssef, que é o engenheiro da Ralliart Brasil e poderá observar in loco as evoluções aplicadas no ASX Racing.


    "Não há feedback melhor do que participar de uma prova como o Sertões e observar o desenvolvimento do carro. Em provas longas como essa, o trabalho da dupla vai muito além da navegação e pilotagem", explica Youssef.


    "Estamos trabalhando no desenvolvimento do ASX Racing desde o Rally Dakar. Ter o Youssef como navegador vai ajudar muito nesse processo, já que ele também é o engenheiro responsável pelo carro. Vamos somar forças para encarar o maior desafio em terras brasileiras", ressalta o piloto, que vai para o seu 16º Sertões.


    A largada da prova será no dia 3 de setembro, em Goiânia (GO), e a chegada, no dia 10/9, em Palmas (TO). A competição passará também pelo Estado da Bahia. Ao todo, serão 3.143 quilômetros de percurso, sendo 2.341 km de trechos cronometrados.


    A Equipe Ralliart Brasil, também terá a dupla Sylvio de Barros / Fabio Pedroso, que irá encarar o Sertões 2016 com a L200 Triton SR, veículo três vezes campeão da competição na categoria Protótipos T1 e melhor carro nacional na disputa.


    Ralliart Brasil
    Além do Rally dos Sertões, a Ralliart Brasil é responsável pela preparação, manutenção e desenvolvimento dos carros que são utilizados no rali cross-country de velocidade Mitsubishi Cup e na prova de pista Lancer Cup. Nessas competições, os veículos são locados aos pilotos através do sistema sit&drive, onde toda a manutenção, logística e preparação fica por conta da equipe especializada de engenheiros e mecânicos da divisão de alta performance.


    Acompanhe a Equipe Mitsubishi Ralliart Brasil
    Site: www.ralliartbrasil.com.br
    Facebook: www.facebook.com/RalliartBrasil
    Instagram: @RalliartBrasil




    Programação - Rally dos Sertões 2016

    Sábado - 03 de setembro

    Largada rali Mitsubishi Motorsports
    Largada rali Suzuki Off-Road
    Fun Day Mitsubishi
    Evo Day Lancer
    Volta Rápida com Ingo Hoffmann (Lancer)
    Prólogo do Rally dos Sertões (Cidade Alpha Goiás)
    Cerimônia Oficial de Abertura (Hino e Fogos)
    Largada Promocional (Autódromo Internacional de Goiânia)


    04/09 - Etapa 1
    Goiânia (GO) - Padre Bernardo (GO)
    Deslocamento inicial: 247,92 Km
    Trecho especial: 112,08 Km
    Deslocamento final: 300 metros
    Total do dia: 360 km


    05/09 - Etapa 2
    Padre Bernardo (GO) - Cavalcante (GO)
    Deslocamento inicial: 35,09 km
    Trecho especial: 373,83 km
    Deslocamento final: 9,63 km
    Total do dia: 418,5 quilômetros


    06/09 - Etapa 3
    Cavalcante (GO) - Posse (GO)
    Deslocamento inicial: 12,7 km
    Trecho especial: 386,46 km
    Deslocamento final: 243,94 km
    Total do dia: 643 km


    07/09 - Etapa 4
    Posse (GO) - Luís Eduardo Magalhães (BA)
    Deslocamento inicial: 14,62 km
    Trecho especial: 361,94 km
    Deslocamento final: 189,7 km
    Total do dia: 566 km


    08/09 - Etapa 5
    Luís Eduardo Magalhães (BA) - Mateiros (TO)
    Deslocamento inicial: 35,47 km
    Trecho especial: 428 km
    Deslocamento final: 0
    Total do dia: 463 km


    09/09 - Etapa 6
    Mateiros (TO) - Ponte Alta (TO)
    Deslocamento inicial: 0
    Trecho especial: 491 km
    Deslocamento final: 7 km
    Total do dia: 498 km


    10/09 - Etapa 7
    Ponte Alta (TO) - Palmas (TO)
    Deslocamento inicial: 4,6 km
    Trecho especial: 192 km
    Deslocamento final: 2 km
    Total do dia: 198 km


    Total da prova: 3.143 km
    Total de trechos especiais: 2.341 km
Topo